terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

REFLEXÕES SOBRE AS LEITURAS DE HOJE


14/02/2017 - 3ª. feira VI Semana comum

– Gênesis 6, 5-8; 7,1-5.10 – “ as águas do dilúvio” Deus ficou com o coração

magoado e cheio de decepção com a criatura que Ele mesmo criara porque percebeu que os seus projetos tendiam sempre para o mal. Por um momento, Ele pensou em desistir do homem! No entanto, encontrou a Noé e a sua família e os preservou como sementes para restaurar a humanidade. Assim sendo, livrou-os das águas do dilúvio e os acolheu o na Arca construída pelo próprio Noé. Hoje, também, as concepções do nosso coração de homem e de mulher, na maioria das vezes, não são os sonhos de Deus para nós e para a humanidade. O Senhor continua procurando no nosso meio, alguém como Noé, que encontre graça aos Seus olhos, para que, através dele e da sua família, seja resgatado o restante da criação. Deus não desiste de nós quando O buscamos de coração e, mesmo que por algum motivo possamos entristecê-lo com a nossa insensatez, nós podemos também, com a Sua graça, ser uma semente de amor para restaurar a humanidade, a partir da nossa casa, da nossa família e do mundo que nos cerca. Somos no mundo como sementes de vida nova a quem Deus confia a sua criação. Assim como Noé foi obediente ao Senhor e fez tudo conforme Ele lhe havia ordenado nós também podemos seguir os Seus ensinamentos e a sua Palavra tornar-se-á para nós uma Arca na qual nós nos refugiamos dos dilúvios que se abatem sobre o mundo. – Quais são os projetos do seu coração atualmente? – Você acha que Deus está feliz com os seus sonhos? Eles estão de acordo com a Palavra? – Você acha que nas circunstâncias atuais da sua vida você e sua família seriam escolhidos (as) por Deus para serem semente de vida nova para o mundo?

Salmo 28 - “Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!”

O Senhor tem poder para dar e tirar, portanto cabe a nós o reconhecimento da Sua Majestade, da Sua Soberania. Com a sua voz Ele pode ordenar para nosso destino o céu ou o inferno, bênção ou maldição, conforme os desejos do nosso coração. A alma que canta a glória de Deus pertence a um coração que O reconhece como Rei e Senhor e por isso será abençoada e viverá em paz com o seu povo, na sua casa.

Evangelho – Marcos 8, 14-21 – “ nós também ainda não compreendemos ”

Os discípulos de Jesus continuavam inseguros quanto à sua sobrevivência e se preocupavam com as coisas materiais, mesmo depois de Jesus mostrar a eles prodígios e milagres como o da multiplicação dos pães e dos peixes. Eles ainda não compreendiam, porque tinham o pensamento obscurecido pelas coisas não espirituais e porque não conseguiam escutar Jesus com o coração. Jesus, então, lhes advertia: ”Vós tendes o coração endurecido”? Nós também, ainda hoje, somos inseguros, pois, “tendo olhos, nós não vemos e tendo ouvidos, nós não ouvimos”. O nosso coração também está endurecido porque somos limitados e não distinguimos as coisas mais além do que elas aparentam. Tomamos como base para o nosso entendimento apenas o que sacia as nossas necessidades materiais e emergenciais. Temos fome de Deus e entendemos que a nossa fome é de pão material. Dessa maneira, Jesus também continua nos advertindo sobre o “fermento dos fariseus”, que são, a falsidade, a maldade, a cobiça e a inveja existentes no coração daqueles que dizem estar perto de Deus, mas vivem longe, pois não praticam a Sua Palavra e os Seus ensinamentos. Nós também somos fariseus quando cultuamos a Deus apenas com os lábios, sem nenhuma intenção no coração; quando estamos envolvidos somente com os nossos propósitos e não enxergamos os propósitos do coração de Deus; quando não confiamos na sua providência e nos preocupamos mais com o ter do que com o ser e promovemos guerra com os nossos irmãos por conta de coisas que, apesar de serem passageiras na nossa vida, desejamos possui-las. Deus quer nos dar um alimento eterno e nós litigamos por uma comida perecível. Portanto, abramos os nossos olhos espirituais para enxergar tudo com a visão de Deus e não com a nossa mente limitada. – Você consegue entender espiritualmente os ensinamentos de Jesus para sua vida? - Você tem medo de passar necessidades no futuro? - Você acredita na providência de Deus? – Qual é o pão que você precisa para alimentar a sua vida? – Quem pode dá-lo? – Há sinceridade na sua oração a Deus?

Helena Serpa,

Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

Nenhum comentário: