quarta-feira, 30 de abril de 2008

FÓRUM CARISMÁTICO DO SHALOM COMEÇA AMANHÃ


Contando com a presença do monsenhor Jonas Abib, coordenador da Comunidade Católica Canção Nova e presidente da Fraternidade Nacional, começa amanhã, dia 1º de Maio, o Fórum Carismático, promovido pela Comunidade Shalom, no Maraponga Mart Moda, em Fortaleza e que terá como tema “Ide por todo o mundo e formai discípulos”. O evento abordará a questão da evangelização, tendo como base o Documento de Aparecida, formulado durante a Conferência Episcopal Latino-Americana (Celam), em 2007, em Aparecida, São Paulo. Os organizadores do encontro estão estimando um público de cinco mil pessoas, vindas de todo o País e até do exterior.
O Fórum Carismático teve a sua primeira edição no ano de 1994 e entre os pregadores durante esses 14 anos, o Frei Raniero Cantalamessa, Frei Patrício Sciadini, que volta este ano. Além do monsenhor Jonas Abib, o italiano Gregório Vivaldelli, biblista oficial da Diocese de Trento (Itália), Matteo Callisi, presidente da Fraternidade Internacional das Novas Comunidades e moderador da Comunidade de Jesus; Dom Alberto Taveira, arcebispo de Palmas (TO) e os fundadores da Comunidade Shalom, Moysés Azevedo e Emmir Nogueira

EMBAIXADA DO BRASIL JUNTO À SANTA SÉ TERÁ NOVO REPRESENTANTE

A embaixadora do Brasil junto à Santa Sé, Vera Barrouin Machado, está voltando para Brasília, onde assumirá a sub-secretaria Política do Itamaraty. Em seu lugar irá Luiz Felipe de Seixas Corrêa, até agora, embaixador de Berlim. Com a mudança, o atual sub-secretário Político, embaixador Everton Vargas, assume a embaixada em Berlim, no lugar de Luiz Felipe.Vera Barrouin foi nomeada embaixadora do Vaticano no final do ano de 2004, se tornando a primeira mulher a comandar a Embaixada junto à Santa Sé. Em maio de 2007, a embaixadora realizou junto ao Santo Padre, Bento XVI, a primeira visita do Pontífice ao Brasil.A missão do embaixador, entre outras, é representar o Governo brasileiro junto à Sé Apostólica, acompanhar a atuação do Papa e informar sobre o posicionamento da Santa Sé com relação a assuntos relevantes da atualidade.

Canção Nova Notícias, em Roma

COMEÇA ENCONTRO SOBRE ECUMENISMO EM LAVRINHAS


Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente nacional e vice-presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades
Iniciou hoje em Lavrinhas (SP), o 1º Encontro de Irmãos Evangélicos e Católicos com o tema "Que todos sejam um". O evento acontece até amanhã, dia 1º, e tem por objetivo como afirmou o bispo da Diocese de Lorena, Dom Benedito Beni, "integrar carismas de igrejas e comunidades cristãs". A Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso é a responsável pela organização do encontro. Um dos destaques desta manhã foi o enfoque na terceira pessoa da Santíssima Trindade, o Espírito Santo, grande responsável pela unidade.Além de Dom Beni, participam do encontro, outros representantes da Igreja Católica como o presidente da Comissão Episcopal para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso, Dom José Alberto Moura, presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades e fundador da Comunità di Gesù (Itália), Matteo Calisi, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente nacional e vice-presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades, Monsenhor Jonas Abib, o pastor argentino, Jorge Himitian, entre outras personalidades."Desde 1964, com o Concílio Vaticano II, a Igreja Católica se sente em comunhão com todas as igrejas cristãs", disse dom Beni, afirmando que não é de hoje que se busca a unidade entre as religiões. Matteo Calisi, em sua colocação, também fez memória ao Concílio, determinante para a Renovação Carismática e para o ecumenismo. Matteo, que passa por diversos países levando o testemunho da reconciliação falou que este encontro, no Brasil, busca uma primavera no diálogo entre as religiões. "O ecumenismo é uma urgência", disse. "A América Latina pode representar um modelo de unidade entre cristãos que, juntos, retornam a casa do Pai, amando-se e respeitando-se através de um projeto de purificação da memória e da reconciliação", acrescentou.Monsenhor Jonas afirmou que este encontro é da vontade de Deus. Sobre a espiritualidade contida no ecumenismo, afirma: "O Senhor quer que todos sejam um. A Igreja é uma. Jesus não tem duas esposas. O maior pecado são nossas divisões. É difícil a unidade, mas é o Espírito. Esta é uma tentativa de ecumenismo espiritual. Estamos discutindo doutrinas, rezando, adorando, cantando e convivendo juntos". Ele assinalou que o encontro é um sinal de ecuta à voz da Igreja: "O Documento de Aparecida nos impulsiona para isso. Estamos ouvindo nossos bispos".O pastor argentino, Jorge Himitian, contou seu testemunho, falou de sua conversão, de sua experiência pessoal com Jesus e da renovação dos carismas que cresceu, especialmente, na década de 60. "A unidade das igrejas daria certo se todos tivessem sido dóceis a ação do Espírito". Mas os caminhos, segundo Himitian, "se afastaram". "Este encontro é, portanto, a oportunidade para renovar a comunhão entre evangélicos e católicos". Himitian destacou que a unidade se dá apenas pelo Espírito Santo. "Temos uma certeza. A unidade da Igreja só é possível através do Espírito Santo de Deus o qual estamos experimentando no mundo todo, na renovação espiritual, carismática. E na Palavra, o Senhor promete: 'Derramarei meu Espírito'. Esta experiência faz a diferença e faz com que nossa unidade não seja teológica, mas espiritual"."Não podemos parar nas diferenças, temos que dar espaço para a graça da comunhão e da reconciliação. Não podem haver divisões, em um mundo já marcado por divisões. João Paulo II já nos lembrou: 'não podemos nem mesmo usar o termo irmãos separados, mas sim irmãos reencontrados'", disse Matteo. "Temos que nos unir, afinal o mundo está pronto para receber o Evangelho. Nós também devemos estar prontos para anunciá-lo", acrescentou. A respeito das diferenças, Dom Alberto Moura disse este encontro é a oportunidade de mostrar o conteúdo básico entre todas as religiões, o amor de Jesus, é o mesmo: "Jesus queria ser um só pastor. Apesar de sermos ovelhas diferentes, temos que, juntos, ensinar o mundo a ser melhor". Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente nacional e vice-presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades
Iniciou hoje em Lavrinhas (SP), o 1º Encontro de Irmãos Evangélicos e Católicos com o tema "Que todos sejam um". O evento acontece até amanhã, dia 1º, e tem por objetivo como afirmou o bispo da Diocese de Lorena, Dom Benedito Beni, "integrar carismas de igrejas e comunidades cristãs". A Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso é a responsável pela organização do encontro. Um dos destaques desta manhã foi o enfoque na terceira pessoa da Santíssima Trindade, o Espírito Santo, grande responsável pela unidade.Além de Dom Beni, participam do encontro, outros representantes da Igreja Católica como o presidente da Comissão Episcopal para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso, Dom José Alberto Moura, presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades e fundador da Comunità di Gesù (Itália), Matteo Calisi, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente nacional e vice-presidente internacional da Fraternidade das Novas Comunidades, Monsenhor Jonas Abib, o pastor argentino, Jorge Himitian, entre outras personalidades."Desde 1964, com o Concílio Vaticano II, a Igreja Católica se sente em comunhão com todas as igrejas cristãs", disse dom Beni, afirmando que não é de hoje que se busca a unidade entre as religiões. Matteo Calisi, em sua colocação, também fez memória ao Concílio, determinante para a Renovação Carismática e para o ecumenismo. Matteo, que passa por diversos países levando o testemunho da reconciliação falou que este encontro, no Brasil, busca uma primavera no diálogo entre as religiões. "O ecumenismo é uma urgência", disse. "A América Latina pode representar um modelo de unidade entre cristãos que, juntos, retornam a casa do Pai, amando-se e respeitando-se através de um projeto de purificação da memória e da reconciliação", acrescentou.Monsenhor Jonas afirmou que este encontro é da vontade de Deus. Sobre a espiritualidade contida no ecumenismo, afirma: "O Senhor quer que todos sejam um. A Igreja é uma. Jesus não tem duas esposas. O maior pecado são nossas divisões. É difícil a unidade, mas é o Espírito. Esta é uma tentativa de ecumenismo espiritual. Estamos discutindo doutrinas, rezando, adorando, cantando e convivendo juntos". Ele assinalou que o encontro é um sinal de ecuta à voz da Igreja: "O Documento de Aparecida nos impulsiona para isso. Estamos ouvindo nossos bispos".O pastor argentino, Jorge Himitian, contou seu testemunho, falou de sua conversão, de sua experiência pessoal com Jesus e da renovação dos carismas que cresceu, especialmente, na década de 60. "A unidade das igrejas daria certo se todos tivessem sido dóceis a ação do Espírito". Mas os caminhos, segundo Himitian, "se afastaram". "Este encontro é, portanto, a oportunidade para renovar a comunhão entre evangélicos e católicos". Himitian destacou que a unidade se dá apenas pelo Espírito Santo. "Temos uma certeza. A unidade da Igreja só é possível através do Espírito Santo de Deus o qual estamos experimentando no mundo todo, na renovação espiritual, carismática. E na Palavra, o Senhor promete: 'Derramarei meu Espírito'. Esta experiência faz a diferença e faz com que nossa unidade não seja teológica, mas espiritual"."Não podemos parar nas diferenças, temos que dar espaço para a graça da comunhão e da reconciliação. Não podem haver divisões, em um mundo já marcado por divisões. João Paulo II já nos lembrou: 'não podemos nem mesmo usar o termo irmãos separados, mas sim irmãos reencontrados'", disse Matteo. "Temos que nos unir, afinal o mundo está pronto para receber o Evangelho. Nós também devemos estar prontos para anunciá-lo", acrescentou. A respeito das diferenças, Dom Alberto Moura disse este encontro é a oportunidade de mostrar o conteúdo básico entre todas as religiões, o amor de Jesus, é o mesmo: "Jesus queria ser um só pastor. Apesar de sermos ovelhas diferentes, temos que, juntos, ensinar o mundo a ser melhor".

Canção Nova Notícias

PAPA RECORDA VIAGEM AOS ESTADOS UNIDOS E RECEBE REPRESENTANTES MUÇULMANOS

O Papa Bento XVI reuniu-se esta manhã, na Praça São Pedro, com milhares de peregrinos e fiéis, de diversos países, para a habitual Audiência Geral das quartas-feiras.Antes da Audiência, porém, nos jardins vaticanos, o papa abençoou a estátua de São João Leonardi, fundador dos Clérigos da Mãe de Deus. Ao entrar na praça São Pedro, o Bispo de Roma foi aclamado pelos milhares de peregrinos, entre os quais 160 jovens mexicanos e latino-americanos, que alegraram o ambiente com suas danças típicas e cantos, sobretudo o famoso "Cielito lindo". Os jovens mexicanos e latino-americanos da "Delfines Marching Band" estão em turnê pela Itália, após terem participado do IX Festival Internacional de Bandas musicais na cidade italiana de Giulianova.A seguir, o pontífice pronunciou sua catequese semanal, que, como havia prometido na oração mariana do "Regina Coeli" do último domingo, foi toda dedicada à sua recente viagem apostólica aos EUA.:. Porta-voz do Vaticano fala da visita do Papa aos EUABento XVI recordou seu encontro com o presidente George W. Bush e a homenagem que prestou ao país, "exemplo de saudável laicismo, onde a religiosidade e generosidade dos fiéis se refletem mediante numerosas obras de caridade".O Papa lembrou ainda o importante encontro com os bispos norte-americanos, aos quais pediu maior união com os sacerdotes, a fim de curar as feridas do passado.Em sua primeira viagem aos EUA, de 15 a 20 deste mês, o Papa defendeu a indissolubilidade do matrimônio, uma sólida educação moral aos jovens e encorajou a população a empreender o futuro com esperança. Esta, aliás, foi o tema central desta sua visita: "Cristo, nossa esperança".Bento XVI recordou ainda outros temas abordados: aos universitários, a importância da caridade intelectual; aos representantes de outras religiões, o compromisso comum para a promoção da paz e dos valores morais.Outro importante compromisso do Papa foi a esperada visita à sede da ONU, em Nova York, onde realçou o valor da "Declaração Universal dos Direitos Humanos", cujo fundamento é a dignidade da pessoa humana, criada à imagem de Deus.O Santo Padre salientou também a calorosa acolhida que lhe foi proporcionada pelos sacerdotes e consagrados, como também pelos jovens, leigos e seminaristas dos EUA.Bento XVI recordou, por fim, o momento de oração no "Ground Zero", onde rezou pelas vítimas da tragédia terrorista, e a celebração eucarística no "Estádio Yankee", vivida num clima de verdadeira festa de fé e de fraternidade.Ao término da sua catequese, o pontífice cumprimentou os presentes, em várias línguas. Segue a saudação em português:
"Amados irmãos e irmãs, convido todos a unir-vos em torno a mim para dar graças ao Senhor pelo sucesso alcançado na minha recente Viagem Apostólica nos Estados Unidos. Ao suplicar a Deus, pela intercessão da Virgem Maria, abundantes graças a fim de que se consigam frutos de paz e de concórdia entre os povos, saúdo cordialmente os peregrinos de língua portuguesa do Brasil e de Portugal, de modo especial os visitantes do Porto, e a todos estendo a minha propiciadora Bênção Apostólica."Uma delegação da Associação dos Trabalhadores Cristãos Italianos, liderada pelo presidente nacional, Andréa Olivero, participou hoje da Audiência Geral, na praça São Pedro. O grupo está sendo recebido às vésperas do 23º Congresso nacional das Associações Cristãs de Trabalhadores, que terá como tema: "Migrar no século XX, habitar o presente, servir o futuro. As ACLI no século XXI". Pela primeira vez na história do movimento, o Congresso anual coincide com o 1º de maio, Dia do trabalho.Ao final da Audiência, Bento XVI recebeu também, na Sala Paulo VI, uma delegação de representantes muçulmanos do Irã. Eles participam do Colóquio promovido pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e pela Organização de Cultura Islâmica de Teerã (Irã), sobre o tema "Fé e razão no Cristianismo e no Islã", em andamento desde segunda-feira, em Roma.

Rádio Vaticano

MENSAGEM DA CNBB AOS TRABALHADORES BRASILEIROS

A celebração do 1º de Maio nos convida a parar e pensar no significado e no imenso valor do trabalho das mulheres e dos homens do Brasil.
Pouco se reflete sobre o sentido do trabalho. Fala-se muito no crescimento da renda, nos investimentos financeiros e produtivos, no poder de consumo dos pobres emergentes e beneficiários do programas sociais do governo. Sabe-se, porém, que em meio a tudo isso cresce o drama de jovens e adultos sem emprego ou vivendo no subemprego.
O trabalho é, antes de tudo, um mecanismo de partilha. Através dele o ser humano burila os produtos e forças da natureza para colocá-los a seu serviço. Para nós cristãos, trabalhar é participar da obra criadora de Deus. Ao colocar mãos à obra, o ser humano cria, não do nada como Deus fez, mas a partir da obra do Criador.
E Deus, ao criar o mundo, não o fez para si, mas para a humanidade, quase a nos indicar a sociabilidade do trabalho. Tanto o cansaço da obra como os seus resultados devem ser compartilhados.
O modelo econômico e financeiro hegemônico, concentrador de riqueza, adotado sem restrições e voltado exclusivamente para o consumo, pode nos iludir e fazer esquecer os ideais de partilha, de pôr em comum os bens, de implantar a paz, superando as raízes da violência e da injustiça.
Seguidores e anunciadores de Jesus de Nazaré, nascido de Maria, e sob a proteção do operário São José, reafirmamos nosso compromisso em acreditar e propor uma sociedade diferente para o Brasil: acesso democrático à terra e trabalho para todos, água e alimento distribuídos com equidade, proteção à natureza, respeito às nações indígenas e quilombolas.
Neste 1º de Maio, saudamos as trabalhadoras e trabalhadores do Brasil, suas organizações sindicais e movimentos sociais, ao mesmo tempo em que manifestamos nosso apoio à Campanha pela redução da jornada de trabalho constitucional para 40 horas semanais sem diminuição dos salários. Reafirmamos também nossa união a todas as pessoas comprometidas na imensa tarefa de construir um país diferente, onde trabalho e dignidade cidadã caminhem de mãos dadas na superação dos conflitos e das causas das desigualdades entre as quais, primordialmente, o desemprego.
Brasília, 1º de maio de 2008.
Dom Geraldo Lyrio Rocha
Arcebispo de Mariana – MG
Presidente da CNBB
Dom Dimas Lara Barbosa
Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro – RJ
Secretário-Geral da CNBB

COMISSÃO BRASILEIRA DE JUSTIÇA E PAZ APOIA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO

A Comissão Brasileira Justiça e Paz, organismo vinculado à CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) vem a público apoiar a campanha desenvolvida pelas Centrais Sindicais brasileiras, com o objetivo de reduzir a jornada de trabalho para 40 horas semanais sem diminuição de salários.
O trabalho, antes de qualquer outra função, deve servir para dignificar a pessoa. Ser fonte de realização das aptidões e capacidades de cada ser humano propiciando o desenvolvimento da sua criatividade e dando ensejo à participação de homens e mulheres na obra da criação divina.
A jornada de 40 horas semanais, sem redução de salário, permitirá a cada trabalhador(a), tempo afim de que se dedique a atividades de formação cultural e outras, além de espaço para os cuidados com a saúde, o lazer e o convívio familiar. Enfim será uma contribuição no sentido da construção de uma sociedade mais humanizada.
Segundo o DIEESE mais de dois milhões de trabalhadores(as) desempregados(as) poderão ingressar no mercado formal de trabalho, mediante o oferecimento de vagas, o que diminuirá o desemprego. Portanto, reduzir a jornada significa oportunidade de trabalho e melhores condições de vida para todos brasileiros.
É justo que os(as) trabalhadores(as) possam usufruir deste momento de relativo crescimento econômico que se vive no país, garantindo uma qualidade de vida melhor para si e para as gerações futuras e àquelas que contribuíram para a construção da riqueza desta nação.
Brasília, 28 de abril de 2008.
Carlos MouraSecretário Executivo daComissão Brasileira Justiça e Paz,Organismo da CNBB

FALECE BISPO EMÉRITO DE JATAI (GO)

Na manhã desta quarta-feira, 30, morreu em Goiânia (GO), por volta das 7h, o bispo emérito de Jataí (GO), dom Benedito Domingos Vito Coscia. De acordo com o monsenhor João Daibier, “o bispo apresentava saúde debilitada há algum tempo por causa da idade avançada, 87 anos”. O monsenhor disse ainda “que dom Benedito estava no quarto sozinho quando foi encontrado”. O bispo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia que até o momento ainda não informou o laudo médico, que só deve ser apresentado à tarde.
Seu ministério
Americano, nasceu em Brookyn, nos Estados Unidos. Como presbítero ele foi vigário paroquial de Anápolis (GO) de 1950 a 1957 e pároco superior do convento, além ter sido professor do ginásio em Pires do Rio (GO) em 1957 a 1961.
“Paz e Bem”. Este era o lema de dom Benedito que acompanhou a Pastoral da Criança e o Diaconato Permanente do Regional Centro-Oeste (Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Distrito Federal). Foi membro da Comissão de três bispos para a construção da nova sede da CNBB em Brasília (DF), participou de sessões do Concílio Vaticano II (1962 a 1965) e foi bispo de Jataí (GO).
Velório
Dom Benedito será velado e enterrado em Jataí (GO), na catedral que ele construiu. Ainda não há informações sobre o horário do velório e o corpo só deverá ser liberado pelo IML no final da tarde.

CNBB

PRÓXIMAS ATIVIDADES DE BENTO XVI

A sala de imprensa da Santa Sé, divulgou hoje o calendário das celebrações presididas pelo Papa Bento XVI, entre maio e agosto.De 17 a 18 de maio, o Papa estará em visita pastoral a Gênova e Savona (Itália). No dia 22 de Maio, Bento XVI irá a São João de Latrão, para a celebração da Solenidade do Corpo de Cristo.15 de junho, o Papa realiza uma visita pastoral a Santa Maria di Leuca e a Brindisi.28 de junho marca o início do Ano Paulino, com as I Vésperas da Solenidade de São Pedro e São Paulo, na Basílica de São Paulo fora de muros.No dia seguinte, 29 de junho, Bento XVI impõe o Pálio a Arcebispos Metropolitas de todo o mundo.De 12 a 21 de julho estará em Sidney, na Austrália para a Jornada Mundial da Juventude 2008.E Bento XVI vai participar, via satélite, no encerramento do Congresso Eucarístico de Quebeque (Canadá), 22 de junho. O Papa pronunciará a homilia da Missa conclusiva do evento. A notícia foi anunciada pelo Cardeal Marc Ouellet, Arcebispo desta cidade, através de um comunicado distribuído pela organização do evento. A celebração eucarística acontece na esplanada de Abraão, no Museu Nacional de Belas Artes do Quebeque. O Cardeal Jozef Tomko, legado de Bento XVI, presidirá à celebração. Espera-se a participação de 50 mil pessoas.

Ecclesia

O GRUPO DE MULHERES DO MOVIMENTO EM DEFESA DA VIDA DAS GOIABEIRAS REALIZA CAFÉ SOLIDÁRIO

O Grupo de Mulheres do Movimento em Defesa da Vida das Goiabeiras realizará amanhã, dia 1º de maio, a partir das 8 horas, no Centro Dom Aloísio Lorscheider, na Rua Irmã Ana Maria, nº. 10, no bairro Barra do Ceará, em Fortaleza, um café solidário em homenagem ao dia da trabalhadora e do trabalhador. Os (as) participantes do café solidário realizarão um debate com o tema “Mercado de Trabalho”. Cada convidado (a) poderá levar algo para ser partilhado durante o café. O grupo de mulheres é acompanhado pelo Centro Socorro Abreu e se reúne todos os sábados, a partir das 14 horas, na casa de encontro o Amanhecer, na Rua Larga, nº. 32, Barra do Ceará. Contato: Maria Cardoso (85) 8851 1159 ou (85) 3485 0049.

Fonte: Anote

CÁRITAS INTENSIFICA AJUDA À POPULAÇÃO QUE SOFRE COM CRISE

A Caritas suíça intensifica suas ajudas a favor das populações atingidas pela crise alimentar provocada pelo aumento exponencial dos preços dos cereais.Nos dias passados, a organização caritativa católica anunciou o envio de meio milhão de francos suíços (cerca de 311 mil euros) para a distribuição de alimentos no Haiti, no sul do Sudão, em Bangladesh e na fronteira entre Tailândia e Mianmar. Os fundos serão utilizados para alimentar, por três meses, cerca de 20 mil famílias pobres haitianas e para distribuir sementes a 10 mil camponeses da ilha. Em colaboração com outras organizações não-governamentais, a Caritas suíça está distribuindo ainda arroz, óleo, feijão e sal nos campos de refugiados em toda a extensão fronteiriça entre Tailândia e Mianmar. Já no sul do Sudão, a organização está ajudando as famílias que regressaram à região depois da assinatura do acordo de paz.De acordo com um comunicado, as ajudas de emergência se acrescentam a diversos programas a longo prazo promovidos pela Caritas de apoio a economias rurais em diversos países da África, da América Latina e da Ásia. O objetivo desses projetos é promover uma agricultura sustentável capaz de garantir a segurança alimentar e prevenir penúrias.

Canção Nova Notícias

CARDEAL DESTACA RESPEITO QUE CATÓLICOS E BUDISTAS TÊM PELA NATUREZA

O presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Cardeal Jean-Louis Tauran,
enviou uma mensagem aos budistas por ocasião da "Festa do Vesakh".Em sua mensagem, o Card. Tauran recorda as positivas relações que existem há muitos anos entre católicos e budistas e o desejo de que os fiéis das duas religiões continuem trabalhando juntos para construir um mundo melhor não somente para nós mesmos, mas para toda a família humana.Mas o centro da mensagem do Pontifício Conselho é o cuidado com o meio ambiente. O cardeal recorda que as Nações Unidas declararam 2008 o Ano Internacional do Planeta Terra."Enquanto habitantes da Terra e fiéis, afirma o purpurado, cristãos e budistas respeitam a mesma Criação e têm a comum preocupação de promover o cuidado pelo meio ambiente que todos compartilhamos."O cardeal recorda que a tutela do meio ambiente, a promoção de um desenvolvimento sustentável e uma particular atenção às mudanças climáticas são motivos de grave preocupação para todos. Diante dessa situação, governos, ONGs e multinacionais investem recursos financeiros para tutelar a natureza. Também os líderes religiosos estão oferecendo sua contribuição ao debate público, que não é somente uma reação às mais recentes ameaças relacionadas ao aquecimento global.O purpurado afirma que cristianismo e budismo sempre promoveram um grande respeito pela natureza. Todavia, pergunta-se o cardeal, que cristãos e budistas podem fazer a mais para colaborar em projetos práticos? E responde: "A reciclagem, a contenção com gastos energéticos, a prevenção da destruição indiscriminada de plantas e de animais e a proteção das águas". Deste modo, segundo o Card. Tauran, cristãos e budistas podem, juntos, ser portadores de esperança por um mundo limpo, seguro e harmonioso. A Festa do Vesakh celebra o aniversário do nascimento de Buda e é comemorado em 26 de maio.

Rádio Vaticano

SANTO DO DIA - SÃO JOSÉ BENEDITO COTTOLENGO

Hoje, lembramos São José Benedito nasceu em Bra, na Itália, onde desde de pequeno demonstrou-se inclinado a caridade. Com o passar do tempo e trabalho com sua vocação tornou-se um sacerdote dos desprotegidos na diocese de Turim.Quando teve que atender uma senhora grávida, que devido à falta de assistência social, morreu nos braços do Padre Cottolengo; o Santo, "espantado," retirou-se em oração e nisto Deus fez desabrochar no seu coração uma casa de abrigo que, mesmo em meio dificuldades, foi seguida por outras. São José Benedito Cottolengo acolhia pobres, doentes mentais, físicos, ou seja, todo tipo de pessoas carentes de amor, assistência material, físico e espiritual.Confiando somente nos cuidados do Pai do Céu, estas casas desde a primeira até a verdadeira cidade da caridade que surgiu, chamou-se Pequena Casa da Divina Providência. Diante do Santíssimo Sacramento, José Cottolengo e outros cristãos, que se uniram a ele nesta experiência de Deus, buscavam ali forças para bem servir os necessitados, pois já dizia ele: "Se soubesses quem são os pobres, os servirias de joelhos!". Entrou no Céu com 56 anos.

São José Benedito Cottolengo, rogai por nós!

REFLEXÃO DO EVANGELHO DE JOÃO 16,12-15

QUARTA-FEIRA DA 6ª SEMANA DA PÁSCOA

Dizer-se cristão mas não se esforçar por trazer em si o Espírito Santo é uma irresponsabilidade passível de punição: “a quem muito foi dado, muito será pedido; a quem muito foi confiado, muito será exigido”.(Lc 12,47.48) As exigências do evangelho de Cristo – que são as exigências da nossa salvação – de fato só podem ser cumpridas com o auxílio do Espírito Santo. Aquele que não o traz em si não pode suportá-las (v. 12). Somente o Espírito nos dá a compreensão e a força necessária para, juntamente com Cristo, entrarmos na dinâmica do mistério pascal.
Abandonemos decididamente toda mediocridade espiritual e abramo-nos à ação do Espírito Santo em nossas vidas. Deixemo-nos guiar por Ele, para assim chegarmos à verdade plena, que é o Cristo em pessoa.
Pe. D. Justino Silva de Souza, OSB

terça-feira, 29 de abril de 2008

MAIOR ORQUESTRA DA CHINA HOMENAGEIA BENTO XVI

Na próxima quarta-feira, 7, a Orquestra Shanghai Opera House Chorus, a mais famosa da China, realizará uma apresentação em homenagem ao Papa Bento XVI. O evento acontecerá às 18 horas na Sala Paulo VI, no Vaticano. O repertório será um dos preferidos do Santo Padre: ''Requiem'' di Wolfgang Amaedeus Mozart. A Shanghai Opera House Chorus está fazendo uma turnê pela Europa, e durante uma breve passagem pela Itália, oferecerá o Concerto a Bento XVI.A orquestra foi fundada em 2000, sobre a base da precedente Orquestra "China Broadcasting Symphony Orquestra". Dirigida pelo Maestro Long Yu, faz apresentações em todo o mundo. Em dezembro de 2004 a orquestra apresentou-se pela 1ª vez em Roma para o Senado da República Italiana. Na ocasião, o evento foi transmitido para diversos países no mundo."Com este evento, destacou a Rádio Vaticano, a música é um meio precioso de diálogo entre povos e culturas". No último dia 24, o Santo Padre foi homenageado pela Orquestra de Milão por ocasião de seu 3º aniversário de pontificado. Na oportunidade, destacou o valor musical: "Disse que a Itália tem muitos patrimônios artísticos, é como uma pérola importante no mundo, falou da música levada aos hospitais e orações e que é uma autêntica arte de oração".

Canção Nova Notícias/Papa News

IMPRENSA CATÓLICA LATINO-AMERICANA REÚNE-SE EM BOGOTÁ

Fortalecer os processos de formação profissional e comunicativa, mediante a integração de esforços, a reflexão sobre a importância da imprensa para a evangelização e os mecanismos de promoção e consolidação de empresas informativas na Igreja, para que contribuam com sua tarefa evangelizadora, são os objetivos do Primeiro Encontro Continental da Imprensa Católica.
O evento, que acontecerá de 28 a 30 de maio, na Conferência Episcopal da Colômbia, em Bogotá, é uma iniciativa do Departamento de Comunicação do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), e reunirá diretores de revistas, jornais, editores e colunistas da América Latina e Caribe.
Outro objetivo do encontro é aprofundar a questão da Missão Continental e de propor aos meios que assumam o compromisso de promover e difundir a Missão, cujo lançamento oficial ocorrerá em 17 de agosto, em Quito, Equador, durante o terceiro Congresso Missionário e o oitavo Congresso Missionário Latino-americano (CAM3/Comla8).
As inscrições para participar do encontro estarão abertas até o dia 10 de maio. Informações: comunicacion@celam.org

CNBB

DOM GERALDO LYRIO É ADMITIDO NA ORDEM DE RIO BRANCO

O presidente da CNBB e arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha, recebeu hoje, 29, Dia do Diplomata, a condecoração do Conselho da Ordem do Rio Branco, no grau de Grande Oficial. A cerimônia ocorreu às 11h, no Hall do Palácio do Itamaraty, em Brasília.
Diversas personalidades foram homenageadas com as insígnias classificadas em cinco graus: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.
Instituída em 1963, a Ordem tem como objetivo distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas e estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção.
Entre as autoridades que presidiram a cerimônia estavam os presidente e vice-presidente da República, respectivamente, Luiz Inácio Lula da Silva e José de Alencar e o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.
Dom Geraldo Lyrio recebeu a insígnia das mãos do ministro Amorim. Em seguida, todos os agraciados cumprimentaram o presidente Lula.
CNBB

DIOCESES REALIZAM SEMANA DA COMUNICAÇÃO

De 2 a 4 de maio, a diocese de Limeira (SP) promoverá a Semana da Comunicação, em comemoração ao 42º Dia Mundial das Comunicações, celebrado no domingo, 4.
O evento terá início com uma palestra sobre A Comunicação a serviço da vida, proferida pelo professor de antropologia teológica da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Lindolfo Alexandre de Souza.
O dia seguinte será marcado pelo show com o padre Fábio de Melo, na Sociedade Esportiva Gran São João, em Limeira.
A missa em ação de graças ao Dia Mundial das Comunicações ocorrerá no último dia do evento, às 10h, na Paróquia São Benedito. Será presidida pelo bispo responsável pelo Setor de Comunicação do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo), dom Vilson Dias de Oliveira.
Em Cachoeiro de Itapemirim (ES), as comemorações já começaram. De 27 de abril até 4 de maio, a diocese também realiza a Semana da Comunicação, com debates em programas de rádios e palestras.
Prêmio Francisco de Sales
A diocese de Caraguatatuba (SP) lança, no dia 8 de maio, a segunda edição do Prêmio Francisco de Sales de jornalismo e fotografia.
Em sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano, o concurso prevê temas ligados à defesa da vida. O regulamento será apresentado no dia 8.

cnbb

RELFEXÃO DO EVANGELHO DE JOÃO 16,5-11

SANTA CATARINA DE SENA

No evangelho de hoje, se explicita a função de Paráclito, ou seja, de Advogado e Defensor que tem o Espírito Santo. É graças à ação dele na Igreja que podemos perceber que a justiça de Deus é a que prevalece, mesmo que num primeiro momento o mal pareça predominar. Neste mundo, somos perseguidos e caluniados, mas o Espírito vem em nosso auxílio para nos manter de pé e nos abrir os olhos para a potência salvífica de Deus.
Pecar é abrir mão desse Dom maravilhoso de Jesus para nós, que é o Espírito Santo. Devemos estar sempre vigilantes, porque a obra do “Príncipe deste mundo” consiste precisamente em extinguir da nossa consciência a noção de pecado. Infelizmente, esse é um mal que se alastra cada vez mais, mesmo entre cristãos católicos.
Pe. D. Justino Silva de Souza, OSB

PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REALIZARÁ NOVENÁRIO

A Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Fátima realizará, de 4 a 13 de maio, o novenário de sua padroeira. O tema geral da festa será “Virgem de Fátima: Discípula Missionária em Defesa da Vida”, tendo como objetivo celebrar, com a Virgem de Fátima, a caminhada do Povo de Deus, como Discípulos Missionários de Jesus Cristo, em Defesa da Vida, na construção do Reino de Deus.
Dia 04 de maio, às 7 horas, celebração eucarística; às 9 horas, celebração eucarística; às 17 horas, celebração eucarística; às 18 horas, terço; às 19 horas, novena e celebração eucarística, presidida pelo Padre Ivan, abordando o sub-tema: “Virgem de Fátima: Discípula Missionária de Jesus que busca o Pai em defesa da Vida. (MT 28, 16-20), tendo a participação neste dia do MESC, Maria pelos Sacerdotes, maravilha, Aldaci Barbosa, Nossa Senhora das Graças e Alto da paz, 23º Batalhão de Caçadores e Polícia Militar. Maiores informações pelo telefone (85)3227 5215

Programa Casa de Todos da Arquidiocese de Fortaleza

CATEDRAL REALIZARÁ VIGILIA DE PENTECOSTES

A Catedral Metropolitana de Fortaleza realizará no dia 11 de maio, a partir das 16 horas, terminando às 20 horas, a Vigília de Pentecostes. O encerramento será marcado com uma celebração eucarística presidida por Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, Arcebispo de Fortaleza. Informações pelo telefone 3231 4196.

LIVRO "A MISSÃO DA PASTORAL SOCIAL" JÁ PODE SER ADQUIRIDO EM FORTALEZA

Já esta disponível na sede da CNBB Regional Nordeste I (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - Ceará) e no (CPMI) Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja, o Livro “A Missão da Pastoral Social”. O Livro é uma realização da Comissão da Caridade, da Justiça e da Paz da CNBB. Um dos objetivos desta publicação é desencadear um processo de formação em diálogo com os Regionais da CNBB, extensivo para as dioceses, comunidades e grupos de base. O livro quer também apresentar uma renovada e permanente formação que contribuirá para que as comunidades e pessoas tenham sensibilidade, atitude e coragem de Jesus em relação a todas as pessoas atingidas pela doença, miséria, preconceito, dominação e violência. O Livro está sendo publicado após dois anos de reflexão e estudos, contém sete capítulos distribuídos em 134 páginas e aborda teologia bíblica, documentos da doutrina social da Igreja, estudos de metodologia, princípios de organização e sustentabilidade, propostas de ações transformadoras na sociedade, fé e política e a presença pública da Igreja. A Equipe de redação do livro é composta por Neuza Mafra, Padre Bernardo Valvasori, Padre Bernardo Lestienne. Frei Bernardi, Ivi Poletto e Irmã Delci Frazen. A CNBB Regional Nordeste I fica na Rua Felino Barroso, nº. 405, Bairro Fátima, o Centro de Pastoral, Maria Mãe da Igreja, fica na Avenida Dom Manoel, 339, Centro, Fortaleza.

Anote

SANTO DO DIA - SANTA CATARINA DE SENA

Neste dia, celebramos a vida de uma das mulheres que marcaram profundamente a história da Igreja: Santa Catarina de Sena. Esta mulher, que foi reconhecida como Doutora da Igreja, era de uma enorme e pobre família de Sena, na Itália, onde nasceu em 1347. Tendida à oração, silêncio e penitência, não se consagrou em uma congregação, mas continuou, no seu cotidiano dos serviços domésticos, a servir a Cristo e Sua Igreja, já que tudo o que fazia, oferecia pela salvação das almas. Através de cartas às autoridades, embora analfabeta e de frágil constituição física, conseguia mover homens para a reconciliação e paz como um gigante.Dotada de dons místicos, recebeu espiritualmente e realmente, as chagas do Cristo; além de manter uma tão profunda comunhão com o pai, que deu origem à sua obra: “O Diálogo”. Comungando também com a situação do seu povo, ajudou em muito, socorrendo o povo italiano, que sofria com uma peste mortífera e, com igual amor socorreu Igreja que, com dois Papas, sofria divisão, até que Catarina, santamente, movimentou os Céus e a terra, conseguindo assim. Banir toda confusão. Morreu no ano de 1380, repetindo: "Se morrer, sabeis que morro de paixão pela Igreja".

Santa Catarina de Sena, rogai por nós!

PAPA VISITA FRANÇA EM SETEMBRO

Bento XVI visita o Santuário de Lourdes entre 12 e 15 de setembro por ocasião dos 150 anos das aparições de Nossa Senhora na cidade. A notícia foi anunciada pela Conferência Episcopal Francesa. O comunicado divulgado hoje pela Conferência Episcopal apresentou o programa da viagem do Papa, que iniciará em Paris na sexta-feira, 12 de setembro. Após encontrar-se com o presidente da República Nicolas Sarkozy e outras autoridades, o Papa participará de uma Conferência no Colégio dos Bernardinos, lugar de pesquisa e debate para a Igreja e sociedade, dirigidos ao mundo da cultura. Bento XVI visitará a Catedral de Notre-Dame para celebar as Vésperas com os sacerdotes, os diáconos, os religiosos e os seminaristas. Em seguida, pronunciará uma mensagem aos jovens reunidos nos átrios da Catedral. No sábado, 13, o Santo Padre presidirá a Missa na "Esplanade des Invalides"."Durante sua permanência na Capital, Ratzinger encontrará os responsáveis de outras confissões cristãs e representantes de comunidades judaicas e muçulmanas", afirma o comunicado. Na tarde do mesmo dia, o Papa se dirigirá a Lourdes, quando percorrerá as três primeiras etapas do "Caminho do Jubileu". À noite, após a tradicional procissão das velas, o Pontifície se dirigirá aos peregrinos. No domingo, 14, presidirá uma Missa Solene em Lourdes para todos os peregrinos. Na parte da tarde se encontrará com a Conferência Episcopal da França e participará da Procissão Eucarística. Na manhã da segunda-feira, 15, o Papa percorrerà a 4ª etapa do "Caminho do Jubileu" e administrará o Sacramento da Unção aos enfermos durante a Celebração Eucarística. O Papa Bento XVI retorna a Roma na tarde da segunda-feira."Os bispos da França convidam os fiéis a prepararem-se para acolher o Papa e agradecer a Deus pela mensagem de Lourdes", afirma comunicado de imprensa

Zenit

segunda-feira, 28 de abril de 2008

BENTO XVI NOMEIA NÚNCIO PARA PAÍS DE MINORIA CATÓLICA

Bento XVI nomeou núncio apostólico na Mongólia Dom Osvaldo Padilla, filipino, 65 anos, há pouco tempo nomeado núncio apostólico na Coréia.Em 1990 foi nomeado, por João Paulo II, núncio apostólico no Panamá, quando tornou-se arcebispo. Posteriormente foi representante do Papa no Sri Lanka (1994-1998), Nigéria (1998-2003) e Costa Rica (2003-2008).Os primeiros missionários da Mongólia, após o comunismo, chegaram em 1992 (quando a Santa Sé estabeleceu relações diplomáticas com o país), um belga e dois filipinos. Até então, quase ninguém havia ouvido falar de Jesus no país.Hoje, a Igreja na Mongólia conta com um bispo, Dom Wenceslao Padilla, da Congregação do Coração Imaculado de Maria, prefeito apostólico de Ulan Bator, que guia uma pequena comunidade católica surgida desde então. Cada ano recebe cerca de 100 batismos.

Zenit

CARDEAL DIAS REPRESENTA PAPA NA ETIÓPIA

Foi publicada, hoje, a carta na qual Bento XVI nomeou o Cardeal Ivan Dias, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, como seu enviado especial à cerimônia em comemoração ao novo milênio cristão na Etiópia. Ela foi escrita em latim e datada de 27 de março. O evento vai coincidir com o Congresso Eucarístico Nacional da Etiópia, que será realizado em Addis Abeba entre 2 e 4 de maio. Acompanharão o Cardeal Dias, Dom Tsegaye Kenini da Arquidiocese de Adis Abeba, ex-secretário geral do secretariado etíope católico, e Padre Tesfaye Tadesse MCCI, superior geral dos Padres Combonianos Missionários na Etiópia e Presidente da Conferência dos Superiores Maiores Religiosos da Etiópia.

Canção Nova Notícias/Roma

GUARATINGUETÁ CELEBRA O 1o. ANO DE CANONIZAÇÃO DE FREI GALVÃO

A Igreja de Frei Galvão, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Guaratinguetá, promove a festa de um ano de canonização do primeiro santo brasileiro. Em preparação para a grande festa, inicia nesta sexta-feira, 2, a Novena na Igreja de Frei Galvão, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima.Em 11 de maio, dia em que o santo foi canonizado pelo Papa Bento XVI em sua visita ao Brasil, haverá Missa de encerramento da Festa e a benção das réplicas da cruz de Frei Galvão. Estas réplicas serão entregues às pessoas que ajudaram a Campanha para a compra de um terreno para a construção do Santuário de Frei Galvão. Mais informações pelo telefone (12) 3125-2260.

Canção Nova Notícias

HÁ IGNORÂNCIA SOBRE LEITURA DA BÍBLIA EM PAÍSES CRISTÃOS

Foi apresentada, nesta manhã, na Sala de Imprensa do Vaticano uma pesquisa sobre a leitura da Bíblia em 9 países, EUA, Grã Bretanha, Holanda, França, Espanha, Itália, Polônia e Rússia, em vista do próximo Sínodo dos Bispos que se dedicará à reflexão da difusão da Sagrada Escritura no Mundo. " A ignorância e a confusão sobre a Bíblia em muitos países cristãos, incluindo a Itália, é grande". É o que conclui o estudo realizado pelo Centro de Pesquisas Eurisko, patrocinada pela Federação pela Confederação Bíblica Católica. Ao apresentar estes dados, Dom Gianfranco Ravasi, presidente da Pontifícia Comissão para a cultura, declarou a necessidade de difundir sempre mais a importância da Bíblia: "A Bíblia tem passagens certas para consolar todas as situações e inquietações"..: Com qual freqüência e como pessoas lêem a Bíblia?Somente 14% dos italianos entrevistados responderam corretamente algumas perguntas de conhecimento básico da Bíblia, como, por exemplo: "Os Evangelhos fazem parte da Bíblia? Jesus escreveu livros da Bíblia? Quem, entre Moisés e Paulo, eram personagens do Antigo Testamento? Quem escreveu os Evangelhos de Lucas, João, Paulo e Pedro?".Nos EUA, somente 17% responderam corretamente, assim como na Grã Bretanha. Na Alemanha, a resposta correta foi dada por 15% da população. Na França, 11% e 8% na Espanha. Os melhores classificados foram os poloneses, com 20%. E os menos preparados são os russos, com apenas 7%. A Itália está entre os últimos no que se refere a leitura da Bíblia. 75% dos americanos afirmam ter lido um trecho bíblico nos últimos 12 meses. Entre os italianos a porcentagem é 27%. Já em países católicos, como França e Espanha, a porcentagem corresponde a 21% e 21%, respectivamente.88% dos italianos, entretanto, se declaram católicos. Mas, somente 32% freqüenta assiduamente as Igrejas, contra 55% dos poloneses e 45% dos americanos. Entre os ortodoxos russos, somente 6% vai à Missa todos os domingos. A pesquisa também indicou que o percentual de fiéis italianos que possuem a sensação de ter a proteção de Deus é alto (79%); na Polônia (79%); na Rússia (78%), nos EUA (86%) e na França, somente 47% da população diz perceber a proteção divina. Os dados da interpretação da Bíblia, apontam que para 27% da população nos EUA, 23% na Itália, 34% na Polônia e 21% na Rússia, os textos bíblicos são considerados Palavra de Deus na íntegra. Enquanto nos EUA, 43% dos cristãos (católicos e protestantes) pregam lendo a Bíblia e 37%, outros textos sacros, na Itália, somente uma minoria de 24% se baseia nas leituras sacras para orações. A grande maioria (84%) recita palavras decoradas, 75% reza com suas próprias palavras. 54% dos italianos gosta de ouvir pregações e missas na TV, contra 39% dos americanos. Na coletiva de imprensa de apresentação estiveram presentes além do presidente da Pontifícia Comissão para a Cultura, Dom Gianfranco Ravasi, o presidente da Federação Bíblico Católica, Dom Vincenzo Paglia, e o coordenador da pesquisa, professor Luca Diotallevi.

Rádio Vaticano/Canção Nova Notícias

PASTORAL DA MULHER MARGINALIZADA PROMOVE SEMINÁRIO, EM BELO HORIZONTE

Começa hoje, 28, em Belo Horizonte (MG), o Seminário promovido pela Pastoral da Mulher Marginalizada, sobre o tema A prostituição feminina: um olhar interdisciplinar. O evento, que prosseguirá até 30 de abril, celebra os 25 anos de existência da Pastoral.
Durante o Seminário, os participantes refletem sobre as diferentes perspectivas da realidade da prostituição, discutem as diversas propostas existentes em torno da mesma. Além disso, o evento pretende propiciar um debate sob a ótica da teologia feminista, a evolução, valores e novas realidades que giram em torno da prostituição.
Participam agentes sociais e de saúde, representantes de ONGs, instituições governamentais, estudantes das áreas social/humana/direito, entre outros.
A Pastoral da Mulher Marginalizada está ligada ao Setor Pastoral Social da CNBB e tem como objetivo apoiar as mulheres que se encontram em situação de prostituição a exercer sua cidadania, fortalecer sua auto-estima e ampliar seu conhecimento sobre as questões sociais, de gênero, saúde e trabalho.
Informações: www.oblatas.org.br ou pelo telefone: (31) 3272-7349.

CNBB

CURSO ABORDA FORMAÇÃO CRISTÃ PARA A CIDADANIA

O Centro Cultural de Brasília promoverá, de 30 de junho a 26 de julho, o Curso de Formação Cristã para a Cidadania.
O objetivo é proporcionar elementos de formação sobre a sociedade no plano ético e político, na perspectiva da visão cristã do mundo e da ação solidária; valorizar a formação política para a cidadania; sensibilizar a Igreja e o povo, para a urgência da presença da consciência cidadã e de sua responsabilidade ética na dimensão política da realidade brasileira; despertar para a importância de organização do trabalho em rede como espaço de difusão de textos, subsídios e troca de experiências.
Durante o curso serão abordadas questões como Cidadania, Participação, Solidariedade, Ética, Justiça, Fé e Política.
Informações e inscrições: (61) 3426-0413 ou pelo e-mail: ibrades@ccbnet.org.br

CNBB

ARQUIDIOCESE DE VITÓRIA PROMOVE SEMANA TEOLÓGICA E FILOSÓFICA

O Belo e o Sagrado em foco. É o tema da X Semana Teológica e V Semana Filosófica, promovidas pela Faculdade Salesiana de Vitória (ES) e pelo Instituto de Filosofia e Teologia da arquidiocese de Vitória.
O evento acontecerá de 12 a 16 de maio, no auditório do Colégio Do Carmo, em Vitória.
Durante a Semana serão abordados assuntos como: O fenômeno do sagrado e suas diferentes expressões; Eclesiologia e arquitetura sacra; Arquitetura sacra contemporânea; O Belo e o Sagrado; A mistagogia do Espaço Sagrado.
Além das palestras, serão oferecidos mini-cursos sobre Os 500 anos da arquitetura religiosa no Espírito Santo; A ética em Max Weber; O centro histórico de Vitória.
Informações: (27) 3223-1829 ou www.unisales.br

CNBB

PRESIDENTE DA CNBB RECEBE CONDECORAÇÃO DO ITAMARATY

O presidente da CNBB e arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha, foi admitido, no grau de Grande Oficial, na Ordem do Rio Branco.
O objetivo da Ordem é distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas e estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção. São cinco os graus da Ordem: Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro.
A Ordem do Rio Branco foi instituída em 1963 e possui esta denominação em homenagem ao patrono da diplomacia brasileira, o Barão do Rio Branco.
O convite de condecoração a dom Geraldo Lyrio foi enviado em nome do ministro das Relações Exteriores e chanceler da Ordem, embaixador Celso Amorim.
A cerimônia de entrega das insígnias ocorrerá amanhã, 29 de abril, às 11h, no Hall do Palácio do Itamaraty, em Brasília.

CNBB

REFLEXÃO DO EVANGELHO DE JOÃO 15,26-16,4

SEGUNDA-FEIRA DA 6ª SEMANA DA PÁSCOA

Um mártir é alguém que dá testemunho da sua fé em Cristo Jesus, às vezes com o derramamento do próprio sangue. “Vós também dareis testemunho”, diz-nos Jesus no evangelho de hoje. Na verdade, todo cristão é chamado a dar o seu testemunho. Mas isso não significa que todos sejamos chamados a derramar o próprio sangue. O que devemos, sim, é suportar os sofrimentos que a fidelidade a Jesus nos impõe.
Para dar esse testemunho, sabemos que não podemos contar com as nossas próprias forças. Precisamos da “força do alto”, o Espírito Santo, que vem em auxílio da nossa fraqueza. “Se vivemos pelo Espírito, pelo Espírito pautemos também nossa conduta” (Gl 5,25), e a fortaleza é própria de quem traz o Espírito em si.

Pe. D. Justino Silva de Souza, OSB

IGREJA DOS ESTADOS UNIDOS DEU ESPERANÇA AO PAPA

Bento XVI confessou neste domingo que a Igreja nos Estados Unidos confirmou-o na esperança graças a sua vitalidade.
Assim explicou ao meio-dia ao rezar a oração mariana do «Regina Caeli» junto a vários milhares de peregrinos congregados na praça de São Pedro, comentando sua peregrinação apostólica que aconteceu entre 15 e 21 de abril.
O Papa, falando da janela de seu apartamento, recordou que o objetivo de sua visita a esse país eram estas palavras: «Christ our Hope – Cristo nossa esperança» e agradeceu a Deus «porque abençoou abundantemente esta singular experiência missionária e me permitiu ser instrumento da esperança de Cristo para essa Igreja e para a desse país».
«Ao mesmo tempo – reconheceu -, agradeço porque eu mesmo fui confirmado na esperança pelos católicos americanos: vi uma grande vitalidade e a vontade decidida de viver e testemunhar a fé em Jesus».
O próprio pontífice anunciou que na alocução que pronunciará na próxima quarta-feira, por ocasião da audiência geral, deterá mais amplamente repassar sua visita aos Estados Unidos.

Zenit

NÚNCIO APOSTÓLICO PARA COMUNIDADE CATÓLICA NA MONGÓLIA

O papa Bento XVI nomeou núncio apostólico na Mongólia Dom Osvaldo Padilla, a quem há pouco tempo havia nomeado também núncio apostólico na Coréia.
Nascido há 65 anos nas Filipinas, João Paulo II o nomeou em 1990 núncio apostólico no Panamá, elevando-o à dignidade de arcebispo. Posteriormente foi representante do Papa no Sri Lanka (1994-1998), Nigéria (1998-2003) e Costa Rica (2003-2008).
Os primeiros missionários após o comunismo chegaram à Mongólia em 1992 (quando a Santa Sé estabeleceu relações diplomáticas com o país), um belga e dois filipinos. No país, no momento, praticamente ninguém havia ouvido falar de Jesus.
Hoje, a Igreja no país conta com um bispo, Dom Wenceslao Padilla, da Congregação do Coração Imaculado de Maria, prefeito apostólico de Ulan Bator, que guia uma pequena comunidade católica surgida desde então. Cada ano recebe cerca de 100 batismos.

Zenit

SANTO DO DIA - SÃO PEDRO CHANEL

Lembramos neste dia, a vida do grande missionário marista, São Pedro Chanel, que nasceu num tempo em que a Igreja ainda sofria as conseqüências da Revolução Francesa. São Pedro nasceu em Lyon, em 1803, de uma família do campo.Ajudado por um padre, Pedro caminhou para o sacerdócio até se tornar padre na diocese de Turim. Desde o tempo de formação, São Pedro se encantava com a leitura sobre missões, desta forma, ele entrou para a Sociedade de Maria e foi evangelizar as regiões e ilhas da Oceania, Atlântico e Pacífico.Ao se instalar com um irmão da Congregação, em uma região habitada por primitivos que eram animistas, ou seja, possuíam crenças religiosas que tendiam ao panteísmo, São Pedro fez o possível e o impossível para ganhar a todos para Cristo. Depois de um longo trabalho de testemunho, ele, que já formava os primeiros catecúmenos, foi, em 1841, ferozmente atacado e martirizado por primitivos fanáticos, isso a mandado de alguns pajés inimigos.

São Pedro Chanel, rogai por nós!

domingo, 27 de abril de 2008

PARÓQUIA DO MONDUBIM REALIZA CAMINHADA PELA PAZ

As Pastorais Sociais e Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) da Paróquia do Mondubim, promoverão no dia 1º de Maio, a partir das 16h00 a primeira Caminhada pela paz. A concentração será na praça em frente ao posto de saúde do Conjunto Esperança. Atualmente o bairro vive diversas situações de violência principalmente entre a juventude e o objetivo é sensibilizar os moradores e o poder público para uma nova cultura de paz, exigindo políticas públicas. A caminhada será dividida em alas reivindicando educação, meio ambiente, trabalho, juventude, saúde e segurança. Durante o percurso haverá apresentações de teatro, música e danças circulares. No final da caminhada haverá o ofício divino da paz com todos os participantes e uma ciranda.

Fonte: Anote

PAPA ORDENA 29 PADRES E INVOCA A PAZ PARA ALGUNS PAÍSES DA ÁFRICA


Anunciar e testemunhar a alegria: este é o “núcleo central da missão” do padre, disse Bento XVI na homilia de ordenação de vinte nove diáconos, neste domingo de manhã, na basílica de São Pedro. Para além das leituras bíblicas proclamadas neste VI domingo do tempo pascal, o Papa chamou a atenção para o especial significado que assume, no rito de ordenação, a imposição das mãos, invocando em silêncio o Espírito santo sobre os ordinandos.Já depois do meio-dia, da janela dos seus aposentos na Praça de São Pedro, Bento XVI pronunciou a costumada alocução antes do canto do Regina Coeli, a antífona mariana deste tempo pascal. Também aqui o Papa recordou o que disse na homilia sobre a missão da Igreja e dos novos padres:“É este o sentido da missão da Igreja e em particular dos sacerdotes: semear no mundo a alegria do Evangelho! Onde Cristo é pregado com a força do Espírito Santo e acolhido com ânimo aberto, a sociedade, embora cheia de tantos problemas, torna-se cidade da alegria, como diz o título de um célebre livro sobre a obra de Madre Teresa de Calcutá. São estes os votos que faço aos novos padres, pelos quais vos convido a rezar: que eles possam difundir, aonde forem destinados, a alegria e a esperança que brotam do Evangelho”.Bento XVI observou que foi precisamente uma mensagem de alegria e de esperança a que levou aos Estados Unidos da América, na sua recente viagem apostólica a Washington e Nova Iorque. Prometendo dedicar a este assunto a audiência geral de quarta-feira, o Papa deu graças a Deus pelas bênçãos com que cumulou esta “singular experiência missionária”, permitindo-lhe ser “instrumento da esperança de Cristo para aquela Igreja e para aquele país”. E declarou ter-se sentido ele próprio “confirmado na esperança pelos católicos americanos”, que revelam “grande vitalidade e a decidida vontade de viver e testemunhar a fé em Jesus”.Neste domingo muitas Igrejas Orientais celebram, segundo o calendário juliano, a solenidade da Páscoa, Bento XVI exprimiu aos respectivos fiéis a sua “fraterna proximidade espiritual”:“Saúdo-os cordialmente, pedindo ao Deus uno e trino que os confirme na fé, que os encha da luz resplandecente que emana da ressurreição do Senhor e que os conforte nas difíceis situações em que têm que viver e testemunhar o Evangelho”.O Papa convidou todos a invocarem consigo “a Mãe de Deus, para que o caminho empreendido, de diálogo e de colaboração, leve sem tardar a uma comunhão mais completa entre todos os discípulos de Cristo, para que sejam um sinal cada vez mais luminoso de esperança para toda a humanidade”.Depois do canto do “Regina Coeli”, o Santo Padre lançou um apelo em relação a “alguns países africanos” de onde provêm dia a dia “notícias que continuam a ser motivo de profundo sofrimento e viva preocupação”. Pedindo que cada um reze e se faça porta-voz destas “trágicas situações”, Bento XVI referiu especialmente três:“Na Somália, especialmente em Mogadíscio, violentos encontros armados tornam cada vez mais dramática a situação humanitária desta querida população, desde há tantos anos sob o peso da brutalidade e da miséria. O Darfur, não obstante alguma leve e momentânea esperança, permanece uma tragédia sem fim para centenas de milhares de pessoas indefesas e abandonadas a si mesmas.Finalmente, o Burundi. Depois dos bombardeamentos dos últimos dias, que “atingiram e aterrorizaram os habitantes da capital Bujumbura”, Bento XVI fez um apelo: “perante o risco de uma nova guerra civil, convido todas as partes em causa a retomarem sem mais tardar a via do diálogo e da reconciliação. Confio em que as autoridades políticas locais, os responsáveis da comunidade internacional e todas as pessoas de boa vontade não se pouparão esforços para fazer cessar a violência, honrando os compromissos assumidos, de modo a que se lancem sólidos alicerces para a paz e o desenvolvimento”.Nas saudações aos peregrinos de diferentes línguas presentes na Praça de São Pedro, o Papa recordou o próximo início do “mês de maio, tradicionalmente dedicado, em muitos países, a Maria”. E convidou à recitação devota do Rosário, “pelas necessidades do mundo e da Igreja”.




Rádio Vaticano

A FESTA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO DIA 1o. DE MAIO


Começam amanhã, dia 28, com uma caminhada saindo da antiga capela, na rua Major Pedro Sampaio, 300, os festejos de São José Operário (foto de Mauri Melo), na sua capela, à Rua Professor João Bosco, entre os bairros Parque Araxá e Rodolfo Teofilo.
Os festejos marcam todos os dias, caminhada, com saída da antiga capela àté a Capela de São José Operário e missa. A festa terminará com uma procissão no dia 1o. de maio, às 17 horas, percorrendo várias ruas do bairro. Após a chegada, uma missa campal, em frente a Capela de São José Operário, celebrada pelo padre Hermano Mestron e, em seguida, confraternização.

MARINHA ENCERRA BUSCAS A PADRE DESAPARECIDO EM SANTA CATARINA


da Folha Online



A Marinha encerrou às 12h deste sábado as buscas pelo padre Adelir Antônio de Carli (foto), desaparecido desde domingo no litoral de Santa Catarina. O padre queria bater o recorde de vôo com balões, indo de Paranaguá (litoral do Paraná) até Ponta Grossa. Os ventos e o mau tempo, no entanto, acabaram desviando Carli à costa catarinense.
AP
Bombeiros permanecem buscas a padre desaparecido no litoral de SC
Apesar de a Marinha e a Aeronáutica não participarem mais das buscas integrantes dos bombeiros de São Francisco do Sul (SC) devem prosseguir em ao menos uma semana os trabalhos de resgate.
O 5º Distrito Naval informou que por volta das 12h as embarcações empenhadas pelo Salvamar (Serviço de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil), lanchas, uma embarcação rebocadora e um helicóptero, terminaram as buscas.
O Salvamar só irá disponibilizar equipamentos para o resgate caso alguma informação concreta aponte se trata do padre.
Neste sábado, segundo os bombeiros, escaladores vasculharam matas da região. O trabalho também prossegue por terra, com equipes que percorrem a pé ilhas próximas.
Leia mais
Marinha encerra hoje buscas por padre desaparecido
Família de padre desaparecido em SC aluga avião para ajudar buscas
Leia íntegra do bate-papo com Dimitri do Valle sobre as buscas ao padre Adelir
Padre que sumiu com balões não concluiu curso de vôo
Buscas a padre que voava com balões devem se concentrar no sul de SC

REFLETINDO SOBRE O EVANGELHO


Sexto domingo da Páscoa

Estamos vivendo plenamente as alegrias da Páscoa. A espiritualidade deste tempo é a da Ressurreição - vida nova em Cristo Jesus, uma espiritualidade de vida nova, de "vida do alto", como repete a Liturgia, relembrando o ensinamento da carta aos colossenses: "Uma vez que ressuscitastes com Cristo - o cristão é alguém que, no batismo, morreu e ressuscitou com Cristo - buscai as coisas do alto, onde Cristo se encontra sentado à direita de Deus" ( cf. Cl. 3,1 ). O cristão não pode rastejar no apego e na sujeição às coisas terrenas, aos prazeres deste mundo. Tem que saber saborear as coisas do alto e não as coisas da terra.
E para nos ajudar eficazmente nessa tarefa, a Igreja nos vai fazendo ler o que Jesus ensinou, numa nova e saborosa leitura, iluminada pela luz da Páscoa, que leva a penetrar as profundezas da sabedoria de Deus. E, como nem podia ser diversamente, predominam os textos de S. João com sua sábia teologia e com a sua elevada mística.
No Evangelho deste 6º domingo da Páscoa ( João 14,15-21 ), é apresentada para nós a Promessa do Espírito, já que se aproxima a Festa de Pentecostes. O trecho do Evangelho de hoje faz parte do discurso da despedida de Jesus ( João 13-17 ). É o testamento que Jesus, antes de partir, deixa à sua Comunidade. O Evangelho apresenta dois pontos importantes: a) O Amor; b) O Espírito Santo - espírito da verdade e advogado dos cristãos.
O amor não é algo abstrato. É, sim, o fundamento para saber se os cristãos são, de fato, seguidores de Jesus; se são capazes de amar na comunidade e fora dela. O amor para Jesus não pode ser vivido em circuito fechado, egoisticamente, mas projetado para fora, da mesma forma como Jesus agiu, e vai trazer a vida em plenitude para todos. Amor, para Jesus, é dar a vida. É guardar os mandamentos que foram resumidos no amor a Deus e ao Próximo.
O Espírito Santo, espírito da verdade, advogado dos cristãos, é o defensor que permanece para sempre na vida da comunidade. Ele é chamado o espírito da verdade, isto é: aquele que estará presente em todas as ações dos cristãos em defesa da liberdade e da vida, como fez Jesus. Espírito da verdade é a memória de fidelidade de Jesus na vida da comunidade cristã. É ele quem nos protege contra o erro e a mentira, pois o mundo da mentira se opõe ao Espírito da Verdade.
Ainda neste Evangelho encontramos dois aspectos da realidade de Deus que estavam escondidos até que o Espírito iluminasse a mente dos apóstolos: 1) Deus se revela a nós não como um ser solitário, fechado em si mesmo; Deus se revela como Pai, Filho e Espírito Santo. Deus se revela como Comunhão. 2) Deus se revela como o "bem que se difunde", o bem que se comunica, diz o grande teólogo da Igreja, Santo Tomás de Aquino. Deus é amor. Fazer conhecer esse amor, difundir esse amor é a nossa missão.
Que a prolongada celebração da Páscoa nos ajude a criar em nós uma forte espiritualidade da alegria, da vida e da esperança. Um bom domingo a todos!

Pe. Raimundo Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

CRISTÃO DEVE SER "OUTRO CRISTO" E "OUTRO PARÁCLITO"


Comentário do Padre Raniero Cantalamessa, OFM Cap., pregador da Casa Pontifícia, à Liturgia da Palavra deste domingo.

VI Domingo de Páscoa Atos 8, 5-8.14-17; 1 Pedro 3,15-18; João 14, 15-21Ser paráclitos

No Evangelho Jesus fala aos discípulos sobre o Espírito usando o termo "Paráclito", que significa consolador, ou defensor, ou as duas coisas. No Antigo Testamento, Deus é o grande consolador de seu povo. Este "Deus da consolação" (Rm 15, 4) se "encarnou" em Jesus Cristo, que se define de fato como o primeiro consolador ou Paráclito (Jo 14, 15). O Espírito Santo, sendo aquele que continua a obra de Cristo e que leva a cumprimento as obras comuns da Trindade, não podia deixar de definir-se, também Ele, Consolador, "o Consolador que estará convosco para sempre", como Jesus o define. A Igreja inteira, depois da Páscoa, teve uma experiência viva e forte do Espírito como consolador, defensor, aliado, nas dificuldades externas e internas, nas perseguições, na vida de cada dia. Nos Atos dos Apóstolos lemos: "A Igreja se edificava e progredia no temor do Senhor e estava cheia da consolação (paráclesis!) do Espírito Santo" (9, 31).Devemos agora tirar disso uma conseqüência prática para a vida. Temos de nos converter em paráclitos! Ainda que é certo que o cristão deve ser "outro Cristo", é igualmente certo que deve ser "outro Paráclito". O Espírito Santo não só nos consola, mas nos faz capazes de consolar os demais. A consolação verdadeira vem de Deus, que é o "Pai de toda consolação". Vem sobre quem está na aflição; mas não se detém aí; seu objetivo último se alcança quando quem experimentou a consolação se serve dela para consolar por sua vez o próximo, com a mesma consolação com a qual ele foi consolado por Deus. Não se conforma em repetir estéreis palavras de circunstância que deixam as coisas iguais ("Ânimo, não te desalentes; verás que tudo sai bem!"), mas transmite o autêntico "consolo que dão as Escrituras", capaz de "manter viva nossa esperança" (Rm 15, 4). Assim se explicam os milagres que uma simples palavra ou um gesto, em clima de oração, são capazes de fazer à cabeceira de um enfermo. É Deus quem está consolando essa pessoa através de você!Em certo sentido, o Espírito Santo precisa de nós para ser Paráclito. Ele quer consolar, defender, exortar; mas não tem boca, mãos, olhos para "dar corpo" a seu consolo. Ou melhor, tem nossas mãos, nossosolhos, nossa boca. A frase do Apóstolo aos cristãos de Tessalônica: "Confortai-vos mutuamente" (1Ts 5, 11), literalmente se deveria traduzir: "sede paráclitos uns dos outros". Se a consolação que recebemos do Espírito não passa de nós aos demais, se queremos retê-la de forma egoísta para nós, logo se corrompe. Daí o porquê de uma bela oração atribuída a São Francisco de Assis, que diz: "Que não busque tanto ser consolado como consolar, ser compreendido como compreender, ser amado como amar...".À luz do que disse, não é difícil descobrir que existem hoje, ao nosso redor, paráclitos. São aqueles que se inclinam sobre os enfermos terminais, sobre os enfermos de aids, quem se preocupa em aliviar a solidão dos anciãos, os voluntários que dedicam seu tempo às visitas nos hospitais. Os que se dedicam às crianças vítimas de abuso de todo tipo, dentro e fora de casa. Terminamos esta reflexão como os primeiros versos da Seqüência de Pentecostes, na qual o Espírito Santo é invocado como o "consolador supremo":"Vinde, ó Pai dos pobres, vinde, autor de todos os dons, vinde, Luz dos corações. Consolador supremo, doce hóspede da alma, suave refrigério. Repouso no trabalho, brandura no ardor, consolo no pranto".

Zenit

SANTO DO DIA - SANTA ZITA

Com muito carinho e devoção, lembramos, neste dia, da santidade de vida de santa Zita, padroeira das empregadas do lar. Nascida em Lucca, na Itália, no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa, mas que soube comunicar a ela a riqueza da vida em Deus.Como simples empregada, sem estudos e cultura, Zita consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples. O segredo da espiritualidade desta santa era muito concreto, pois consistia em se questionar se esta ou aquela atitude agradava ou não ao Senhor; desta forma abriu-se para a santificação de Deus.Santa Zita, com vinte anos, foi trabalhar numa família nobre e lá, não deixou de participar em todas as manhãs da Santa Missa na comunidade. Ela ajudava aos pobres e visitava os doentes nos tempos de folga, desta forma conquistou a admiração dos patrões. Conquistou também muitos corações para o Senhor e, merecidamente, o Céu.

Santa Zita, rogai por nós!

sábado, 26 de abril de 2008

PORTA-VOZ DO VATICANO GARANTE QUE BENTO XVI ESTÁ BEM DE SAÚDE

da Efe, na Cidade do Vaticano

O papa Bento XVI, 81 anos, está bem de saúde, afirmou neste sábado o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, em resposta às informações divulgadas pelo jornal francês "Le Figaro" sobre uma suposta deterioração do estado físico do pontíficie.
De acordo com o "Le Figaro", Bento 16 tem uma aparência "cansada" desde sua viagem aos Estados Unidos, e "não é um segredo para ninguém a fragilidade de seu coração".
O jornal afirma ainda que seu estado de saúde "já alimenta os rumores sobre a sucessão".
A publicação francesa insiste que o papa tem reduzido o número de audiências, que na sexta-feira Santa não continuou a pé a Via-Sacra no Coliseu de Roma e que em várias ocasiões não leu os discursos previstos, além de ter suspendido as audiências públicas de quarta-feira, após seu retorno dos EUA.
O porta-voz do vaticano assegurou hoje que essas afirmações "são paradoxais, levando em conta que o pontífice retornou de uma viagem, longa e fatigante, na qual cumpriu de maneira brilhante todos os compromissos sem dar o menor sinal de incerteza [sobre seu estado] e sem modificar o programa".
Lombardi ressaltou que Bento XVI, que acaba de completar 81 anos, "está bem, e como se pode ver pela televisão, cumpre com todos os compromissos".
Em relação à suspensão da audiência do dia 23 de abril, dois dias após retornar da viagem de sete dias pelos EUA, Lombardi explicou que era algo previsto anteriormente.
O jesuíta Lombardi acrescentou que o papa mantém sua agenda sem alterações. Amanhã, domingo, o papa deve ordenar 29 sacerdotes no Vaticano, em uma longa cerimônia e, em meados de maio, viajará ao sul da Itália.

DUAS MIL CRUZES BRANCAS LEMBRAM MORTES POR VIOLÊNCIA NO RIO

Desde janeiro, 2 mil pessoas foram assassinadas no estado, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública. Para lembrar essas mortes violentas, a organização não-governamental (ONG) Movimento Rio de Paz montou na madrugada de hoje, 26, uma via crucis no Aterro do Flamengo, zona sul da cidade, com 2 mil cruzes brancas.Numa extensão de quase 2 quilômetros, as cruzes estão fincadas no gramado, bem próximo das pistas, e chamam a atenção dos motoristas. Várias delas têm o nome das vítimas. E ficarão no local até amanhã, 27, quando integrantes do Movimento Rio da Paz aproveitarão o fechamento das pistas para área de lazer e coletarão assinaturas. O abaixo-assinado com propostas de ações para acabar com a violência será encaminhado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo o coordenador da ONG, Antônio Costa. O protesto, explicou, tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade civil e também das autoridades públicas para o alto número de homicídios.Entre as propostas a serem apresentadas estão a elevação do piso salarial das polícias Civil e Militar, e mudanças na política de enfrentamento dos criminosos adotada pelos governos estadual e municipal. "Não somos a favor do criminoso livre, porém mais importante do que invadir uma favela, e matar, é o Estado estar sempre presente lá", acrescentou.Este é o primeiro protesto da ONG neste ano. No ano passado, promoveu manifestações silenciosas na Praia de Copacabana, também na zona sul da cidade, ao fincar cruzes e rosas vermelhas na areia. Um grupo de integrantes da Movimento Rio de Paz também se deitou no calçadão, para simbolizar as vítimas da violência. Na zona norte da cidade, dezenas de crianças e adolescentes alunos de escolas da Tijuca fizeram uma caminhada pelas ruas do bairro contra as diversas formas de violência.

Agência Brasil

FÁTIMA FOI UMA DAS MAIORES EPOPÉIAS MARIANAS, AFIRMA CARDEAL

O Santuário de Fátima prepara-se para acolher o prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal José Saraiva Martins, que presidirá à Peregrinação Internacional pelos 91 anos da primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, nos dias 12 e 13 de maio. Em coletiva de imprensa no santuário, o cardeal português afirmou que visitar a Capelinha das Aparições é "recordar uma das maiores 'epopéias marianas', talvez a maior do século passado".O convite para presidir a peregrinação foi feito pelo Bispo de Leiria-Fátima, D. António A. dos Santos Marto. "Recebi o convite com profunda gratidão", afirma o cardeal, que continua: "Vou poder encontrar, pela segunda vez, centenas de peregrinos de todo o mundo, vindos a Fátima para renovar a sua fé, manifestar o seu amor filial à 'Senhora mais brilhante que o sol' e agradecer-lhe por ter querido fazer desta humilde terra lusitana o 'Altar do Mundo' ou, se preferirmos, a 'Cátedra do Evangelho'. A Cova da Iria foi o lugar por Ela escolhido para falar aos homens do nosso tempo, transmitindo-lhes, por meio dos três inocentes pastorinhos, uma importante e sempre atual mensagem de salvação". Para o cardeal Saraiva Martins, ir a Fátima é recordar um dos maiores acontecimentos que marcaram a história da Igreja portuguesa e de muitos outros países dos vários continentes; é reviver, afirma o purpurado, uma história maravilhosa, não só eclesial, mas também social que ainda não acabou, mas que continua no tempo.

Rádio Vaticano

PAPA ENCORAJA JOVENS FRENCESES A CRER, AMAR E ESPERAR EM CRISTO

O Papa Bento XVI recebeu ontem, 25, em audiência, o arcebispo de Paris e presidente da Conferência Episcopal da França, Cardeal André Vingt-Trois, ao qual entregou uma Carta por ocasião do centenário do 'Frat', nome dado a peregrinação anual dos jovens da província eclesiástica de Paris. O Santo Padre enviou uma mensagem aos jovens parisienses, que concluem amanhã sua peregrinação a Lourdes, iniciada no último dia 22, na qual os encorajou a peregrinar com alegria de crer, amar e esperar em Cristo. Na mensagem, o Papa recorda, por ocasião dos 150 anos das aparições da Virgem em Lourdes, comemorados este ano, o que Nossa Senhora confiou a Santa Bernadete de Soubirous: a renovação espiritual cristã por meio do apelo à conversão e do amor à Igreja. "A Virgem confia hoje nos jovens do 'Frat'", disse o Santo Padre, fazendo votos de que os ideais nobres e elevados da juventude francesa possam realizar-se em sua vida".Bento XVI expressa seu desejo de que os jovens da província eclesiástica de Paris possam empreender o caminho da felicidade, verdadeiro dom de Deus e fonte de profunda alegria. Tal caminho é indicado pela Mãe de Deus, com a sua plena disponibilidade à vontade de Deus.O Bispo de Roma encoraja os jovens a celebrarem com entusiasmo, durante esses dias de peregrinação, a alegria de crer, amar e esperar em Cristo. A darem testemunho de sua fé, acolhendo, na meditação e no silêncio, a Palavra de Deus, a fim de que ela possa modelar seus corações e produzir frutos abundantes.O Papa conclui sua Carta aos jovens parisienses agradecendo a todos pela participação maciça nesta peregrinação mariana, também dos religiosos, religiosas, sacerdotes e leigos que compõem a imensa corrente do 'Frat', que contribui, há um século, a fazer de suas peregrinações um momento importante na vida de um grande número de jovens cristãos.
Rádio Vaticano

ADVOGADO-CIENTISTA DEFENDE A VIDA E SEU TESTEMUNHO EMOCIONA




O advogado Francisco Victor Bouisson, doutor em bioética, deu uma conferência esta tarde na Comunidade Católica Face de Cristo, á Rua Dr. Edmilson Barros de Oliveira, 191, no bairro Cocó, em Fortaleza, convencendo e emocionando a todos os que compareceram e lotaram o auditório daquela entidade.
Bouisson começou a sua conferência às 15 horas, falando sobre o estatuto do embrião humano, suas características, respondendo às criticas daqueles que não consideram o embrião como ser vivo, com sua dignidade de ser humano.
Falou também sobre fetos anencefalo, onde essas crianças também tem a dignidade de um ser humano e sobre as células-tronco embrionárias, que não tem ainda respaldo cientifico, ao contrário das células-tronco adultas, que são células renováveis do ser humano, podendo serem tiradas da placenta, da medula óssea, da bacia, não pondo em risco a vida do ser humano. Os seus conhecimentos firmes e alicerçados na ciência médica, não tem como fazer um de nós que participou do encontro, defensor das células-tronco embrionárias, especialmente, por causa da clareza dos seus argumentos, que são irrefutáveis.
Na segunda etapa de palestra, deu um testemunho, que teve a duração de aproximadamente uma hora e comoveu a todos que lotaram o auditório da Face, mostrando porque defende a vida, com tanta garra, já que por três vezes esteve condenado a morrer e ultrapassou todas as dificuldades, confiando em Deus e em Maria, o mesmo acontecendo com a sua mãe, uma mulher forte, que ainda hoje tem cinco horas de adoração diante do Santíssimo e da presença alegre de sua avó, que o animava nos seus momentos difíceis..

VATICANO ANUNCIA AS PRÓXIMAS BEATIFICAÇÕES: CARACAS, ROMA E TRIER

A Igreja em Caracas, Roma e Trier celebrará, nos próximos dias, as beatificações de três servas de Deus, como recorda um comunicado do departamento pontifício de celebrações litúrgicas.
No domingo será beatificada na capital venezuelana a Madre Candelária de São José (Susana Paz Castillo Ramírez) (1863-1940), virgem, fundadora da Congregação das Irmãs Carmelitas da Terceira Ordem Regular de Venezuela. É a segunda venezuelana em ser elevada aos altares.
O lugar de celebração será o estádio da Universidade Central da Venezuela. Como representante de Bento XVI, presidirá o rito o cardeal José Saraiva Martins, prefeito da Congregação vaticana para as Causas dos Santos.
No fim de semana que vem acontecerão os seguintes ritos aprovados pelo Santo Padre.
No sábado, 3 de maio, será beatificada na basílica papal de São João de Latrão (em Roma) Maria Madalena da Encarnação (Caterina Sordini), virgem, fundadora da Ordem das Adoradoras Perpétuas do Santíssimo Sacramento. Faleceu na Cidade Eterna em 1824.
Por sua parte, a cidade alemã de Trier acolherá, no dia seguinte, em sua catedral, a beatificação de Maria Rosa Flesch (1826-1906), virgem, fundadora do Instituto das Religiosas Franciscanas Missionárias de Santa Maria dos Anjos.

Zenit

HOJE, NA FACE DE CRISTO, CIENTISTA FALA SOBRE BIOÉTICA

O cientista Francisco Victor Bouisson, doutor em bioética pelo pontifício Regina Apostholorum de Roma, e também consultor da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, já se encontra em Fortaleza, tendo chegada na tarde de ontem, para proferir uma conferência sobre bioética e defesa da vida. A palestra está programada para a Comunidade Católica Face de Cristo, à Rua Dr. Edmilson Barros de Oliveira, no bairro Cocó, em Fortaleza e faz parte do lema da Campanha da Fraternidade, “Escolheu, pois, a vida”. A taxa de inscrição é de apenas R$ 10,00 por pessoa.

COMEÇA HOJE A VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE PARA IDOSOS

Começa hoje, 26, a Campanha Nacional de Vacinação de Idosos contra a Gripe. O Brasil tem mais de 18 milhões de idosos e o Governo espera vacinar 80% das pessoas a partir dos 60 anos de idade, 10% a mais que os anos anteriores. Isso significa que pelo menos 13 milhões de idosos serão vacinados contra a gripe este ano. A doença preocupa autoridades sanitaristas em todo o mundo.
A gripe espanhola de 1918 matou 20 milhões de pessoas, mais que a I Guerra Mundial. Em 1957, a pandemia asiática levou 1 milhão de pessoas à morte e, a gripe de Hong Kong, repetiu o mesmo número, em 1968. Desde 1999, o Brasil repete todos os anos a esta campanha. O vírus da gripe, de mais de 80 milhões de anos, muda rapidamente, assim que o organismo cria proteção contra ele.
Para receber a vacina, o idoso deve procurar a unidade de saúde mais próxima, e não se esquecer de levar a carteirinha de vacinação.Contra-indicações Não pode tomar a vacina quem tiver alergia grave a ovo, quem apresentou alergia à dose anterior da vacina ou a qualquer de seus componentes, bem como os portadores da Síndrome de Guillain Barre ou de doenças neurológicas em fase aguda comprovada (como meningite, encefalite, surto de esclerose múltipla, derrame cerebral, traumatismo craniano e pós-operatório de tumores).

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CAPACITARÁ MULTIPLICADORES

A Pastoral da Pessoa Idosa realizará no dia 4 de maio, na Casa de Formação das Missionárias Capuchinhas, a capacitação para Multiplicadores do guia do líder, com maiores informações podendo ser obtidas pelo telefone (85) 8736.7268, com Neta.
Além disso, promoverá no dia 7 de maio, às 18 horas, na Comunidade Santa Edwirges que faz parte da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, uma reunião com os líderes para o fechamento da primeira Folha de Acompanhamento Domiciliar do Idoso, com a presença da Coordenadora Arquidiocesana.

VISITA PASTORAL NO CONJUNTO PALMEIRA




De 15 a 18 de maio, a Região Episcopal Metropolitana 3 acolherá Dom José Antonio A. Tosi Marques, Arcebispo de Fortaleza e o bispo auxiliar, Dom José Luis, para a Visita Pastoral Missionária, na Área Pastoral São Francisco de Assis, no Conjunto Palmeira. Será um tempo de grande importância para ver de perto, conhecer pessoalmente a realidade das famílias, da juventude, das comunidades da Área Pastoral, motivar a ação missionária nessas comunidades e animar os agentes de pastoral. Maiores detalhes sobre a visita na Casa dos Padres (85) 3274.2588 e na Secretaria da Região (85) 3250.8276.

Programa Casa de Todos da Arquidiocese de Fortaleza

PARÓQUIA REALIZARÁ ENCONTRO ENTRE AMIGOS

Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no bairro de Messejana, em realizará, dia 3 de maio, no Clube da Caixa, a Noite da Tertúlia “Encontro entre Amigos”, com Orquestra os Brasas e Explosão da Jovem Guarda. A noitada tem por objetivo angariar recursos para a reforma da pintura e do som da Igreja. Os ingressos podem ser adquiridos na Secretaria da Paróquia de Messejana. Mais informações pelo telefone (85) 3274 1219 / 8724 4757.

PASTORAL DA TERRA LANÇA A OBRA "CONFLITOS NO CAMPO BRASIL 2007"

A Comissão Pastoral da Terra está convidando para, dia 8 de maio, das 14h30min às 17h30min, o lançamento da obra “Conflitos no Campo Brasil 2007”, dentro da seguinte programação.

Às 14h30min – Mística de abertura;
Às 14h45min – Apresentação do caderno feita pela Professora Adelaide Gonçalves;
Às 15h10min – Apresentação sobre migração sazonal e super exploração do trabalho no Ceará feita pelo professor José Levi Furtado;
Às 15h40min – Depoimentos com participantes do evento;
Às 16h10min – Palestra do presidente da subcomissão de Combate ao Trabalho Escravo, senador (cearense) José Nery;
Às 16h40min – Reação da plenária;
Às 17h – Palavra dos componentes da mesa;
Às 17h30min – Encerramento.
Maiores informações pelo telefone (85) 3226 1413 / cptce@fortalnet.com.br / http://www.cptnacional.org.br/

Programa Casa de Todos da Arquidiocese de Fortaleza

ITEP PROMOVERÁ SIMPÓSIO SOBRE "ÉTICA NA CONTEMPORANEIDADE"

O ITEP promoverá, através do seu Departamento de Filosofia e do Diretório Acadêmico, de 13 a 16 de maio, no Seminário da Praínha, no Centro de Fortaleza, o IV Simpósio de Filosofia do ITEP, cujo tema será “Ética na Contemporaneidade”.
O evento contará com a participação de membros do corpo docente do ITEP e de Instituições convidadas, mantendo a tradição anual do ITEP de proporcionar momentos de troca de experiências, debate e reflexão que tanto contribuem para enriquecer uma formação acadêmica. Maiores informações poderão ser obtidas no Diretório Acadêmico ou na Secretaria do Instituto pelo telefone (85) 3219 9023 / 3219 2898, pela manhã.

HOJE, NA PAULINAS, CURSO SOBRE O "DOCUMENTO 85: ENVAGELIZAÇÃO DA JUVENTUDE"

A Paulinas Livraria, no Centro de Fortaleza, realiza hoje, dia 26, das 9 às 12 horas, no seu auditório, o Curso com o tema: “Documento 85: Evangelização da Juventude”, que tem por objetivco aprofundar o conteúdo metodológico-pastoral do documento, com a intenção de buscar elementos para confrontar esse mesmo conteúdo com a realidade das juventudes em que estamos inseridos, vivemos ou trabalhamos, enquanto: Pastorais da Juventude, movimentos, congregações religiosas, novas comunidades, grupos juvenis e de crisma, pastoral vocacional, pastoral da educação e serviços diversos.
Os facilitadores serão José Wilson, Jesuíta Graduado em Filosofia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE - BH) e pós-graduação em Adolescência e Juventude no mundo contemporâneo pela Casa da Juventude Pe. Burnier (CAJU – GO), e Sílvia Maria, Graduada em História, pós-graduada em adolescência e juventude no mundo contemporâneo pela Casa da Juventude Padre Burnier e mestrada em História e Etnia.
O curso é aberto a coordenadores de grupos de jovens, religiosos, jovens em geral e interessados no assunto. Mais informações pelo telefone 3226 7544.

REFLEXÃO SOBRE O EVANGELHO DE JOÃO 15,18-21

SÁBADO DA 5ª SEMANA DA PÁSCOA

Partilhar da amizade de Jesus e fazer calar a voz do mundo nos força a travar um combate. Isso porque o príncipe deste mundo não suporta perder uma alma para Jesus, e envida todos os seus esforços para evitar que isso aconteça. Quem está condenado a viver nas trevas quer ver o maior número possível partilhando a mesma sorte.
Os ataques dos inimigos de Jesus podem ser violentos e cruéis. Mas contra Jesus eles nada podem (Jo 14,30). Nós, batizados, formamos o Corpo de Jesus, o que significa que, enquanto estivermos unidos a Ele, essas forças não nos derrotarão. E nos unimos a Ele meditando a sua palavra e recebendo os seus sacramentos.

Pe. D. Justino Silva de Souza, OSB

SANTO DO DIA - SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT

Neste dia, nós contemplamos o fiel testemunho de Luís que, ao ser crismado, acrescentou ao seu prenome o nome de Maria, devido a sua devoção à Virgem Maria, que permeou toda sua vida. Nascido na França, no ano de 1673, de uma família muito numerosa, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio e assim percorreu o caminho dos estudos. Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, através de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres; como bom escravo da Virgem Santíssima não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia na consagração total e liberal à Santa Maria. São Luís já era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas, e sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele; tanto assim que foi a Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas este não lhe concedeu tal pedido. Na força do Espírito e auxiliado pela Mãe de Deus, que nunca o abandonara, São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia de Senhor. São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem", que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria, inclusive o Papa João Paulo II, que por viver o que São Luís nos partilhou, adotou para a vida o Totus Tuus, isto é, "Sou todo teu, ó Maria".

São Luís Maria Grignion de Montfort, rogai por nós!

APARECIDA SEDIA 2o CONGRESSO MISSIONÁRIO NACIONAL

De 1º a 4 de maio a Arquidiocese de Aparecida vai sediar o 2º Congresso Missionário Nacional, que será realizado no Santuário Nacional. O tema do encontro será "Do Brasil de Batizados ao Brasil de Discípulos-Missionários" e o lema "Igreja no Brasil: Escuta, Segue e Anuncia".Este 2º Congresso será a ocasião oportuna de avaliação e projeção da caminhada missionária da Igreja no Brasil e também a preparação para o Congresso Missionário Latino-Americano (CAM 3 – Comla 8), que será realizado de 12 a 17 de agosto em Quito, no Equador.Cerca de 500 participantes, representando a Dimensão Missionária dos 17 regionais da CNBB, vão participar do Congresso. Paróquias e casas religiosas hospedarão missionários, entre eles, bispos, padres, religiosos e leigos.O 1º Congresso Missionário foi realizado em Belo Horizonte, Minas Gerais, em julho de 2003.

Arquidiocese de Aparecida

sexta-feira, 25 de abril de 2008

MARINHA ENCERRA NO SÁBADO BUSCAS POR PADRE DESAPARECIDO NO LITORAL CATARINENSE


A Marinha prevê para amanhã (26) o encerramento das buscas pelo padre Adelir Antônio de Carli, desaparecido desde domingo no litoral de Santa Catarina. O padre queria bater o recorde de vôo de com balões, indo de Paranaguá (litoral do Paraná) até Ponta Grossa. Os ventos e o mau tempo, no entanto, acabaram desviando Carli à costa catarinense.
13.jan.2008/AP
Padre Adelir de Carli observa equipamento em preparação para vôo com balões
O Salvamar (Serviço de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil) empenhou lanchas, uma embarcação rebocadora e um helicóptero nas buscas ao padre. Amanhã à noite serão completadas 144 horas de buscas.
"O período de sobrevivência de um náufrago é indeterminado, dependendo das condições físicas e psicológicas do mesmo, bem como das condições meteorológicas. O tempo indicado como parâmetro eficaz nas buscas em situações similares é de 72 horas", afirmou a Marinha em nota.
O comando dos bombeiros de São Francisco do Sul (SC), no entanto, informou que deve continuar as buscas por mais uma semana. Ontem, um avião alugado pela família do padre localizou, segundo os bombeiros, dez balões a cerca de 400 km de Paranaguá e a 80 km da costa catarinense. A Marinha, ainda de acordo com os bombeiros, foi informada.
As buscas pelos bombeiros de Itajaí, também em Santa Catarina, devem ser fortalecidas também nas praias. Na região de São Francisco do Sul as buscas devem terminar hoje, segundo o comandante Alfredo Moraes de Araújo Júnior.
Aeronáutica
A FAB (Força Aérea Brasileira) também encerrou ontem suas buscas aéreas pelo padre. Ao todo, a Aeronáutica realizou 31 horas de vôo, cobrindo 4.500 km2 com oito métodos de busca diferentes.
Leia mais
Família de padre desaparecido em SC aluga avião para ajudar buscas
Leia íntegra do bate-papo com Dimitri do Valle sobre as buscas ao padre Adelir
Padre que sumiu com balões não concluiu curso de vôo
Buscas a padre que voava com balões devem se concentrar no sul de SC
LIVRARIA: Série com CDs ensina inglês, francês, japonês e outras línguas em 15 minutos ao dia
Especial
Leia o que já foi publicado sobre o padre Adelir

Da Folha Online

A REUNIÃO DO CONSELHO PASTORAL DA REGIÃO EPISCOPAL METROPOLITANA 2, AMANHÃ

Amanhã, dia 26 de abril, quarto sábado, reunião do Conselho Pastoral da Região Episcopal Metropolitana 2. O seu inicio está programado para as 8 horas, no Salão padre Luciano Furtado, no bairro de Antônio Bezerra, em Fortaleza. Nesse encontro serão apresentados o novo Vigário Episcopal padre Glailson William e a nova coordenação do Conselho. Mais informações pelo telefone (85)3290 1868.

AMANHÃ, REUNIÃO DO CONSELHO PASTORAL DA REGIÃO METROPOLITANA 3

Está programada para amanhá, entre 8h30min e 12 horas, no Centro de Formação Dom Aloísio Loscheider, no bairro de Messejana, em Fortaleza, a reunião do Conselho de Pastoral da Região Episcopal Metropolitana 3. O tema abordado será as “Prioridades Pastorais” (formação, missão, Família e Juventude). Deverão participar os padres e as representações leigas das Paróquias e áreas Pastorais, do Seminário de Teologia (padre e seminarista), das pastorais e movimentos atuantes na Região (coordenadores). Maiores informações pelo telefone 3274 2588.

Programa Casa de Todos da Arquidiocese de Fortaleza

COMUNIDADE UM NOVO CAMINHO REALIZA SEU 1o RETIRO GERAL

Está sendo iniciado neste momento e vai até o próximo domingo, o I Retiro Geral da Comunidade Um Novo Caminho, tendo como rema " E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espirito Santo que nos foi dado" Rm 5, 5. Trata-se de um retiro interno, voltado para a comunidade, para os próximos passos, um compromisso maior caminhando para aliança, onde todos terão a chance de reafirmar sua fé no poder de Deus. Seremos Igreja renovada, povo santo reunido, famílias restauradas pelo poder do Espírito Santo. Fazem esse retiro, todos que servem e participam dos ministérios e grupos de oração da comunidade e que já fizeram Seminário de Vida no Espírito Santo. O retiro que está se iniciando agora termina domingo, às 19 horas, com uma celebração eucarística, na própria comunidade.

DIOCESE DE SANTARÉM PROMOVE SEMANA DA COMUNICAÇÃO SOBRE DEFESA DA VIDA

Comunicação em defesa da vida. Este é o tema da Semana da Comunicação da diocese de Santarém (PA), que acontecerá a partir de amanhã, 26 de abril e prosseguirá até 4 de maio. Trata-se de uma iniciativa da Pastoral da Comunicação (Pascom) diocesana.
O evento tem como objetivo propor à comunidade paroquial e à sociedade uma reflexão sobre a necessidade do exercício da comunicação para a valorização e defesa da vida em todas as suas dimensões. Além disso, pretende sensibilizar as comunidades e a sociedade para a importância da comunicação autêntica e solidária que busque a cidadania e fortaleça o trabalho da Pascom nas paróquias e áreas pastorais.
Na programação seminários, teatros, oficinas, debates, cine-fóruns, palestras, gincanas, feiras da comunicação, visitas, programas radiofônicos, celebrações.
Para a Semana, foi elaborada uma cartilha com o objetivo de ajudar nas reflexões das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e nos grupos.
Informações: (93) 3522-1175 ou pelo e-mail: pascomsantarem@gmail.com

CNBB

PASTORAL DA AIDS REALIZA CAPACITAÇÃO EM BRAGANÇA, PARÁ

O Regional Norte 2 (Pará e Amapá) realiza, dias 25 e 26 de abril, a Capacitação de Agentes da Pastoral da Aids. Representantes de paróquias e comunidades participam do encontro, que tem o objetivo de trabalhar a prevenção do HIV/AIDS, lutar pela conscientização junto às comunidades católicas contra o preconceito que ainda sofrem os portadores e seus familiares e oferecer suporte teórico para agentes da pastoral, além de debater afetividade, sexualidade, gênero, vulnerabilidade e riscos, dentre outros temas.
Disponibilidade para abraçar as causas sociais é um dos pré-requisitos de quem participa. O evento é assessorado pelo médico Raimundo Picanço, a assistente social Edilene Vieira e o padre João Nelson Magalhães (coordenador das Pastorais Sociais de Bragança).
A Pastoral de DST/Aids trabalha na capacitação do cristão comprometido no trabalho de prevenção e assistência, por meio da conscientização dentro dos valores evangélicos e na promoção da vida como bem maior. Informações pelo telefone (91)3226-4026.
CNBB

REFLEXÃO SOBRE O EVANGELHO DE SÃO MARCOS EVANGELISTA 16,15-29

A Igreja hoje celebra a festa de São Marcos, o primeiro a escrever um “evangelho”. Trata-se do primeiro dos escritos que fundamentam a nossa fé. Mas os evangelhos são mais do que simples escritos, a narrar acontecimentos ocorridos há dois milênios. Eles reúnem a vida e as palavras de Jesus, ou seja, eles reúnem as palavras da nossa salvação. As palavras e os gestos de Jesus têm vida própria: são como sementes que, quando caem em terra boa, dão múltiplos frutos de vida eterna.
“Proclamai o Evangelho a toda criatura”, nos diz o trecho de hoje. Mas antes de anunciá-lo, é preciso vivê-lo, porque o evangelho não é uma simples doutrina, mas é antes de tudo uma pessoa: Jesus Cristo. Ninguém anuncia Jesus Cristo sem antes ter sido transformado nele.
Pe. D. Justino Silva de Souza, OSB

ARQUIDIOCESES PREPARAM O 42a DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES

Para comemorar o 42º Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado em 4 de maio, as equipes paroquiais da Pastoral da Comunicação (Pascom) da arquidiocese de Natal (RN) celebrarão o Tríduo da Comunicação.
No dia 2 de maio, haverá uma Feira das Pastorais, composta por estandes das diversas pastorais, serviços e movimentos das paróquias. O dia seguinte será marcado por um show com artistas locais. E no domingo, cada equipe da Pascom promoverá um Mutirão Paroquial de Comunicação.
Em São Paulo, o Vicariato de Comunicação da arquidiocese realizará um evento comemorativo no sábado, 3 de maio, às 10h, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, Sumaré. O evento, destinado aos profissionais de comunicação, contará com a presença do arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer.
Antes, porém, o Serviço à Pastoral da Comunicação (Sepac), a revista Família Cristã e o Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo) promoverão o Seminário sobre o Dia Mundial das Comunicação, nos dias 29 e 30 de abril.
O objetivo é aprofundar o tema proposto pelo papa Bento XVI, “Os meios: na encruzilhada entre protagonismo e serviço. Buscar a verdade para compartilhá-la”.
Já em Goiânia, desde o dia 19, o Vicariato para a Comunicação e o Fórum de Comunicação Religiosa da arquidiocese realizam a Semana da Comunicação, que se encerra hoje, 25. Vários encontros foram realizados no interior e na capital do Goiás.
CNBB

MINISTÉRIO DA SAÚDE E CNBB PROMOVEM INICIATIVAS PARA COMBATER DOENÇA

Para estimular pessoas que têm pressão alta a tratarem-se, neste sábado, 26, acontece o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. O evento é uma parceria do Ministério da Saúde com a rede de paróquias da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com as Sociedades Brasileiras de Cardiologia, Hipertensão e Nefroliga e diversas entidades de portadores. O tema deste ano é "Tratar a pressão alta é um ato de fé na vida". .: Bispos contra hipertensãoA distribuição de cem mil cartilhas pelo Ministério da Saúde para toda a rede básica e equipes do Programa de Saúde da Família foi uma das iniciativas da campanha. A cartilha traz informações sobre hipertensão arterial e alertas de por que tratá-la e como controlá-la. Cerca de 15 Igrejas Católicas, além de igrejas pertencentes ao Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) que congrega para 6 diferentes religiões, Conselho e a Confederação Israelita do Brasil (CONIC), também apóiam a campanha. Em diversos pontos do País, os fiéis serão conscientizados quanto a necessidade de prevenir e tratar a hipertensão. A cidade de São Paulo participa do evento promovendo uma caminhada da Praça da Sé até o Teatro Municipal a partir das 9 horas. As Ligas da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) também terão forte participação este ano no Brasil. Serão realizadas atividades de medição da pressão arterial, ações educacionais e promoções de atividades físicas. "Viver com qualidade e prevenir a doença é possível". É o que defende a coordenadora nacional de Hipertensão e Diabetes, Rosa Sampaio. Segundo ela, modificações no estilo de vida, como alimentação adequada, consumo moderado de sal, controle do peso, prática de atividade física e evitar o tabagismo e o uso abusivo do álcool ajudam no tratamento e na prevenção da doença. “A hipertensão arterial é mais freqüente das doenças cardiovasculares e também é o principal fator de risco para as complicações mais comuns, como acidente vascular cerebral, infarto e doenças renais crônicas”, afirmou a coordenadora.Dados da VigitelDe acordo com o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, 21,6% da população, ou seja, 26,5 milhões de pessoas, com idade de 18 anos ou mais tem hipertensão.O Sistema de Vigilância indica que a cidade do Rio de Janeiro é a capital com maior índice de hipertensos: 27%. O menor percentual é de Palmas (TO): 13,8%. No Distrito Federal, a hipertensão é referida por 18,4% dos entrevistados. Entre os homens, Recife é a capital com mais diagnóstico auto-referido de hipertensão (25,5%). O Rio de Janeiro é a capital onde mais mulheres declaram ter a doença (31%) no país.Considerando o conjunto da população adulta das cidades estudadas, observa-se que mais mulheres (25,1%) do que homens (20,3%) referem o diagnóstico médico prévio de hipertensão arterial. Em ambos os sexos, a referência a diagnóstico de hipertensão arterial aumenta com a idade. Na população acima de 55 anos, 49% são hipertensas.Além disso, a hipertensão é mais comum em indivíduos com até oito anos de escolaridade: 28,8% da população são portadores da doença. Entre mulheres é mais marcada a associação inversa entre nível de escolaridade e diagnóstico prévio de hipertensão arterial: enquanto 33,4% das mulheres com até oito anos de escolaridade referem diagnóstico de hipertensão arterial, a mesma condição é observada em 15,1% das mulheres com doze ou mais anos de escolaridade.

Canção Nova Notícias