sábado, 31 de outubro de 2009

INSTITUTO NACIONAL DE PASTORAL REALIZA SEMINÁRIO SOBRE PASTORAL URBANA

O Instituto Nacional de Pastoral (INP) realizará, entre os dias 4 a 6 de novembro, ainda no contexto de “recepção das conclusões da V Conferência de Aparecida”, com o apoio do subsecretariado Geral e de Pastoral da CNBB, na sede da Conferência, o Seminário sobre Pastoral Urbana, conforme previsto pelo “Projeto Nacional de Evangelização: Brasil na Missão Continental”.
Será um momento especial de estudo para os assessores das Comissões Episcopais e setores da CNBB, para os secretários executivos dos regionais da Conferência dos Bispos e para os membros do INP.
O Seminário deverá ser voltado preferencialmente para os assessores e secretários dos Regionais da CNBB e debaterá os desafios enfrentados pela ação pastoral nas cidades. Serão conferências, troca de experiências e trabalhos em grupos. “O espírito do encontro é construir pensamento e desconstruir velhas categorias”, disse o secretário executivo do INP, padre Antônio Silva da Paixão. “As mesas se comporão por teólogos e especialistas em outras áreas, para que, com o plenário, se alcance a complementaridade”, acrescentou.
Com este evento, o INP pretende construir as bases para um grande congresso em 2010 sobre “Fenômenos Religiosos e os novos Cenários Religiosos”.
De acordo com o padre Antônio, são três grandes objetivos a alcançar: “promover efetiva integração entre esses grupos da CNBB, em vista da pastoral de conjunto; aprofundar o tema pastoral urbana, delimitado às ‘categorias de compreensão da cidade”: território/desterritorialidade, subjetividade/autonomia, mediatização/midiatização e novas formas de sociabilidade/exclusão, para construir as bases para um grande seminário, em 2010, sobre o fenômeno religioso e os novos cenários religiosos’” (Doc. CNBB 88.IX, d).
Além dos peritos do INP, haverá também a presença dos conferencistas professora doutora Maria Adélia Souza; da irmã doutora Joana Puntel; professores doutor Giuseppe Cocco e doutor Degislando Nóbrega de Lima; e padres doutor Joel Portella; doutor Gildásio Mendes; doutor Dalton Barros e doutor Edênio Valle.
CNBB

CIMI DIVULGA DOCUMENTO FINAL DE SUA 18ª ASSEMBLEIA GERAL

Entre os dias 27 e 30, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) realizou sua 18ª Assembleia Geral, em Luziânia (GO). Missionários, lideranças indígenas, representantes de movimentos sociais e pesquisadores trataram das principais questões que afetam os povos indígenas e discutem a ação missionária do Cimi para os próximos dois anos. Com o tema "Paz e Terra para os povos indígenas", o evento debateu a desterritorialização dos povos tradicionais no atual modelo de desenvolvimento.
Ontem, no encerramento da Assembleia, os participantes divulgaram o documento final do encontro.
CNBB

CEBs REALIZAM I FÓRUM ECOLÓGICO E SOCIAL

Desde ontem, no Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja, na Rua Rodrigues Júnior, n°. 300, no Centro de Fortaleza, as Comunidades Eclesiais de Bases (Cebs), estão promovendo o I Fórum Ecológico e Social das Cebs da Arquidiocese de Fortaleza, com o tema “Do ventre da terra, o grito que vem da Amazônia e ecoa no Ceará”, O evento quer reforçar o importante impulso que o 12º Intereclesial trouxe para os movimentos, considerando “manter as lâmpadas do juízo e da paixão acesas” e chegar a um plano de metas e ações comunitárias à preservação da vida. Ontem, sexta-feira, dia 30, houve a celebração de abertura com homenagem 30º aniversário de morte do operário Santo Dias; hoje, sábado, dia 31, foi construído um projeto sócio-ecológico comum das CEBs da Arquidiocese de Fortaleza, levando em conta a conversão pessoal em atitudes e hábitos, campanhas educativas em bairros, ações comunitárias locais e intervenções e pressões políticas; e no domingo, amanhã, dia 1º de novembro, às 8 horas, grande celebração eucarística ao ar livre, na Praça 25 de março (Praça do CDL), Avenida Dom Manuel. Contato: Nonato 88125295 / Airton 8736.6963 / Pe. Júlio 9906.7039 / Iara 8873.1610 / Inês 3361.1363 ou 9994.0263 / Carlo 3263.2730 / Suzy 3495.8292.

PASTORAIS DA JUVENTUDE DO RIO GRANDE DO SUL CONTRA A VIOLÊNCIA E O EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE

As Pastorais da Juventude (PJ) do Rio Grande do Sul (Pastoral da Juventude Rural e Pastoral da Juventude Estudantil, se reunirão nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, na Casa da Juventude (Caju) Marista, em Porto Alegre, para planejar encontros estaduais em prol da Campanha contra a Violência e o Extermínio da Juventude. A campanha vem desenvolvendo trabalhos com os grupos nas atividades permanentes das PJs (Semana da Cidadania, Semana do Estudante e Dia Nacional da Juventude) e continuará em diálogo com outros grupos Juvenis da Igreja e outras organizações juvenis da sociedade.
Assumida em âmbito nacional pelo Setor Juventude da CNBB, no estado do Rio Grande do Sul, já foi realizado um encontro de formação sobre a Campanha no dia 13 de setembro, em Porto Alegre. Aproximadamente 25 jovens das Pastorais da Juventude refletiram a raiz da violência na sociedade de hoje, reafirmando seu referencial comum, o Evangelho, como fonte de transformação das realidades de violência.
O encontro deste próximo fim de semana pretende reunir aproximadamente 30 jovens representantes das PJs, que refletirão estratégias e horizontes para a concretização da campanha no estado.

CNBB

PARÓQUIA SANTA CECÍLIA, NO BOM JARDIM, REALIZA FESTA DA PADROEIRA


A Paróquia Santa Cecília, no* *bairro Bom Jardim, em Fortaleza, realiza de 12 a 23, a festa de sua padroeira. Antecedendo aos festejos aconteceu, de 18 a 23 de outubro último, a Pré- Festa.Dentro da programação que antecedeu a festa também aconteceu e vai continuar a Peregrinação da Imagem de Santa Cecília nas comunidades paróquias desde o dia 26 de outubro indo até o dia 11 deste mês, retornando a Igreja Matriz, no dia 12, para a Abertura dos Festejos.A programação do novenário será:Dia 12: Abertura dos Festejos a partir das 19h, com Missa presidida pelo Pároco Padre Watson Façanha e concelebrada pelo Vigário Paroquial Padre Carlos Antonio Costa e Diácono Leonardo Bezerra.De 13 a 21, Novenário e Missa todos os dias a partir das 19 horas.Dia 21 de novembro, concentração às 17 horas na comunidade Santa Terezinha, seguida da procissão da imagem até a Praça da Igreja Matriz com Celebração Eucarística às 19 horas. Após a Missa leilão beneficente.Dia 22, dia de Santa Cecília, celebração da Festa de Cristo Rei, às 19 horas, na Praça da Igreja Matriz presidida pelo Vigário Paroquial Padre Carlos Antonio Costa.Dia 23, Missa de Encerramento na Praça da Igreja Matriz presidida pelo Senhor Arcebispo Dom José Antonio (foto).Todas as noites, na Praça da Igreja Matriz, shows com bandas católicas, forró pé de serra, shows de humor e talentos da terra. Maiores informações, vendas de blusas, livros de cantos, adesivo de divulgação para automóvel, na secretaria paroquial: 3497.5414.

REGIONAL SUL 3 PROMOVE ENCONTROS DE PREPARAÇÃO PARA A CAMPANHA DA FRATERNIDADE-2010

O Regional Sul 3 da CNBB (Rio Grande do Sul) vai realizar cinco encontros de preparação à Campanha da Fraternidade 2010. O tema será o mesmo da Campanha “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” convidando os participantes a dialogar sobre “Economia e Vida”.
O objetivo é proporcionar um momento de reflexão, capacitação e vivência do tema da CF-2010. O evento é organizado em parceria com o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). Três dos encontros acontecerão nas dioceses de Novo Hamburgo, Santa Cruz do Sul e Montenegro, respectivamente, e dois encontros na Arquidiocese de Porto Alegre.
As capacitações contarão com a presença do secretário executivo da Campanha da Fraternidade da CNBB, padre José Adalberto Vanzella.

CNBB

"IMPRENSA CATÓLICA E O MUNDO DA INTERNET" SÃO DESTAQUES EM ASSEMBLEIA DE COMUNICAÇÃO NO VATICANO

A Assembleia plenária do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, que aconteceu entre os dias 26 e 29 de outubro, em Roma, discutiu o papel das novas tecnologias e seus efeitos na criação de uma nova cultura na sociedade. Na abertura dos trabalhos, o presidente do Pontifício Conselho, dom Claudio Celli, afirmou ter “chegado o momento de olhar atentamente para a imprensa católica e para o mundo da Internet”.
Durante os quatro dias do encontro, os participantes buscaram respostas para a difusão de novos instrumentos de comunicação, que levaram a uma verdadeira “revolução”. Especialistas de todo o mundo não debateram um tema específico, mas fizeram uma análise da mídia hoje e estudaram o novo documento pastoral sobre a mídia e a Igreja que o Vaticano quer publicar.
O documento irá substituir o “Aetatis Novae”, do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais que teve sua primeira edição publicada em 1992. Segundo os participantes, este documento já está “distante da nova era multimídia que hoje o mundo vive”. O texto que está sendo elaborado, sobre os novos desafios midiáticos, terá como objetivo introduzir a comunicação da Igreja no mundo do digital.
O professor da Universidade Católica do Sagrado Coração, Francesco Casetti abordou a questão do “tecido social” ao qual o novo documento se dirige, num discurso intitulado “Novos desenvolvimentos nas tecnologias e na cultura da comunicação”. Novas formas de conhecimento, de relação interpessoal e de grupo, de experiências, de participação em um discurso global são alguns dos desafios que se colocam na “cultura do digital”, disse Casetti.
O encontro encerrou com uma audiência do papa Bento XVI.
CNBB

DEVEMOS BUSCAR NA VIDA DOS SANTOS EXPERIÊNCIAS DE FÉ, DIZ PADRE

A Igreja em todo mundo celebra, neste domingo, 1º, a Solenidade de Todos os Santos. De acordo com padre Aparecido Rubin, da Comunidade Canção Nova, o significado desta festa é o de reconhecer aquilo que os santos viveram e o seu testemunho na imitação de Cristo. "Celebrar Todos os Santos é nos unirmos a todas aquelas pessoas que de alguma forma fizeram com que Jesus fosse não só conhecido, mas também anunciado", destaca o sacerdote. Padre Aparecido ressalta ainda que podemos seguir o exemplo dos santos, contudo a primeira pessoa que devemos amar é Jesus Cristo. "[Devemos] buscar na vida de cada santo essa experiência de fé, aquilo que eles viveram", afirma.
.: Ouça Segundo a tradição, a Festa de Todos os Santos foi colocada neste dia, logo após o 31 de outubro quando os celtas ingleses, pagãos, celebravam as bruxas e os espíritos que viriam se alimentar e assustar as pessoas nesta noite.Esta solenidade data do século IV. Na Antioquia, que se localiza na atual Turquia, celebrava-se uma festa por todos os mártires no primeiro domingo depois de Pentecostes. A celebração foi introduzida em Roma, na mesma data, no século VI, e 100 depois, foi fixada no dia 13 de maio pelo Papa Bonifácio IV. No ano de 835, esta celebração foi transferida pelo Papa Gregório IV para o dia 1º de novembro.

Da Redação da Canção Nova Noticias

FESTA DO MENINO JESUS DE PRAGA EM MARACANAÚ

A Paróquia do Menino Jesus de Praga, no Industrial-Maracanaú, promoverá de 13 a 22 de novembro, a festa do seu padroeiro, tendo como tema "O Menino Jesus nos convida a viver na Comunidade Discípula-Missionária".

NA CONTEMPLAÇÃO DO UNIVERSO RECONHECEMOS A OBRA DE DEUS, DIZ PAPA

A ciência deve abrir o horizonte da razão para a busca da verdade. Este foi um dos assuntos abordados pelo Papa Bento XVI na audiência desta sexta feira, 30, aos participantes no encontro promovido pela Specola Vaticana, por ocasião do Ano Internacional da Astronomia. O Papa afirmou que na contemplação do universo e das outras "maravilhas" da criação podemos reconhecer a obra de Deus. Ontem e hoje, 31, a Specola Vaticana e o governatorato do Estado da Cidade do Vaticano celebram o ano da astronomia com uma serie de iniciativas culturais em que participam astrônomos do mundo inteiro.
Em seu discurso, Bento XVI destaca a responsabilidade dos cientistas no mundo atual e que as descobertas se voltam para a sabedoria:.“Quem pode negar que a responsabilidade pelo futuro da humanidade e o respeito pela natureza exigem hoje mais do que nunca a observação atenta, o juízo critico, a paciência e a disciplina que são essenciais para o método cientifico moderno? Mas ao mesmo tempo, os grandes cientistas da era das descobertas nos recordam também que o verdadeiro conhecimento se dirige sempre à sabedoria e, em vez de restringir o horizonte da mente, nos convida a elevar o olhar para o reino alto do espírito".De acordo com o Pontífice, o conhecimento deve ser compreendido e seguido em toda a sua dimensão libertadora. Certamente, reconheceu o Papa, pode ser reduzida a cálculo e experiência, contudo, "se aspira a ser sabedoria, capaz de orientar o homem, deve tender a atingir a verdade última, que, para além das nossas capacidades, é a chave da nossa autêntica felicidade e liberdade".
Bento XVI concluiu o seu discurso com uma exortação a todos os cientistas: "Tenho a esperança de que a admiração e a exaltação, frutos deste Ano Internacional da Astronomia, levem para além da contemplação das maravilhas da criação até à contemplação do Criador. Daquele amor que move o sol e as outras estrelas".

Da Redação da Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

EVANGELHO DO DIA

Lucas 14,1.7-11

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola: 8“Quando fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar. 10Mas, quando fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva será humilhado e quem se humilha será elevado”.- Palavra da Salvação.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 14, 1.7-11

O mundo em que vivemos é marcado pela concorrência, pela luta constante no sentido de superar as outras pessoas. É sempre uma luta de um contra os outros para vencer, estar por cima, e, por causa dessa concorrência, nunca sobra lugar para a amizade, o amor e a fraternidade. Jesus nos mostra que entre nós, que somos seus discípulos, não deve ser assim. Devemos buscar a promoção das pessoas, valorizar aqueles que estão ao nosso lado, a fim de que, promovendo as pessoas, elas também nos promovam, de modo que temos o crescimento de todos e não apenas de alguns e vivamos como irmãos, filhos do mesmo Pai que está nos céus, e não como inimigos em uma batalha constante.

SANTO DO DIA - SANTO AFONSO RODRIGUES

Diante da "galeria" de santos da Companhia de Jesus, voltamos o nosso olhar, talvez, para o mais simples e humilde dos Irmãos: Santo Afonso Rodrigues. Natural de Segóvia na Espanha, veio à luz aos 25 de julho de 1532.Pertencente a uma família cristã, teve que interromper seus estudos no primário, pois com a morte do pai, assumiu os compromissos com o comércio. Casou-se com Maria Soares que amou tanto quanto os dois filhos, infelizmente todos, com o tempo, faleceram. Ao entrar em crise espiritual, Afonso entrega-se à oração, à penitência e dirigido por um sacerdote, descobriu o seu chamado a ser Irmão religioso e assim, assumiu grandes dificuldades como a limitação dos estudos. Vencendo tudo em Deus, Afonso foi recebido na Companhia de Jesus como Irmão e depois do noviciado foi enviado para o colégio de formação.No colégio, desempenhou os ofícios de porteiro e a todos prestava vários serviços, e dentre as virtudes heróicas que conquistou na graça e querendo ser firme na fé, foi a obediência sua prova de verdadeira humildade. Santo Afonso sabia ser simples Irmão pois aceitava com amor toda ordem e desejo dos superiores, como expressão da vontade de Deus. Tinha como regra: "Agradar somente a Deus, cumprir sempre e em toda parte a Vontade Divina". Este santo encantador, com sua espiritualidade ajudou a muitos, principalmente São Pedro Claver quanto ao futuro apostolado na Colômbia. Místico de muitos carismas, Santo Afonso Rodrigues, sofreu muito antes de morrer em 31 de outubro de 1617.
Santo Afonso Rodrigues, rogai por nós!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

UMA FILHA DE BEBERIBE PEDE AJUDA AOS IRMÃOS

Olá boa tarde,muito bom o seu blog,parabens.Moro em Canavieiras, Estado da Bahia e faz muito tempo que sai dai,e não trouxe o meu batistério. Agora necessito dele para.Meu nome é Geisia da Silva Oliveira, nascida a 22 de outubro de 1970. Sou filha de Maria Lúcia e o nome do meu conjugue é José dos Santos, nascido a 11 de Novembro de 1961. Necessito desse batistério com extrema urgência. Grata!! Ajudem a Geisia. As informações para ela podem ser transmitida através deste e-mail: cassio_waves@hotmail.com

BENTO XVI RECORDA 1ª DIOCESE DO CONTINENTE AMERICANO

O Papa Bento XVI recordou nesta sexta-feira, 30, a criação da primeira diocese do Continente Americano, ao receber a nova embaixadora do Panamá junto à Santa Sé, Delia Cárdenas Christie. Trata-se da Diocese de Santa María La Antigua, criada no Panamá, no dia 9 de setembro de 1513, pelo Papa Leão X. O quinto centenário de sua fundação será festejado no ano de 2013, e Bento XVI fez votos de que esta data renove a vida cristã dos panamenhos, de modo que a fé siga sendo a fonte inspiradora para enfrentar de maneira positiva os desafios atuais do país. No encontro com a embaixadora, o Papa citou o Panamá como um exemplo de que é possível uma convivência pacífica entre pessoas de diferentes origens, pois a identidade do país foi sendo formada, durante séculos, por uma variedade de etnias, povos e culturas. Esta pluralidade, disse o Pontífice, deve ser considerada como um elemento de riqueza e uma vertente que deve ser, cada dia mais, potencializada."Encorajo todos os compatriotas a trabalharem por uma maior igualdade social, econômica e cultural entre os distintos setores da sociedade, de maneira que, renunciando aos interesses egoístas, reforçando a solidariedade e conciliando vontades, seja banido o escândalo de desproporções revoltantes, como dizia Paulo VI", enfatizou.Por fim, o Bento XVI elogiou o papel que o Panamá tem desempenhando para a estabilidade política da América Central.

EM ROMA, PRESIDÊNCIA DA CNBB VISITA COLÉGIO PIO BRASILEIRO


Ontem, 29, a Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) visitou o Pontifício Colégio Pio Brasileiro. Neste colégio, residem presbíteros das mais diversas dioceses do Brasil e de outros países que estão dando continuidade à formação permanente. Durante a Celebração Eucarística realizada com os padres do colégio, o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha, exortou os presbíteros a confiarem e esperarem em Deus diante de toda e qualquer adversidade.
No encontro foram abordados alguns temas como a aprovação no Congresso brasileiro do acordo entre a Santa Sé e o Brasil; a atenção especial da Igreja no Brasil para com a região da Amazônia; apresentação dos estudos, documentos e outras publicações das Edições CNBB; a necessidade do trabalho de integração entre os diferentes meios de comunicação católicos no Brasil. Sente-se a urgência de um trabalho mais integrado; o ano sacerdotal e os encaminhamentos dados na Igreja do Brasil, entre outros assuntos.
A Presidência da CNBB realizou, entre os dias 25 a 31, a visita anual a Santa Sé. “Todo ano, a presidência da CNBB vem a Roma se encontrar com o Santo Padre, trazendo os resultados da Assembleia Geral dos Bispos, procurando sempre intensificar os laços da Igreja do Brasil com a Sé Apostólica”, afirmou o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha.
Aproveitando a visita a Roma, a Presidência da CNBB foi convidada a conhecer os estúdios da Rádio Vaticano. Dom Geraldo Lyrio Rocha elogiou, para os 40 jornalistas da empresa, o trabalho que a Igreja do Brasil vem desempenhando, e destacou a Conferência de Aparecida como um marco para a Igreja da América Latina. “Podemos dizer que nossa Igreja vive um momento de extraordinário e com um fluxo importante de repercussão, que foi a Conferência de Aparecida. Esta conferência não foi apenas um momento, foi um evento que marcou a vida da Igreja na America Latina, e de um modo especial, no Brasil”.
CNBB

CATÓLICOS E LUTERANOS COMEMORAM DEZ ANOS DA DECLARAÇÃO CONJUNTA SOBRE A JUSTIFICAÇÃO

A Igreja Católica e a Igreja de Confissão Luterana comemoram, amanhã, 31, os dez anos da Declaração Conjunta sobre a Doutrina da Justificação. A Declaração foi assinada em Augsburgo, na Alemanha, entre a Federação Luterana Mundial e a Igreja Católica Romana.
“Esta Declaração Conjunta sobre a Justificação pela graça revela a possibilidade de vivermos a mesma fé com expressões diferentes, como a grande comunidade do Pai, em Jesus Cristo, no Espírito Santo”, diz a nota divulga pela CNBB e pela Igreja de Confissão Luterana no Brasil. “Após séculos de história, o Espírito Santo conduziu nossas mentes e corações à escuta e ao diálogo, fazendo-nos mais próximos na profissão da fé no Senhor que nos chama a viver em conformidade com a graça recebida”, continua a nota.
Resultado de um longo diálogo entre luteranos e católicos, a Declaração é uma referência no campo ecumênico. Com o documento a Federação Luterana Mundial e o Vaticano afirmam que as repetidas condenações recíprocas, ocorridas durante séculos em matéria de justificação, não seriam mais objeto da doutrina das respectivas Igrejas. Em 2006 a declaração foi assinada também pelas Igrejas pertencentes ao Conselho Mundial das Igrejas Metodistas.
Em Augsburgo, um simpósio é realizado hoje e amanhã para celebrar a data. Participam das comemorações o presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, cardeal Walter Kasper, e o secretário geral da Federação Luterana Mundial, Ishmael Noko.
Em Brasília, Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Brasília (CECLB) também comemora a histórica data com apoio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic). No templo da CECLB, amanhã, às 17h, haverá palestra com o pastor sinodal Carlos Möller e exibição do filme que mostra o ato da Assinatura da Declaração Conjunta entre IECLB e a CNBB em Brasília em 1999. Às 20h, haverá uma celebração conjunta da Reforma com pregação do pastor Paulo Weirich.

Veja a íntegra da Declaração:
http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/chrstuni/documents/rc_pc_chrstuni_doc_31101999_cath-luth-joint-declaration_po.html
http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/chrstuni/documents/rc_pc_chrstuni_doc_31101999_cath-luth-official-statement_po.html
CNBB

COMUNIDADE RECADO REALIZA “MINISTRANDO COM ARTES”


A Comunidade Católica Recado realizará, a partir das 19h30, de hoje, um fim de semana denominado de “Ministrando com Artes” e contará com a presença do fundador Luís Carvalho (foto), que já chegou de São Paulo e a sua palestra terá como tema “Ministrando a Música”, mas o tema geral do encontro será: “A Alegria do Coração é a Vida do Homem” (Eclo 30,23). O evento está programado para o Farias Brito, à Rua Senador Pompeu, 2606. Mais informações pelo telefone (085) 3227.4587. A inscrição custa apenas R$ 10,00 e dará direito a 2 quickshoppings.

FACE DE CRISTO E SHALOM PROMOVEM CURSO DE PLANEJAMENTO FAMILIAR

As comunidades católicas Face de Cristo e Shalom promovem, no período de 13 a 15, portanto, no terceiro fim de semana de novembro, um curso sobre método natural de planejamento familiar, que foi batizado de “Método Billings”, numa referência aos seus criadores, e será ministrado pelas australianas Marian Corkill e Marie Marshell, diretoras da Organização Mundial do Método da Ovulação Billings (Woomb). As inscrições podem ser feitas na ABO, à Rua Gonçalves Ledo, 1610; no Projeto Família Shalom e na Face de Cristo, à rua Dr. Edmilson Barros de Oliveira, 191, no bairro Cocó ou pelos telefones (085) 3258.1188/3281.8202/3224.0841 ou 8845.1961, onde poderão também adquirir mais informações sobre o curso, que começará na sexta-feira, dia 13, das 8 às 22 horas; sendo seqüenciado no sábado, dia 14, das 8 às 20 horas e, no domingo, dia 15, das 8 às 18 horas.

EVANGELHO DO DIA

Lucas 14,1-6

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 2Diante de Jesus, havia um hidrópico. 3Tomando a palavra, Jesus falou aos mestres da Lei e aos fariseus: “A Lei permite curar em dia de sábado, ou não?” 4Mas eles ficaram em silêncio.Então Jesus tomou o homem pela mão, curou-o e despediu-o. 5Depois lhes disse: “Se algum de vós tem um filho ou um boi que caiu num poço, não o tira logo, mesmo em dia de sábado?” 6E eles não foram capazes de responder a isso.- Palavra da Salvação.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 14, 1-6

O Evangelho de hoje nos mostra claramente que a vida sempre se impõe diante da morte, a verdade sempre se impõe diante da mentira, da falsidade e do erro. A Lei de Deus foi feita para a vida e não para a morte e a interpretação verdadeira da Lei de Deus deve sempre contribuir para que a vida de todos seja melhor. Jesus denuncia os erros que existem na interpretação da Lei, as interpretações falsas, ou seja, que não apresentam nenhuma legitimidade por serem contraditórias ao espírito da Lei de Deus, por escravizarem quando deveriam libertar, por promoverem a morte quando deveriam promover a vida, e as interpretações mentirosas. Jesus denuncia aquelas interpretações que não estão de acordo com a Lei, mas sim com os interesses de quem as interpretou.

SANTO DO DIA - SÃO FRUMÊNCIO

A história do santo de hoje se entrelaça com a conversão de uma multidão de africanos ao amor de Cristo e à Salvação. São Frumêncio nasceu em Liro da Fenícia. Quando menino, juntamente com o irmão Edésio, acompanhava um filósofo de nome Merópio, numa viagem em direção às Índias. A embarcação, cruzando o Mar Vermelho, foi assaltada e só foram poupados da morte os dois jovens, Frumêncio e Edésio, que foram levados escravos para Aksum (Etiópia) a serviço da Corte. Deste mal humano, Deus tirou um bem, pois ao terem ganhado o coração do rei Ezana com a inteligência e espírito de serviço, fizeram de tudo para ganhar o coração da África para o Senhor. Os irmãos de ótima educação cristã, começaram a proteger os mercadores cristãos de passagem pela região e, com a permissão de construírem uma igrejinha, começaram a evangelizar o povo. Passados quase vinte anos, puderam voltar à pátria e visitar os parentes: Edésio foi para Liro e Frumêncio caminhou para partilhar com o Patriarca de Alexandria, Santo Atanásio, as maravilhas do Ressuscitado na Etiópia e também sobre a necessidade de sacerdotes e um Bispo. Santo Atanásio admirado com os relatos, sabiamente revestiu Frumêncio com o Poder Sacerdotal e nomeou-o Bispo sobre toda a Etiópia, isto em 350.Quando voltou, Frumêncio foi acolhido com alegria como o "Padre portador da Paz". Continuou a pregação do Evangelho no Poder do Espírito, ao ponto de converterem o rei Ezana, a rainha, e um grande número de indígenas, isto pelo sim dos jovens irmãos e pela perseverança de Frumêncio. Quase toda a Etiópia passou a dobrar os joelhos diante do nome que está acima de todo o nome: Jesus Cristo. São Frumêncio... rogai por nós!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

OS GANHADORES DO 5º PREMIO ANOTE DE JORNALISMO

Jornalistas dos três jornais de maior circulação no Ceará (Diário do Nordeste, O Estado e o Povo) concorreram ao *5º Prêmio AnotE de Jornalismo – “Qual Justiça gera a Paz?”*. O Júri desta edição do Prêmio foi composto por: Edgard Patrício, jornalista, professor da Faculdade 7 de Setembro e membro da coordenação colegiada da ONG Catavento Comunicação e Educação Ambiental; Padre Ermanno Allegri, diretor executivo da Agência de Informação Frei Tito para América Latina; Francilene Gomes de Brito Bessa, Defensora Pública Geral do Estado do Ceará; Lúcia Albuquerque, Coordenadora do Centro de Defesa da Vida Herbert de Sousa e diretora da ABONG Regional Nordeste 3, que inclui os estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte; e Luis Paulo Machado, jornalista e coordenador do curso de Jornalismo das Faculdades Nordeste. Na manhã do dia 26 de outubro, o Júri reuniu-se na sede da AnotE e definiu a jornalista Ana Mary Carneiro Cavalcante, como vencedora do 5º Prêmio AnotE de Jornalismo, com a reportagem “Eles se salvaram”, publicada pelo jornal O Povo, entre julho e agosto de 2009. De acordo com os três membros do Júri que a elegeram, a reportagem atendeu aos objetivos do Prêmio ao abordar o tema de forma propositiva e diferenciada, quebrando os tradicionais paradigmas jornalísticos de estampar preponderantemente as fraquezas e mazelas sociais. Sua reportagem levou o leitor a possibilidade de conhecer histórias positivas de vida de pessoas que moram em bairros socialmente marginalizados. Por sua conquista, Ana Mary receberá no dia 29, o prêmio no valor de cinco mil reais, placa de menção honrosa, certificado e símbolo do Prêmio. A jornalista Ivna Nilton Marques Girão ficou classificada em 2º lugar, com a reportagem “Já existe toque de recolher nas periferias”, publicada pelo jornal O Estado, em junho de 2009. Bastante elogiada por seu texto, a jornalista receberá placa de menção honrosa, certificado e símbolo do Prêmio. Em 3º lugar ficou classificada a reportagem da jornalista Janayde de Castro Gonçalves, intitulada “Fortaleza é uma das piores capitais em saúde e educação”, publicada pelo jornal Diário do Nordeste, em setembro de 2009. Segundo o Júri, sua reportagem trouxe um olhar diferencial por abordar dois aspectos importantes para a geração da Paz, a saúde e a educação. Por sua classificação, a jornalista também receberá placa de menção honrosa, certificado e símbolo do Prêmio. O 5º Prêmio AnotE de Jornalismo foi aberto à categoria de jornalismo impresso e, em síntese, teve por objetivo estimular a publicação de reportagens que enfocassem a temática da Segurança Pública associada ao viés da Justiça Social, desta forma considerando sua complexidade e divulgando iniciativas que colaborem para uma cultura da paz e para a compreensão da Justiça como responsabilidade de todos. Na solenidade de entrega do Prêmio, que acontece hoje, (dia 29 de outubro), além da homenagem as jornalistas premiadas, haverá uma mesa de discussão sobre o tema, com a participação de Dalmo Dallari, professor e jurista, membro do Conselho Nacional de Direitos Humanos e membro honorário da Comissão Internacional de Juristas (com sede em Genebra, assessor da ONU para Direitos Humanos); Maria Celeste Thomaz de Aragão, secretária executiva da Comissão de Justiça e Paz do Regional Nordeste I da CNBB e assessora jurídica da Pastoral Carcerária do Ceará, e Padre Marco Passerini, coordenador da Pastoral Carcerária do Regional Nordeste I da CNBB. Ainda durante a solenidade, haverá apresentação de uma enquete teatral do Grupo de Teatro Parresia, do bairro João XXIII, sobre o tema “Qual Justiça gera a Paz?”. E no encerramento será servido um coquetel. O evento acontecerá no auditório da FIEC (Rua Barão de Studart, 1980, Aldeota), a partir das 19h.
Os Apoiadores do Prêmio foram: Para realizar o 5º Prêmio AnotE de Jornalismo, a Agência de Notícias Esperança contou com o patrocínio da empresa italiana MAV e apoio do Fundo Nacional de Solidariedade da Campanha da Fraternidade 2009, da Coordenadoria Ecumênica de Serviços (CESE), do Fundo Arquidiocesano de Solidariedade da Campanha da Fraternidade 2009, da Agência de Informação Frei Tito para América Latina (Adital), da Pastoral do Povo de Rua, da Pastoral Carcerária do Ceará, da Cáritas Regional do Ceará, da Pastoral do Menor da Arquidiocese de Fortaleza, da Cáritas Arquidiocesana de Fortaleza e do Secretariado de Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza.

CONTATO: Milene Madeiro (assessora do 5º Prêmio AnotE de Jornalismo) 8855.1099 - Jeane Freitas e Ana Lourdes de Freitas (AnotE) 3388.8707.

PAPA PEDE AOS COMUNICADORES RESPEITO PELA DIGNIDADE DO SER HUMANO

O Papa Bento XVI recebeu na manhã desta quinta-feira, 29, no Vaticano, os participantes da Assembleia Plenária do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, encontro que se iniciou na segunda-feira, 26. No encontro, o Pontífice pediu aos profissionais dos meios de comunicação, especialmente católicos, o "respeito pela dignidade e o valor da pessoa humana" e um "diálogo permeado na busca sincera da verdade e da amizade, desenvolvendo os dons de cada um e colocando-os a serviço da comunidade humana".Bento XVI destacou ainda que as grandes mudanças sociais dos últimos vinte anos promoveram na Igreja uma grande sensibilização e estes temas continuam ainda hoje a suscitar uma análise sobre a presença e a ação da Igreja no campo da comunicação.
“A Igreja está cada vez mais consciente da modernização das tecnologias e de suas consequências nos meios de comunicação, como a rapidez, a persuasão e a participação de todos no processo de difusão das notícias”, disse o Papa ao recordar que a Igreja sempre acompanhou esta evolução.
“Multiplicar o anúncio e integrá-lo a esta nova cultura”: palavras de João Paulo II que Bento XVI repetiu hoje aos responsáveis da comunicação no Vaticano. Também ressaltou que a Igreja, chamada a anunciar o Evangelho aos homens do terceiro milênio mantendo o seu conteúdo inalterado, se confronta com novas formas de comunicar, com novas linguagens, com técnicas e comportamentos psicológicos diversos.O Santo Padre convidou ainda aos participantes da Assembleia que analisem as dimensões das mudanças atuais e seu aspecto antropológico. “A evolução atual do mundo da mídia requer que sejamos cada vez mais comunicativos, resumindo as várias vozes ou colocando-as em recíproca conexão”, disse o Pontífice.
A seguir, Bento XVI recordou as funções do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais que seriam as de aprofundar todos os elementos da nova cultura da mídia e ser orientador e guia para as Igrejas particulares que devem compreender a importância da comunicação, ponto decisivo de todo plano pastoral.
Em relação aos fiéis, Bento XVI disse que a necessária valorização das novas tecnologias midiáticas deve ser sustentada por uma constante visão de fé, pois além do meio utilizado, a eficácia do anúncio do Evangelho depende primeiramente da ação do Espírito Santo, que guia a Igreja e o caminho da humanidade.
Antes de terminar seu discurso, o Papa fez mencionou a Filmoteca do Vaticano, que está completando 50 anos. Criada pelo Bem-aventurado João XXIII, possui um acervo de vídeos que ilustram a história da Igreja desde 1896 até os dias de hoje.

Da Redação da Canção Nova Noticias, com Rádio Vaticano

CATÓLICOS SÃO PARTE INTEGRANTE DA VIDA DO IRÃ, AFIRMA PAPA

Os católicos estão presentes no Irã desde os primeiros séculos do cristianismo e fazem parte integrante da vida e da cultura desta nação. Foi o que disse o Papa Bento XVI no discurso ao novo embaixador junto à Santa Sé da República Islâmica do Irã, Ali Akbar Naseri, recebido para a apresentação de suas credenciais, na manhã desta quinta feira, 29, no Vaticano. De acordo com o Santo Padre, a Santa Sé confia que as autoridades iranianas saibam garantir aos cristãos a liberdade de professar sua fé e à comunidade católica as condições para a sua existência, pois os cristãos no país são realmente cidadãos iranianos. Bento XVI reiterou que o Irã possui uma importante tradição espiritual e sobre esta base é possível construir uma crescente abertura e colaboração com a comunidade internacional. "Devemos apoiar uma nova fase na cooperação internacional fundada no respeito dos princípios humanitários e na ajuda àqueles que sofrem", disse o Papa.
No seu discurso, o Santo Padre destacou ainda que a Santa Sé deseja defender e promover a dignidade do homem. Deseja também estar ao serviço do bem da família humana, com um interesse particular pelos aspectos éticos, morais e humanitários das relações entre os povos.
O Irã, recordou depois o Papa, é uma grande nação que possui eminentes tradições espirituais e o seu povo tem uma sensibilidade religiosa profunda. Este fato pode ser um motivo de esperança para uma abertura crescente e uma colaboração confiante com a comunidade internacional. "Hoje, todos devemos esperar e sustentar uma nova fase de cooperação internacional, mais solidamente fundada nos princípios humanitários e na ajuda efetiva a todos aqueles que sofrem, e menos dependente do cálculos frios de trocas e de benefícios técnicos e econômicos", salientou Bento XVI.
Ao falar a liberdade religiosa e de consciência, Bento XVI afirmou que elas são a fonte de todas as outras liberdades. Além disso, destacou que a promoção da vida, da justiça e da solidariedade devem ser também objeto de uma colaboração real.
O Papa declarou sua esperança em melhorias para a situação da comunidade cristã no contexto da sociedade civil e confirmou o empenho da Santa Sé ao lado das igrejas locais, de maneira a ajudar a comunidade católica iraniana a manter vivos os sinais da presença cristã em espírito de harmonia com todos.
Por fim, o Pontífice ressaltou que a instituição de relações pacíficas entre os fiéis de varias religiões é uma necessidade urgente do nosso tempo, com o fim de construir um mundo mais humano e mais conforme ao projeto de Deus sobre a criação.

Da Redação da Canção Notícias, com agências

IGREJA DO PARANÁ PREPARA FESTA DE SUA PADROEIRA: NOSSA SENHORA DO ROCIO

A Igreja do Paraná vai realizar a 196ª festa de sua padroeira, Nossa Senhora do Rocio, durante os dias 6 a 16 de novembro. Os missionários redentoristas, apoiados pelo presidente do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná), e arcebispo de Curitiba, dom Moacyr Vitti, desenvolvem uma extensa agenda religiosa e social, com missas, pregações evangelizadoras, bênçãos especiais e atividades de lazer e entretenimento, a partir do tema central da festa para este ano: "Senhora do Rocio, Nossa Mãe". “Queremos que seja um momento forte de evangelização”, afirma dom Moacyr.
O bispo diocesano de Paranaguá, dom João Alves dos Santos, afirma que a programação litúrgica, da padroeira do Paraná, reserva momentos especiais de bênçãos e graças.
Multidões são esperadas para a festa, que acontece em Paranaguá. Nossa Senhora do Rocio tornou-se oficialmente padroeira do Paraná graças ao pedido dos bispos deste estado ao papa Paulo VI em 1977. Assim, em 30 de julho de 1977, o então pontífice a declarou padroeira do estado, e desde então, a devoção tem crescido em todas as regiões deste do Paraná. Nos últimos cinco anos um grande trabalho de evangelização tem sido feito a partir da devoção mariana, onde a imagem peregrina do Rocio visitou mais de 300 paróquias no Paraná.
Mais informações: fone (41) 3423-2020.
CNBB

ENCONTRO DO CELAM DÁ CONTINUIDADE À INTEGRAÇÃO DE CONFERÊNCIAS EPISCOPAIS NA AL

O Departamento de Missão e Espiritualidade do Conselho Episcopal Latino – Americano (Celam) está realizando um encontro com representantes das seções de Liturgia, Catequese, Missão Ad Gentes, Piedade Popular e Santuários das Conferências da América Latina. O objetivo do encontro é buscar uma maior integração entre as seções do Departamento de Missão e Espiritualidade com os correspondentes departamentos das Conferências Episcopais, e trabalhar os pontos e projetos comuns em uma linha de transversalidade a partir da proposta da Missão Continental e o desafio de uma conversão pastoral.
O evento teve início no dia 26, na sede das Obras Missionárias Pontifícias de Buenos Aires e segue até sexta-feira, 30. Durante o encontro está sendo produzido um texto motivador que possa ajudar na dinamização da Missão Continental e seguir o caminho de uma verdadeira conversão pastoral. A metodologia consta de palestras com especialistas das quatro seções, de trabalhos em grupos, partilha de experiências e celebrações.
O encontro é coordenado pelo arcebispo de Trujillo (Peru), monsenhor Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, e presidente do Departamento de Missão e Espiritualidade do Conselho Episcopal Latino - americano (Celam), e pelo frei Carlos Rockenbach, secretário executivo. Do Brasil, estão participando o bispo de Rondonópolis (MT), Juventino Kestering; o bispo de São José do Rio Preto (SP), dom Paulo Mendes Peixoto; o bispo de Osório (RS), dom Jaime Kohl; o diretor das Pontifícias Obras Missionárias (POM), do Brasil, padre Daniel Lagni; e o assessor de música litúrgica da CNBB, padre José Carlos Sala.
“A integração do Departamento de Missão e Espiritualidade do Celam, catequese, religiosidade popular e liturgia, é sinal de comunhão e avanço para a Missão Continental na perspectiva de novos caminhos para a evangelização dos nossos povos”, afirmou dom Juventino Kestering.

CNBB

ASSEMBLEIA DO NORDESTE 2 REFLETE SOBRE A PALAVRA

A “Palavra de Deus” foi o tema de reflexão, ontem, 28, na 44ª Assembleia de Pastoral do Regional Nordeste 2, da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), realizada no Convento dos Franciscanos, em Ipuarana, no município de Lagoa Seca (PB). Durante toda a manhã, o assessor da Assembleia, dom Eugênio Rixen, bispo da Cidade de Goiás (GO), fez reflexões, a partir do Sínodo dos Bispos sobre a Palavra. "Trago para vocês as propostas do Sínodo, colocando-as na nossa realidade brasileira", enfatizou, no início da manhã. Num segundo momento, ele fez comentários a respeito da mensagem dos bispos, no Sínodo, levando em consideração quatro aspectos: a Voz da Palavra, o rosto da Palavra, a casa da Palavra e o caminho da Palavra.
À tarde, os cerca de 140 participantes da assembleia foram divididos em oficinas: o Ministério da Palavra, o caráter bíblico e mistagógico da catequese, por uma catequese missionária, catequese e missão, e círculo bíblico. Na oficina "O Ministério da Palavra", assessorada por dom Eugênio, os participantes chegaram à conclusão de que é importante formar o agente da Palavra, capaz de ler, explicar e orar em cima da Palavra de Deus. "Dar um ministério a essas pessoas é dar mais seriedade à explicação da Palavra de Deus", concluiu o bispo.
Nesta quinta-feira, as atividades iniciaram com uma celebração eucarística, presidida pelo bispo da diocese de Pesqueira (PE), dom Francisco Biasin. A celebração foi em memória do padre Rogério Ruvoletto, do clero da diocese de Pesqueira, assassinado em Manaus (AM), dia 19 de setembro passado. Ainda, na parte da manhã, foram apresentados, em plenário, os resultados das oficinas, realizadas no dia de ontem. À tarde, será realizada uma experiência de leitura orante da Bíblia.
A 44ª Assembleia de Pastoral do Regional Nordeste 2 se estenderá até amanhã, sexta-feira, ao meio-dia, com os encaminhamentos para o próximo ano.
CNBB

PROPOSIÇÕES DO SÍNODO PARA A ÁFRICA

Na manhã do dia 20, foi apresentado o documento provisório das proposições da 2ª Assembleia Especial para o Sínodo dos Bispos para a África. Divulgado pela Santa Sé, o texto tem 57 proposições. Leia a íntegra do documento que espera o parecer do papa Bento

CNBB

CIMI DISCUTE O ATUAL MODELO DE DESENVOVIMENTO E DESTERRITORIALIZAÇÃO DOS POVOS INDÍGENAS

Entre os dias 27 e 30, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) realiza sua 18ª Assembleia Geral, em Luziânia (GO). Missionários, lideranças indígenas, representantes de movimentos sociais e pesquisadores tratam das principais questões que afetam os povos indígenas e discutem a ação missionária do Cimi para os próximos dois anos. Com o tema "Paz e Terra para os povos indígenas", o evento debate a desterritorialização dos povos tradicionais no atual modelo de desenvolvimento.
“O desenvolvimento como dominação da natureza é uma ideia poderosa e coloca os movimentos sociais em situação antagônica ao que é pregado como moderno”. Essa avaliação é do pesquisador Guilherme de Carvalho, da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE-Pará), apresentada durante o segundo dia da Assembleia.
Segundo Guilherme, o progresso e o desenvolvimento acabam se apresentando como domínio da natureza e como uma missão civilizatória das nações poderosas, que entendem que o seu modelo deve ser seguido por outros países. “Este modelo aparta o homem da natureza, ou seja, faz com que ele se coloque como parte separada do meio natural e não como integrante desse meio”, afirmou o pesquisador.
Para o presidente do Cimi (organismo vinculado a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e bispo da prelazia do Xingu, dom Erwin Krautler, fazendo uma retrospectiva do Conselho Indigenista Missionário, explica que a Igreja do Brasil sempre atuou a favor dos povos indígenas, especialmente a partir de 1972, quando foi criado o Cimi. “Tomamos partido dos povos indígenas em todos os momentos de nossa história, principalmente nos dias atuais, onde vemos que há interferência de todos os lados, inclusive dos governantes, na vida dos indígenas. Mas digo com muito orgulho, se não fosse a Igreja Católica, com seu braço indigenista (Cimi), não haveria na Carta Magna do Brasil, os direitos dos povos indígenas. Diante do mundo, podemos nos orgulhar em ter uma Constituição que respeita os direitos destes povos, mas ainda temos muito trabalho pela frente”, concluiu.

Participa também das reflexões, o professor do Instituto de Energia e Eletrotécnica, da Universidade de São Paulo (USP), Célio Bergmann. Ele apresentou dados do modelo energético brasileiro e dos projetos que envolvem grandes demandas de energia em terras indígenas, em áreas protegidas e na Amazônia legal. De acordo com números apresentados pelo professor Bergmann, somente as empresas de mineração, do setor energético e outros segmentos de indústria pesada consomem 48,4% da energia do país.
“Pelo aumento de consumo, justificam a necessidade de construção de mais usinas hidrelétricas e, o mais preocupante, na região amazônica. Há uma visão equivocada de que o aproveitamento dos recursos hídricos gera uma energia limpa. A disseminação desta ideia coloca a população num ‘beco sem saída’: ou se aceita a energia das grandes hidrelétricas, ou será necessário utilizar energia nuclear” explicou o professor da USP.
CNBB

DEPARTAMENTO DE MISSÃO E ESPIRITUALIDADE DO CELAM REALIZA ENCONTRO NA ARGENTINA

O Departamento de Missão e Espiritualidade do Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM) está realizando, de 26 a 30, em Buenos Aires, Argentina, um encontro com representantes das seções de Liturgia, Catequese, Missão Ad Gentes, Piedade Popular e Santuários, das Conferências da América Latina. O objetivo do encontro é buscar uma maior integração entre as seções do Departamento de Missão e Espiritualidade com os correspondentes departamentos das Conferências Episcopais.
Segundo o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB, padre Luiz Carlos Sala, o objetivo do encontro é “trabalhar os pontos e projetos comuns em uma linha de transversalidade a partir da proposta da Missão Continental e o desafio de uma conversão pastoral”.
De acordo com a organização do encontro, durante o evento será produzido um texto motivador que ajudará na dinamização da Missão Continental a seguir o caminho de uma verdadeira conversão pastoral. A metodologia consta de palestras com especialistas das quatro seções, de trabalhos em grupos, partilha de experiências e celebrações.
O encontro é coordenado por dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, arcebispo de Trujillo (Peru) e presidente do Departamento de Missão e Espiritualidade do CELAM. Do Brasil, estão participando dom Juventino Kestering, bispo de Rondonópolis (MT); dom Paulo Mendes Peixoto, bispo de São José do Rio Preto (SP); dom Jaime Kohl, bispo de Osório (RS); padre Daniel Lagni, diretor das Pontifícias Obras Missionárias e o padre José Carlos Sala, assessor de música litúrgica da CNBB.
“A integração do Departamento de Missão e Espiritualidade do CELAM – catequese, religiosidade popular e liturgia – é sinal de comunhão e avanço para a Missão Continental na perspectiva de novos caminhos para a evangelização dos nossos povos”, explicou dom Juventino Kestering.
CNBB

REGIONAL SUL 1 REALIZA ASSEMBLEIA ORDINÁRIA

O Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), do Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo) realiza entre os dias 6 e 8 de novembro, em Araras (SP), a Assembleia Geral Ordinária.
Neste ano, o tema central da Assembleia será: “CNLB Sul 1: Identidade, Planejamento e Missão”, e será assessorado pela professora Rosana Manzini, que fará uma análise do Leigo na Conjuntura Eclesial e Sócio-Político-Econômica. Em seguida, e a partir dos questionários enviados para as dioceses, será refletido o tema central da Assembleia.
A novidade deste ano é que os organizadores da Assembleia pediram para que cada CNLB Diocesano e Organizações Filiadas levassem, além dos delegados, um jovem como convidado, para participar do evento.

CNBB

DOM WALMOR OLIVEIRA DE AZEVEDO LANÇA PROJETO "COM FÉ NA POLÍTICA"

Criar fóruns permanentes de formação e debates para o acompanhamento dos trabalhos dos políticos eleitos nos 28 municípios que compõem a arquidiocese de Belo Horizonte, este é um dos objetivos do projeto "Com Fé na Política", que será lançado, hoje, 29, no teatro do campus Coração Eucarístico da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG).
O encontro de lançamento contará com a participação do arcebispo metropolitano e grão-chanceler da PUC, dom Walmor Oliveira de Azevedo, e dos bispos auxiliares, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, reitor da Universidade, e dom Aloísio Vitral, além de representantes dos poderes Legislativo e Executivo do estado.
A iniciativa da arquidiocese parte do princípio de que o poder político é um instrumento que deve servir para a realização do bem comum e do seu significado concreto: a ordem, a justiça, a liberdade, a responsabilidade, a garantia dos direitos e deveres, a estabilidade da paz. O projeto promoverá debates periódicos sobre as políticas públicas locais, propiciando uma maior interação entre a arquidiocese de Belo Horizonte e o poder público. Além disso, o evento possibilitará um rico momento de vivência da fé e da espiritualidade cristã.
O Com Fé na Política se constitui em um somatório de ações de setores vinculados às ações sociais e políticas da arquidiocese, como o Núcleo de Estudos Políticos (NesP), pelo Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política (Veasp) e pelo Conselho Arquidiocesano Pró-Vida. Esse primeiro encontro terá como objetivo pactuar essas ações que serão desenvolvidas ao longo dos próximos anos.

CNBB

ARQUIDIOCESE DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO LANÇA A CAMPANHA "EU SOU DE CRISTO"

Nesta terça-feira, 27, o arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, lançou a campanha popular “Eu Sou de Cristo”. A cerimônia foi realizada no alto do morro do Corcovado onde, há 78 anos, está o monumento do Cristo Redentor. Angariar recursos para manutenção da imagem é o objetivo da campanha.
Dom Orani lançou um broche, numa réplica da imagem do Cristo Redentor, que será vendido nas 252 paróquias da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. No feriado de 12 de outubro, o arcebispo anunciou a campanha e convocou os cariocas a participarem: “O broche é uma maneira de divulgar ainda mais o Cristo Redentor. Vamos carregar no peito a imagem do Cristo. Em um mundo que se paganiza e que não quer mais ver imagens de Cristo em lugar nenhum, vamos colocá-la no peito e espalhar para todo o Brasil esse sinal de nossa cidade, nosso país e de nossa fé”, afirmou dom Orani.
Transformado em Santuário em 2006, o Cristo Redentor está situado dentro do Parque Nacional da Tijuca e sofre com os desgastes do tempo, além dos fenômenos climáticos, como ventos, chuvas, raios e a incidência do sol. Em recente vistoria técnica realizada no monumento, constatou-se a necessidade urgente da realização de serviços de proteção interna da estrutura do corpo da Imagem e recolocação de parte do revestimento externo e tratamento.
Em 2007, o monumento do Cristo Redentor foi incluído na lista das sete maravilhas do mundo moderno, eleito por uma votação popular pela internet. Em 2009, a versão atualizada do Guiness World Records considerou o monumento como a maior estátua de Jesus Cristo no mundo.

CNBB

EVANGELHO DO DIA

Lucas 13,31-35

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.31Naquela hora, alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: “Tu deves ir embora daqui, porque Herodes quer te matar”. 32Jesus disse: “Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia terminarei o meu trabalho. 33Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém. 34Jerusalém, Jerusalém! Tu que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos debaixo das asas, mas tu não quiseste! 35Eis que vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não me vereis mais, até que chegue o tempo em que vós mesmos direis: Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.- Palavra da Salvação.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 13, 31-35

A ameaça de morte não faz com que Jesus se acovarde, a sua resposta é bem clara: “devo prosseguir o meu caminho, pois não convém que um profeta perece fora de Jerusalém”. Jesus vai seguir o seu caminho até o fim porque a sua fidelidade ao Pai está acima de todas as coisas, inclusive da sua própria vida, que ele vai entregar livremente em Jerusalém para que o homem seja resgatado do reino da morte. O mundo não quer a vida do profeta, não quer que ele chegue a realizar a sua missão e todos os que são do mundo, religiosos ou não, não toleram a presença do profeta, embora a sua morte contribua para a salvação de todos.

SANTO DO DIA - SÃO NARCISO

O santo de hoje, São Narciso, foi Bispo de Jerusalém e, quando se deu tal fato, devia ter quase cem anos de idade. Narciso não era judeu e teria nascido no ano 96. Homem austero, penitente, humilde, simples e puro, sabe-se que presidiu com Teófilo de Cesareia a um concílio onde foi aprovada a determinação de se celebrar sempre a Páscoa num Domingo.Eusébio narra que em certo dia de festa, em que faltou o óleo necessário para as unções litúrgicas, Narciso mandou vir água de um poço vizinho, e com sua bênção a transformou em óleo. Conta também as circunstâncias que levaram Narciso a demitir-se das suas funções.Para se justificarem de um crime, três homens acusaram o Bispo Narciso de certo ato infame. "Que me queimem vivo - disse o primeiro - se eu minto". "E a mim, que me devore a lepra", disse o segundo. "E que eu fique cego", acrescentou o terceiro. O desgosto de ser assim caluniado despertou em Narciso o seu antigo desejo pelo recolhimento e, por isso, sem dizer para onde ia, perdoou os caluniadores e saiu de Jerusalém em direção ao deserto. Considerando-o definitivamente desaparecido, deram-lhe por sucessor a Dio, ao qual por sua vez sucederam Germânio e Górdio. Todavia, os três caluniadores não tardaram a sofrer os castigos que em má hora tinham invocado, pois o primeiro pereceu num incêndio com todos os seus, o segundo morreu de lepra e o terceiro cegou à força de tanto chorar o seu pecado.Alguns anos depois, Narciso reapareceu na cidade episcopal. Nunca tinha sido posta em dúvida a santidade do seu procedimento.; por isso, foi com imensa alegria que Jerusalém recebeu seu antigo pastor. Segundo diz Eusébio, continuou Narciso a governar a diocese até a idade de 119 anos, auxiliado por um coadjutor chamado Alexandre. Faleceu cerca do ano de 212. São Narciso, rogai por nós!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

"FICHA LIMPA" FORA DA PAUTA DA CÂMARA

O Projeto de Lei Complementar de Iniciativa Popular, que pretende alterar a lei das inelegibilidades para punir os candidatos chamados de ficha suja, dificilmente será votado este ano. A observação é do deputado federal Mauro Benevides (PMDB) ao lembrar as dificuldades para que os efeitos da proposta possam valer nas eleições de 2010, além do fato da mesma gerar polêmica naquela Casa.Embora se manifestando favorável ao conteúdo da matéria entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB/SP), com mais de 1,3 milhão de assinaturas, o parlamentar cearense faz questão de lembrar o princípio da anualidade das leis eleitorais, assim como o fato de a matéria não constar na pauta das que serão apreciadas até 15 de dezembro, data prevista para o encerramento das atividades legislativas do exercício de 2009.O fato de não haver previsão da matéria ser apreciada no exercício deste ano não pode ser considerado como intransponível, revela, tendo em vista que se trata de uma proposta que chega à Câmara com mais de 1 milhão e 300 mil assinaturas. Mas, para entrar em pauta seria preciso um requerimento das lideranças partidárias.Mauro Benevides diz que embora não se possa negar o aspecto ético contido na proposta apresentada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e a preocupação da opinião pública em corrigir o que considera que não está certo, o peemedebista não se arrisca a dizer que a matéria será votada este ano, até mesmo porque ao receber o projeto de lei complementar o presidente da Câmara, Michel Temer, se manifestou no sentido de que somente uma instância superior (colegiado) poderia impedir, nas eleições do próximo ano, o acesso de alguns dos atuais parlamentares a participarem da disputa eleitoral do próximo ano.

Diário do Nordeste

FALECE VICE-POSTULADOR DA CAUSA DE CANONIZAÇÃO DOS PASTORINHOS

Faleceu nesta quarta-feira, 28, em Fátima, Portugal, o vice-postulador da Causa de Canonização dos Pastorinhos, padre Luís Kondor. O velório será no Seminário do Verbo Divino, em Fátima.A Celebração das Exéquias será na sexta-feira, 30, às 11h (hora local), e será transmitida pela TV Canção Nova Internacional. Sua vidaPadre Luís Kondor nasceu no dia 22 de junho de 1928, em Csikvánd, na Hungria. Entre os anos de 1934 e 1939 frequentou a escola primária e, em 1940, entrou para o internato dos Padres Beneditinos, de Gyor; e posteriormente passou para o internato dos Padres Cistercienses, em Székesfehérvár.Entrou para a Congregação do Verbo Divino no dia 20 de agosto de 1946, aos 18 anos de idade, e fez os primeiros votos no dia 08 de setembro de 1948. Começou os estudos de filosofia, ainda na Hungria.Em Janeiro de 1949, por ordem de seu superior, fugiu para a Áustria, por causa da invasão dos russos. Após a Áustria também ter sido invadida pelos russos, refugiou-se na Alemanha, em 1950, por ordem de seus superiores. Permaneceu na Alemanha por quatro anos, e foi ordenado presbítero no dia 28 de agosto de 1953, em St Augustin. E no dia 19 de novembro de 1954 foi enviado para Fátima, Portugal. Ali, foi nomeado vice-prefeito do Seminário da sua congregação, exercendo o cargo por quatro anos, e dedicou-se à Pastoral Vocacional.Trabalho como vice-postuladorNo dia 8 de julho de 1956, padre Kondor se encontrou com irmã Lúcia pela primeira vez. Foi o primeiro de muitos encontros.Em 1960, acompanhou o Bispo de Leiria, Dom João Pereira Venâncio, numa viagem de dois meses a vários países europeus. Depois desta viagem, a pedido do bispo, começou a trabalhar meio período com Dom Venâncio e meio período no Seminário do Verbo Divino.O trabalho como vice-Postulador dos Pastorinhos lhe foi atribuído no natal de 1960, função que ocupou até sua morte.Em 1963 começou a publicar um boletim, em sete idiomas, com o objetivo de tornar conhecida a vida dos dois pastorinhos de Fátima - Francisco e Jacinta, e relatar o andamento dos processos de beatificação. Para divulgar da fama de santidade dos pastorinhos, o Bispo da diocese confiou-lhe a edição do livro "Memórias da Irmã Lúcia". Padre Kondor o traduziu em diversos idiomas e enviou para todos os continentes, incluindo os países sob o regime comunista. No ano 2000, com o apoio do Cardeal Meisner de Colônia, conseguiu que o Papa João Paulo II visitasse Fátima, em 13 de maio para beatificar os pastorinhos, mesmo após a beatificação ter sido anunciada publicamente em Roma.No dia 15 de novembro de 2004 recebeu o processo canônico da cura milagrosa atribuída aos beatos Francisco e Jacinta, que entregou em Roma, na Congregação para as Causas dos Santos.Suas obrasPadre Kondor dedicou-se a diversas obras: - Em 1956, colaborou com a construção do Monumento dos Valinhos; - Em 1959, com a imagem de Santo Estêvão que se encontra na Basílica; - De 1960 a 1965, junto com Dom João Pereira Venâncio, colaborou na construção do Seminário Diocesano de Leiria, do Colégio S. Miguel e do Colégio da Marinha Grande; - Em 1964, com a construção da Via Sacra e Capela do Calvário; - De 1974 a1997, colaborou na transferência de ajudas financeiras da Weltkirche-Köln para dioceses, conventos, casas sacerdotais, paróquias e casas sociais em Portugal; - Ainda nesse período de 1974 a 1997, colaborou com o Europäischer Hilfsfound das Conferências Episcopais da Áustria, Alemanha e da Suíça, no apoio a dioceses portuguesas; - Em 1979, com a construção da nova Casa Episcopal de Leiria; - De 1975 a 1985, colaborou na construção dos novos Carmelos de Patacão (Faro), Bom Jesus (Braga) e São Bernardo (Aveiro).Durante muitos anos, colaborou como intermediário entre instituições da Igreja alemã e obras nas dioceses Portuguesas. Entre os muitos apoios que consegue para a Igreja católica portuguesa, destaca-se: reconstrução de várias igrejas nos Açores, após o grande sismo de 1º de janeiro de 1980.Em março de 2004, foi homenageado pela "Fundação Ajuda à Igreja que Sofre" comemorando os seus 50 anos de sacerdócio e de presença em Portugal. E, em 18 de janeiro de 2006, recebeu a insígnia da Ordem de Comendador, atribuída pelo Presidente de Portugal, Jorge Sampaio.

Da Redação da Canção Nova Noticias

ENCONTRO DE LEIGOS NO REGIONAL NORTE 2 REFLETE PRESERVAÇÃO DA AMAZÕNIA

O Conselho Nacional do Laicato do Brasil no Regional Norte 2 da CNBB (Pará e Amapá) realizou no período de 16 a 18, em parceria com a diocese de Abaetetuba, o encontro diocesano dos leigos e leigas. De acordo com a presidente do Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) do Norte 2, Leila Carvalho, o encontro foi dividido em dois momentos. No primeiro houve a oficina temática: “Consumir sem consumir a Amazônia” e no segundo momento foi discutida a missão e organização do laicato.
“Foi escolhida uma comissão formada por representantes de diferentes paróquias presentes no encontro para articular o conselho diocesano de leigos”.
A coordenadora avalia que o encontro teve grande importância para o laicato da diocese de Abaetetuba e refletirá positivamente para todo o regional.
CNBB

PORTUGAL: LEI DA LIBERDADE RELIGIOSA PODE SER COLOCADA EM PRÁTICA

Em entrevista à Agência Ecclesia de Portugal, o diretor do Instituto Superior de Direito Canônico (ISDC), padre Saturino Gomes, da Universidade Católica Portuguesa, disse que a Lei de Liberdade Religiosa está prestes a ser colocada em prática. O padre disse ainda que “alguns aspectos foram implementados”. Ele exemplificou: “pontos relacionados com o reconhecimento civil do matrimônio religioso; as Igrejas radicadas; algumas questões financeiras e, ultimamente, a assistência religiosa nos hospitais, Forças Armadas e prisões”.
O especialista participou do I Congresso Internacional Hispano-Português sobre liberdade religiosa que aconteceu nos dias 22 e 23, na cidade espanhola de Léon.
Em relação ao estatuto da assistência religiosa nestas áreas – apesar da Igreja Católica não entrar na Lei da Liberdade Religiosa -, o padre Saturino adiantou que “se optou por esta solução, mas a Igreja Católica podia ter um estatuto à parte”. Foi o caminho “seguido pelo governo e pela Igreja”
Com cerca de 30 anos, a Lei da Liberdade Religiosa na Espanha “irá ser revista” com o intuito de ser “adaptada a novas situações culturais e sociais”. “Há vários aspectos técnicos a mudar”. A Lei da Liberdade Religiosa tem “sido aplicada às religiões existentes” no país vizinho.
Sobre o ensino religioso nas escolas, o padre Saturino sublinhou que “ao nível da Igreja Católica é o que está em vigor sobre as outras confissões religiosas está previsto que desde que haja um número mínimo de alunos de determinada confissão numa certa escola que se pode lecionar”. E acrescentou: “está decorrente na lei e a lei da Comissão da Liberdade Religiosa está a trabalhar nesse sentido”.
Questionado sobre o aparecimento de uma nova disciplina, o diretor do ISDC afirmou que “não se sabe se é disciplina ou módulo”.
Como o fenômeno religioso “nem sempre é compreendido”, o padre Saturino Gomes pede “uma melhor informação” sobre esta área. Os manuais escolares contêm “imprecisões históricas sobre as religiões”. A revisão dos manuais “não é fácil”, mas essa questão já foi levantada pela Comissão da Lei da Liberdade Religiosa e apresentada ao Ministério da Educação daquele país.
Esta iniciativa juntou muitos acadêmicos e vários especialistas em direito eclesiástico.
Portugal e Espanha aproveitaram o encontro para trocar conhecimentos sobre esta temática. A próxima edição do Congresso vai realizar-se em Portugal dentro de dois anos.
CNBB

NORDESTE 2 INICIA 44ª ASSEMBLEIA REGIONAL DE PASTORAL

Cerca de 140 pessoas participam da 44ª Assembleia Pastoral do Regional Nordeste 2 da CNBB (Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas). A atividade teve início na noite de desta terça-feira, 27, e se estende até sexta-feira, ao meio-dia, no Convento dos Franciscanos, em Ipuarana, no município de Lagoa Seca (PB).
Este ano, a Assembleia tem como tema: “Na tríplice missão da Igreja: a Palavra”, com assessoria do bispo de Goiás e responsável pela Dimensão Catequética da CNBB, dom Eugênio Rixen.
Após a oração inicial da Assembleia, o bispo responsável pelas missões, no Regional Nordeste 2, dom Adriano Ciocca, fez um resgate da temática dos últimos anos, desde quando o Regional assumiu a dimensão missionária. “Agora, vamos pensar na tríplice missão da Igreja, à luz do Documento de Aparecida e do Sínodo dos Bispos sobre a Palavra”, disse dom Adriano, na abertura da Assembleia.
A programação desta quarta-feira teve início às 7h, com a celebração eucarística. Durante a manhã, dom Eugênio falou sobre “O ministério da Palavra no Sínodo dos Bispos e nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil”. À tarde, os participantes serão divididos em seis oficinas: o Ministério da Palavra, o caráter bíblico e mistagógico da catequese, por uma catequese missionária, catequese e missão, e círculo bíblico.
Antes da Assembleia, durante toda a terça-feira, aconteceu a reunião do Conselho Episcopal Regional (Conser).
CNBB

PAPA BENTO XVI LANÇA CD BENEFICENTE

No próximo dia 29 de novembro, o papa Bento XVI lança pela primeira vez um CD com sua voz gravada. No álbum, cujo nome é ‘Alma Mater, music for the Vatican’, o pontífice lê e canta acompanhado pelo Coro da Academia Filarmônica Romana e pela célebre Orquestra Filarmônica Real de Londres. São oito trechos originais de música sacra moderna, mesclados a orações, ladainhas e cantos marianos, com a voz do papa em latino, italiano, francês, alemão e português.
A produção tem oito trechos originais de música sacra moderna, mesclados a orações, ladainhas e cantos marianos, com a voz de Bento XVI. Uma parte das entradas obtidas com a venda irá para a educação musical de crianças pobres dos cinco continentes. O primeiro álbum de Bento é fruto de um acordo discográfico entre a Geffen/Universal, uma das principais siglas dos Estados Unidos, e a Multimedia, etiqueta dos Paulinos.
As músicas do disco foram escolhidas porque respondem perfeitamente à intenção de produzir um CD que fosse universalmente atraente, e têm como inspiração os cantos gregorianos, com suas profundas raízes históricas. Elas foram selecionadas por uma comissão de três compositores: Simon Boswell, Stefano Mainetti e Nour Eddine, respectivamente ateu, católico e muçulmano.
Em 1999, o então papa João Paulo II participou de uma iniciativa semelhante. A primeira tiragem do CD 'Abba Pater', de mais de um milhão de cópias, esgotou-se em poucos dias.
CNBB

PAPA EXPLICA RENASCIMENTO DA TEOLOGIA LATINA DURANTE IDADE MÉDIA


Papa saúda peregrinos presentes na Praça São Pedro, no Vaticano, para a tradicional Catequese das quartas-feiras
Na Catequese desta quarta-feira, 28, o Papa Bento XVI não falou de um santo em especial, mas do seculo XII, período da Igreja, favorável ao renascimento da teologia latina. Nesta época, explicou o Papa, a paz e o desenvolvimento econômico e social reinava na Europa. Na Igreja, a "reforma gregoriana" estava produzindo notáveis frutos, como a expansão da vida consagrada. Bases para que, no século XIII, despontassem figuras como São Tomás e São Boaventura.Neste contexto, continuou Bento XVI, os mosteiros foram um âmbito de grande atividade teológica. Neles, os monges, dotados de uma vasta cultura e de um grande fervor evangélico, tentavam suscitar o desejo por Deus, mediante a contemplação dos mistérios sagrados na Escritura. Precisamente, esta aproximação espiritual ao texto bíblico - a Lectio Divina – foi um dos temas centrais do Sínodo dos Bispos do ano passado.Outro âmbito deste florescimento teológico foram as escolas que apareceram junto às catedrais. Estes centros, dedicados à instrução do clero, buscavam apresentar a harmonia e a unidade da Revelação Cristã, mediante o chamado "método escolástico", onde predomina a confiança na razão para a compreensão das verdades da fé.Após a catequese, o Papa saudou os peregrinos. Em português, Bento XVI explicou este período:"Queridos irmãos e irmãs, No século XII, a partir dos mosteiros e das escolas junto das catedrais, desenvolveram-se dois modelos diferentes de teologia: a "teologia monástica" e a "teologia escolástica". A primeira foi desenvolvida pelos monges, devotados ouvintes e leitores orantes da Sagrada Escritura, que procuravam incentivar e nutrir o desejo amoroso de Deus. A teologia escolástica é obra de pessoas cultas, de mestres desejosos de mostrar o caráter razoável e o fundamento dos mistérios de Deus e do homem, que se devem acreditar com a fé, mas também compreender pela razão. Fé e razão, em recíproco diálogo, vibram de alegria quando ambas são animadas pela busca de uma união cada vez mais íntima com Deus. Amados peregrinos do Porto e demais pessoas de língua portuguesa, sede bem-vindos! Uma saudação particular ao coro infanto-juvenil de Maringá e aos grupos paroquiais de Santa Cruz, em Belém, e de Nossa Senhora do Carmo, no Rio de Janeiro. Que nada vos impeça de viver e crescer na amizade de Deus. Procurai iluminar o vosso caminho com a Palavra divina, ouvindo-a atentamente na Eucaristia do domingo e reservando alguns momentos em cada dia para a sua meditação. Sobre vós e vossas famílias, desça a minha bênção."


Da Redação da Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

NOMEADO O NOVO BISPO AUXILIAR PARA A ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO

O papa Bento XVI nomeou nesta quarta-feira, 28, o padre Milton Kenan Júnior, bispo auxiliar da arquidiocese de São Paulo (SP). A solicitação foi feita pelo arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer, que a partir de agora contará com a colaboração de seis bispos auxiliares.
Padre Milton, 46, atualmente é pároco da paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Bebedouro (SP), na diocese de Jaboticabal (SP). Concluiu o curso de filosofia no Centro de Estudos da arquidiocese de Ribeirão Preto e teologia na Pontifícia Faculdade Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. Na Pontifícia Faculdade de Espiritualidade Teresianum, em Roma, fez o mestrado em Teologia Espiritual.
Entre outras atividades pastorais e acadêmicas, padre Milton foi vigário paroquial nas paróquias de São João Batista e Nossa senhora Aparecida de Bebedouro, entre os anos de 1987 e 1995; vice-presidente da Comissão Regional de Presbíteros (Sul 1) de 1990 a1994; diretor e professor do instituto de filosofia e teologia Nossa Senhora do Carmo, em Jaboticabal (2001 – 2008) e pároco da catedral diocesana de 2001 a 2008. Foi também coordenador de pastoral e vigário episcopal da diocese de Jaboticabal (1998-2001) e membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores.

CNBB

RELIQUIAS DE SÃO JOÃO BOSCO CHEGAM AO BRASIL

No próximo dia 2 de dezembro, as relíquias de São João Bosco chegam ao estado de São Paulo, após visitar Porto Alegre (RS), aonde chegará no dia 16 de novembro. A peregrinação da urna com a relíquia teve início em junho deste ano, na Itália, e faz parte da preparação ao bicentenário do nascimento de dom Bosco (1815-2015). O trajeto das relíquias no continente Sul Americano começou na Argentina, na etapa que contempla a chamada região salesiana América Cone Sul, passando pelo Chile, Uruguai, Paraguai até chegar ao Brasil.
A urna, sustentada por quatro pilares nos quais se gravaram as datas relativas ao bicentenário, o escudo da congregação salesiana e o lema carismático de dom Bosco “Dêem-me almas e levem todo o resto”, contém os restos do braço direito do santo fundador dos salesianos.

EVANGELHO DO DIA

Lucas 6,12-19

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.12Naqueles dias, Jesus foi à montanha para rezar. E passou a noite toda em oração a Deus. 13Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: 14Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; 15Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; 16Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor.17Jesus desceu da montanha com eles e parou num lugar plano. Ali estavam muitos dos seus discípulos e grande multidão de gente de toda a Judeia e de Jerusalém, do litoral de Tiro e Sidônia. 18Vieram para ouvir Jesus e serem curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus também foram curados. 19A multidão toda procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.- Palavra da Salvação.

REFLEXÃO DO DIA

FESTA DE SÃO SIMÃO E SÃO JUDAS TADEU, APÓSTOLOS

Lc 6, 12-19

Jesus não quis realizar sozinho a obra do Reino, mas chamou apóstolos e discípulos para serem seus colaboradores. Nós, ao contrário, muitas vezes queremos fazer tudo sozinhos e afirmamos que os outros mais atrapalham que ajudam. Assim, negamos a principal característica da obra evangelizadora: a comunitário-participativa, além de nos fazermos auto-suficientes, perfeccionistas e maquiavélicos, pois em nome do resultado do trabalho evangelizador, excluímos os próprios evangelizadores, fazendo com que os fins justifiquem os meios e vivendo a mentalidade do mundo moderno da política de resultados. Isto acontece porque muitas vezes não somos evangelizadores, mas adoradores de nós mesmos.

SANTO DO DIA - SÃO SIMÃO E SÃO JUDAS TADEU

Celebramos na alegria da fé os apóstolos São Simão e São Judas Tadeu. Os apóstolos foram colunas e fundamento da verdade do Reino. São Simão:Simão tinha o cognome de Cananeu, palavra hebraica que significa "zeloso". Nicéforo Calisto diz que Simão pregou na África e na Grã-Bretanha. São Fortunato, Bispo de Poitiers no fim do século VI, indica estarem Simão e Judas enterrados na Pérsia. Isto vem das histórias apócrifas dos apóstolos; segundo elas, foram martirizados em Suanir, na Pérsia, a mando de sacerdotes pagãos que instigaram as autoridades locais e o povo, tendo sido ambos decapitados. É o que rege o martirológio jeronimita. Outros dizem que Simão foi sepultado perto do Mar Negro; na Caucásia foi elevada em sua honra uma igreja entre o VI e o VIII séculos. Beda, pelo ano de 735, colocou os dois santos no martirológio a 28 de outubro; assim ainda hoje os celebramos. Na antiga basílica de São Pedro do Vaticano havia uma capela dos dois santos, Simão e Judas, e nela se conservava o Santíssimo Sacramento.São Judas Tadeu:Judas, um dos doze, era chamado também Tadeu ou Lebeu, que São Jerônimo interpreta como homem de senso prudente. Judas Tadeu foi quem, na Última Ceia, perguntou ao Senhor: "Senhor, como é possível que tenhas de te manifestar a nós e não ao mundo?" (Jo 14,22). Temos uma epístola de Judas "irmão de Tiago", que foi classificada como uma das epístolas católicas. Parece ter em vista convertidos, e combate seitas corrompidas na doutrina e nos costumes. Começa com estas palavras: "Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados e amados por Deus Pai, e conservados para Jesus Cristo: misericórdia, paz e amor vos sejam concedidos abundantemente". Orígenes achava esta epístola "cheia de força e de graça do céu". Segundo São Jerônimo, Judas terá pregado em Osroene (região de Edessa), sendo rei Abgar. Terá evangelizado a Mesopotâmia, segundo Nicéforo Calisto. São Paulino de Nola tinha-o como apóstolo da Líbia.Conta-se que Nosso Senhor, em revelações particulares, teria declarado que atenderá os pedidos daqueles que, nas suas maiores aflições, recorrerem a São Judas Tadeu. Santa Brígida refere que Jesus lhe disse que recorresse a este apóstolo, pois ele lhe valeria nas suas necessidades. Tantos e tão extraordinários são os favores que São Judas Tadeu concede aos seus devotos, que se tornou conhecido em todo o mundo com o título de Patrono dos aflitos e Padroeiro das causas desesperadas. São Judas é representado segurando um machado, uma clava, uma espada ou uma alabarda, por sua morte ter ocorrido por uma dessas armas.São Simão e São Judas Tadeu, rogai por nós!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

ITÁLIA CELEBRA HOJE DIA DO DIÁLOGO CRISTÃO-ISLÂMICO

Celebra-se nesta terça-feira, 27, em toda a Itália a oitava edição do dia do diálogo cristão-islâmico. A iniciativa nasceu em 2001 quando João Paulo II pediu para compartilhar com os irmãos muçulmanos o jejum do Ramadã. Desde então, a última sexta-feira de Ramadã tornou-se, para muitos cristãos de diversas confissões e para muitos muçulmanos na Itália, o evento simbólico no qual encontrar-se "para relançar a urgência do diálogo".Desde o ano passado, porém, por razões de praticidade, decidiu-se fixar a data de 27 de outubro, em recordação ao encontro de oração pela paz em Assis dos líderes das religiões mundiais em 1986.Entre as iniciativas promovidas em toda Itália, duas se destacam: Na Bolonha, acontecerá um momento de oração comum entre cristãos e muçulmanos em um cárcere da cidade. E, em Genova, foi lançado um concurso literário sobre o tema "falar sobre a vida" e a premiação será feira em janeiro por ocasião do Dia do diálogo hebraico-cristão, "quase um revezamento para reforçar a idéia de um diálogo interreligioso mais geral".O tema deste ano é "A alegria de falar da vida". "De fato, temos necessidade de redescobrir o valor do encontro com o outro e a capacidade de falarmos da vida", - explica um dos idealizadores da iniciativa, Brunetto Salvarani.

Da Redação da Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

MIANMAR, CHINA E IRÃ SÃO OS PIORES PAÍSES EM LIBERDADE RELIGIOSA

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, apresentou, nesta segunda-feira, 26, o relatório anual sobre liberdade religiosa, que analisa as restrições, abusos e melhoras para garantir a diversidade de culto e que serve como indicador para sua política externa.O relatório aponta novamente Mianmar, China e Irã como os países que cometem "severas violações" contra a liberdade religiosa, junto a outros como Sudão, Eritréia, Coreia do Norte, Arábia Saudita e Uzbequistão.O documento destaca que a liberdade religiosa é "amplamente respeitada" na América Latina, com exceção de Cuba, e com referências também a alguns episódios registrados na Venezuela.Os Estados Unidos afirmam que apesar de a Constituição cubana reconhecer a liberdade de religião, o governo "segue impondo" restrições, e o Ministério do Interior vigia as instituições religiosas, que devem se registrar obrigatoriamente no Ministério da Justiça.No caso da Venezuela, reconhece que o governo "geralmente" respeita a liberdade de culto, embora os grupos religiosos podem ser objeto de "assédio" e "intimidação", e lembra as críticas do presidente venezuelano, Hugo Chávez, aos bispos católicos e ao núncio apostólico.Como casos positivos, o relatório destaca os avanços em países como o Brasil e cita uma linha telefônica inaugurada recentemente no país para receber denúncias sobre discriminação religiosa.

Rádio Vaticano

CARDEAL DE TURIM CONFIRMA VISITA DO PAPA A SANTO SUDÁRIO

Em 2 de maio de 2010, o Papa Bento XVI vai visitar Turim, na Itália, por ocasião da exposição do Santo Sudário, que se realizará de 10 de abril a 23 de maio do próximo ano. Foi o anunciado pelo Arcebispo de Turim, na Itália, Cardeal Severino Poletto, que foi recebido pelo Papa, nesta segunda-feria, 26.
O cardeal adiantou também em uma carta algumas das atividades do Santo Padre em Turim. No dia da visita, o Papa irá à Catedral de Turim para pernanecer em momentos de oração diante do Santo Sudário. Em seguida, na Praça São João, vai celebrar a Santa Missa para todos os fiéis e peregrinos presentes e, ao final, fará a oração mariana do Ângelus.
Na parte da tarde, Bento XVI encontrará os jovens na Paróquia Santa Face de Turim. Durante o trajeto rumo à paróquia, o Papa fará uma breve visita ao Hospital Cotollengo para encontrar e abençoar os pacientes da Pequena Casa da Divina Providência.
Na carta, Cardeal Poletto declarou que o dia 02 de maio de 2010 será uma ocasião "única" para encontrar o Santo Padre, rezar por ele e com ele, e escutar a mensagem particular que ele trará à Igreja de Turim e para toda a sociedade da cidade.
"O Papa quer, sobretudo, oferecer uma palavra de conforto aos que sofrem, e o fará em sintonia com o tema da exposição do Santo Sudário "Passio Christi, Passio hominis [Paixão de Cristo, Paixão do homem]", declarou o Arcebispo de Turim.
O cardeal expressa ainda o reconhecimento ao Santo Padre e considera a visita apostólica "um presente extraordinário do seu coração de Pai". Declara ainda que o Pontífice será acolhido "com grande afeto e entusiasmo", o que representará "apoio e conforto" para que continue sua missão. "[Isto lhe ajudará] para continuar por muitos anos oferecendo-nos o belo testemunho de sua fé e de sua sabedoria com a qual está conduzindo a Igreja, tornando-se, assim, para o mundo inteiro, um ponto de referência de primeira importância para a defesa dos valores fundamentais de toda a humanidade".

Da Redação da Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

BISPOS DE SÃO PAULO VISITAM BENTO XVI EM NOVEMBRO


Os bispos do estado de São Paulo visitarão o Papa Bento XVI no próximo mês. De 9 a 22 de novembro, além de se reunirem com Bento XVI, os bipos visitam os diversos organismos da Cúria romana e, em seguida, têm as audiências particulares com o Santo Padre.O Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, explica que esta visita é realizada pelas conferências episcopais de todo mundo a cada cinco anos e tem ainda um significado de peregrinação, pois os bispos se dirigem aos túmulos de São Pedro, São Paulo e de mártires, além das Santas Missas celebradas nas basílicas papais de Roma.
Este encontro dá continuidade às visitas ad limina ao Papa, que começaram em setembro com os bispos dos Regionais Oeste 1 e 2 da CNBB.

Da Redação da Canção Nova Notícias

DIOCESE DE SÃO MATEUS (ES) REÚNE QUATRO MIL JOVENS NO DIA NACIONAL DA JUVENTUDE

Aproximadamente quatro mil jovens (dados da diocese), das 19 paróquias da diocese de São Mateus (ES), compareceram no dia 25, na cidade de São Mateus, para celebrar o Dia Nacional da Juventude. Em sintonia com o tema nacional, todos saíram em marcha da catedral até o ginásio da cidade, num percurso de dois quilômetros. Durante a marcha, a violência contra a juventude no Brasil foi lembrada em faixas e cartazes.
O bispo diocesano, dom Zanoni Demettino Castro, presidiu a Eucaristia concelebrada por 14 padres. Na homilia o bispo destacou o tema, ligando-o com o Evangelho do dia.
A programação prosseguiu com shows de bandas locais e sorteios de brindes arrecadados pela equipe diocesana da Pastoral da Juventude.
Durante todo o evento foi realizado um abaixo-assinado pedindo à bancada capixaba, na câmara federal, que vote a favor do Projeto Ficha Limpa, que tramita no Congresso Nacional. Os participantes entenderam que a corrupção eleitoral é também uma das formas de violência contra a juventude.
Vários segmentos da Juventude se envolveram no processo de articulação e realização deste DNJ: Pastoral da Juventude, Pastoral da Juventude Rural, Ministério Jovem da RCC e Juventude Missionária.
CNBB

BISPO DE IGUATU EM SENADOR POMPEU


O bispo diocesano de Iguatu, dom João Costa, estará novamente em Senador Pompeu amanhã, dia 28, e 29, para ministrar, ao lado do pároco padre Carlos Roberto, o sacramento do Santo Crisma, para todos os jovens da cidade e das comunidades rurais. Durante todo o ano, o grupo de jovens crismandos recebeu uma extensa preparação para vivenciar este sacramento da Igreja Católica. A celebração deverá contar com a participação das famílias dos crismandos e de toda a comunidade católica.

2º EU CREIO NA VIDA ETERNA

Na próxima segunda-feira, dia 2, data em que a Igreja Católica celebra o Dia de Finados, a Comunidade Católica Shalom irá realizar a 2º edição do "Eu Creio na Vida Eterna". O evento será em frente ao cemitério São José, na Parangaba. A programação terá inicio às 15h, com a oração do Terço da Misericórdia. Em seguida, haverá a Celebração Eucarística da Esperança, presidida pelo padre Antônio Furtado, da Comunidade Shalom. O evento terá a participação dos cantores Batista Lima (vocalista da banda Limão com Mel), Naldo José e Leozanir Oliveira (Missionário Shalom). Cerca de cinco mil pessoas são aguardadas no evento.
A primeira edição do "Eu Creio na Vida Eterna" foi realizada em 2008, em frente ao Cemitério São João Batista. Milhares de pessoas participaram, na ocasião, deste ato de fé e esperança. Conforme o padre Antônio Furtado, organizador do evento, o dia de Finados é um dia de intercessão pelos parentes que já se foram para que estes recebam a vida eterna.
"Queremos aproveitar a data para levar uma mensagem de esperança às pessoas. Neste dia em que, tantas vezes, reina a tristeza, queremos passar a alegria de Jesus Cristo Ressuscitado, levar a certeza da fé que, após a morte, somos admitidos na presença de Deus. E o cristão, embora tenha saudade, é animado pela certeza da ressurreição da carne", afirmou.

Serviço:
2º Eu Creio da Vida Eterna
Data: 02 de novembro de 2009
Horário: a partir das 15h
Local: Cemitério São José - Rua Napoleão Quezado, entre as avenidas Cônego de Castro e Osório de Paiva - Parangaba
Informações: (85)3261.4444
Realização: Comunidade Católica Shalom
www.comshalom.org
-- -- Comunidade Católica ShalomAssessoria de ImprensaJornalista Rocélia Santos (CE01775JP)Tel.: (85) 8893.6744/ 88986451

VISITA PASTORAL MISSIONÁRIA NA PARÓQUIA DE SANTO ANTÔNIO, EM ITAITINGA

Ide e fazei todos discípulos e missionários de Jesus Cristo”. É com este tema que a Paróquia Santo Antonio, em Itaitinga, distante 29 quilômetros de Fortaleza, irá viver momentos importantes na Visita Pastoral Missionária, que acontecerá no período de 5 a 8 de novembro. A Paróquia Santo Antonio, em Itaitinga está também localizada na região metropolitana de Fortaleza. Atualmente está dividida em 5 (cinco) setores e com 20 (vinte) comunidades rurais e urbanas, com seu rosto e caminhada pastoral. Inclusive, já estão animadas à espera de missionários/as que farão vivências e momentos de visita, integração e troca de experiências. Serão dias de intensas visitas às famílias, comunidades, doentes, encontros com os jovens, etc. Com a presença de Dom José Antonio (arcebispo), Dom José Luiz, CSsR (bispo auxiliar), Pe. Cabral,mSC (vigário episcopal) entre outros padres e leigos/as "faremos chegar a boa nova de Cristo à tantos que nos esperam e desejam conhecê-lo e segui-lo", comentou o pároco. Por isso, já estão se preparando com momentos de oração, encontros, reuniões com as diversas equipes de serviços para a melhor execução dos trabalhos e participação. Desde já, a paróquia está recebendo inscrições de missionários leigos para preparar alimentação, hospedagem e acomodação. Inscrevam-se e participem! Esperamos uma resposta até o mais tardar 30 deste mês.A programação e o mapa de acesso a Itaitinga seguirão depois. Mais informações pelos telefones: (85) 3377-1234 - Pe. Ludovico; 8614-7786 - Diác. Deusdeth; 8649-0574 - Secretaria Paroquial (c/ Álvaro Bessa) e pelo e-mail: ludwigmsc@yahoo.com.br <mailto:ludwigmsc@yahoo.com.br>

EVANGELHO DO DIA

Lucas 13,18-21

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 18Jesus dizia: “A que é semelhante o Reino de Deus, e com que poderei compará-lo? 19Ele é como a semente de mostarda, que um homem pega e atira no seu jardim. A semente cresce, torna-se uma grande árvore e as aves do céu fazem ninhos nos seus ramos”. 20Jesus disse ainda: “Com que poderei ainda comparar o Reino de Deus? 21Ele é como o fermento que uma mulher pega e mistura com três porções de farinha, até que tudo fique fermentado”.- Palavra da Salvação.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 13, 18-21

Muitas vezes falamos que o Reino de Deus é sobrenatural, mas queremos que ele se manifeste em coisas naturais grandiosas. Isto demonstra que na verdade vemos a sua grandiosidade, mas não percebemos a sua natureza, o que faz com que a grandiosidade seja vista a partir da materialidade, o que é um erro, e não a partir da grandiosidade que Deus faz a partir do pequeno, do grão de mostarda ou da levedura do fermento, ou seja, das pequenas coisas que surpreendem os que olham com o olhar da fé a realidade. Deus escolhe as coisas pequenas do mundo para revelar o Reino, e nos mostra a força do seu braço a partir das transformações que os pequenos realizam no dia a dia.

SANTO DO DIA - SÃO GONÇALO DE LAGOS

Este santo português nasceu em Lagos, no Algarve, por volta do ano de 1370.Tomou o hábito de Santo Agostinho no convento da Graça, em Lisboa, aos 20 anos. Dedicou-se à uma vida de jejuns e de penitências enquanto aplicava-se às letras, aos estudos. Homem zeloso na vivência da Regra Religiosa, virtuoso e cheio de pureza, Gonçalo dedicou-se também à pregação chegando a ser superior de alguns mosteiros da sua Ordem. O último mosteiro foi o de Torres Vedras, onde morreu em 1422, depois de exortar aos que viviam com ele no mosteiro à observância religiosa e à uma vida virtuosa. São Gonçalo de Lagos, rogai por nós!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

SANTA SÉ RECEBE LEFEBVRIANOS PARA DIÁLOGO DOUTRINAL

O Vaticano acolheu nesta segunda-feira, 26, o primeiro encontro entre representantes da Comissão Pontifícia "Ecclesia Dei" e a Fraternidade Sacerdotal São Pio X, fundada por monsenhor Marcel Lefèbvre.O objetivo do encontro foi "examinar as dificuldades doutrinais que ainda subsistem" nas relações entre as duas partes.Segundo comunicado da Santa Sé, o debate aconteceu num "clima cordial, respeitoso e construtivo", abordando as questões de "caráter doutrinal que serão tratadas e discutidas no decorrer dos diálogos que acontecerão nos próximos meses", provavelmente com uma frequência bimestral.Em particular, serão examinadas as questões relacionadas ao conceito de "Tradição", a interpretação do Concílio Vaticano II e a celebração da Missa após as alterações conciliares.Além disso, serão abordados temas como o ecumenismo, relações com outras religiões e liberdade religiosa.Entenda melhor Em março deste ano, o Papa Bento XVI tornou pública uma carta dirigida aos bispos católicos de todo o mundo para explicar a remissão das excomunhões de quatro bispos da Fraternidade São Pio X, no mês de janeiro, que tinham sido ordenados pelo falecido Arcebispo Lefebvre sem mandato pontifício, no ano de 1988.Nessa altura, revelou a intenção de unir a Comissão "Ecclesia Dei" - instituição competente desde 1988 para as comunidades e pessoas que, saídas da Fraternidade São Pio X ou de idênticas agregações, queiram voltar à plena comunhão com o Papa - à Congregação para a Doutrina da Fé."Deste modo torna-se claro que os problemas, que agora se devem tratar, são de natureza essencialmente doutrinal e dizem respeito sobretudo à aceitação do Concílio Vaticano II e do magistério pós-conciliar dos Papas", explicava.Em julho, com o Motu Proprio "Ecclesiae unitatem", Bento XVI apresentou uma nova estrutura da Comissão instituída em 1988, por João Paulo II. O Papa indicou que a remissão das excomunhões foi um procedimento canônico "para libertar as pessoas do peso da mais grave censura eclesiástica", mas sublinhou que "continuam em aberto as questões doutrinais".Até que estas sejam esclarecidas, a Fraternidade Sacerdotal São Pio X "não pode gozar de um estatuto canônico na Igreja e os seus ministros não exercem de modo legítimo qualquer ministério na Igreja".

Da Redação da Canção Nova Notícias, com Ecclesia

JUVENTUDE REFLETE TRAJETÓRIA APÓS 30 ANOS DA CONFERÊNCIA DE PUEBLA

Com o tema “De Puebla a Aparecida: como a Igreja está acolhendo os jovens?” o Setor Juventude da CNBB vai promover, entre os dias 4 e 6 de dezembro, em Vargem Grande Paulista (SP), o Seminário Nacional sobre os 30 anos da Conferência de Puebla, momento de grande para a Igreja na América Latina no ano de 1979.De acordo com a organização do evento, o Seminário possibilita contextualizar o caminho de 30 anos da opção pelos jovens e empobrecidos do continente; identificar e atualizar a proposta no contexto do cenário eclesial e social hoje, refletindo como a Igreja está acolhendo os jovens, de Puebla à Aparecida.
A partir da Conferência, o Seminário vai retomar os pontos do documento da Puebla: “a Igreja vê na juventude da América Latina um verdadeiro potencial para o presente e o futuro de sua evangelização. Por ser verdadeira dinamizadora do corpo social e especialmente do corpo eclesial, a Igreja faz uma opção preferencial pelos jovens em vista de sua missão evangelizadora no Continente” (Puebla, 1186).
Para o bispo responsável pelo Setor Juventude da CNBB, Dom Eduardo Pinheiro, é um tempo para resgatar no coração de todos a paixão pela juventude. “Faremos um resgate histórico da efetivação desta opção em nosso país a fim de vislumbrar perspectivas para motivar ainda mais a evangelização da juventude”, explica.
Entre os participantes do encontro estarão bispos referenciais da juventude dos regionais da CNBB, responsáveis diocesanos pela juventude, assessores e coordenadores das Pastorais da Juventude e dos movimentos eclesiais de trabalho com os jovens, representantes de outras pastorais e organismos que compõem o Setor Juventude, religiosos que trabalham com a juventude, além de centros e institutos de juventude.
As inscrições estão abertas até o dia 20 de novembro e as vagas são limitadas. As inscrições pode ser feitas pelo site oficial do evento.

Da Redação da Canção Nova Notícias, com CNBB

ASSEMBLEIA DE CATEQUISTAS DO REGIONAL NE 4 REFLETE "INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ"


Catequistas do Regional Nordeste 4 da CNBB (dioceses de Parnaíba, Campo Maior, Teresina, Picos, Floriano, Oeiras, São Raimundo Nonato), encontraram-se para reflexão do tema “Iniciação à Vida Cristã”, nos dias 22 a 25, no centro “Guadalupe”, em Teresina (PI), com a presença de 37 participantes. O estudo teve orientação da assessora da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, irmã Zélia Maria Batista, que seguiu a metodologia proposta pelo subsídio: Iniciação à Vida Cristã [...] Por quê? O que é?Como? Para quem? Com quem? Onde?
“Da reflexão surgiram os desafios, as orientações e propostas de como potencializar o que já existe nas dioceses para a implementação de um projeto de iniciação à vida cristã. Constatou-se que nas dioceses do regional a dimensão missionária está muito presente e torna-se uma das forças dinamizadoras para a proposta da iniciação Cristã”, lembra a assessora.
O bispo responsável da catequese no Regional, dom Eduardo Zielski, participou de forma integral da assembleia, confirmando com sua presença que o projeto de Iniciação à Vida Cristã é abrangente, e inclui todas as forças vivas da Igreja. Dom Eduardo fez alusão à Catechesi Tradendae 63 (Catequese Hoje, exortação apostólica de João Paulo II), quando afirmou que: “o bispo é catequista por excelência; deve ter a catequese como prioridade das prioridades, portanto, a necessidade de nossos seminários aprofundar a disciplina catequética, para que os futuros presbíteros priorizem na sua prática pastoral a catequese. Ressaltou também a importância da Pastoral Orgânica, a importância das dioceses assumirem no seu plano pastoral aquilo que é proposto pela CNBB, através da Comissão Episcopal para Animação Bíblico-Catequética.

Campanha 1 milhão de bíblias
Durante o encontro, dom Eduardo explicou a proposta da campanha 1 milhão de bíblias, promovida pela CNBB, a ser iniciada no regional NE 4, com o objetivo de dar formação bíblica e não somente doar os livros. Sobre isso, o Regional propõe um seminário sobre o tema para março de 2010.

Concentração de Catequistas
Após a assembleia, houve uma concentração com mais de 2 mil catequista, com a participação de 7 dioceses do Regional. O evento contou com a presença do bispo de Limeira (SP), dom Vilson Dias de Oliveira, que ministrou palestra sobre, “Catequese, caminho para o discipulado”. Em seguida presidiu a celebração eucarística que encerrou este momento celebrativo, que marcou as atividades do ano catequético.

CNBB

FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PRESBÍTEROS NA DIOCESE DE CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM

A diocese de Cachoeiro de Itapemirim (ES) vai realizar nos dias 26 a 28, um encontro de Formação Permanente dos Presbíteros. Serão três dias em Boa Esperança, Distrito de Jaciguá – Vargem Alta, onde os padres da diocese estarão reunidos em torno do tema sobre a Palavra de Deus, a partir do Sínodo dos Bispos, que ocorreu no mês de outubro de 2008.
“O Tema estará em sintonia com o Dinamismo evangelizador de nossa Diocese a partir da Centralidade da Palavra de Deus e seus desdobramentos no serviço da caridade e na missão”, antecipa os organizadores.
O assessor da Formação Permanente será o Padre Jezuíta Johan Konings, doutorado em Teologia pela Universidade Católica de Leuven, Bélgica. Padre Johan Kongs é autor de vários livros e tem dedicação especial aos assuntos; Bíblia, Antigo e Novo Testamento, tradução; Evangelhos, especialmente o de João, e Hermenêutica Bíblica.

CNBB