segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

COMUNIDADES CATÓLICAS PROPÕEM UM CARNAVAL DIFERENTE

Quem quer curtir um carnaval diferente redescobrindo a verdadeira alegria de viver com Deus poderá se divertir num dos maiores encontros promovidos pela Canção Nova.Mas também em diversos cantos do Brasil, jovens de diversas comunidades católica organizam encontros para diferentes gostos. Os Jovens por um Mundo Unido (JMU), setor jovem do Movimento dos Focolares, preparam-se para a segunda edição do encontro de carnaval “Deixe sua marca” , direcionado a moças e rapazes de 16 a 28 anos, na cidade de Anápolis (GO). O Encontro de Carnaval dos JMU proporcionará momentos de convivência, formação, trocas de experiências, entretenimento, esporte e muita festa baseada na vivência do amor recíproco, buscando viver por um Mundo Unido. “Entre as principais atividades programadas, estão dois fóruns sobre sexualidade e política”, conta um dos organizadores, João Braga, do Movimento dos Focolares. Os JMU da região Centro-Oeste esperam cerca de 200 pessoas que desejam quebrara a rotina e buscar um Ideal maior que tudo: Jesus Cristo. “É um encontro para parar e redescobrir o mundo. Ver o mundo com olhos novos”, ressalta João Braga. As inscrições para o encontro dos JMJ podem ser feitas no site. Já a Comunidade Obra de Maria convida para o seu 5° Encontro de Carnaval, com o tema “A alegria do Senhor é a nossa força” (Neemias 8,10). O encontro acontecerá no Ginásio da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Taguatinga Sul (DF), e o ingresso é 1Kg de alimento não perecível. Detalhes no site da Comunidade Obra de Maria. A casa de formação da comunidade Aliança de Misericórdia será palco do Acampamento de Carnaval “Ressuscita-me”. Nos dias haverá Cristoteca, Missas, dinâmicas, trilhas, formações, gincanas, momentos de oração e pregações com as presenças dos padres João Henrique, Rogério Valadares, José Custódio e do DJ Rodrigo.O Acampamento de Carnaval Ressuscita-me será no Rincão Nossa Senhora de Guadalupe, no bairro Jardim Botuquara, em São Paulo. A taxa é R$ 15,00 para camping ou R$ 20,00 para alojamento, com alimentação inclusa em ambos os casos. E no Rio de Janeiro, a Equipe Fonte de Vida, que reúne jovens de diferentes paróquia da cidade, propõe um equilíbrio entre diversão e reflexão. Missas, adorações, shows, teatro e gincana fazem parte da programação do encontro intitulado “Amar é uma questão de decisão”. Outras informações como o modo de inscrição estão na página da Equipe Fonte de Vida no orkut. “Os menores de idade deverão levar uma autorização dos país”, lembra um dos coordenadores Daniel Vieria. A Liga Católica Feminina de Schoenstatt realizará um encontro de carnaval para moças acima de 20 anos no Santuário, em Atibaia (SP). As inscrições podem ser feitas no blog da Liga. “Por causa do teu amor, combateremos a carne e avançaremos às águas do Espírito”: este é o tema do encontro do Grupo Paz aos Jovens Unidos a Cristo de Maringá (PR).Diante de tantas opções para o carnaval os jovens carismáticos ressaltam: “O nosso carnaval é muito melhor, porque ele é comemorado com quem realmente nos dá alegria: Jesus Cristo. O convite é para todos que gostam de dançar, fazer amizades, rezar e participar de uma gincana muito boa”. Mais informações estão no blog do grupo.Na cidade de Santa Maria (RS), o lugar para um carnaval especial é o salão paroquial da Igreja Nossa Senhora das Dores. Outras informações sobre o encontro com pregações de Felipe Bello Dias e do padre Pablo R. Zanini estão na página da Renovação Carismática Católica no Brasil.

Nicole Melhado/Canção Nova Notícias

PRATICAR UMA ESPIRITUALIDADE AJUDA NO TRATAMENTO DE DOENÇAS


Dr. Nasser orienta seus pacientes a buscar uma espiritualidade

Quando se descobre uma doença, qual a primeira atitude a tomar? Certamente, procurar um posto de saúde, hospital, médico e, se for o caso, dar início a um longo período de tratamento.Mas somente a ajuda médica e científica contribui para um eficaz tratamento?
O médico neurologista, Dr. José Augusto Nasser, afirma que, ao viver uma espiritualidade, o paciente pode encarar o momento da doença de forma “mais paciente” e não vê-la como uma “grande inimiga”. Ou seja, o paciente que tem uma experiência de fé apresenta uma motivação maior de viver e lidar com os problemas.E muitos estudos são desenvolvidos na área. De acordo com o Núcleo de Estudos sobre a Religiosidade-Espiritualidade em Saúde (NERES), do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), desde os anos 80, pesquisas analisam a importância e os benefícios da fé no tratamento de doenças.
Um exemplo apontado pelo NERES é o estudo divulgado pelo periódico da Associação Paulista de Medicina, em 2004, no qual se concluiu que a prática de rezar tem íntima relação com a melhora de pacientes com câncer.
De acordo com o coordenador do NERES, Dr. Marcelo Saad, a espiritualidade pode contribuir com efeitos positivos na imunidade do corpo e garantir o equilíbrio neurofisiológico e dos hormônios.“Se o sistema neurológico está equilibrado, o estado psicológico fica propenso a trazer a sensação de esperança, de perdão, de amor e de altruísmo (...). A fé é ainda capaz de mobilizar a endorfina, o hormônio do bem-estar”, explica.
Dr. Nasser afirma ainda que muitas enfermidades podem ser causadas por doenças emocionais e, por isso, se faz necessário recorrer a outras áreas da ciência para realizar um eficaz diagnóstico. “Eu sempre procuro ver a raiz do problema. E lanço mão também da psicologia, da saúde mental, pois muitas das nossas doenças têm origem nas nossas machucaduras, traumas, dentro das experiências da nossa vida”, esclarece.
A missionária da Comunidade Aliança de Misericórdia, Rosa Maria de Brito Amaro, que oferece suporte espiritual a pacientes em tratamento, afirma que as pessoas precisam entender que existem doenças psicossomáticas confirmadas pela ciência e que necessitam também de ajuda espiritual. “Precisamos trabalhar em conjunto. Temos até dois psicólogos na comunidade, que encaminham as pessoas para rezarmos”, ressalta.Acesse.: Entrevista com Rosa Maria de Brito Ao destacar a importância do paciente recorrer à ajuda médica e espiritual, Rosa Maria enfatiza a necessidade de análise, por parte daqueles que acompanham o enfermo, de perceber até que ponto basta a intervenção médica, precisando-se contar também com o apoio espiritual: “É preciso ter o respeito tanto do profissional da saúde, dele entender até onde ele vai para entrar a parte espiritual, e da pessoa que ora pelas pessoas, para que entendam que não é só espiritual e que precisa entrar o profissional de saúde”.Testemunhos
O neurologista Dr. Nasser conta que muitos de seus pacientes relatam que seguiram suas orientações em buscar alguma espiritualidade no momento da enfermidade.
Dr. Nasser cita o exemplo de uma paciente, da cidade de Piraí (RJ), que tinha um tumor no cérebro e, depois de ter feito uma experiência com Deus, foi curada fisicamente, além de passar por transformações emocionais e nos seus relacionamentos.“É um caminho que cada um deve trilhar [para enfrentar o momento]. A pessoa pode acreditar ou não no que você está dizendo, mas sempre procuro indicar aos meus pacientes que rezem e busquem a Deus no momento da doença”, conclui.

DUPLA ITALO E RENNO DIVULGA CD NA FACE DE CRISTO


Ítalo e Renno, dupla de cantores e sanfoneiros, que está fazendo um grande sucesso, cantando e tocando músicas de forró, acaba de lança um CD com músicas cristãs. Ontem, domingo, 27, eles estiveram na Comunidade Católica Face de Cristo, à Rua Edmilson Barros de Oliveira, 191, no bairro Cocó, em Fortaleza, divulgando esse disco, que tem tudo para cair no gosto dos católicos. Depois da missa noturna, celebrada pelo padre-eudista Eliseu, cantaram e tocaram algumas músicas, entre elas a Ave Maria.

OUTRO CD

O novo CD da dupla Italo e Renno intitulado "Ao Vivo de Verão", vem com uma proposta de uma música quente, dançante e recheada de alegria, assim como é o verão do povo brasileiro. São 31 faixas, dentre elas 09 composições da dupla, sendo 06 inéditas. Destaque para a música "Se você quiser", a nova música de trabalho da dupla, de suingue contagiante e que aborda uma temática no mínimo curiosa: a idéia de que os homens estão cada vez mais dedicados ao público feminino. Vale a pena conferir!!"Alfredo Netto
"A energia desse disco superou as minhas expectativas. Ficou alegre e vibrante." Italo
"Foi massa ter gravado esse disco. Acho que ficou com a nossa cara, porque tentamos traduzir para o CD a dinâmica do nosso show, fazendo um som pulsante, com um repertório jovem e "pra cima". Espero que vocês curtam esse trabalho. Está literalmente "quentinho", saiu do forno agora. Ainda bem que é verão, e esse calor habitual, o brasileiro já está acostumado. Arrocha aí galera!!!" Renno

IGREJA DEVE DESCOBRIR NO MUNDO DIGITAL AUXÍLIO PARA FALAR DE DEUS

Papa: ''Somos chamados a descobrir, também na cultura digital, símbolos e metáforas significativas que possam ajudar a falar do Reino de Deus''

Bento XVI recebeu em audiência os participantes da Assembleia Plenária do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais. O encontro aconteceu na Sala Clementina do Palácio Apostólico Vaticano. A Plenária do Conselho acontece em Roma de hoje até quinta-feira, 3, com o tema "Linguagem e Comunicação"."A cultura digital apresenta novos desafios à nossa capacidade de falar e escutar uma linguagem simbólica que fale de transcendência. Jesus mesmo no anúncio do Reino soube utilizar os elementos da cultura e do ambiente do seu tempo: as ovelhas, os campos, o banquete, as sementes e assim por diante. Hoje, somos chamados a descobrir, também na cultura digital, símbolos e metáforas significativas para as pessoas, que possam ajudar a falar do Reino de Deus ao homem contemporâneo", disse.Acesse.: NA ÍNTEGRA: Discurso de Bento XVI na Plenária do Conselho das Comunicações SociaisO Papa recordou que, na Mensagem para o Dia das Comunicações deste ano, convidou a refletir sobre o fato de que as novas tecnologias não somente mudam o modo de comunicar, mas operam também uma vasta transformação cultural. "Vai-se desenvolvendo um novo modo de aprender e de pensar, com inéditas oportunidades de estabelecer relações e construir comunhão", disse.Nessa perspectiva, a linguagem não é apenas usada pelo homem, mas ele próprio, de certo modo, "habita" a linguagem, no sentido de se valer dela para concretizar seus pensamentos, inquietudes, símbolos, gestos e projetos. Daí surge a necessidade de se atentar para as linguagens que se desenvolvem nesse contexto das novas mídias, recordou Bento XVI.O Pontífice lembrou que os riscos existentes no uso dos novos media – perda de interioridade, superficialidade nas relações, fuga, ofuscamento da busca pela verdade – são consequência "de uma incapacidade de viver com plenitude e de maneira autêntica o sentido das inovações". O ponto de partida das reflexões sobre as linguagens desenvolvidas pelas novas tecnologias é a Revelação – quando Deus comunica suas maravilhas através da linguagem e na experiência real dos homens, até a plena manifestação no Filho Encarnado, Jesus Cristo."A fé sempre penetra, enriquece, exalta e vivifica a cultura, e essa, por sua vez, faz-se veículo da fé, que oferece a linguagem para se pensar e expressar. É necessário, portanto, que nos tornemos atentos ouvintes das linguagens dos homens de nosso tempo, para estarmos atentos à obra de Deus no mundo", afirmou.Cultura digitalCom relação aos desafios apresentados pela cultura digital, o Santo Padre explicou que não se trata apenas de expressar a mensagem evangélica na linguagem de hoje, mas ajudar a encontrar respostas a perguntas como "Quais desafios o pensamento digital coloca à fé e à teologia? Quais demandas e exigências?"."É exatamente o apelo aos valores espirituais que permitirá promover uma comunicação verdadeiramente humana: para além de todo o fácil entusiasmo ou ceticismo, sabemos que essa é uma respostas ao chamado impresso na nossa natureza de sermos criados à imagem e semelhança do Deus da comunhão. [...] A contribuição dos crentes, portanto, poderá ser a de auxiliar o próprio mundo dos media, abrindo horizontes de sentido e de valores que a cultura digital não é capaz de, sozinha, perceber e representar", explicou o Bispo de Roma.Além disso, o Sucessor de Pedro recordou que a comunicação atual envolve também uma relação sempre mais estreita e cotidiana entre o homem e as máquinas, como os computadores e telefones celulares, de tal forma que essas plataformas tecnológicas possuem um "vínculo profundo com o espírito" – nas palavras de Bento XVI –, no sentido de terem a vocação de ser colocadas ao serviço do sagrado.Por fim, o Papa recordou o 4º centenário da morte do padre Matteo Ricci, protagonista do anúncio do Evangelho na China na era moderna.

Leonardo Meira/Canção Nova Notícias

SETOR UNIVERSIDADE SE REÚNE EM SÃO PAULO E TRAÇA MUDANÇAS NA DIVULGAÇÃO DO SETOR



O Setor Universidades da CNBB realizou de 25 a 27, em São Paulo (SP), no Centro de Capacitação e Formação de Jovens ‘Anchietanum’, que pertence a Companhia de Jesus (Jesuítas), uma reunião com colaboradores do Setor para montar uma nova estratégia de divulgação d... Leia mais...

300 MIL JOVENS CONHECERÃO IGREJA ESPANHOLA POR DENTRO

Na JMJ, conviverão com coetâneos, famílias e visitarão dioceses

Madri (ZENIT.org) - Os preparativos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Madri 2011 continuam em bom ritmo. Já se sabe que pelo menos 300 mil jovens, de todo o mundo, estarão em Espanha nos dias anteriores à chegada de Bento XVI, convivendo com outros jovens e suas famílias, e conhecendo por dentro a Igreja do país que sedia o evento, em várias dioceses.
De 11 a 15 de agosto de 2011, 63 dioceses espanholas oferecerão aos jovens do exterior, participantes do encontro, a oportunidade de passar um tempo de convivência com outros jovens, em preparação para a Jornada Mundial da Juventude.
Estima-se que participarão do programa "Dias na Diocese" (DED - www.dedmadrid11.com) cerca de 300 mil jovens espalhados por toda a geografia espanhola. Já se inscreveram mais de 150 mil participantes, de 137 países. Doze das 63 dioceses previstas já ofereceram todos os lugares cobertos.
O programa para esses dias varia de lugar para lugar: atividades culturais, visitas históricas, momentos de festa, tempos de oração e celebração nos locais sagrados que compõem a identidade religiosa local, e muito mais.
Os jovens provenientes de países com maiores dificuldades econômicas participarão gratuitamente deste programa. Este é o caso de Ciudad Real, diocese à qual chegarão 260 haitianos que fazem parte dos 2 mil estudantes estrangeiros que participarão do programa em La Mancha.
Além desta iniciativa, os organizadores da JMJ anunciaram um novo concurso online para a JMJ. "En vídeo Madrid" pretende recolher propostas de jovens do mundo inteiro, que são convidados a enviar vídeos curtos para animar os tempos de espera dos principais eventos da JMJ. Os vídeos enviados para o concurso serão submetidos à votação popular em www.envideomadrid.org.
Para saber mais: www.dedmadrid1.com.
Para fazer downloads de vídeos: http://madrid11.com/es/oficina-de-prensa/descargas.

PAULINAS LIVRARIA PROMOVE CURSO DE LEITURA ORANTE DA BÍBLIA

No próximo sábado, dia 5 de março, das 8h30 às 12 horas, a Paulinas Livraria, à Rua Major Facundo, 332, no Centro de Fortaleza, estará promovendo um curso de “Leitura Orante da Bíblia”, com a professora Tânia Maria Couto Maia, mestra em Teologia, como assessora. O público alvo do curso: agentes de pastoral e de círculos bíblicos, jovens, religiosos e interessados. As vagas são limitadas e a taxa é a aquisição do folheto “Leitura Orante da Bíblia, que custa R$ 3,40.

REFLEXÕES DAS LEITURAS DO DIA

28/02/11 – 2ª. Feira VIII semana comum

Reflexão Pessoal – Eclesiástico 17, 20-28 – “arrependimento e louvor”

Esta leitura é um verdadeiro apelo ao arrependimento e ao regresso para vivermos a justiça de Deus. Quem se arrepende encontra o caminho de volta para casa e o conforto da esperança. Voltar para o Senhor é desprezar o pecado para permanecer no estado de justiça, isto é, daquilo que é justo aos olhos de Deus. Andar na companhia do povo santo é acompanhar-se com todos aqueles que professam a fé em Jesus Cristo e proclamam a glória de Deus e O têm como Pai. A nós, compete louvar a Deus enquanto temos vida e caminhamos aqui na terra, pois nascemos para esse fim. O erro do ímpio, isto é, do impiedoso é que ele está sempre às voltas de si mesmo, colocando-se o centro do universo e não sabe reconhecer a grandeza de Deus. Fomos criados para louvar a Deus e glorifica-Lo por todas as coisas e só alcançaremos a felicidade se cumprirmos com a nossa finalidade. Portanto, aproveitemos esse tempo, para arrependidos, nos voltarmos para o Senhor, reconhecendo a nossa iniquidade e desejando cada dia mais a Sua justiça. – Você encontra sentido em louvar a Deus? – Você se sente feliz quando O louva? – É difícil para você fazer isso? – Por que?

Salmo 31 – “Ó justos, alegrai-vos no Senhor!”

Todos nós quando recebemos o perdão de Deus nos sentimos felizes e em paz. Quando confessamos o nosso pecado e reconhecemos as nossas faltas, naturalmente a misericórdia do Senhor nos abraça e nos anima. Durante o tempo da angústia e aflição por causa do pecado é um grande refrigério para a nossa alma o nosso arrependimento sincero.

Evangelho – Marcos 10, 17-27 – “o apelo do coração”

Ao aproximar-se de Jesus aquele jovem sabia que estava vivendo uma vida “correta” procurando seguir os mandamentos, mas mesmo assim ele sentia no seu coração que isso era pouco e que algo ainda precisava acontecer. Por isso, ele respondeu: “Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude”. Jesus sabia o que se passava no íntimo daquele homem e foi em cima da ferida: “Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois vem e segue-me!” É de dentro do nosso coração que brotam as inquietações. É de dentro de nós que parte o apelo de que algo nos falta fazer. Nós também vivemos uma vida correta, seguindo as regras do jogo, mas sem perceber, nós esperamos que um dia alguma coisa mude na nossa vida. No fundo, nós ansiamos pela hora da graça de Deus, o kairós, um momento de conscientização em que nos decidiremos radicalmente pelo seguimento de Jesus. No entanto, apesar de desejarmos, como aquele homem nós também não queremos nos apartar dos “nossos bens”, que são a nossa vontade própria, o nosso orgulho, o nosso amor próprio, a nossa privacidade, o nosso dinheiro, os bens materiais que possuímos e nos enchemos de tristeza com a proposta de Jesus. Jesus sabe o quão difícil é para nós o seguir o Seu conselho, mas também sabe que nós sós seremos completamente livres e feliz se fizermos o que Ele nos propõe. É difícil um rico entrar no reino dos céus, porque o reino pertence àqueles que estão livres dos apegos mundanos e quanto mais bens nós possuímos mais difícil será para nós usufruirmos da simplicidade do reino dos céus. É como quando viajamos com muita bagagem, e por isso, quase não temos tempo de apreciar as delícias da viagem. No entanto, Jesus nos consola e anima quando diz que “para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus tudo é possível”. Peçamos ao Senhor a graça de conseguirmos “vender” os nossos bens para desfrutarmos do Seu reino, desde já, no agora da nossa vida. – Você possui muitos bens? – Como você tem viajado, livremente ou absorto com a sua “bagagem”? – O pouco ou muito que você tem atrapalha o seu relacionamento com Deus e com o próximo? – Existe alguma coisa que o seu coração pede para fazer? O quê?

Helena Colares Serpa,
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

EVANGELHO DO DIA

Marcos 10,17-27

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor!Naquele tempo, 17quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo, ajoelhou-se diante dele, e perguntou: “Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?”18Jesus disse: “Por que me chamas de bom? Só Deus é bom, e mais ninguém. 19Tu conheces os mandamentos: não matarás; não cometerás adultério; não roubarás; não levantarás falso testemunho; não prejudicarás ninguém; honra teu pai e tua mãe!”20Ele respondeu: “Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude”. 21Jesus olhou para ele com amor, e disse: “Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois vem e segue-me!”22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. 23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos: “Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!”24Os discípulos se admiravam com estas palavras, mas ele disse de novo: “Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! 25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!”26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso, e perguntavam uns aos outros: “Então, quem pode ser salvo?” 27Jesus olhou para eles e disse: “Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus tudo é possível”. -

SANTO DO DIA - SANTOS ROMÃO E LUPICINO

São Romão entrou para a vida religiosa com 35 anos, na França, onde nasceram os dois santos de hoje. Ele foi discernindo sua vocação, que o deixava inquieto, apesar de já estar na vida religiosa. Ao tomar as constituições de Cassiano e também o testemunho dos Padres do deserto, deixou o convento e foi peregrinar, procurando o lugar onde Deus o queria vivendo.Indo para o Leste, encontrou uma natureza distante de todos e percebeu que Deus o queria ali.Vivia os trabalhos manuais, a oração e a leitura, até o seu irmão Lupicino, então viúvo, se unir a ele. Fundaram então um novo Mosteiro, que se baseava nas regras de São Pacômio, São Basílio e Cassiano.Romão tinha um temperamento e caminhada espiritual onde com facilidade era dado à misericórdia, à compreensão e tolerância. Lupicino era justiça e intolerância. Nas diferenças, os irmãos se completavam, e ajudavam aos irmãos da comunidade, que a santidade se dá nessa conjugação: amor, justiça, misericórdia, verdade, inspiração, transpiração, severidade, compreensão. Eles eram iguais na busca da santidade.O Bispo Santo Hilário ordenou Romão, que faleceu em 463. E em 480 vai para a glória São Lupicino.

Santos Romão e Lupicino, rogai por nós!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

A FÉ NA PROVIDÊNCIA NOS LIBERTA DO MEDO DO AMANHÃ, DIZ PAPA


Papa afirma que o cristão se distingue pela absoluta confiança em Deus

No discurso que antecedeu o Ângelus, deste domingo, 27, o Papa Bento XVI concentrou sua reflexão sobre a liturgia de hoje. Tomando primeiramente a leitura do livro do profeta Isaías, o Santo Padre destacou que trata-se de um convite à confiança no incondicional amor de Deus (cf. Is 49,15).Logo em seguida, o Pontífice falou sobre o trecho do Evangelho de Mateus que traz uma explicação de Jesus sobre a Providencia Divina: “Não vos preocupeis, pois, dizendo: “O que comeremos? O que beberemos? O que vestiremos? De todas estas coisas vão à procura os pagãos. O vosso Pai celeste, de fato, sabe que tens necessidade” (cfr 6,24-34).
Acesse.: NA ÌNTEGRA: Ângelus do Papa Bento XVI sobre a Divina ProvidênciaBento XVI ressaltou que esta afirmação de Jesus não quer levar ninguém a um ingênuo conformismo, mas à consciência de que, acima de tudo, está a busca pelo Reino de Deus, em meio às lutas do cotidiano. "A fé na providencia, de fato, não dispensa a fadigosa luta por uma vida digna, mas liberta da ansiedade pelas coisas e do medo do amanhã”, destacou.O Santo padre acrescentou ainda que o cristão é chamado a viver uma confiança absoluta em Deus. “Jesus nos demonstrou o que significa viver com os pés bem plantados na terra, atentos às concretas situações do próximo e, ao mesmo tempo, conservando sempre o coração no céu e mergulhado na misericórdia de Deus”, explicou.Ao final do discurso, o Papa fez um convite para que todos invoquem Nossa Senhora através do título de “Mãe da Divina Providência” e pediu para que os fiéis, a partir desta reflexão de hoje, possam optar por uma vida mais sóbria e simples.
O encontroMilhares de pessoas estavam reunidas na Praça de São Pedro, com as quais o Papa falou diretamente da janela de seu escritório particular, no Palácio Apostólico Vaticano, às 12h (em Roma - 9h no horário de Brasília).


Mirticeli Medeiros/Canção Nova Notícias/AP Photo

ÂNGELUS DO PAPA BENTO XVI SOBRE A DIVINA PROVIDÊNCIA

Caros irmãos e irmãs,Na liturgia de hoje, ecoa umas das palavras mais tocantes da Sagrada Escritura. O Espirito Santo nos doou mediante a escrita do, por assim dizer, “segundo Isaías', o qual para consolar Jerusalém das suas derrotas, assim se exprime: "Pode uma mulher esquecer-se da sua própria criança ao ponto de não comover-se pelo filho das suas entranhas? Mas se até esta se esquecesse, Eu não te esqueceria jamais” (Is 49,15). Este convite à confiança no incondicional amor de Deus vem próximo à pagina, de forma sugestiva, do Evangelho de Mateus, no qual Jesus exorta os seus discípulos a confiar na providencia do Pai celeste, o qual nutre os pássaros do céu e veste os lírios do campo e, além disso, conhece a nossa necessidade (cf. Mt 6,24-34). Mateus se exprime desta forma: “Não vos preocupeis, pois, dizendo: “ O que comeremos? O que beberemos? O que vestiremos? De todas estas coisas vão à procura os pagãos. O vosso Pai celeste, de fato, sabe que haveis necessidade”.
Defronte à situação de tantas pessoas próximas ou distantes que vivem na miséria, este discurso de Jesus poderia parecer pouco realístico, se não evasivo. Na realidade, o Senhor quer nos fazer entender com clareza que não se pode servir a dois senhores: Deus e a riqueza. Quem acredita em Deus, Pai cheio de amor pelos seus filhos, coloca em primeiro lugar a procura pelo Reino, pela Sua vontade. E isto é exatamente o contrário de um ingênuo conformismo. A fé na providencia, de fato, não dispensa a fadigosa luta por uma vida digna, mas liberta da ansiedade pelas coisas e do medo do amanhã. É claro que este ensinamento de Jesus, mesmo permanecendo sempre verdadeiro e válido para todos, é praticado em modos diversos pelas diversas vocações: um frei franciscano poderá segui-lo em maneira mais radical, enquanto que um pai de família deverá dar conta dos próprios deveres em relação a mulher e aos filhos. Em todo caso, entretanto, o cristão se distingue pela absoluta confiança no Pai celeste, como fez Jesus. É justamente a relação com Deus Pai que dá sentido à toda a vida de Cristo, aàs suas palavras, aos seus gestos de salvação, até a sua paixão, morte e ressurreição. Jesus nos demonstrou o que significa viver com os pés bem plantados na terra, atentos às concretas situações do próximo e ao mesmo tempo conservando sempre o coração no céu e mergulhado na misericórdia de Deus.
Caros amigos, à luz da Palavra de Deus deste domingo vos convido a invocar a Virgem maria com o título de Mãe da Divina Providencia. À ela confiamos a nossa vida, o caminho da Igreja, os acontecimentos da historia. Em particular, invocamos a sua intercessão a fim que todos aprendamos a viver segundo um estilo mais simples e sóbrio, na cotidiana atividade e no respeito para com a criação que Deus confiou aos nossos cuidados.

(tradução equipe CN Notícias - Mirticeli Medeiros)

PATRIARCA DE ANTIOQUIA DOS MARONITAS DEIXA FUNÇÃO AOS 90 ANOS


O ex-Patriarca de Antioquia dos Maronitas, Cardeal libanês Nasrallah Pierre Sfeir


O Papa aceitou a renúncia ao cargo de Patriarca de Antioquia dos Maronitas apresentada pelo Cardeal libanês Nasrallah Pierre Sfeir. No próximo dia 15 de Maio, o cardeal completará 91 anos.Em uma carta enviada ao purpurado, Bento XVI recorda os 60 anos de sacerdócio do cardeal, prova de fidelidade e de amor a Jesus, e os quase 50 anos de episcopado, dos quais 25 à frente da Igreja maronita em um serviço prestado com entusiasmo e docilidade a exemplo de Maria, para a maior glória de Deus e para o bem dos fiéis."Vós começastes este nobre ministério de Patriarca de Antioquia dos maronitas no tumulto da guerra que ensanguentou o Líbano durante demasiados anos. Com o ardente desejo de paz para o vosso país, guiastes esta Igreja e girastes o mundo para confortar o vosso povo obrigado a emigrar. Finalmente, a paz voltou, sempre frágil, mas ainda presente", nota o Pontífice.


Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

BISPO EMÉRITO DE DOURADOS É INTERNADO E SEU ESTADO DE SAÚDE É DELICADO


O bispo emérito de Dourados (MS), dom Alberto Johannes Först, 84, que voltou ao seu país de origem, a Alemanha, há dois anos, foi internado às pressas no início da semana, na sua cidade natal, Gunzendorf. As informações são do bispo diocesano de Dourados, dom Redovino Rizzardo. De acordo com o bispo, dom Alberto tem câncer no intestino e seus rins já não funcionam. Dom Redovino informou ainda que o provincial da Ordem Carmelita, Congregação à qual dom Alberto pertence, afirmou que as esperanças de recuperação do bispo emérito são mínimas.
Dom Alberto foi bispo diocesano de Dourados entre os anos 1990 e 2001. Como bispo, no Brasil, foi presidente do Regional Oeste 1 da CNBB (Mato Grosso do Sul). Seu lema episcopal é “Na Tua Palavra”.

CNBB

LANÇADO SUBSÍDIO DE ORAÇÃO PELA ASSEMBLEIA DA CNBB EM MAIO


A 49ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que acontecerá de 4 a 13 de maio, em Aparecida (SP), deverá reunir mais de 300 bispos de todas as dioceses do Brasil. Para que os fiéis possam se sentir um pouco mais perto desse grande evento da I... Leia mais...

MULHERES QUE FREQUENTAM IGREJA SÃO MAIS FELIZES

Mostram também maior resiliência diante de acontecimentos negativos

Arlington (ZENIT.org) - Um estudo recente mostra que as mulheres que frequentam regularmente a Igreja são mais imunes aos altos e baixos da vida, e geralmente são mais felizes.
Alexander Ross, do Instituto de Ciências Psicológicas, é o autor da pesquisa, que teve como objetivo investigar o grau de felicidade das mulheres americanas nos últimos 36 anos.
Ross descobriu que ir regularmente à igreja é um fator significativo na felicidade das mulheres. Verificou-se, de fato, que uma inflexão desta frequência no período 1972-2008 teve um impacto direto sobre a felicidade das mulheres que participaram do estudo.
"A queda da frequência ao longo do tempo, um comportamento associado a uma menor felicidade geral, explica, em parte, o declínio da felicidade das mulheres", sublinhou Ross.
Mudanças sociais
Da mesma forma, as mulheres que afirmam frequentar regularmente a igreja parecem mais imunes aos elementos que causaram o declínio geral da felicidade.
"Dado que as mudanças que a nossa sociedade tem sofrido nas últimas décadas têm tido um impacto negativo sobre a felicidade das mulheres - disse Ross -, a análise permite concluir que as mulheres que frequentam a Igreja são menos sensíveis a este impacto."O estudo, publicado no último volume da Interdisciplinary Journal of Research on Religion, também mostra uma diminuição na prática religiosa dos homens, no mesmo período, mas que não corresponde a um declínio significativo na felicidade masculina.
Ross explicou que isso poderia ser devido ao fato de que as mulheres mudaram seus hábitos sobre a prática religiosa ao longo dos anos, muito mais drasticamente do que os homens. Essa diminuição na frequência da participação nas igrejas nas mulheres também é mais consistente do que a os homens.
O especialista também destacou que, "embora as expectativas sobre os papéis entre homens e mulheres tenham mudado nas últimas décadas, pode-se dizer que mudaram mais radicalmente para as mulheres".
"No contexto de uma maior sensação de desintegração social, talvez as mulheres tenham se beneficiado mais do que os homens da influência estabilizadora de uma visita regular à igreja."
"Santo Agostinho não ficaria surpreso com o que descobrimos, porque ele ensinou que o maior bem para a humanidade é Deus", concluiu Ross.

PARÓQUIA DE SÃO LUÍS GONZAGA, NO PECÉM, PROMOVE RETIRO DE CARNAVAL

De 5 a 8 de março, das 14 às 20 horas, no Ginásio ABC, a Paróquia de São Luís Gonzaga, no Pecém, realiza o I “Alegrai-vos!”, que terá como tema “Deus é a Felicidade”. Será um momento forte de espiritualidade e de encontro com o Filho de Deus, que nos ajudará a descobrir verdadeiramente que a felicidade plena se encontra em Deus. Esse momento de fé e esperança ´é para todos e os organizadores esperam contar com a participação de todos. Vá participar e realize um carnaval diferente. Mais informações pelo telefone (85) 3315.1441, na Paróquia do Pecém.

UNIVERSIDADE HARVARD DÁ RAZÃO AO PAPA NA LUTA CONTRA AIDS

Estudo realizado a partir do caso do Zimbábue

Roma (ZENIT.org) - Um estudo realizado pela Universidade Harvard deu razão à posição de Bento XVI sobre a AIDS, afirmando que um comportamento sexual responsável e a fidelidade ao próprio cônjuge foram fatores que determinaram uma drástica diminuição da epidemia no Zimbábue.
Quem explica, em sua última pesquisa, é Daniel Halperin, do Departamento de Saúde Global da População da universidade norte-americana, que, desde 1998, estuda as dinâmicas sociais que causam a disseminação de doenças sexualmente transmissíveis nos países em vias de desenvolvimento.
Halperin usou dados estatísticos e análises sobre o estudo de campo, tais como entrevistas e focus group, o que lhe permitiu coletar depoimentos de pessoas que pertencem a grupos sociais mais desfavorecidos.
A tendência de dez anos é evidente: de 1997 a 2007, a taxa de infecção entre adultos diminuiu de 29% a 16%. Após sua pesquisa, Halperin não hesita em afirmar: a repentina e clara diminuição da incidência de AIDS se deve "à redução de comportamentos de risco, como sexo fora do casamento, com prostitutas e esporádico".
O estudo, publicado em PloSMedicine.org, foi financiado pela Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional, da qual Halperin foi conselheiro, e pelo Fundo das Nações Unidas para a População e Desenvolvimento.
"Com este estudo, Halperin promove uma reflexão séria e honesta sobre as políticas até agora adotadas pelas principais agências de combate à AIDS nos países em desenvolvimento", afirma o jornal L'Osservatore Romano, ao dar a notícia, em sua edição de 26 de fevereiro.
Segundo o estudo, fica claro que a drástica mudança no comportamento sexual da população do Zimbábue "recebeu o apoio de programas de prevenção na mídia e de projetos educativos patrocinados pelas igrejas".
Poucos anos atrás, Halperin se perguntava como é possível que as políticas de prevenção "mais significativas tenham sido feitas até agora baseando-se em evidências extremamente fracas", ou seja, na ineficácia dos preservativos.
Em suma, segundo o estudo de Halperin, é necessário "ensinar a evitar a promiscuidade e promover a fidelidade", apoiando iniciativas que visem a construir na sociedade afetada pela AIDS uma nova cultura.
Como disse Bento XVI, é necessário promover uma "humanização da sexualidade".

HORÁRIO DE MISSAS

Paróquia São Vicente de Paulo, à Avenida Desembargador Moreira, 2211, no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza.

*Diariamente: 6h30 e 17h30
* De 3ª a 6ª: 11h30 e 19 horas
*Sábado: 6h30, 12 horas e 17h30
* Domingo: 6h30, 8h30, 11h30, 17h30 e 19h30

Comunidade Face de Cristo, à Rua Edmilson Barros de Oliveira, 191, no bairro Cocó, em Fortaleza

* De segunda à sexta-feiras: 7 horas.
* Domingo: 18h30

Paróquia Menino Deus, à Rua Jaime Leonel, s/n, no bairro Luciano Cavalcante

* Às 3ªs e 5ªs feiras, às 19 horas
* Domingo: às 7 e 19 horas.

Na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, à rua Albert Sabin, s/n, no bairro Cocó/Guararapes.

* Às 4ªs e 6ªs feiras, às 19 horas
* Domingo: às 9 e 18h30.

Paróquia Nossa Senhora da Assunção (Santuário), no bairro Barra do Ceará

* De terça-feira a sábado, as 6 e 19horas.
*Domingo : às 7, 9, 17, 18h30 e 20horas.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida, à Avenida Gomes de Matos, no bairro Montese.

*De 2ª à sexta-feiras, às 18h30, exceto nas terças-feiras.
*Domingo: às 7, 9,17 e 19 horas;*Nos dias 12, Missa em honra a Nossa Senhora Aparecida; dia 13, Nossa Senhora de Fátima, e dia19, Santo Expedito. E toda 1ª terça-feira do mês, Missa de Cura.

Paróquia do Coração de Jesus, no Centro de Fortaleza, na Praça do Coração de Jesus.

*Diariamente, de segunda-feira a domingo, às 7 horas.
* Domingo: às 7,8,30, 16 e 18 horas.

Paróquia de Cristo Rei, à Rua Nogueira Acioli, 263, na Aldeota.

De segunda-feira à sexta-feira, às 6h30 e às 17 horas
Sábado, às 6h30, 17 e 19 horas.
Domingo, 6h30, 9, 11, 17 e 19 horas
Últimas terças-feiras: “Noite da Misericórdia”. Observação: não há missa das 17 horas.
Dia 13 – Missa Mariana: às 12 horas, na Igreja Matriz e às 18 horas, na Praça Ceart.


Paróquia de Santa Luzia, Rua Tenente Benévolo esquina com Rua Antôno Augusto

Diàriamente, às 17 horas
Sábado, às 17 e 19 horas.
Domingo, às 8, 10 (missa das crianças), 17 e 19 horas (missa dos jovens)
Todo dia 13 de cada mês, missa às 12 horas, em honra a Nossa Senhora de Fátima.
Paróquia de São Gonçalo do Amarante, a 57 quilômetros distante de Fortaleza

De terça-feira à sexta-feira, às 18 horas.
Domingo, às 19 horas

Envie-nos os horários de Missa de sua Paróquia ou Comunidade para que sejam divulgados no Blog.

REFLEXÕES SOBRE AS LEITURAS DE HOJE

27/02/11 – VIII Domingo do tempo comum

Reflexão Pessoal – Isaías 49, 14- 15 – “amor de Deus, amor de mãe”

Precisaríamos sempre meditar nas promessas do Senhor por meio dos Seus profetas para que não tivéssemos momentos de desânimo e de desesperança. Muitas vezes, por motivos justos, somos como o povo de Sião, e sentimo-nos abandonados e esquecidos por Deus, parecendo-nos exilados e sem perspectivas. No entanto, se nos apossarmos dessa Palavra, perceberemos que o amor de Deus por nós é maior ainda que o amor de uma mãe que nunca esquece o seu filho. Apenas dois versículos e já a esperança renasce no nosso coração! Se tivermos em mente que Deus nunca nos abandona nem nos esquece, com certeza nós conseguiríamos ultrapassar as barreiras com mais facilidade e com menos sofrimento. A promessa do Senhor é clara e não podemos duvidar da Sua Palavra: “eu, porém, não me esquecerei de ti”! A nossa conscientização em relação a esta afirmação nos alimenta a alma e dá novo vigor para reiniciarmos a lutar. Se você está sofrendo, passando por alguma dificuldade e não está tendo perspectiva de mudança na situação, reflita sobre as palavras do Profeta e se aposse das promessas de Deus. Elas são exclusivamente para você!

Salmo 61 – “Só em Deus a minha alma tem repouso, só ele é meu rochedo e salvação”

O Senhor é a nossa glória e salvação, no entanto, muitas vezes O esquecemos para procurar no mundo o repouso de que tanto precisamos. No entanto, realmente a nossa alma não repousa enquanto não abrimos o coração para Deus. Somente quando nos deixamos abandonados nos braços do Senhor é que encontramos segurança na nossa caminhada aqui na terra, que é cheia de surpresas.

2ª. Leitura – 1 Coríntios 4, 1-5 – “fiéis servidores de Cristo”

São Paulo nos ensina a caminhar no mundo como fiéis administradores dos mistérios de Deus a que temos acesso como servidores de Cristo. Os mistérios de Deus nos são revelados a cada dia por meio da Sua Palavra. A fidelidade a Jesus Cristo há de ser a nossa única preocupação, por isso, não nos compete julgar a ninguém nem tampouco a nós pessoalmente. Não precisamos nos julgar nem tampouco nos autoproclamar homens e mulheres justos, pois somente o Senhor que conhece o nosso íntimo e os projetos dos nossos corações pode nos avaliar. Igualmente, precisamos estar abertos à manifestação do Espírito Santo, pois é Ele quem irá iluminar o nosso interior e nos ajudar a ser fiéis ao Senhor em tudo o que diz respeito à nossa missão de homens e mulheres cristãos. Caminhando na fidelidade, perseguindo fazer a vontade de Deus, um dia nós receberemos Dele o louvor pela nossa justiça. – Você costuma preocupar-se em julgar as pessoas e a si mesmo? – O que você entende por mistérios de Deus? – Você tem sido fiel ao seu chamado de cristão (ã)? – Você tem deixado com que o Espírito Santo ilumine os projetos do seu coração?

Evangelho, Mateus 6, 24-34 – “olhais os lirios do campo ”

Preocupar-se é ocupar-se antes do tempo e sofrer antes que chegue a hora da dor. É também antecipar algum fato, o qual nem sabemos se iremos vive-lo. Por isso, Jesus nos previne e orienta: “não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia bastam seus próprios problemas”. E nos dá a chave de todo o sucesso, a fim de vivamos bem em todas as ocasiões: “ buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo”. Para os incrédulos, estas palavras de Jesus não fazem sentido, no entanto, os que buscam o reino de Deus sabem que elas são verdadeiras. Neste Evangelho Jesus também se vale das figuras da natureza para nos dar lições salutares para a nossa vida e felicidade. Assim Ele nos mostra os pássaros que voam em direção ao céu e os lírios que enfeitam os campos como um sinal da providência do Pai para cada um de nós. Ele não nos fala para cruzarmos os braços, mas para que usemos os nossos braços, a nossa inteligência e capacidade a serviço das nossas necessidades. Se tivermos o nosso sentido, o nosso objetivo de vida e a nossa esperança voltada para Aquele que nos deu a vida e nos cumula de graças, a todo momento teremos tudo de que precisamos. O que é mal ao homem é o angustiar-se, afligir-se na ânsia de querer sempre mais aquilo que não lhe foi destinado. A cada dia nos basta o suficiente para que possamos viver em paz e harmonia com os nossos semelhantes. Dificuldades sempre existirão e a cada dificuldade Deus nos dá a oportunidade para vencê-la com a Sua ajuda e proteção. A nossa preocupação não mudará o rumo dos acontecimentos. Podemos, sim, mudar o rumo dos acontecimentos, quando nos voltamos para Deus e nos entregamos à Sua vontade soberana, deixando de lado “aqueles nossos projetos pessoais” que são ditados pelo nosso próprio querer, os quais, mais tarde, poderiam nos fazer sofrer e nos arrepender. A nossa felicidade está na mesma medida em que deixamos que a vontade de Deus se cumpra na nossa vida. – Você tem conseguido com a sua preocupação mudar os rumos dos acontecimentos da sua vida? Você se sente seguro (a) no mundo? – Onde está a sua segurança? – Onde você encontra o reino de Deus e a Sua justiça?

Helena Colares Serpa,
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

EVANGELHO DO DIA

Mateus 6,24-34

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Mateus. — Glória a vós, Senhor!Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 24“Ninguém pode servir a dois senhores; pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro. 25Por isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com o vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal, a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26Olhai os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros? 27Quem de vós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso? 28E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé? 31Portanto, não vos preocupeis, dizendo: ‘O que vamos comer? O que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso. 33Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo. 34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia bastam seus próprios problemas”. - Palavra da Salvação.

REFLETINDO SOBRE O EVANGELHO


Mateus 6, 24-34

Oitavo domingo do Tempo Comum

A mensagem evangélica deste domingo (Mateus 6, 24-34), prossegue a leitura do Sermão da Montanha, no qual Jesus proclama as atitudes básicas do discípulo para assimilar o novo projeto de Deus. A passagem de hoje é de grande beleza literária. Cristo define a atitude do cristão diante do dinheiro e substancia material que nele se fundamenta. Parece que estamos ouvindo um eco da primeira bem-aventurança: a dos pobres de espírito.
A passagem evangélica abre-se com um dilema, que é tese de partida: "Ninguém pode servir a dois senhores... Não podem servir a Deus e ao dinheiro". O axioma é ao mesmo tempo um satisfatório a dois senhores. O Deus da revelação é um Deus "ciumento", como se afirma freqüentemente no Antigo Testamento, especialmente nos Salmos e no Pentateuco. Portanto, não admite rival. Mas resulta também que o deus-dinheiro, o ídolo Mamon, é totalizante. E quando se apodera do coração do homem, destrona qualquer outra deidade. Diante da inevitável disjuntiva Jesus propõe a opção a seguir: servir ao Senhor, abandonando-se à sua providência amorosa de Pai, idéia, que ele apóia em duas belíssimas imagens da natureza: se os pássaros e lírios do campo são objeto do cuidado de Deus que provê gratuitamente sua substância espontânea, quanto mais o será o homem que vale muito mais que eles.
Jesus fez um duplo convite: "Não se preocupem com a vida, com o alimento e com as vestes."Busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais lhes será dado em acréscimo. O Senhor não diz busquem "unicamente", mas busquem "sobretudo" o Reino de Deus; com isso não exclui o resto, mas coloca-o em segundo lugar. Jesus é realista e não um sonhador embriagado por poesia, trinados e flores - Ele sabe que somos passarinhos e lírios, e que precisamos ganhar a vida com diligência e trabalho; mas descobrindo a cada passo a providência de Deus e confiando-nos totalmente ao Pai, sem angústia obsessiva pela aquisição de coisas.
Peçamos ao Pai de amor e ternura, revelado em Jesus Cristo, que afaste de nosso coração toda ganância e preocupação sobre nós mesmos, e nos dê um coração novo capaz de amar e ser amado.

Pe. Raimundo Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

SANTO DO DIA - SÃO GABRIEL DAS DORES

Nascido a 1838 em Assis, na Itália, dentro de uma família nobre e religiosa, recebeu o nome de batismo Francisco, em homenagem a São Francisco. Na juventude andou desviado por muitos caminhos, e era dado a leitura de romances, festas e danças. Por outro lado, o jovem se sentiu chamado a consagrar-se totalmente a Deus, no sacerdócio ministerial. Mas vivia 'um pé lá, outro cá'. Ou seja, nas noitadas e na oração e penitência. Aos 18 anos, desiludido, desanimado e arrependido, entrou numa procissão onde tinha a imagem de Nossa Senhora. Em meio a tantos toques de Deus, ouviu uma voz serena, a voz da virgem Maria, que dizia que aquele mundo não era para ele, e que Deus o queria na religião.Obediente a Santíssima Virgem, na fé, entrou para a Congregação dos Padres Passionistas. Ali, na radicalidade ao Evangelho, mudou o nome para Gabriel, e de acordo também com a sua devoção a Nossa Senhora, chamou-se então: Gabriel da Dores.Antes de entrar para a Congregação, já tinha a saúde fraca, e com apenas 23 anos partiu para a glória, deixando o rastro da radicalidade em Deus.Em meios as dores, São Gabriel viveu o santo Evangelho.

São Gabriel das Dores, rogai por nós!

sábado, 26 de fevereiro de 2011

PADRE PORTUGUÊS, MELHOR FUTEBOLISTA

No campeonato europeu de futsal para sacerdotes

Roma (ZENIT.org) - O padre português Marco Gil foi considerado o melhor jogador da Champions Clerum – torneio europeu de futsal para sacerdotes católicos – que terminou nesta quinta-feira, em Kielce (Polônia).
Em declarações à Agência Ecclesia, o padre e capitão da seleção portuguesa afirmou que trocava o troféu individual “pela final” do torneio.Depois de ganharem os cinco primeiros jogos que realizaram no campeonato, os padres portugueses escorregaram ante a anfitriã Polônia (campeã do evento). Na disputa do terceiro lugar, foram derrotados ainda pela Bósnia-Herzegovina.Naqueles jogos “as coisas não correram como esperávamos” e “cometemos erros atrás de erros”, disse o padre Marco Gil.A Liga dos Campeões de Futsal para padres católicos teve lugar na cidade de Kielce, na Polónia (21 a 24 de Fìfevereiro) depois da edição anterior se ter realizado em Portugal. O próximo mundial realiza-se na Hungria.A seleção portuguesa era constituída por 13 padres de cinco dioceses nortenhas (Braga, Lamego, Porto, Viana do Castelo e Vila Real).

SANTA SÉ APOIA ESFORÇOS PARA PACIFICAÇAO NA LÍBIA'

O representante da Santa Sé nas Nações Unidas em Genebra, Arcebispo Silvano Tomasi, disse que a instabilidade que percorre o Norte de África "torna urgente reafirmar que a principal responsabilidade do Estado é proteger os direitos fundamentais dos cidadãos"."A crise atual na Líbia é particularmente preocupante por causa da perda injustificada de vidas humanas, o ataque a civis e manifestantes pacíficos e o uso indiscriminado de força", sublinhou enquanto participava da 15ª sessão sobre a situação dos Direitos Humanos, dedicada à situação no país do norte africano.O prelado disse que a delegação da Santa Sé na ONU "apoia todo o tipo de esforço no sentido de unir em diálogo honesto as forças governamentais líbias e as populações descontentes, para evitar uma escalada de violência, vingança e intimidação”.Dom Tomasi teme especialmente pelo futuro das populações mais vulneráveis, os refugiados ou trabalhadores imigrantes ilegais vindos da África subsaariana, que podem se tornar "bodes expiatórios de frustrações acumuladas".

Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

PAPA: "ABORTO NÃO RESOLVE NADA. MATA A CRIANÇA E DESTRÓI MULHER"

Papa às mulheres que abortaram: ''Abri-vos com humildade e confiança ao arrependimento: o Pai de toda a misericórdia espera-vos''

O Papa Bento XVI recebeu em audiência os participantes da 17ª Assembleia Anual da Pontifícia Academia para a Vida na manhã deste sábado, 26, na Sala Clementina do Palácio Apostólico Vaticano. Os temas dos debates da Academia, que iniciaram no dia 24, foram as consequências do aborto e da utilização de bancos para conservação de cordão umbilical."O aborto não resolve nada, mas mata a criança, destrói a mulher e cega a consciência do pai da criança, arruinando, frequentemente, a vida familiar", disse o Pontífice.Acesse.: NA ÍNTEGRA: Discurso de Bento XVI na Plenária da Academia para a VidaBento XVI recordou também a importante função dos médicos em defender do engano as mulheres que pensam encontrar no aborto a solução para os conflitos familiares:"Tal tarefa, todavia, não diz respeito somente à profissão médica e aos agentes de saúde. É necessário que a sociedade toda se coloque em defesa do direito à vida do concebido e do verdadeiro bem da mulher, que nunca, em nenhuma circunstância, poderá se realizar na escolha do aborto", exclamou.Quanto às mulheres que já tenham recorrido à prática e que agora experimentam um drama moral e existencial, o Papa salientou que é preciso oferecer apoio psicológico e espiritual para uma recuperação plena. "A solidariedade da comunidade cristã não pode renunciar a esse tipo de corresponsabilidade", disse.Com relação à temática da síndrome pós-abortiva – o grave desconforto psíquico experimentado frequentemente pelas mulheres que recorrem ao aborto voluntariamente –, o Santo Padre explicou que isso "revela a voz insuprimível da consciência moral e a ferida gravíssima que ela sofre cada vez que a ação humana atraiçoa a inata vocação do ser humano ao bem".Nessa perspectiva, o Sucessor de Pedro definiu consciência moral como uma prerrogativa não apenas dos cristãos ou dos fiéis, mas como algo que acomuna todo o ser humano e ajuda a discernir objetivamente o bem do mal nas diversas situações da existência, para que o homem possa orientar-se ao bem."Na consciência moral, Deus fala a cada um e convida a defender a vida humana em todo momento. Nesse vínculo moral com o Criador está a dignidade profunda da consciência moral e a razão da sua inviolabilidade", indicou.Cordão umbilicalNo que diz respeito à utilização dos bancos de cordão umbilical a título clínico e de pesquisa, o Pontífice recordou que a pesquisa médico-científica "é um valor, e portanto um compromisso, não somente para os pesquisadores, mas para toda a comunidade civil". Daí surge a necessidade de se promoverem pesquisas eticamente válidas e destinadas a promover o bem comum. O Papa citou o caso do emprego de células estaminais provenientes do cordão umbilical como um exemplo:"Trata-se de aplicações clínicas importantes e de pesquisas promissoras no plano científico, mas que, na sua realização, muito dependem da generosidade na doação do sangue cordonal no momento do parto e da adequação das estruturas, para fomentar a vontade de doação por parte das grávidas". Quanto ao crescente aumento no número de bancos privados para a conservação do sangue cordonal apenas para uso pessoal, o Bispo de Roma apontou que tal opção, "além de ser privada de uma real superioridade científica com relação à doação cordonal, debilita o genuíno espírito de solidariedade que deve constantemente animar a pesquisa daquele bem comum ao qual, em última análise, a ciência e a pesquisa médica tendem".

Leonardo Meira/Canção Nova Notícias

UM LEMBRETE AOS BRASILEIROS

Os brasileiros devem prestar contas ao leão a partir do dia 1º de março, na próxima terça-feira e o prazo para enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda sobre os rendimentos de 2010 vai até 29 de abril.

FACULDADE CATÓLICA DE FORTALEZA COM INSCRIÇÕES ABERTA PARA MAIS UMA TURMA DE REVALIDAÇÃO

A Faculdade Católica de Fortaleza está com inscrições abertas para mais uma turma de Revalidação para complementação de estudo de conclusão para o curso de bacharelado ser reconhecido pelo o MEC.

PERÍODO DE VALIDAÇÃO -
INÍCIO DO CURSO: 2 de abril até 10 de outubro de 2011
HORÁRIO: das 8 às 12 horas - sábados

PROGRAMA ESPECIAL DE COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS PARA A CONCLUSÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM TEOLOGIA - PROTEO

Conforme Parecer Nº 63/2004, da Câmara de Educação do Conselho Nacional de Educação, homologado em 31 de março de 2004 pelo Ministro de Estado da Educação para Complementação de Estudos para conclusão de bacharelado em Teologia, é necessário cursar 10 disciplinas (20% do total do curso). Assim sendo, ouçam a lista das disciplinas a serem cursadas.

Dia 2 de abril - Introdução à Bíblia, Exegese Hermenêutica - Professora Dra. Aila Luiza Pinheiro de Andrade

Dia 16 de abril - Patrística - Professor Dr. Pe. Evaristo Marcos

Dia 30 de abril - Antropologia Teológica - Professor Dr. Pe. Evaristo Marcos

Dia 14 de maio - Teologia Moral Fundamental I - Professor Dr. Miguel Becker

Dia 28 de maio - Pastoral II - Professor Ms. Pe. Antonio Almir Magalhães de Oliveira

Dia 11 de junho - Atos dos Apóstolos - Professor Ms. Pe. Emilio César Porto

Dia 25 de junho - Teologia Moral Social - Professor Dr. Pe. Marcos Mendes

Dia 06 de agosto - Trindade - Professor Ms. Ir. Terezinha Cota

Dia 27 de agosto - Direito Canônico I - Professor Dr. José Fernandes

Dia 10 de setembro - Evangelho São João e cartas Joaninas - Professor Ms. Tânia Maria Couto Maia.

Contato: Faculdade Católica de Fortaleza (85) 3453 2150.

RETIRO DO CLERO DA DIOCESE DE LIMOEIRO DO NORTE


Tendo como pregador Dom Carmo João Rhoden, bispo de Taubaté, São Paulo, começa na próxima segunda-feira, dia 28, na Casa de Retiro São José, na Serra do Estevão, em Quixadá, a 158 quilômetros distante de Fortaleza, o retiro do Clero de Limoeiro do Norte, que tem à frente dom José Haring.De acordo com a informação dos organizadores do evento, que terá início no dia 28 e terminará no dia 4 de março, deverão comparecer 30 padres, religiosos e seminaristas da Teologia, das 25 paróquias daquela Diocese. Dom Carmo virá de Taubaté para pregar o retiro, porque a Diocese daquele

REFLEXÕES SOBRE AS LEITURAS DE HOJE

26/02/11 – Sábado VII semana comum

Reflexão Pessoal– Eclesiástico 17, 1-13 – “o desígnio do homem”

O homem, criado do nada, à imagem e semelhança de Deus que é o princípio e o fim de todas as coisas é, limitado, pequeno e incapaz por si mesmo, mas traz em si um desígnio, que dependendo do seu consentimento, far-lhe-á viver em plenitude o propósito do Criador quando lhe soprou o espírito de alma vivente. Só uma profunda reflexão nos faz entender tudo o que Deus colocou à nossa disposição. Apesar da nossa limitação, nós recebemos de Deus o poder sobre tudo o que existe sobre a terra. Ele nos capacitou com dons naturais e sobrenaturais, quando nos dotou de olhos, língua, ouvidos, boca, braços, pernas, inteligência, coração, mas infundiu em nós a ciência do espírito que é o que nos faz distinguir entre o bem e o mal. O mais importante, porém, é percebermos que além de tudo isso, Ele imprimiu nos nossos corações o Seu temor que é o Seu amor, para nos mostrar a grandeza das suas obras e, por isso, O glorificarmos. Se pararmos para refletir sobre isso, nós iremos chegar à conclusão de que nós fomos criados para glorificar o Senhor e bendize-Lo pelas maravilhas que Ele realiza a nosso favor, e, ao mesmo tempo, ter o compromisso com o nosso próximo, de canalizar para ele, tudo o que recebemos, tudo o que aprendemos, vimos e o que ouvimos, através do serviço desinteressado. Por meio do Espírito Santo nós recebemos a instrução de Deus para concretizarmos a justiça e preservarmos na aliança eterna firmada com o nosso Criador. Tudo isso, nós vamos perseguindo, na medida em que caminhamos no conhecimento da Sua Palavra, passo a passo, com determinação e persistência. Louvar a Deus e bendize-Lo pelas Suas obras servindo ao próximo, é, portanto, a finalidade para a qual fomos criados. – Você já encontrou o verdadeiro sentido para a sua vida? – Você se sente “imagem e semelhança” do seu Criador? – Quais são os deveres que você tem com o seu próximo? – Você tem glorificado o Senhor pelas Suas obras?

Salmo 102 – “ O amor do Senhor por quem o respeita é de sempre e para sempre”.

O salmista pacifica o nosso coração quando nos relembra que mesmo sendo os maiores pecadores, o Senhor tem compaixão de nós, porque sabe de que barro nós fomos feitos. Somos como o barro nas mãos do oleiro e se nos deixarmos moldar pelo Seu Amor seremos como crianças modeladas pela sua Justiça que perdura por todas as gerações.

Evangelho – Marcos 10, 13-16 – “ser como criança”

Neste Evangelho Jesus nos mostra como podemos nos deixar formar como um vaso nas mãos do oleiro ao nos revelar que o reino de Deus é dos que são como crianças. Jesus nos orienta que a criança deve ser nosso modelo, não na infantilidade, na criancice, mas na entrega, na espera, no abandono e na confiança. Ser como criança é ser, dependente, confiante, simples, transparente, inocente, espontâneo, dócil e entregue nas mãos daqueles que a conduzem. Quando nós temos a experiência de nos deixarmos à disposição da vontade do Pai a qual se expressa através da Sua Palavra, nós acolhemos todos os atributos que são próprios de uma criança. O reino de Deus é um estado de espírito, é um modo de viver em harmonia com o pensamento de Deus. Por essa razão, a nossa intelectualidade e o nosso querer ser muito esperto (a) e inteligente aos olhos do mundo, barram a nossa disposição de acolher a grande graça de pertencer ao reino dos céus. Portanto, o reino de Deus é dos que se fazem como crianças, por isso, se deixam tocar e ser conduzidos por Jesus e não duvidam, não desconfiam, mas dependem da Sua condução. Entrar no reino de Deus é deixar-se tocar e ser conduzido por Jesus como uma criancinha que não duvida, mas confia e depende totalmente Dele e não precisa mais fazer perguntas, porque já o experimenta. – Você já conseguiu experimentar esse “estado de espírito”? - Como você definiria o reino de Deus que acontece em você? – Você aceita tornar-se como criança para possuir o reino dos céus? – Você se acha muito maduro (a) para isso?

Helena Colares Serpa,
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

EVANGELHO DO DIA

Marcos 10,13-16

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor!Naquele tempo, 13traziam crianças para que Jesus as tocasse. Mas os discípulos as repreendiam. 14Vendo isso, Jesus se aborreceu e disse: “deixai vir a mim as crianças. Não as proibais, porque o Reino de Deus é dos que são como elas.15Em verdade vos digo: quem não receber o Reino de Deus como uma criança, não entrará nele”. 16Ele abraçava as crianças e as abençoava, impondo-lhes as mãos. - Palavra da Salvação.

SANTO DO DIA - SÃO PORFÍRIO

Nascido do ano de 353 em Tessalônica da Macedônia, Porfírio foi muito bem formado pelos seus pais, numa busca de piedade e vontade de Deus. Com 25 anos foi para o Egito, onde viveu a austeridade. Depois, seguiu para a Palestina, vivendo como eremita por 5 anos. Devido a uma enfermidade seguiu para Jerusalém, onde se tratou.São Porfírio percebia que faltava algo. Ele tinha herdado uma grande fortuna, e já tendo discípulos - que vendo a ele seguir a Cristo, também quiseram seguir nosso Senhor nos passos dele - ele ordenou que esses discípulos fossem para Tessalônica e vendessem todos os bens. Ele então, pôde dar tudo aos pobres.Ele estava muito doente, mas através de uma visão, o Senhor o curou. Mais tarde, passou a trabalhar para ganhar o 'pão de cada dia', sempre confiando na Divina Providência.O Patriarca de Jerusalém o ordenou sacerdote, e depois Bispo em Gaza, tendo grande influência politica e na religiosidade de todo o povo. Por meio do Espírito Santo e das autoridades, conseguiu que os templos pagãos fossem fechados, e os ídolos destruídos. Não para acabar com a religiosidade, mas para apontar a verdadeira religião: Nosso Senhor Jesus Cristo, único Senhor e Salvador. Faleceu no século V, deixando-nos esse testemunho: nossa fé, nossa caridade, precisam ter uma ressonância dentro e fora da Igreja, para a glória de Deus e Salvação de todas as pessoas.

São Porfírio, rogai por nós!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

PASTORAL DO MENOR - CAMPANHA DISCUTE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS

A "Campanha em Favor das Medidas Socioeducativas e Contra a Redução da Idade Penal", lançada pela Pastoral do Menor em âmbito nacional, está sendo regionalizada com ações educativas em Fortaleza e em municípios do interior do estado.

A culminância das atividades está programada para o dia 15 de março, em Fortaleza. Até lá acontecem oficinas de argumentação com educadores em Fortaleza dia 26 de fevereiro e no interior do estado, nos municípios de Brejo Santos (28 de fevereiro), Juazeiro do Norte (dia 26, amanhã, Fortaleza) e Iguatu (domingo, 27).

A campanha, que tem como tema “Dê oportunidade - Medidas Socioeducativas responsabilizam, mudam vidas”, e tem por objetivo colocar em pauta a discussão acerca do olhar diferenciado para crianças e adolescentes autoras de atos infracionais.A Campanha pretende mobilizar a sociedade brasileira em favor da implementação do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE).Para a Coordenadora Regional da Pastoral do Menor, Francerina Ferreira“, é importante que haja um fortalecimento da política pública de aplicabilidade das medidas socioeducativas e que haja a execução da medida como prevê o Estatuto.

É preciso dar possibilidades ao adolescente autor de ato infracional a oportunidade de uma mudança de inserção cidadã na comunidade”, reforça.Além da campanha, a Pastoral lançou as cartilhas “Prá Pagar de Boa” e “Liberdade Assistida - Um projeto em construção”. "Prá Pagar de Boa" faz uma sistematização acerca das Medidas Socioeducativas e “Liberdade Assistida - Um projeto em construção” traz a experiência da Pastoral do Menor com Programa de Liberdade Assistida executado de 2002 a 2007.Para efetivação desta Campanha, a Pastoral do Menor conta com a parceria da Agência Catavento Rede ANDI, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca-Ceará), Cáritas Brasileira, Sistema O Povo de Comunicação.

Mais informações:Luana Amorim, Agência Catavento Rede ANDI (85) 8836.5570, Francerina Ferreira, Coordenadora Regional da Pastoral do Menor, (85) 3253.4877; Aurilene Vidal, Articuladora Institucional da Pastoral do Menor, (85) 8854.1609.

"PENETRA OFICIAL" DÁ FLORES A DILMA E ABORDA SERRA


Quando Dilma Rousseff subiu ao palco da Sala São Paulo para discursar na festa de 90 anos da Folha, na segunda-feira, foi abordada por um desconhecido, que lhe deu um buquê de flores.
Políticos, empresários, artistas e jornalistas presentes se indagaram quem era o autor do gesto inusitado.

Caio Guatelli/Folhapress

Dilma recebe flores de Fernando de Sousa Girão, conhecido por ir a eventos públicos aos quais não é convidado

Fernando de Sousa Girão, o "Girãozinho'', ganhou notabilidade nos últimos anos justamente por ir a eventos públicos aos quais não é convidado e por factoides como o das flores à presidente.
Ficou famoso primeiro no Ceará, por frequentar velórios e enterros de celebridades, nos quais sempre procurava segurar o caixão.
Virou personagem de crônicas e colunas de jornais.
Passou por Brasília, onde circulava no Congresso como jornalista e dirigente da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), e, nos últimos anos, se fixou em São Paulo.
Na capital paulista, ganhou certa notoriedade ao ser identificado pelo programa de TV "CQC", da Band, como "penetra profissional" de festas badaladas.
Foi candidato a deputado estadual por São Paulo em 2010, pelo nanico PMN (Partido da Mobilização Nacional), e teve só 158 votos.
No final do evento da Folha, ele cumprimentou o ex-governador e ex-presidenciável José Serra: "Sou seu amigo, independentemente do poder''. Desconcertado, Serra sorriu amarelo e seguiu em frente.

Vera Magalhães/Folha de S. Paulo

ENCONTRO DA PASTORAL DO DIZIMO NA ÁREA PASTORAL SÃO FRANCISCO

No próximo domingo, dia 27, das 8 às 12 horas, na Capela de Nossa Senhora da Conceição, que faz parte da Área Pastoral São Francisco, no bairro Canindezinho, em Fortaleza, acontecerá um encontro para os membros da pastoral do Dízimo na região, com o tema “Espiritualidade da Pastoral do Dízimo”.

PARÓQUIA SÃO VICENTE DE PAULO PROMOVE UM DIA DE FORMAÇÃO

Dentro da Programação dos 40 anos da Paróquia São Vicente de Paulo, no bairro Dionísio Torres que acontecerá a Semana Animação Missionária está programado para o dia 27 de fevereiro, próximo domingo, das 8 às 17 horas, no Centro Comunitário, um Dia de Formação.

A programação da formação será:

Às 8h - Animação (Irmãs) e Espiritualidade (Equipe da Paróquia) - Mazé Colares, Serly, Orlando, Maria Carmem e Liduina.

Às 8h30min - Colocação do Tema da Missão.

Às 10h - Parada para o Lanche.

Às 10h30min - Animação e continuação do Tema.

Às 11h30min - Missa Matriz

Às 12h30min - Almoço

Às 14h - Retorno com Animação (Irmãs) e Espiritualidade (Equipe da Paróquia) - Ir. Consolação, as Filhas da Caridade, Sérgio, Mazé Colares, Érica, Catequistas, Orlando, 08 Setores, Coordenação do Conselho Pastoral e Pe. Neto.

Às 14h30min - Colocação “Como fazer as visitas”.

Às 15h - Parada para o Lanche.

Às 15h30min - Explicação de como irá acontecer às missões.
Na programação da Semana de Animação Missionária de 19 a 26 de março os missionários irão:

1 - Ver o local e o dia de cada Setor na Missão.

2 - Fazer a programação de acordo com a realidade de cada Setor.

3 - Agendar as visitas que terá a seguinte programação:

· Às 5h - Despertar - Fogos
· Às 6h - Espiritualidade com o Povo - Oficio de Nossa Senhora
· Às 7h - Café Comunitário
· Às 8h - Visita às Famílias
- Encontro com crianças e jovens
- Padres visitando doentes e idosos
· Às 12h - Almoço
· Às 14h - Espiritualidade e continuação das visitas
· Às 19h ou 19h30min - Missa no Local
· 17h - Encerramento da Formação.

Informações pelo o telefone (85) 3224 6489, na secretaria da paróquia.

QUESTÃO AMBIENTAL MOBILIZA ONU E CNBB EM 2011

A sobrevivência da vida na Terra depende da preservação das florestas e de outros recursos naturais. Não por acaso, duas entidades, uma internacional e outra nacional elegeram a questão ambiental como ponto principal de pauta este ano. A Organização das Nações Unidas (ONU) decretou 2011 o Ano Internacional das Florestas. No Brasil, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil anunciou que a Campanha da Fraternidade, a ser lançada logo após o Carnaval, terá como tema "Fraternidade e a vida no planeta" e lema "A criação geme em dores de parto".

De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, 31% da cobertura terrestre do planeta são formados por florestas. Nelas vivem 300 milhões de pessoas de todo o mundo e é essa cobertura verde que garante a sobrevivência de 1,6 bilhões de seres humanos e 80% da biodiversidade terrestre. O desmatamento e a ocupação indiscriminada de áreas florestais ameaçam a vida no planeta.

Diante desse risco, a ONU, para sensibilizar a população mundial, elegeu 2011 o Ano Internacional das Florestas. A divulgação de informações sobre experiências positivas e valiosas para promover uma gestão florestal sustentável é uma das ações que estão no programa oficial da ONU.

Ao longo deste ano, diversas ações serão realizadas para unir os povos em defesa da floresta: simpósios, exposições, palestras, debates estão programadas para diversas partes do mundo. No Brasil, em junho, na Bahia, haverá o encontro internacional “Tree Biotechnology 2011 - From genomes to integration and delivery”

Fraternidade e Ecologia

Por todo o Brasil, a CNBB vem mobilizando religiosos e leigos para atuarem na Campanha da Fraternidade. No Ceará, na sede da Regional Nordeste 1 da CNBB (Rua Felino Barrroso, 405 – Bairro de Fátima), é possível obter cartazes, folderes e outros materiais relativos à campanha. De acordo com o Padre Gilson Soares, também estão sendo feitas capacitações de pessoas que trabalharão como facilitadores e divulgadores da iniciativa. Para ele, a preocupação com a questão ambiental se justifica diante do aquecimento global, que vem provocando mudanças climáticas de graves conseqüências.

“Nós, o povo, somos criaturas e criadoras com Deus. Não podemos mudar o sol e a lua, mas, com pequenas atitudes o mundo vai ser bem melhor”, diz ele. Enfatiza que a relação do ser humano com a natureza pode se tornar melhor como gestos que se traduzam no cuidado com o uso da água, energia e manejo do lixo, por exemplo.

Outra Regional que está bem articulada é a Nordeste 2 da CNBB, que compreende os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Como parte da Campanha da Fraternidade 2011 está sendo organizado, em Natal, o seminário, cujo tema é "Quem desmata a terra, semeia inferno", uma frase dita pelo padre Cícero Romão Batista acontece no dia 11 de março, no Imirá Hotel..

Fontes: Padre Gilson Soares, da Regional 1 da CNBB - (fone: 85 3243 4740) / www.cnbb.org.br e http://www.un.org/en/events/iyof2011/

LÍBIA, REVOLUÇÃO INESPERADA TAMBÉM PARA CRISTÃOS

Roma (ZENIT.org) - O balanço oficial do governo líbio, depois de nove dias de confrontos, é de 300 mortos. Seriam 10.000, segundo a Tv al-Arabiya, que cita a representante líbio do Tribunal Penal Internacional. Haveria ainda cerca de 50.000 feridos.
Essas são as cifras, contraditórias e provisórias, do drama na Líbia, enquanto crescem as pressões internacionais sobre o regime de Muamar al-Gadafi. Mas este não cede e ordena bombardear inclusive a mesquita de Al-Zawiyah, com o objetivo de minar os manifestantes.A situação líbia preocupa sobretudo a Itália, país europeu mais próximo e mais ligado histórica e economicamente à Líbia.“Em nenhuma das crises humanitários nem nos conflitos vividos nos últimos 20 anos – afirmou Vittorio Nozza, diretor da Cáritas Italiana – assistimos a uma violência tão estendida.”“Também a surpresa dos países ocidentais – prossegue Nozza – a respeito da rápida evolução destas crises é sinal de uma preocupação difundida que partilhamos e sobre a qual pedimos a máxima atenção.”Uma revolta – a do Norte da África – que não se pode explicar só pela pobreza, mas sobretudo pela negação das liberdades.“Quando um povo é oprimido durante muito tempo por um regime que não respeita os direitos humanos – afirma o presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), cardeal Angelo Bagnasco –, isso cedo ou tarde estoura.”Dom Giovanni Martinelli, bispo de Trípoli, vê na revolta o desejo das novas gerações de ter a oportunidade de uma vida melhor.“As pessoas – afirmou o prelado em entrevista a Radio 24 – pedem mais democracia. Há um salto de qualidade da população com o desejo dos jovens de desfrutar dos bens do país.”O centro de atendimento da Cáritas, que fica a 10km de Trípoli, no momento está fechado.“Estamos trancados em casa, como nos indicaram, e não podemos ir ao centro, onde estão os imigrantes que atendemos”, conta a Irmã Sherly Joseph, uma das três religiosas franciscanas que trabalham no centro de acolhida.Ao Avvenire, jornal da CEI, Alan Arcebuche – diretor da Cáritas Líbia – explicou que para os trabalhadores cristãos estrangeiros não regularizados a situação é muito pior que a de outros cristãos “regularizados”, pois estes podem contar com as embaixadas de seus países.Os irregulares, em contrapartida, “são sobretudo africanos subsaarianos, barrados na Líbia na tentativa de chegar à Europa após o fechamento das rotas mediterrâneas”.Sua situação é muito difícil porque “não conseguem se colocar em contato com seus governos, os quais, por outro lado, não estão fazendo nada para ajudá-los”.Algumas organizações definem a situação como “crime contra a humanidade”. Nesta sexta-feira, a França irá propor em Genebra uma resolução que expulse a Líbia do Conselho de Direitos Humanos da ONU, enquanto se apela à justiça internacional.

(Com informação de Nieves San Martín e Marielena Finessi)

RETIRO DOS PADRES ACIMA DE 10 ANOS


Com a presença de dom José Antonio A. Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, será aberto no dia 28, na próxima segunda-feira, no Pecém, o retiro dos padres com mais de 10 anos de ordenação. O evento começará com um almoço e terminará no dia 2 de março, com um jantar e terá como coordenadores os sacerdotes Francisco Sales (foto), da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, na Barra do Ceará, e Bezerra, da Paróquia do Jacarecanga.
Os coordenadores esperam contar com a participação de 50 padres.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA LANÇA MAPA DA VIOLÊNCIA 2011 CONTRA OS JOVENS DO BRASIL


O Ministério da Justiça, em parceria com o Instituto Sangari, lançou nesta quinta-feira, 24, o Mapa da Violência 2011 – Os Jovens do Brasil. A divulgação aconteceu na Sala de Retratos do edifício sede do Ministério e contou com a presença do ministro da Justiça, Jos... Leia mais...

PADRE GEOVANE SARAIVA SERÁ HOMENAGEADO COM A MEDALHA BOTICÁRIO FERREIRA

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou a outorga da Medalha Boticário Ferreira para Padre Geovane Saraiva, no dia 16/02/2011 por iniciativa do Vereador José do Carmo.
A referida condecoração será conferida pela dedicação do sacerdote aos trabalhos pastorais nesta Paróquia de Santo Afonso e nas demais, nas quais trabalhou nestes quase 23 anos de padre. Também sua preocupação em favor do centenário de Dom Helder Câmara, escrevendo os livros: "O peregrino da Paz" e "Nascido para as Coisas Maiores". Pe Geovane teve ainda a preocupação em homenagear Dom Aloísio Lorscheider, com o livro: "A Ternur...[+] LEIA MAIS

REFLEXÕES SOBRE AS LEITURAS DE HOJE

25/11 – 6ª. Feira VII semana comum

Reflexão Pessoal – Eclesiástico 6, 5-17 – “amizade verdadeira”

A liturgia de hoje nos motiva a distinguir a verdadeira amizade e nos ensina como atrair amigos e acalmar os inimigos. Por meio de uma palavra amena, de uma linguagem suave, doce e agradável nós podemos conquistar amizades sinceras. A maneira como nós falamos, revela o sentimento que experimentamos, no entanto, Deus nos dá a graça de sabermos expressar até a nossa indignação com carinho e doçura. Isso fará toda a diferença até nos momentos decisivos em que temos de nos relacionar com pessoas que têm o pensamento contrário ao nosso. Com mansidão nós podemos conquistar a terra. Todavia, sabemos que nem todas as pessoas serão aqueles amigos fiéis e escolhidos por Deus para nos orientar. Podemos ter milhões de amigos, saudá-los com alegria e carinho, no entanto, nem todos podem ser nosso conselheiro. “Um amigo fiel é poderosa proteção quem o encontra, encontrou um tesouro,” nos diz a Palavra de Deus. Sabemos avaliar isso, quando passamos por momentos de aflição, de carência, de pobreza, de fracasso. Os amigos fiéis nós os adquirimos no temor ao Senhor, quando comungamos do pensamento de Deus e vivemos em unidade com a Sua Palavra e os Seus ensinamentos. Quando não conseguimos que todos sejam nossos amigos e alguns se tornam nossos inimigos, podemos guardar distância deles sem ter necessidade de querer enfrenta-los. Quem ama e respeita os conselhos do Senhor sabe conduzir bem as suas amizades e não há que temer aqueles que lhe são contrários. Todavia, antes mesmo de nos perguntarmos se temos amigos, devemos sim, questionar-nos se realmente estamos sendo amigos de alguém, A amizade é uma das formas do amor. É uma maneira de expressarmos o Amor de Deus que há no nosso coração. Os nossos maiores problemas são em vista dos maus relacionamentos que cultivamos, erradamente. – Você tem sabido cultivar amizades? – Você costuma abrir o seu coração para toda pessoa a quem considera amigo (a)? – Você sabe ajudar a seus amigos (as) na hora do infortúnio? – Você coloca suas amizades sob o crivo da Palavra de Deus?

Salmo 118 – “Guiai-me pela estrada do vosso ensinamento!”

O salmista roga ao Senhor que o faça conhecer a sua vontade para que ela seja poderosa na sua caminhada aqui na terra. Ele ressalta que fazer a vontade do Senhor consiste na sua alegria aqui na terra e que ela se revela por meio da Sua Palavra. Então, ele faz três pedidos importantes ao Senhor: abrir os seus olhos para contemplar as maravilhas da Sua lei; dar-lhe o conhecimento para que ele possa cumprir a Lei de todo o coração e guiar os seus passos no caminho que já lhe foi traçado por Deus, em busca da felicidade.

Evangelho – Marcos 10, 1-12 – “aliança rompida”

Ainda hoje a aliança se rompe por causa da dureza dos corações que não se rendem ao Amor e à graça de Deus que se derramam em forma de uma bênção especial no momento que assumem o compromisso um com o outro. A verdadeira aliança se realiza no corpo e no espírito e uma coisa não pode está dissociada da outra. Tem que ser em espírito e em verdade e não apenas de fachada e de aparência. Quem quebra esta aliança está tentando quebrar um elo que Deus fez. Muitos casamentos são falsos aos olhos de Deus, pois Ele conhece as intenções dos corações e percebe os interesses que estão ocultos por detrás do que aparece. Nesses casos, o Senhor não abençoa a união. Para que? Quando não há sinceridade não há aliança, é fantasia, é utopia. Há que se ter uma formação humana e espiritual aprofundada para que haja uniões lícitas aos olhos de Deus. Precisamos a cada dia nas nossas orações pedirmos ao Espírito Santo discernimento e sabedoria para fazermos as escolhas que serão abençoadas por Deus. E aos que já se consagraram diante do Altar, também cabe fortalecer esta aliança através de uma renovação constante porque o Senhor, todos os dias, nos dá as graças necessárias. Somente em função de um amor abençoado por Deus, o homem, pode deixar seu pai e sua mãe para unir-se a uma mulher e vice-versa. A aliança é feita nos corações. Deus é quem une o homem e a mulher numa só carne através deste anel. – Como você interpreta essa Palavra? – Ela vai de encontro a sua mentalidade ou você sabe acolher o pensamento do Senhor? – Peça ao Espírito Santo para clarear as suas ideias! !

Helena Colares Serpa,
Fundadora da Comunidade Missionária Um Novo Caminho

EVANGELHO DO DIA

Marcos 10,1-12

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 1Jesus foi para o território da Judeia, do outro lado do rio Jordão. As multidões se reuniram de novo em torno de Jesus. E ele, como de costume, as ensinava. 2Alguns fari­seus se aproximaram de Jesus. Para pô-lo à prova, perguntaram se era permitido ao homem divorciar-se de sua mulher. 3Jesus perguntou: “O que Moisés vos ordenou?” 4Os fari­seus responderam: “Moisés permitiu escrever uma certidão de divórcio e despedi-la”. 5Jesus então disse: “Foi por causa da dureza do vosso coração que Moi­sés vos escreveu este mandamento. 6No entanto, desde o começo da criação, Deus os fez homem e mulher. 7Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão uma só carne. 8Assim, já não são dois, mas uma só carne. 9Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe!”10Em casa, os discípulos fizeram, novamente, perguntas sobre o mesmo assunto. 11Jesus respondeu: “Quem se divorciar de sua mulher e casar com outra, cometerá adultério contra a primeira. 12E se a mulher se divorciar de seu marido e casar com outro, cometerá adultério”.

SANTO DO DIA

Santa Valburga nasceu no ano de 710. Era filha de São Ricardo, rei dos Saxões do Oeste. Santa Valburga tinha dois irmãos: o bispo Vilibaldo e o monge Vunibaldo. Durante uma peregrinação com seu pai, mãe e irmãos aos Lugares Santos, Santa Valburga retirou-se numa abadia. E foi ali que descobriu a beleza do chamado de Deus, consagrando-se inteiramente ao Senhor. Seu pai veio a falecer durante a viagem de volta dessa peregrinação.Em 748, foi enviada por sua abadessa à Alemanha, junto com outras religiosas, para fundar e implantar mosteiros e escolas entre populações recém-convertidas. Na viagem, uma grande tempestade foi aplacada pelas preces de Valburga, por ela Deus já operava milagres. Naquele país, foi recebida e apoiada pelo bispo Bonifácio, seu tio, que consolidava um grande trabalho de evangelização, auxiliado pelos sobrinhos missionários. Designou a sobrinha para a diocese de Eichestat onde Vunibaldo havia construído um mosteiro em Heidenheim e tinha projeto para um feminino na mesma localidade. Ambos concluíram o novo mosteiro e Valburga eleita a abadessa. Após a morte do irmão, ela passou a dirigir os dois mosteiros, função que exerceu durante dezessete anos. Nessa época transpareceu a sua santidade nos exemplos de sua mortificação, bem como no seu amor ao silêncio e na sua devoção ao Senhor. As obras assistenciais executadas pelos seus religiosos fizeram destes mosteiros os mais famosos e procurados de toda a região.Valburga se entregou a Deus de tal forma que os prodígios aconteciam com frequência. Os mais citados são: o de uma luz sobrenatural que envolveu sua cela enquanto rezava, presenciada por todas as outras religiosas e o da cura da filha de um barão, depois de uma noite de orações ao seu lado.Morreu no dia 25 de fevereiro de 779 e seu corpo foi enterrado no mosteiro de Heidenheim, onde permaneceu por oitenta anos. Mas, ao ser trasladado para a igreja de Eichestat, quando de sua canonização, em 893, o seu corpo foi encontrado ainda intacto. Além disso, das pedras do sepulcro brotava um fluído de aroma suave, como um óleo fino, fato que se repetiu sob o altar da igreja onde o corpo foi colocado.Nesta mesma cerimônia, algumas relíquias da Santa foram enviadas para a França do Norte, onde o rei Carlos III, o Simples, havia construído no seu palácio de Atinhy, uma igreja dedicada a Santa Valburga. O seu culto, em 25 de fevereiro, se espalhou rápido, porque o óleo continuou brotando. Atualmente é recolhido em concha de prata e guardado em garrafinhas distribuídas para o mundo inteiro. Os devotos afirmam que opera milagres.

Santa Valburga, rogai por nós!

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

NOVO BISPO AUXILIAR JÁ ESTÁ EM FORTALEZA


MONSENHOR Rosalvo Cordeiro Leite, desceu esta tarde, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, para uma rápida permanência em nossa Capital, mas com tempo suficiente para uma conversa com dom José Antonio A.Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, sobre os detalhes de sua posse como bispo auxiliar de Fortaleza.
O sacerdote Rosalvo Cordeiro Leite reafirmou que será ordenado no dia 25 de mar;o, data em que a Igreja comemora a Anunciação do Anjo a Maria, com a solenidade sendo presidida por dom José Antonio, que viaja a Mogi da Cruzes, São Paulo, no dia 24. Ela acompanhado de uma comitiva, que contará com a participação de leigos.
No seu desembarque, além de dom José Antonio, dom José Luís Salles, bispo auxiliar de Fortaleza; dom Edmilson Cruz, bispo emérito de Limoeiro do Nordeste, os padres Gilson Soares e Rafael, irmã Rosália Alencar, secretária da CNBB e dona Mônica Pimentel, do setor de educação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.
O novo bispo auxiliar de Fortaleza estará retornando amanhã, sábado, dia 26, para Mogi das Cruzes.

QUARESMA: TEMPO PARA REDESCOBRIR VALOR DO BATISMO

Papa envia mensagem para a Quaresma de 2011

Cidade do Vaticano (ZENIT.org) - A Quaresma é uma oportunidade única para redescobrir o sentido e o valor do Batismo, segundo recordou o Papa Bento XVI em sua Mensagem para a Quaresma de 2011, divulgada ontem pela Santa Sé.
No texto, com o tema "Sepultados com Ele no batismo, foi também com Ele que ressuscitastes" (Col 2,12), o Pontífice nos convida a viver a Quaresma como um "caminho de purificação no espírito, para haurir com mais abundância do Mistério da redenção a vida nova em Cristo Senhor".
"Esta mesma vida já nos foi transmitida no dia do nosso Batismo", observou, destacando que o fato de que, na maior parte dos casos, este sacramento seja recebido por crianças "põe em evidência que se trata de um dom de Deus: ninguém merece a vida eterna com as próprias forças".
"A misericórdia de Deus, que lava do pecado e permite viver na própria existência os mesmos sentimentos de Jesus Cristo, é comunicada gratuitamente ao homem."
O Pontífice explicou que um nexo particular vincula o Batismo à Quaresma, "como momento favorável para experimentar a Graça que salva".
Neste sacramento, de fato, "realiza-se aquele grande mistério pelo qual o homem morre para o pecado, é tornado partícipe da vida nova em Cristo Ressuscitado e recebe o mesmo Espírito de Deus que ressuscitou Jesus dos mortos".
"Este dom gratuito deve ser reavivado sempre em cada um de nós e a Quaresma oferece-nos um percurso análogo ao catecumenato, que para os cristãos da Igreja antiga, assim como também para os catecúmenos de hoje, é uma escola insubstituível de fé e de vida cristã."Caminho de virtude
"O nosso imergir-nos na morte e ressurreição de Cristo através do Sacramento do Batismo, estimula-nos todos os dias a libertar o nosso coração das coisas materiais, de um vínculo egoísta com a ‘terra', que nos empobrece e nos impede de estar disponíveis e abertos a Deus e ao próximo."
Através da práctica tradicional do jejum, da esmola e da oração, "expressões do empenho de conversão", a Quaresma nos ensina "a viver de modo cada vez mais radical o amor de Cristo".
O jejum tem, para o cristão, "um significado profundamente religioso: tornando mais pobre a nossa mesa aprendemos a superar o egoísmo para viver na lógica da doação e do amor; suportando as privações de algumas coisas - e não só do supérfluo - aprendemos a desviar o olhar do nosso ‘eu', para descobrir Alguém ao nosso lado e reconhecer Deus nos rostos de tantos irmãos nossos".
"Para o cristão o jejum nada tem de intimista, mas abre em maior medida para Deus e para as necessidades dos homens, e faz com que o amor a Deus seja também amor ao próximo."
Da mesma maneira, aprende-se a resistir "perante a tentação do ter, da avidez do dinheiro, que insidia a primazia de Deus na nossa vida".
"A cupidez da posse provoca violência, prevaricação e morte: por isso a Igreja, especialmente no tempo quaresmal, convida à prática da esmola, ou seja, à capacidade de partilha."
"Como compreender a bondade paterna de Deus se o coração está cheio de si e dos próprios projetos, com os quais nos iludimos de poder garantir o futuro?"
A práctica da esmola, portanto, "é uma chamada à primazia de Deus e à atenção para com o próximo, para redescobrir o nosso Pai bom e receber a sua misericórdia".Escuta da Palavra
"Para empreender seriamente o caminho rumo à Páscoa e nos prepararmos para celebrar a Ressurreição do Senhor - a festa mais jubilosa e solene de todo o Ano litúrgico - o que pode haver de mais adequado do que deixar-nos conduzir pela Palavra de Deus?", pede o Papa em sua mensagem.
"Por isso - recordou -, a Igreja, nos textos evangélicos dos domingos de Quaresma, guia-nos para um encontro particularmente intenso com o Senhor, fazendo-nos repercorrer as etapas do caminho da iniciação cristã: para os catecúmenos, na perspectiva de receber o Sacramento do renascimento, para quem é batizado, em vista de novos e decisivos passos no seguimento de Cristo e na doação total a Ele."
Meditando e interiorizando a Palavra de Deus, para vivê-la cotidianamente, "aprendemos uma forma preciosa e insubstituível de oração, porque a escuta atenta de Deus, que continua a falar ao nosso coração, alimenta o caminho de fé que iniciamos no dia do Batismo".
A oração permite também "adquirir uma nova concepção do tempo".
De fato, "sem a perspectiva da eternidade e da transcendência ele cadencia simplesmente os nossos passos rumo a um horizonte que não tem futuro", enquanto, na oração, "encontramos tempo para Deus, para conhecer que ‘as suas palavras não passarão' (cf. Mc 13, 31), para entrar naquela comunhão íntima com Ele ‘que ninguém nos poderá tirar' (cf. Jo 16, 22) e que nos abre à esperança que não desilude, à vida eterna".
Em resumo, constata Bento XVI, o itinerário quaresmal consiste em "fazer-se conformes com a morte de Cristo, para realizar uma conversão profunda da nossa vida: deixar-se transformar pela ação do Espírito Santo, como São Paulo no caminho de Damasco; orientar com decisão a nossa existência segundo a vontade de Deus; libertar-nos do nosso egoísmo, superando o instinto de domínio sobre os outros e abrindo-nos à caridade de Cristo".
"O período quaresmal - conclui - é momento favorável para reconhecer a nossa debilidade, acolher, com uma sincera revisão de vida, a Graça renovadora do Sacramento da Penitência e caminhar com decisão para Cristo."

(Roberta Sciamplicotti)

SACERDOTE É ASSASSINADO NA ARQUIDIOCESE DE MONTES CLAROS,,MINAS GERAIS


Foi assassinado no sábado, 19, o padre Romeu Drago, 56, administrador da quase paróquia de Nossa Senhora do Carmo [arquidiocese de Montes Claros – MG]. Desaparecido desde aquele dia, o corpo do religioso foi encontrado carbonizado, no domingo, 20, às margens da rodovia estadual MG-122, a 25 quilômetros da cidade.
As investigações da Polícia apontam que o sacerdote foi assassinado dentro de casa e o corpo teria sido colocado dentro do porta-malas de seu carro, um Voyage verde, modelo 2010. O motivo do assassinato ainda está sendo investigado, mas os indícios apontam que o padre foi vítima de latrocínio [roubo seguido de morte], já que o automóvel foi levado. e até o momento ainda não foi encontrado. Está sendo investigado ainda o roubo de dinheiro.
O religioso foi visto pela última vez, por volta das 20h de sábado, na porta de casa, no Bairro Monte Carmelo, próximo ao Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves. Um vizinho disse ter testemunhado um rapaz moreno claro entrando e saindo da casa do padre. O desaparecimento, porém, só foi percebido por vizinhos ao meio dia segunda-feira, 21, quando a Polícia Militar foi acionada.
Ainda de acordo com as investigações da Polícia, o padre teria sido morto no escritório, onde havia um cofre em que guardava dinheiro da paróquia, aberto e vazio, e arrastado até a garagem. Na mesa estavam quatro cartões de contas bancárias dele. Estão sendo investigados os últimos saques.

CNBB