domingo, 30 de novembro de 2008

PRIMEIRA EUCARÍSTIA NA FACE DE CRISTO







1-As 49 crianças que fizeram a primeira comunhão ontem, na Face de Cristo









2 - Pais, abraçados com os filhos, bastante emocionados, porque representaram os outros pais, na entrega de uma flor as catequistas.



3 - Os jovens e uma criança, que fazem parte do Grupo de Arte da Face de Cristo,fizeram uma apresentação depois da missa presidida pelo frei João Maria.









Com uma missa presidida pelo frei João Maria, 49 crianças, devidamente preparadas para receber o Sacramento do Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, pelas catequistas Mirtes, Ana, Fátima e Lourdinha, coordenadas pela Cleidiane e Eliane Serpa, fizeram a sua Primeira Comunhão, ontem, na Face de Cristo, à rua Edmilson Barros de Oliveira, 191, no bairro Cocó, em Fortaleza. A Celebração Eucarística muito bonita teve duração de mais de uma hora, com o frei João Maria conseguindo prender a atenção de todos que lotaram a Capela Sagrada Família, especialmente, as crianças, com a sua homília dirigida aos catequizandos e aos seus pais e familiares, que participaram da missa. A todos que fizeram a Primeira Eucaristia, os parabéns do Blogo da Sagrada Família, extensivos aos seus familiares, bem como aos que integram a Catequese de Iniciação Cristã, além da Cleidiane, Eliane Serpa, Mirtes, Ana, Fátima, Lourdinha, a Elizabeth, Débora, Artur, Cabral, Suzana, Francisca Maria, esposa do Maia e o Erivan entre outros .

A PARÓQUIA DO CARMO COMEMORA ANIVERSÁRIOS DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL DO PÁROCO E EX-PÁROCO

A Paróquia de Nossa Senhora do Carmo comemora no dia 5, o aniversário de Ordenação Presbiteral de seu ex-pároco, Padre João Pessoa de Carvalho, e no dia 6, do Padre João Jorge Corrêa Filho, Vigário Geral da Arquidiocese de Fortaleza. Aos nossos estimados presbíteros, o nosso gesto de gratidão e solidariedade ao trabalho eclesial, relembrando o ”SIM” a vocação, isto é, ao chamado do Senhor ao cumprimento de uma missão pastoral evangélica e sacramental como seguidores de Jesus e apaixonados pela sua proposta e seu projeto.

“DIFERENTES SIM, DESIGUAIS NÃO!”


Dom José Luís Salles, bispo auxiliar de Fortaleza


Estava sendo esperado na cidade o coordenador nacional da Pastoral Afro, Padre Ari Antonio dos Reis para um momento de reflexão sobre as lutas e o rosto do povo negro na Arquidiocese de Fortaleza e no Estado do Ceará. Ele veio participar de um encontro no Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja, entrada pela Rodrigues Junior, nº. 300, centro.
Segundo o bispo auxiliar da Arquidiocese de Fortaleza, Dom José Luis Sales, em carta enviada as comunidades, paróquias e pastorais, o encontro celebra na Arquidiocese os 132 anos da morte de Zumbi de Palmares.
A carta diz “O ano 2008 para os negros tem sido repleto de datas significativas. Celebramos os vinte anos de caminhada do Instituto Mariama, os vinte anos em que a Campanha da Fraternidade teve como tema “A Fraternidade e o Negro”, o início das comemorações pelos cem anos de nascimento de Dom Hélder Câmara, e assinalamos os cento e vinte anos da abolição da escravatura”.
Dom José Luiz expressa o desejo de que “neste ano de datas importantes, o povo negro amplie a luta por cidadania, fomente e fortaleça grupos de base nas comunidades, incentive a solidariedade e o diálogo com as instâncias da sociedade civil que representam o povo negro e com outros grupos solidários que lutam e se comprometem com a recuperação da dignidade dos afro-brasileiros”.
A convocatória faz referência ao documento de Aparecida, que afirma: “Os indígenas e afro-americanos são, sobretudo, “outros” diferentes que exigem respeito e reconhecimento. A sociedade tende a menosprezá-los, desconhecendo o porquê de suas diferenças. Sua situação social está marcada pela exclusão e pela pobreza. A Igreja acompanha os indígenas e afro-americanos nas lutas por seus legítimos direitos. Hoje, os povos indígenas e afros estão ameaçados em sua existência física, cultural e espiritual; em seus modos de vida; em suas identidades; em sua diversidade; em seus territórios e projetos.” (D.Ap. 89 e 90).
O bispo finaliza a carta animando as comunidades, áreas pastorais, paróquias e as pastorais dizendo: “Que os atabaques, afoxés e agogôs ecoem pelas terras do Ceará, marcando o ritmo de nossos sonhos de uma sociedade justa, de uma igreja solidária. Mãe Negra de Aparecida, olhe por todos nós, teus filhos. Que pela força do Evangelho, como discípulos missionários façamos acontecer sempre neste mundo a festa da vida e da liberdade”.

A pastoral afro-brasileira nasceu da necessidade de se dar uma organicidade às diferentes iniciativas dos negros católicos que marcam presença na vida e missão da Igreja. Também é fruto da consciência das necessidades que vão surgindo a partir do aprofundamento do compromisso com a caminhada das comunidades negras. A pastoral é compreendida como zelo apostólico para com o povo, sobretudo para com os povos pobres e para com os abandonados. Assim, as diversas iniciativas dos negros católicos encontram na pastoral afro-brasileira um espaço de reflexão, articulação e diálogo voltado para a vivacidade e dinamicidade da ação evangelizadora da Igreja. A pastoral afro-brasileira integra a Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz como as demais Pastorais Sociais da CNBB.

O Instituto Mariama (IMA) colabora com a formação dos agentes negros de pastoral, em especial dos bispos, presbíteros e diáconos negros católicos do Brasil para que sejam solidários e possam estar presentes no meio da população mais fragilizada, contribuindo para a formação integral de crianças, jovens e adultos.
Pascom da Arquidiocese de Fortaleza

REFLETINDO SOBRE O EVANGELHO


Primeiro Domingo do Advento

Hoje é o primeiro domingo do ano litúrgico. A sociedade civil começa o ano no dia 1º de janeiro. A Igreja tem seu próprio ano que começa com o 1º Domingo do Advento e termina com a festa de Cristo Rei. Durante o ano litúrgico, a Igreja celebra os principais fatos da história da salvação e do Mistério de Cristo: Natal, Semana Santa, Páscoa, Pentecostes. Celebra outras festas importantes como Santíssima Trindade, Sagrado Coração de Jesus, festas de Nossa Senhora e dos Santos. Para nós, como membros da Igreja, começa então um Ano Novo. Isto deve significar: fazer bons propósitos, ter renovado ardor, procurar fazer deste ano o melhor possível, engajar-se na comunidade.
Celebramos também hoje o Primeiro Domingo do Advento. Advento quer dizer "vinda". Este tempo nos lembra aquele que o povo do Antigo Testamento esperava: a vinda do salvador, do Messias. Advento é tempo de alegria e esperança, de conversão e caminho de encontro com o Senhor que "está para chegar". A ação de Deus manifesta-se no Advento e infunde em toda a humanidade uma grande e alegre esperança, que reforça a luta pela vida. Se Deus está para chegar, trazendo luz e alegria, toda tristeza há de se acabar e toda escuridão da existência humana será iluminada. O Advento é tempo para o cultivo da esperança forte e paciente, mas sobretudo ativa e dinâmica. Isso exige conversão para os valores do Evangelho: partilha dos bens com os mais pobres, os preferidos de Deus; solidariedade com os miseráveis, tão feridos em suas dignidades fundamentais; e a fraternidade universal. Neste tempo de graça os espinhos do mal devem ser queimados em nossas estradas e de suas cinzas devem nascer rosas de justiça, amor e esperança. Precisamos, neste tempo propício, esculpir a imagem de Deus-amor dentro de nós e a projetar para o nosso irmão.
Para este ano litúrgico B a Igreja apresenta o Evangelho de São Marcos escrito pelo ano 65, quando foi redigido numa época difícil, marcada por convulsões histórico-sociais no Império Romano, particularmente na Palestina. E para este domingo é colocado o capítulo 13 de Marcos onde está contido o mais longo discurso de Jesus. Provavelmente foi o último texto inserido no evangelho, para esclarecer o sentido dos acontecimentos dos anos 67-70: a guerra dos judeus contra os romanos, terminando com a derrota dos primeiros e segunda destruição do templo de Jerusalém.
O evangelho de hoje ( Marcos 13, 33-37 ) insiste numa vigilância ativa e corajosa. Jesus quer que o esperemos em estado de vigilância dinâmica: não alienados da realidade, mas amando e servindo, crendo e trabalhando. Ele nos conta uma pequena parábola onde nos diz que o patrão parte para uma viagem. Deixa para cada um de seus empregados tarefas a serem realizadas. O caráter imprevisível da volta, a qualquer hora da noite, implica a atitude de vencer o cansaço para não ser pego desprevenido. Isso significa fidelidade na missão confiada a cada um. O dever de estar atentos é de todos. Vigiar não significa cruzar os braços e deixar as coisas acontecerem, mas é contribuir para que as coisas aconteçam de acordo com a Palavra de Deus.

Pe. Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

BODAS DE OURO SACERDOTAIS DO PADRE DOURADO, PÁROCO DE NOSSA SENHORA DE LOURDES, NAS DUNAS


Hoje é dia de festa para os fiéis da Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro Dunas, em Fortaleza. O pároco Joaquim Colaço Dourado, 78, comemora neste domingo 50 anos de ordenação. Uma celebração na Igreja de Lourdes, às 18 horas, marcará a data. Cerca de três mil pessoas são esperadas. Em seguida, o padre participa de um jantar reservado com familiares e amigos. Nascido e criado no município de Beberibe, o padre Dourado afirma ter seguido a vocação a partir de um convite feito pelo vigário de sua cidade para entrar no seminário. De lá para cá, a Igreja Católica passou por muitas transformações causadas pelo Concílio Vaticano II (1962-1965). "Foi um movimento de muita abertura e renovação. O grande desafio, hoje, é que a igreja se torne mais evangelizadora. Temos de nos tornar mais evangelizadores, assim como São Paulo". Sobre o trabalho realizado em sua paróquia, o sacerdote afirma estar bastante realizado. "Encaro esse trabalho (a construção da Igreja de Lourdes) como uma missão divina, para que o povo tivesse um local e se encontrasse realmente com Deus". Criada em 23 de abril de 2000, Nossa Senhora de Lourdes é uma das paróquias mais novas da Igreja Católica no Ceará. De acordo com agentes de pastoral e paroquianos, muito dessa conquista se deve ao trabalho do sacerdote. O ministro da eucaristia José Maria Cavalcante, 56, destaca o papel de padre Dourado à frente da construção do templo. "O que outros padres levariam 15, 20 anos para fazer, ele fez em três. Ele é um grande evangelizador, uma pessoa muito carismática e fácil de se trabalhar", acrescenta. Afonso Queiroz, 77, professor aposentado, está desde o início do ano na coordenação paroquial da Liturgia. Segundo ele, o pároco possui uma característica própria em suas celebrações: o estímulo à participação dos fiéis. "Nas reuniões mensais, o padre Dourado geralmente ouve mais do que fala. Não se coloca como o chefe, mas sim como o líder que incentiva o povo a trabalhar". O médico cardiologista Luís Wilson de Araújo, 41, membro do Encontro de Casais com Cristo (ECC), fala sobre um aspecto pouco conhecido do padre Dourado: seu gosto por filmes e livros que tratem de relacionamentos familiares. Uma das indicações mais recentes do pároco foi o filme "Separados pelo Casamento", com Jennifer Aniston e Vince Vaughn. O médico afirma que, entre a exibição de uma película e outra, o sacerdote aproveita para fazer reflexões sobre a família, à luz de seus conhecimentos sobre psicologia.
Fonte: O POVO

EVANGELHO DO DIA

Mc 13,33-37

Proclamção do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos.
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 33Cuidado! Ficai atentos, porque não sabeis quando chegará o momento. 34É como um homem que, ao partir para o estrangeiro, deixou sua casa sob a responsabilidade de seus empregados, distribuindo a cada um sua tarefa. E mandou o porteiro ficar vigiando. 35Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o dono da casa vem: à tarde, à meia-noite, de madrugada ou ao amanhecer. 36Para que não suceda que, vindo de repente, ele vos encontre dormindo. 37O que vos digo, digo a todos: Vigiai!” - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

MEDIAÇÃO DE JOÃO PAULO II EM CRISE ENTRE ARGENTINA E CHILE FAZ 30 ANOS

A mediação que João Paulo II promoveu há 30 anos em plena crise entre a Argentina e o Chile constitui ainda hoje um exemplo para as nações, reconhece Bento XVI em uma mensagem lida pelo núncio apostólico, Dom Adriano Bernardini, aos participantes das jornadas sobre os frutos da paz daquela intervenção do Papa Karol Wojtyla, organizadas pela Universidade Católica da Argentina 16 de outubro (UCA).
Conhece-se como Conflito do Beagle o desacordo sobre a soberania das ilhas localizadas ao sul do Canal Beagle e seus espaços marítimos adjacentes, protagonizado pela República Argentina e a República do Chile.
O conflito podia ter acabado em guerra se não tivesse sido pela intervenção de João Paulo II, que, assistido pelo cardeal Antonio Samoré, como responsável de seus bons ofícios, mediou para conseguir um acordo entre os dois países sul-americanos.
"Trinta anos após aqueles fatos, a mediação do Beagle continua sendo um exemplo que se pode pôr para chamar a atenção da comunidade internacional, que demonstra, junto à paciência e à responsabilidade das partes envolvidas, como, em todas as controversas, o diálogo não prejudica os direitos, mas amplia o campo das possibilidades razoáveis para resolver as divergências", diz a carta.
O Papa considerou necessário "continuar recorrendo à diplomacia e a seus métodos de negociação, para garantir a paz, a segurança e o bem-estar", e tendo presente as lições da história, antiga e recente, convidou as novas gerações "a olhar o futuro com olhos de esperança e a comprometer-se na realização da civilização do amor, da qual João Paulo II foi profeta, ainda que nem sempre tenha sido escutado".
Após desejar que a iniciativa acadêmica da UCA "contribua para reforçar os vínculos de paz e amizade entre os povos irmãos da região", o Santo Padre invocou sobre todos os participantes "abundantes graças divinas" e enviou a benção apostólica às "queridas populações argentina e chilena, como sinal de sua paterna solicitude".
Bento XVI sustenta que as celebrações programadas "querem recordar a mediação pontifícia que contribuiu para resolver uma controversa, que corria o risco de converter-se em um conflito, e refletir sobre os frutos da paz que dela derivaram até nossos dias", e insistiu em que "a lembrança dos acontecimentos de 30 anos atrás está indissoluvelmente unida à amada figura do Papa João Paulo II e à destacada obra de seu delegado especial, o cardeal Antonio Samoré, ambos muito comprometidos na busca da paz e da concórdia entre os povos argentino e chileno, unidos há séculos por sólidos vínculos de fé e solidariedade".
"É obrigatório mencionar também o cardeal Agostino Casaroli, então secretário de Estado, e seus colaboradores que, após a morte do cardeal Samoré, finalizaram os trabalhos de mediação, até conseguir a assinatura de um Tratado de Paz e Amizade, que aconteceu no Vaticano em 29 de novembro de 1984."
"Foi um exemplo admirável de construção da paz através da via mestra e sempre atual do diálogo, que tem como finalidade não a supremacia da força e do interesse, mas a afirmação de uma justiça equânime e solidária, fundamento seguro e estável da convivência entre os povos", sublinhou.

Canção Nova Notícias, com Zenit

PAPA DESTACA TAREFA DOS SACERDOTES DO TERCEIRO MILÊNIO

O Papa Bento XVI recebeu em audiência na manhã de ontem, na Sala Clementina, no Vaticano, um numeroso grupo de seminaristas e formadores, provenientes dos Pontifícios Seminários Regionais italianos de Molfetta, Chieti e Ancona, oriundos das regiões das Marcas, Puglia, Abruços e Molise, no centenário de fundação de seus Seminários regionais.
Em seu discurso aos presentes, o papa ressaltou que a tarefa dos sacerdotes do terceiro milênio é a de oferecer aos homens que consideram que Deus não tem influência no cotidiano e na história, a esperança que vem "da imutável Palavra de vida eterna que é Cristo".
A contemporaneidade em grande parte perdeu a estrada para o céu. Domina o racionalismo e o conceito de fé para muitos passou dos bens imateriais dos valores ao mais tangível "bem" produzido pelos saberes científicos. O restante é subjetivo e, muitas vezes, corre o risco, como a religião, de ser considerado "não-essencial" para a vida, expressou o papa.
Cabe, sobretudo, aos sacerdotes, e a quem se prepara para tornar-se sacerdote, impedir que o anseio humano por Deus seja sufocado. Olhando para os mais de 400 seminaristas sentados diante dele na Sala Clementina, o Santo Padre repetiu o papel e a missão que cabe, na Igreja e na sociedade, a quem escolheu tornar-se ministro do Evangelho.
O papa ressaltou que o Sínodo sobre a Palavra de Deus, concluído um mês atrás, recordou que "entre as tarefas prioritárias do presbítero se encontra a de espalhar largamente no campo do mundo a Palavra de Deus". Em seguida, o pontífice perguntou-se: "O homem contemporâneo sente ainda necessidade de Cristo e de sua mensagem de salvação?"
"No atual contexto social uma certa cultura parece mostrar-nos a face de uma humanidade auto-suficiente, desejosa de realizar os próprios projetos sozinha, que escolhe ser única artífice seus destinos, e que, conseqüentemente, considera sem influência a presença de Deus e, por isso, a exclui de fato de suas escolhas e decisões. Num clima marcado por vezes por um racionalismo fechado em si mesmo, que considera o modelo das ciências práticas o único modelo de conhecimento, tudo mais se torna subjetivo e, conseqüentemente, também a experiência religiosa corre o risco de ser vista como uma escolha subjetiva, não essencial e determinante para a vida."
Por essas e outras razões, o papa reconheceu que hoje se tornou "certamente mais difícil" acreditar, acolher a Verdade de Cristo, viver a própria vida pelo Evangelho. Bento XVI observou que, todavia, como se registra diariamente, "o homem de hoje se mostra sem forças e preocupado com o seu futuro, em busca de certezas e desejoso de pontos de referência seguros":
"O homem do terceiro milênio, como de resto em todos os tempos, precisa de Deus e o busca por vezes mesmo sem se dar contra. É tarefa dos cristãos, de modo especial, dos sacerdotes, colher esse profundo anseio do coração humano e oferecer a todos, com meios e modos que respondam às exigências dos tempos, a imutável Palavra de vida eterna que é Cristo, Esperança do mundo."
Daí, se mostra claramente a importância dos anos de seminário, durante os quais, observou Bento XVI, o futuro sacerdote deve buscar uma "relação pessoal com Jesus". Como modelo, no Ano paulino, o papa indicou aos seminaristas uma testemunha por excelência, o Apóstolo dos Gentios:
"A conversão não eliminou o que havia de bom e de verdadeiro em sua vida, mas lhe permitiu interpretar de modo novo a sabedoria e a verdade da lei e dos profetas e tornar-se assim capaz de dialogar com todos, seguindo o exemplo do divino Mestre. Imitando São Paulo, caros seminaristas, não se cansem de encontrar Cristo na escuta, na leitura e no estudo da Sagrada Escritura, na oração e na meditação pessoal, na liturgia e em toda outra atividade diária."
Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

DOM ODILO FALA SOBRE A MISSÃO EM QUE REPRESENTARÁ BENTO XVI NA ARGENTINA


Arcebispo Metropolitano de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer
O Papa Bento XVI nomeou o Arcebispo Metropolitano de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, como seu enviado extraordinário em missão especial para as cerimônias de comemoração dos 30 anos da mediação pontifícia entre Argentina e Chile, no Canal de Beagle, que terão lugar em Monte Aymond, na Argentina, no próximo dia 5 de dezembro.Em entrevista ao noticias.cancaonova.com, o Cardeal afirmou que recebeu este encargo do Santo Padre com muita alegria. Dom Odilo lembrou o que aconteceu nos anos 80: “A disputa entre Argentina e Chile por uma área da passagem do oceano Atlântico para o oceano Pacífico quase gerou uma guerra”.“As duas nações recorreram à Santa Sé para mediar o conflito. Isso foi feito pela Diplomacia da Santa Sé sob o estímulo forte de João Paulo II e, finalmente, chegou-se a um bom acordo entre as duas nações que dura até hoje”.Além de entregar a mensagem do Papa, às presidentes do Chile e da Argentina, respectivamente, Michelle Bachelet e Cristina Kirchner, Dom Odilo também dirigirá palavras suas aos dois países: “De minha parte, vou levar minha congratulação e estímulo para que [China e a Argentina] cultivem a paz, a boa amizade e a colaboração”.Para Cardeal Scherer, fazer memória desta data motiva a paz contínua entre estes dois países e que isso é significativo para o atual pontífice. “Estou sabendo, justamente, que vai haver uma reunião entre as duas presidentes na ocasião desta comemoração. Elas estão lançando uma iniciativa interessante que é uma força de paz conjunta entre Argentina e Chile. Isso é muito significativo e sinal de que os dois países estão valorizando muito aquele acordo e aquela colaboração da Santa Sé”, assinalou.Dom Odilo destacou que o papel da Igreja é “ser promotora da paz, do diálogo, do entendimento, do desarmamento e de encontrar uma forma de negociar tensões e eventuais motivos de conflito”. “A mensagem da Igreja que é a mensagem de Jesus Cristo. É a mensagem de paz, de justiça, de respeito recíproco”, acrescentou.“Eu sou brasileiro. Vou representar a Santa Sé num evento que une Argentina e Chile. Ali estaremos reunidos num mesmo evento significativo. Nossos países devem, portanto, ver nisso um sinal daquilo que devem fazer juntos, construir a paz, amizade”, concluiu.Conteúdo acessível também pelo iPhone - iphone.cancaonova.com

Lucilene Silva, da Canção Nova Notícias

BENTO XVI ENVIA MENSAGEM DE CONDOLÊNCIAS PELAS VÍTIMAS DE SANTA CATARINA

O Papa Bento XVI enviou um telegrama de condolências ao Arcebispo de Florianópolis, Dom Murilo Krieger, no qual expressa seu pesar pela tragédia ambiental em Santa Catarina, onde as fortes chuvas e inundações afetaram 1,5 milhão de pessoas e fizeram cerca de 100 mortos. No telegrama, enviado pelo Cardeal Secretário de Estado, Tarcisio Bertone, o Papa afirma que, "com profundo pesar, tomou conhecimento das trágicas consequências das chuvas torrenciais destes últimos dias, que atingiram o Estado de Santa Catarina".Bento XVI confirma "sua participação espiritual, nesta hora de dor, às famílias das vítimas e aos milhares de desalojados desta enorme tragédia ambiental"."O Papa implora de Deus misericordioso a assistência e a consolação para toda as vítimas e os que sofrem física e moralmente".Por fim, o Papa envia a todos a sua "propiciadora bênção apostólica, extensiva ao povo de Santa catarina e aos que se mobilizaram nas campanhas de solidariedade".O Arcebispo de Florianópolis, Dom Murilo Krieger, agradeceu ao Papa o gesto de solidariedade manifestando ser "reconfortante saber que Bento XVI está unido espiritualmente aos que perderam seus entes queridos e aos que sofrem".

Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

DOM OLÍVIO FAZZA ENCONTRA-SE HOSPITALIZADO EM FOZ DO IGUAÇU

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) comunica que o bispo emérito de Foz do Iguaçu (PR) dom Olívio Aurélio Fazza, encontra-se e em estado grave de saúde, internado no Hospital Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu.
Dom Olívio renunciou à diocese de Foz do Iguaçu em 28 de novembro de 2001, quando fez 76 anos. Dom Laurindo Guizzardi e a diocese de Foz do Iguaçu pedem orações pela pronta recuperação de dom Olívio.

CNBB

SANTO DO DIA - SANTO ANDRÉ APÓSTOLO

Hoje a Igreja está em Festa, pois celebramos a vida de um escolhido do Senhor para pertencer ao número dos Apóstolos. Santo André nasceu em Betsaida no tempo de Jesus, e de início foi discípulo de João Batista até que aproximou-se do Cordeiro de Deus e com São João, começou a segui-lo, por isso André é reconhecido pela Liturgia como o "protocleto", ou seja, o primeiro chamado: "Primeiro a escutar o apelo, ao Mestre, Pedro conduzes; possamos ao céu chegar, guiados por tuas luzes!" Santo André se expressa no Evangelho como "ponte do Salvador", porque é ele que se colocou entre Pedro e Jesus, o menino do milagre da multiplicação o e Cristo e por fim entre os gentios e Jesus Cristo. Conta-nos a Tradição que depois do batismo no Espírito Santo em Pentecostes, Santo André teria ido pregar o Evangelho na região dos mares Cáspio e Negro. Apóstolo da coragem e alegria Santo André foi fundador das igrejas na Acaia, onde testemunhou Jesus com o seu próprio sangue, já que foi martirizado numa cruz em forma de X, a qual recebeu do Santo este elogio: "Salve santa Cruz, tão desejada, tão amada. Tira-me do meio dos homens e entrega-me ao meu Mestre e Senhor, para que eu de ti receba o que por ti me salvou!" Santo André Apóstolo, rogai por nós!

sábado, 29 de novembro de 2008

CONFRATERNIZAÇÃO DO CONSELHO PASTORAL DA PARÓQUIA DE SÃO VICENTE DE PAULO







O Conselho de Pastoral da Paróquia de São Vicente de Paulo realizou, esta manhã, das 9 às 11 horas, no Centro Comunitário, uma confraternização que contou com a presença de representantes das pastorais, movimentos, setores, das comunidades da Renovação Carismática, bem como do Coral Arautos do Evangelho.
O encontrou começou com o padre Raimundo Neto dando boas vindas aos presentes e fazendo um relato completo do que foi feito durante todo o ano, “mas dedicamos o ano ao estudo bíblico”.
Em seguida, o padre Neto revelou que foram realizadas mudanças nas coordenadorias da Crisma de Adultos, que passará a ser comandada por Ângela e José Carlos e na Pastoral do Batismo, que terá como coordenadores a partir de agora Claudete e Teógenes. Ele aproveitou para anunciar também que, no segundo semestre de 2009, serão realizadas as obras de ampliação do auditório do Centro Comunitário, que terá a sua capacidade aumentada de 100 para 250 pessoas, com cadeiras melhores e mais confortáveis.
Finalizando, a coordenadora do Conselho de Pastoral, Gláucia, fez um balanço de atuação da Paróquia em 2008, que deu ênfase a formação bíblica, a realização de um curso de acolhimento, o I Seminário Bíblico, a II Caminhada da Família, a Festa do Padroeiro e a gincana bíblica e no dia 6 de dezembro, a realização de um casamento comunitário, com a participação de 32 casais.

DOM JOSÉ ANTONIO ORDENA 12 NOVOS PADRES




Com uma missa concelebrada por dom Beda, dom Edmilson Cruz, bispo emérito de Limoeiro do Norte e dom José Luís Salles, bispo auxiliar de Fortaleza e presidida por dom José Antonio A. Tosi Marques, foram ordenados na noite passada, na Catedral, 12 novos sacerdotes da Arquidiocese de Fortaleza.
A Catedral estava com suas dependências completamente tomadas por fiéis católicos, que foram dar as boas vindas aos novos padres da Arquidiocese de Fortaleza, incentivados também por mais de uma centena de outros padres, com muitos anos de sacerdócio, como o monsenhor Souto, padre João Jorge, pároco da Igreja do Carmo; Gilson Soares, do Senhor do Bonfim e tantos outros.
Os novos padres da Arquidiocese de Fortaleza e as paróquias onde eles vão celebrar a sua primeira missa, bem como o dia:

1 - Ailton Costa e Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de N. S. da Conceição, no Conjunto Ceará. 1º Missa na Paróquia de Cascavel, em 01/12, às 19 horas.2 - Antonio Carlos Tamboril Moreira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de São Luis Gonzaga em Pitombeiras. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo do Amarante, em 2/12, às 19 horas.3 - Antonio Nazareno da Graça Albuquerque. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Nossa Senhora da Palma, em Baturité. 1ª missa na Paróquia de Guaiúba, em 29/11, às 17 horas.4 - Carlos Antonio Costa Magalhães. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Cecília no Bom Jardim. 1ª missa na Paróquia do Bom Jardim, em 30/11, às 19 horas.5 - Denis Acácio de Araújo. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Chorozinho. 1ª missa na Paróquia Nossa Senhora da Palma, em Baturité no dia 30/11, às 19 horas.6 - Evando Alves de Andrade. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Santo Antonio, em Caridade. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo, em 29/11, às 19 horas.7 - Francisco Bruno Xavier da Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Jesus, Maria e José, em Guaiúba. 1ª missa no conjunto José Walter, no dia 29/11, às 19h30.8 - Guilherme Gome s da Silva Neto. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Sagrada Família, em Ocara. 1ª missa em Barreira no dia 5/12, às 19 horas.9 - Júlio César Pereira de Pontes. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Senhora Sant’ana em Paramoti. 1ª missa em Pacajus, no dia 3/12, às 19 horas.10 - Marcelo Silva Holanda. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São Miguel Arcanjo em Itapebussu. 1ª missa em Baturité, no dia 30/11, às 10 horas.11 - Marcílio Jerônimo Pereira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São João do Aruaru, em Aruaru. 1ª missa em Guanacés no dia 29/ 11, às 19 horas.12 - Raimundo Ednaldo Castro dos Santos. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Cascavel. 1º missa na Paróquia de Itapebussu, em 06/12, às 19 horas.

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,34-36
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lu­cas.Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 34“Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós; 35pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra.36Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar a tudo o que deve acontecer e para ficardes de pé diante do Filho do Homem”. - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 21, 34-36

A nossa vida é marcada por preocupações constantes que são exigências da agitada vida moderna. Essas preocupações muitas vezes acabam por fazer de si mesmas o centro da nossa vida. Na verdade, a gente deixa de viver a vida que a gente quer para viver a vida que é exigida de nós. Assim, não temos tempo para a oração, para a contemplação, para o encontro com Deus e o estabelecimento de comunhão com ele. O resultado de tudo isso é que deixamos de viver na sua presença e nos fechamos num mundo que cada vez mais nos escraviza e nos impede de viver a verdadeira vida, a vida dos filhos e filhas de Deus em perfeita comunhão e relação com o Pai.

SANTO DO DIA - SÃO VIRGÍLIO

Neste dia comemoramos a vida do Santo Bispo missionário que revolucionou a Diocese de Salzburgo pelo seu testemunho de serviço ao Reino de Deus. São Virgílio nasceu no ano 700 na Irlanda, onde abraçou com sua juventude e ardor a vida monástica e sacerdotal. São Virgílio chegou a abade de um mosteiro Irlandês, até que foi convidado pelo rei franco Pepino para estabelecer em sua região um centro cultural, já que Virgílio, além de aprofundado nas ciências Bíblicas e Teológicas, possuía grande bagagem de conhecimentos. Ao discernir a vontade de Deus São Virgílio tornou-se abade no reino franco, e mais tarde Bispo de Salzburgo, onde como pastor e mestre fez de tudo para conduzir o Rebanho ao Bom e Belo Pastor.Vemos que na vida deste Santo nada foi coincidência, mas tudo Providência, pois de um interesse político do rei Pepino - que visava apenas a pacificação do povo - Deus tirou a salvação para uma multidão através do Santo apostolado de Virgílio. Reconhecido pelos seus dotes de mente e coração São Virgílio fundou muitos faróis de evangelização, ou seja, vários mosteiros além de construir o primeiro catálogo e crônica dos mosteiros beneditinos e ajudou na cristianização de outras regiões, isto tudo até entrar no Céu em 784 onde continua glorificando a Deus e ajudando na evangelização pela sua intercessão. São Virgílio, rogai por nós!

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

PROVINCIAL CHEGA PARA ORDENAÇÃO DE PADRE EUDISTA

O padre Alírio Raigozo, provincial da ordem de São João Eudes, mais conhecida por “Eudistas” desceu em Fortaleza para participar da celebração eucarística, do dia 5 de dezembro, na Capela Menino Deus, que pertence a Paróquia de São João Deus. A missa será presidida por dom José Antonio A. Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, na qual será ordenado padre Cristiano Sousa. Trata-se do segundo padre eudista brasileiro. O primeiro a se ordenar foi o padre Marcos Studart, hoje comandando a Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, em Salvador.
Na chegada, o padre Alírio foi recepcionado pelos padres Gabriel Mendonza Morales e Amado Vanegas.
A propósito, foi comemorado esta manhã, com um café, depois de uma celebração eucarística, na Capela do Carmelo Santa Teresinha, no bairro Castelão, o aniversário do padre Gabriel Mendonza

CEFEP PROMOVE SEMINÁRIO DE PREPARAÇÃO DO LIVRO DEMOCRACIA, IGREJA E MÍDIA

Tem início hoje à noite, na Casa de Oração Felippo Smaldone, em Brasília, o Seminário do Centro Nacional de Fé e Política “Dom Helder Câmara” (Cefep).
Sob coordenação do assessor político da CNBB, padre José Ernanne Pinheiro, o Seminário prosseguirá até domingo, 30, com a finalidade de preparar um livro sobre Democracia, Igreja e Mídia, que deverá ser publicado no início do próximo ano.
Entre as propostas de temas a serem abordadas no livro estão: Monopólio da Informação no Brasil; Ética e Comunicação; Democracia e Direitos Humanos; Democracia no Ensino Social da Igreja; Bases teológicas para a Democracia; Experiências de poder local nos últimos 10 anos (práticas de democracia); Como a Igreja Católica no Brasil colaborou com a democracia participativa.
Informações: (61) 3274-4329.

CNBB

CONGRESSO É ENCERRADO COM ELOGIOS DA PAV

O Congresso Internacional “Pessoa, cultura da vida e cultura da morte” foi encerrado no final da manhã desta sexta-feira, 28, e recebeu elogios dos membros da Pontifícia Academia para a Vida (PAV). “Todos ficaram muito bem impressionados com a organização do encontro”, disse o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa. “Esse foi o melhor congresso dos últimos tempos”, reforçou o mexicano Rodrigo Guerra López, membro da PAV e um dos conferencistas do Congresso.Segundo dom Dimas, os membros da PAV discutirão a possibilidade de outros congressos acontecerem em outros países da América Latina para facilitar a participação. “No Brasil, talvez façamos congressos alternadamente, um ano em nível nacional e no outro, internacional”, explicou o secretário. “A novidade do Congresso é a presença de muitos especialistas em diversas áreas como física, matemática, ciências médicas, direito, moral, além dos bispos, padres, religiosas e professores de moral.Um resultado prático do Congresso, de acordo com dom Dimas, pode ser a criação da Academia de Ciências, Letras e Artes, já anunciada na Assembléia dos Bispos. “Já temos um estatuto pré-elaborado desta Academia. Nossa intenção é que seja uma iniciativa dos leigos”, esclareceu. Já Rodrigo López se disse impressionado com o compromisso dos bispos brasileiros. “É evidente o compromisso dos pastores com o desenvolvimento de uma bioética rigorosamente científica e fiel ao magistério”, avaliou. López disse que, no México, o esforço tem sido para incluir na constituição dos 32 Estados a proteção à vida desde sua concepção. “Já conseguimos que quatro estados mudem sua constituição para incluir a defesa da vida desde sua concepção”, informou. A respeito das dificuldades neste trabalho, López se mostrou esperançoso. “A legislação que propomos não é para proibir, mas para proteger a vida. A América Latina continua sendo o Continente da Esperança”.A assessora de Projetos Institucionais da CNBB, Sônia Antunes Minder, também destacou o êxito do Congresso. “As palestras foram de indiscutível qualidade e despertou a consciência para o que move as políticas assumidas pelo Governo para as questões relativas à vida”, observou. Segundo informou, participaram do evento representantes de sete países, além do Brasil, e todo o conteúdo será sistematizado pelos organizadores. “Todos terão acesso ao material que ficará disponibilizado no site na CNBB”, completou.

CNBB

CÁRITAS REFORÇA APELO DE SOLIDARIEDADE ÀS VÍTIMAS DAS ENCHENTES DE SANTA CATARINA

A Rede Cáritas Brasileira reforçou ontem, 27, o apelo de apoio às vítimas das enchentes de Santa Catarina. “As entidades-membro de Cáritas, localizadas nas áreas mais atingidas pelas chuvas, abriram três contas bancárias para receber as doações em dinheiro”, diz o organismo.
De acordo com dados atualizados da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina foram registrados 99 mortes, 19 desaparecidos e 78.707 desalojados e desabrigados.
As contas divulgadas pela Cáritas Brasileira são:
FLORIANÓPOLIS:
Banco do Brasil, agência 3174-7, conta 17611-7, em nome de Ação Social Arquidiocesana/Flagelados SC 2008. Informações: (48) 3224.8776 ou pelo e-mail asa@arquifln.org.br
JOINVILLE:
Banco BESC, agência 014, c/c 130.786-2. A campanha é promovida pela Associação Diocesana de Promoção Social. Informações: (47) 3451.3715/3716 ou pelo e-mail adipros@diocesejlle.com.br
BLUMENAU:
Banco Itaú, agência 6407, c/c 07004-1. Campanha “Diocese de Blumenau – Emergência”. Informações: (47) 3323.6952 ou 3322.4435 (cúria) ou pelo e-mail dioceseblumenau@terra.com.br
Informações: www.caritasbrasileira.org

PONTIFÍCIO CONSELHO PARA A CULTURA PROMOVE CONGRESSO SOBRE GALILEU GALILEI

“A ciência, 400 anos depois de Galileu Galilei: o valor e a complexidade ética da pesquisa tecno-científica contemporânea”. Este foi o tema do Congresso promovido pelo Pontifício Conselho para a Cultura, ocorrido ontem à tarde, em Roma.
“No passado, alguns homens da Igreja cometeram erros em relação a Galileu Galilei, devido à mentalidade da época. Entretanto, o grande cientista italiano foi um homem de profunda fé cristã”, disse o secretário de Estado, cardeal Tarcísio Bertone, na abertura do evento.
“O que deveria ser colocado em evidência, hoje, é que Galileu, homem de ciência, também cultivou com amor sua fé e suas profundas convicções religiosas. Este homem de fé via a natureza como um livro, cujo autor era Deus”, acrescentou o cardeal.
Já o presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, dom Gianfranco Ravasi, ressaltou que o “processo da Inquisição contra Galileu foi concluído efetivamente com uma sentença de condenação, que nunca foi assinada pelo papa e sobre a qual houve um grave desacordo entre os cardeais”. Dom Ravasi disse ainda que o Vaticano pretende publicar as atas do processo de Galileu Galilei para lembrar aqueles que criticam a Igreja sobre o caso de que o cientista nunca foi condenado.

CNBB

BISPOS DA AMÉRICA CENTRAL PEDEM RESPEITO `DEMOCRACIA

Representantes das Conferências episcopais da América Central pediram ontem, 27, em San Salvador aos governos da região que garantam o desenvolvimento integral nos seus países e o respeito aos processos democráticos. Em uma mensagem difundida durante uma Missa na Catedral Metropolitana da capital salvadorenha, o Secretariado Episcopal da América Central (Sedac) afirmou que a região "está imersa em modelos econômicos que nem sempre garantem o desenvolvimento integral e sustentável dos povos".O Secretariado acrescentou que projetos como a exploração de minas, a construção de centrais hidroelétricas e a produção agropecuária muitas vezes não levam em consideração o bem-estar das populações e causam danos ao meio-ambiente com graves conseqüências para as nações. "Não podemos perder de vista que a verdadeira economia é aquela que tem no centro o respeito e o interesse pela pessoa humana", afirmaram os bispos, que desde a última terça-feira realizam em El Salvador a reunião anual do Sedac, centralizada em assuntos pastorais. Em sua mensagem, os bispos afirmam que no âmbito político "é necessário respeitar os processos democráticos, não somente na votação e contagem dos votos, que é necessário, mas também na realização das campanhas, na elaboração dos programas de governo e na prestação de contas da gestão pública".Ontem, o Sedac elegeu o arcebispo de Manágua, Dom Leopoldo Brenes, como seu presidente para um período de quatro anos, em substituição do bispo costarriquenho, Dom José Francisco Ulloa Rojas. Como secretário foi eleito o arcebispo de Matagalpa (Nicarágua), Dom Jorge Solórzano.Após a Santa Missa de encerramento dos trabalhos, os bispos visitaram, na cripta da Catedral Metropolitana, o túmulo do ex-arcebispo de San Salvador, Dom Óscar Arnulfo Romero, que foi assassinado por um grupo de ultra-direita no em 24 de março de 1980.

Rádio Vaticano

PLÁCIDO DOMINGO APRESENTA CANÇÕES INSPIRADAS EM JOÃO PAULO II

Com canções inspiradas nas poesias de Papa João Paulo II, o álbum "Amor Infinito", de Plácido Domingo, foi apresentado hoje, pela manhã, na Sala de Imprensa da Santa Sé."A escuta das canções, magnificamente interpretadas por Plácido Domingo e pela Orquestra Sinfônica de Londres recordam João Paulo II e toda a sua vida, marcada por momentos dramáticos, vivida com a paixão de Deus e do ser humano", disse o secretário do Pontifício Conselho Justiça e Paz, Dom Giampaolo Crepaldi.Para o presidente do Conselho de Administração da Livraria Editora Vaticana, Dom Giuseppe A. Scotti, "Amor infinito" é um álbum que "retoma com grande respeito as palavras das composições poéticas de Karol Wojtyla para exaltá-las, elevando-as por meio da música e do canto". "Porém, há um encontro de Domingo com um homem, um crente, um Papa que lhe mostrou uma perspectiva de vida. Um artista acostumado a decifrar pessoas e coisas com o prisma da arte se sente comovido e fascinado por outro homem, um Papa que lhe ofereceu um ponto de vista verdadeiro e digno de atenção", acrescentou Dom Scotti.

CNBB

DOROTHY STANG RECEBE PRÊMIO DE DIREITOS HUMANOS DA ONU

A religiosa norte-americana Dorothy Stang recebeu, a título póstumo, o Prêmio de Direitos Humanos das Nações Unidas. Irmã Stang participava de trabalhos sociais na Amazônia e foi assassinada em fevereiro de 2005. A religiosa pertencia à Congregação das Irmãs de Notre Dame de Namur, com sede no Estado de Ohio (EUA). Além de Dorothy Stang, o prêmio contemplou a ex-primeira-ministra do Paquistão Benazir Bhutto, assassinada em dezembro de 2007. Leia mais.: Missionária denuncia clima de impunidade no Pará.: CNBB divulga nota sobre absolvição de fazendeiro envolvido.: CPT quer anulação de sentença que absolveu fazendeiroO prêmio é entregue em reconhecimento ao trabalho excepcional na área de direitos humanos e à contribuição para a promoção e proteção dos direitos e das liberdades fundamentais. O presidente da Assembléia-geral da ONU, Miguel d'Escoto Brockmann, disse que as vencedoras representam um símbolo de persistência e valores na resistência às autoridades públicas e privadas responsáveis por violações aos direitos humanos. Entre os que receberam anteriormente este prêmio, estão o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela e o ex-líder civil americano Martin Luther King. A cerimônia de entrega acontece em 10 de dezembro, durante uma reunião da Assembléia-geral da ONU para marcar os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Rádio Vaticano

HOJE, NA CATEDRAL, A ORDENAÇÃO DE 12 PADRES

Hoje, dia 28, às 18h30, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, serão ordenados presbíteros por dom José Antonio, Arcebispo de Fortaleza, 12 diáconos, todos incardinados à Arquidiocese. Vejam os nomes dos novos padres, onde fizeram o Ministério Diaconal, o local e a data da 1ª Missa.1 - Ailton Costa e Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de N. S. da Conceição, no Conjunto Ceará. 1º Missa na Paróquia de Cascavel, em 01/12, às 19 horas.2 - Antonio Carlos Tamboril Moreira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de São Luis Gonzaga em Pitombeiras. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo do Amarante, em 2/12, às 19 horas.3 - Antonio Nazareno da Graça Albuquerque. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Nossa Senhora da Palma, em Baturité. 1ª missa na Paróquia de Guaiúba, em 29/11, às 17 horas.4 - Carlos Antonio Costa Magalhães. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Cecília no Bom Jardim. 1ª missa na Paróquia do Bom Jardim, em 30/11, às 19 horas.5 - Denis Acácio de Araújo. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Chorozinho. 1ª missa na Paróquia Nossa Senhora da Palma, em Baturité no dia 30/11, às 19 horas.6 - Evando Alves de Andrade. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Santo Antonio, em Caridade. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo, em 29/11, às 19 horas.7 - Francisco Bruno Xavier da Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Jesus, Maria e José, em Guaiúba. 1ª missa no conjunto José Walter, no dia 29/11, às 19h30.8 - Guilherme Gome s da Silva Neto. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Sagrada Família, em Ocara. 1ª missa em Barreira no dia 5/12, às 19 horas.9 - Júlio César Pereira de Pontes. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Senhora Sant’ana em Paramoti. 1ª missa em Pacajus, no dia 3/12, às 19 horas.10 - Marcelo Silva Holanda. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São Miguel Arcanjo em Itapebussu. 1ª missa em Baturité, no dia 30/11, às 10 horas.11 - Marcílio Jerônimo Pereira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São João do Aruaru, em Aruaru. 1ª missa em Guanacés no dia 29/ 11, às 19 horas.12 - Raimundo Ednaldo Castro dos Santos. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Cascavel. 1º missa na Paróquia de Itapebussu, em 06/12, às 19 horas.

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,29-33

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lu­cas.Naquele tempo, 29Jesus contou-lhes uma parábola: “Olhai a figueira e todas as árvores. 30Quando vedes que elas estão dando brotos, logo sabeis que o verão está perto. 31Vós também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Reino de Deus está perto. 32Em verdade, eu vos digo: tudo isso vai acontecer antes que passe esta geração. 33O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor

REFLEXÃO DO DIA

Lc 21, 29-33

Devemos ser capazes de reconhecer os sinais dos tempos para que possamos perceber os apelos do Reino de Deus na nossa vida, assim como sermos capazes de descobrir a presença de Jesus na história das pessoas. Somente quando somos capazes de analisar os acontecimentos a partir da ótica da fé é que somos capazes de interpretar os fatos como sendo sinal dos tempos e ação da graça divina no nosso dia a dia. Para que isso seja possível, a Palavra de Jesus deve ser o critério fundamental para a interpretação dos acontecimentos.<...

SANTO DO DIA - SÃO TIAGO DAS MARCAS

O Santo de hoje morreu dizendo "Jesus, Maria, bendita paixão de Jesus", isto porque sua vida toda foi dedicada para a causa do Evangelho. Tiago das Marcas nasceu no ano 1349 na região chamada Marche, no centro da Itália, numa simples e pobre.Quando se despertou para a vocação à vida Consagrada, São Tiago pensou entrar para os Cartuxos, mas ao viajar para Babiena , na Toscana, ficou tão edificado com o diálogos que travou com os franciscanos, que resolveu entrar para a Família de Francisco de Assis. Como Sacerdote dedicou-se nas pregações populares, onde de modo simples, vivo e eficaz evangelizava e espalhava a Sã Doutrina Católica por todas cidades pisadas pelos seus descalços.São Tiago anunciava, mas também denunciava toda opressão social, pois os negociantes e mercadores tiranizavam o povo com empréstimos de juros sem fim, por causa disso o Santo fundou os bancos populares que emprestavam com juros mínimos. Pregador das Cruzadas e combatente das heresias São Tiago das Marcas anunciou o Evangelho ,acompanhado com milagres, em muitas regiões da Europa, até que se instalou em Nápoles onde teve a revelação que aí terminaria seus dias, como de fato aconteceu quando tinha noventa anos, isto depois de ser atacado por uma doença mortal. São Tiago das Marcas, rogai por nós!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

REFLEXÃO DO DIA

Lc 21, 20-28

A libertação verdadeira da pessoa humana é fruto de dois elementos importantes: o primeiro é o seu compromisso pessoal e comunitário com o Reino de Deus e com a comunidade à qual pertence, de modo que a sua vida passa a ser uma constante luta histórica de transformação da realidade tendo como critério os valores do Evangelho; o segundo é a confiança inabalável da presença atuante de Deus na sua vida e na história dos homens como o grande parceiro que está ao lado dos que assumem a luta por um mundo novo. Somente a união entre esses dois elementos pode garantir um processo histórico verdadeiramente libertador.<...

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,20-28

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 20“Quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, ficai sabendo que a sua destruição está próxima. 21Então, os que estiverem na Judéia, devem fugir para as montanhas; os que estiverem no meio da cidade, devem afastar-se; os que estiverem no campo, não entrem na cidade. 22Pois esses dias são de vingança, para que se cumpra tudo o que dizem as Escrituras. 23Infelizes das mulheres grávidas e daquelas que estiverem amamentando naqueles dias, pois haverá uma grande calamidade na terra e ira contra este povo. 24Serão mortos pela espada e levados presos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos infiéis, até que o tempo dos pagãos se complete. 25Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas. 26Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas. 27Então eles verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem com grande poder e glória. 28Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”. - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

SANTO DO DIA - SANTA CATARINA DE LABOURÉ

Celebramos neste dia o testemunho de vida cristã e mariana daquela que foi privilegiada com a aparição de Nossa Senhora, a qual deu origem ao título de Nossa Senhora das Graças ou da Medalha Milagrosa. Santa Catarina de Labouré nasceu na França do século XIX numa família que, como tantas outras, sofria com as guerras napoleônicas. Com a morte da mãe, Catarina assumiu com empenho e maternidade a educação dos irmãos, até que ao findar desta sua missão, colocou-se a serviço do Bom Mestre, quando consagrou-se a Jesus na Congregação das Filhas da Caridade. Aconteceu que em 1830 sua vida se entrelaçou mais intimamente com os mistérios de Deus, pois a Virgem Maria começa a lhe aparecer, a fim de enriquecer toda a Igreja e atingir o mundo com sua Imaculada Conceição, por isso descreveu Catarina: "A Santíssima Virgem apareceu ao lado do altar, de pé, sobre um globo com o semblante de uma senhora de beleza indizível; de veste branca, manto azul, com as mãos elevadas até à cintura, sustentava um globo figurando o mundo encimado por uma cruzinha. A Senhora era toda rodeada de tal esplendor que era impossível fixá-la. O rosto radiante de claridade celestial conservava os olhos elevados ao céu, como para oferecer o globo a Deus..A Santíssima Virgem disse: Eis o símbolo das graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem''. Esta devoção nascida a partir de uma Providência Divina e abertura de coração da simples Catarina, tornou-se escola de santidade para muitos, a começar pela própria Catarina que muito bem soube se relacionar com Jesus por meio da Imaculada Senhora das Graças. Santa Catarina passou 45 anos de sua vida num convento, onde viveu o Evangelho, principalmente no tocante da humildade, pois ninguém sabia que ela tinha sido o canal desta aprovada devoção que antecedeu e ajudou na proclamação do Dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora em 1854. Santa Catarina de Labouré entrou no Céu, ou seja, no convívio eterno com Jesus e Maria em 1876.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

DOM ANTÔNIO AUGUSTO FAZ ANÁLISE DO USO DAS CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro, dom Antônio Augusto Dias Duarte, afirmou, nesta quarta-feira, 26, durante o Congresso Internacional “Pessoa, cultura da vida e cultura da morte”, que, devido ao progresso da ciência e da tecnologia, “enfrentam-se hoje problemas totalmente originais que a ética tradicional não podia nem sequer prever”. Para ele, cabe aos estudiosos e especialistas da bioética “estabelecer juízos morais seguros para os usuários e beneficiários desses novos conhecimentos científicos”. Uma missão “difícil de ser cumprida, mas de uma urgência irrenunciavel”, acrescentou.Médico e membro da Comissão de Ética da CNBB, dom Augusto falou aos congressistas sobre “Análise bioética do uso de células-tronco embrionárias”, uma das conferências do evento que acontece em Itaici, município de Indaiatuba (SP). Segundo afirmou, a tentação de ser deus ronda a consciência humana. “A tentação original de querer ser deus e de querer criar “novos princípios éticos” e até mesmo uma “nova ética” para analisar teoricamente as questões inauditas levantadas pela evolução das ciências continuam rondando a consciência humana”. Dom Augusto alertou para o perigo do uso utilitarista das células-tronco embrionárias. “A análise bioética do uso das células tronco-embrionárias no campo das pesquisas e no campo terapêutico que só considerasse o aspecto utilitarista e/ou o caráter proporcionalista e consequencialista reduziria a pessoa humana nesse período da sua vida a um mero objeto de investigação ou de aplicação terapêutica em enfermidades incuráveis até hoje”, observou.Ainda de acordo com o bispo, a análise bioética feita pela Igreja Católica visa fazer aparecer a verdade. “A Igreja Católica nas suas análises bioéticas busca fazer com que brilhe o esplendor da verdade sobre a pessoa humana e esse seu trabalho é reconhecido por pessoas sensatas e dispostas a viver sob essa mesma luz”.O bispo lembrou, também, que o fenômeno biológico da fecundação inicia “um ciclo vital original de um novo indivíduo, ao qual se aplica, plenamente, o título de ser humano, com igual dignidade e idêntica natureza como se costuma predicar das crianças recém-nascidas e dos homens e mulheres adultos que exigem o respeito pleno dos seus direitos fundamentais, sobretudo o direito à vida e à integridade física”.

CNBB

ANUÁRIO CATÓLICO DA IGREJA NO BRASIL SERÁ LANCADO NA ASSEMBLÉIA GERAL DA CNBB

Durante a 47ª Assembléia Geral dos Bispos do Brasil, em abril de 2009, o Centro de Documentação e Investigações Sociais (Ceris) da CNBB vai lançar em Itaici, município de Indaiatuba (SP), o Anuário Católico do Brasil 2009.
Os dois volumes do recenseamento trazem novidades nesta nova edição, como a informatização das paróquias, e a dimensão da audiência dos veículos de comunicação existentes na Igreja do Brasil. As novas comunidades também passam a integrar o livro de pesquisas, como exemplo a comunidade Canção Nova, que recebeu recentemente reconhecimento pontifício como Associação Internacional de Fiéis.
Na edição publicada em 2005, o CERIS computou 9.410 paróquias, 17.976 sacerdotes, 1.557 diáconos permanentes, 4.003 irmãos religiosos e 34.697 irmãs religiosas. Segundo a equipe do Ceris, em 2009, quatro anos depois, os novos números irão desenhar o perfil da Igreja sob novos contornos. “Muitas congregações abriram e também fecharam casas pelo país, dioceses reorganizaram suas paróquias e o número de vocações aumentou”, revelam.
Com o avanço da tecnologia, a primeira fase do Censo para esta nova edição do Anuário foi realizada diretamente no site GuiaCatolico.com [www.guiacatolico.com] e o envio dos formulários chegará a 95% desses contatos. Ainda existem os casos de regiões carentes do Brasil que o censo permanecerá dependente do antigo processo de postagem via Correios. Mas, de acordo com o Ceris, esse processo não prejudicará os resultados favoráveis deste novo tempo.
Fundado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pela Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) o CERIS existe há 45 anos. O primeiro Anuário Católico no Brasil foi publicado em 1933, com o objetivo de divulgar os trabalhos de pesquisa e apuração de informações da Igreja Católica no Brasil.
CNBB

NÚNCIO APOSTÓLICO PRESIDE MISSA NO CONGRESSO EM ITAICI

O segundo dia do Congresso Internacional “Pessoa, Cultura da Vida e cultura da morte” teve início com a missa presidida pelo núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri. Em sua homilia, dom Baldisseri reafirmou o compromisso da Igreja na promoção e defesa da vida, desde sua concepção até sua morte natural.
“Discordando da mentalidade reinante, que mede o valor da vida a partir de critérios de funcionalidade, nós, como discípulos de Jesus Cristo, devemos continuar acreditando e defendendo a sacralidade da vida humana, independente das condições ou do estágio em que se encontra”, disse o núncio.
O Congresso, organizado pela Pontifícia Academia para a Vida conjuntamente com a CNBB, prossegue nesta quarta-feira, 26, com as conferências: “Fundamentos da embriologia”, com o professor Gerson Cotta Pereira, membro da Academia Nacional de Medicina do Brasil, e “Análise bioétia do uso de células-tronco embrionárias humanas”, com bispo auxiliar do Rio de Janeiro e membro da Comissão de bioética da CNBB, dom Antônio Augusto Dias Duarte.
Leia a íntegra da homilia de dom Lorenzo Baldisseri.

CNBB

CONGRESSO DA PAV E CNBB É "COROAMENTO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE", AFIRMA DOM GERALDO LYRIO ROCHA

O presidente da Conferência Nacional da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha, afirmou, na tarde desta terça-feira, durante a abertura do Congresso Internacional “Pessoa, cultura da vida e cultura da morte”, que o evento “se constitui em verdadeiro coroamento da Campanha da Fraternidade deste ano”. A abertura contou com a presença do núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri; do chanceler da Pontifícia Academia para a Vida, Mons. Ignácio Carrasco de Paula; do secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa; do arcebispo de Campinas, dom Bruno Gamberini; do membro da PAV, padre Aníbal Gil Lopes, e do responsável pela Casa de Retiros Vila Kostka, padre Emmanuel.Segundo dom Geraldo, o Congresso estreita a relação entre a Pontifícia Academia para a Vida, organizadora do evento junto com a CNBB, e as dioceses. “Sua finalidade [do Congresso] é buscar estabelecer uma relação mais estreita entre esse importante organismo da Santa Sé, responsável pela reflexão acadêmica sobre as questões da Vida, e a missão pastoral dos bispos e das Igrejas locais”.Leia, abaixo, a íntegra do discurso de dom Geraldo Lyrio Rocha.
Palavras do Presidente da CNBB na abertura do Congresso Internacional promovido pela CNBb e a Pontifícia Academia para a VidaA Campanha da Fraternidade que, por iniciativa da CNBB, se realiza em todo o Brasil, neste ano, teve como tema Fraternidade e Defesa da Vida e como lema: “Escolhe, pois, a vida” (Dt 30,19).A escolha desse tema foi o fruto de um longo processo de reflexão, iniciado nas comunidades eclesiais espalhadas por todo o Brasil, sobre a opção pela vida frente à cultura da morte. Tal escolha reflete, também, a resposta ao chamado profético do Papa João Paulo II que, de forma firme e clara, tantas vezes se pronunciou sobre os diferentes aspectos dessa questão. Foi com o propósito de fomentar a reflexão acadêmica multidisciplinar sobre as questões relacionadas com a dignidade da pessoa humana desde a fecundação até a morte natural que o saudoso Papa João Paulo II criou, através do motu proprio “Vitae Mysterium”, de 11 de fevereiro de 1994, a Pontifícia Academia para a Vida, constituída por insignes especialistas em diferentes áreas, tais como as das ciências biomédicas, direito, sociologia, filosofia e teologia, entre outras. Essa Academia vem, desde então, produzindo, ano após ano, excelentes subsídios que, de forma competente, abordam as delicadas questões referentes à defesa e promoção da vida.A Pontifícia Academia para a Vida, acolhendo a solicitação da Presidência da CNBB, aceitou que pudéssemos realizar este Congresso. Sem dúvida esse evento se constitui em verdadeiro coroamento da Campanha da Fraternidade deste ano, com o lema “Escolhe, pois, a vida” (Dt 30,19).Este é o primeiro Congresso desta natureza, organizado sob os auspícios de uma Conferência Episcopal e da Pontifícia Academia para a Vida. Sua finalidade é buscar estabelecer uma relação mais estreita entre esse importante organismo da Santa Sé, responsável pela reflexão acadêmica sobre as questões da Vida, e a missão pastoral dos bispos e das Igrejas locais.Expresso alegria e gratidão pela benevolência de Mons. Elio Sgreccia, Presidente Emérito da Academia, que acolheu generosamente nosso pedido, permitindo que nosso sonho se tornasse realidade. Quero, também, expressar nosso agradecimento a todos os conferencistas que aceitaram colocar em comum o fruto de seus estudos e reflexões. Sei de seu empenho na busca da verdade e de suas muitas horas de trabalho intelectual que são de grande valia para a construção do Reino do Senhor Jesus.Deus nos ajude para que estes dias de reflexão, estudo, aprofundamento e convivência nos permitam realizar o grande chamado da Conferência de Aparecida para sermos “discípulos e missionários de Jesus Cristo, para que nele nossos povos tenham vida”.O Espírito de Deus, “Senhor que dá a vida”, nos acompanhe nestes dias e nos ilumine sempre a fim de que, com renovado ardor missionário, possamos prosseguir em nossa ação evangelizadora para que “todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).Agradecemos ao Santo Padre Bento XVI a mensagem que nos dirige, transmitindo-nos palavras de estímulo e enviando-nos sua Bênção Apostólica.Sejam bem-vindos ao nosso Congresso!Itaici-Indaiatuba – São Paulo, 25 de novembro de 2008 Dom Geraldo Lyrio Rocha Arcebispo de Mariana Presidente da CNBB

SAIBA COMO AJUDAR OS DESABRIGADOS PELAS CHUVAS EM SC

O arcebispo de Florianópolis, Dom Murilo Krieger, falou na tarde de ontem, sobre a Campanha: "Fui atingido pelas enchentes e me socorrestes", lançada por sua Arquidiocese. Trata-se de uma ação de solidariedade em socorro aos desabrigados por ocasião das chuvas que ocorrem em todo estado desde agosto e que se intensificaram no último domingo. De acordo com a Defesa Civil, até agora, foram registrados 54.039 desalojados e desabrigados, sendo 22.952 desabrigados e 31.087 desalojados. São 79 mortes confirmadas."Neste dia, dedicado à Santa Catarina, Padroeira de Nossa Arquidiocese, de nosso estado, iniciamos esta campanha nos baseando no Evangelho do domingo passado. 'Eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; eu estava nu e me vestistes (...). Todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes'. Qualquer ajuda, portanto, será feita a Jesus. Independente de onde mora, da religião ou da raça, devemos ajudar o necessitado porque vemos nele o rosto de Jesus", assinalou Dom Murilo.Como ajudarRoupas e alimentos não perecíveis podem ser encaminhados às Paróquias da Arquidiocese. Os organizadores solicitam, apenas, que as roupas estejam limpas já que os desabrigados não tem como lavá-las. Devem, ainda, ser colocadas em sacolas com sua identificação do conteúdo, se é para homem ou para mulher e para qual idade são destinadas.Doações em dinheiro podem ser feitas através do Banco do Brasil, Agência 3174-7, CC 17611-7 em nome da Ação Social Arquidiocesana/ Flagelados SC 2008.Ajuda da IgrejaO arcebispo diz que as paróquias, especialmente as próximas às áreas atingidas, abriram suas dependências, seus salões, suas Igrejas, para acolher os desabrigados. "São milhares os acolhidos por nós. Nem sempre temos condições de dar o que os desabrigados necessitam como alimentos e roupa seca. A Defesa Civil não está conseguindo canalizar recursos para estes locais". "A solidariedade da Igreja, do Governo, de órgãos não governamentais tem ajudado a diminuir os sofrimentos", diz Dom Murilo.Dom Murilo pede, além da ajuda material, "solidariedade em forma de oração": "Somos membros de uma mesma família", diz. "As águas já começaram a baixar, a esperança começa a renascer", assinala com tom de esperança. Conteúdo acessível também pelo iPhone - iphone.cancaonova.com

Canção NOva Notícias

ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS MANIFESTA SOLIDARIEDADE ÀS VÍTIMAS DA CHUVA EM SANTA CATARINA

A arquidiocese de Florianópolis (SC) redigiu nota em solidariedade às vítimas da chuva que atinge Santa Catarina desde o fim de semana. Já são 1,5 milhão de pessoas atingidas. Dessas, já se somam 69 mortos. O número foi divulgado hoje pela Defesa Civil do estado. O número de desabrigados já ultrapassa os 53 mil habitantes. Em nota, a arquidicecese pede ajuda em favor dos desabrigados. Veja o texto na íntegra, abaixo.

ARQUIDIOCESE DE FLORIANÓPOLIS ASA (Ação Social Arquidiocesana)

Fui atingido pelas enchentes e me socorreste!Prezados Irmãos e Irmãs, Milhares de pessoas em nosso Estado estão sendo duramente atingidas pelas enchentes, principalmente em nosso litoral e no Vale do Itajaí. Inúmeras famílias choram seus mortos. Não poucas perderam tudo. Sabemos que, quando as águas baixarem, os problemas não só continuarão, como se agravarão. Mais do que nunca, é necessário escutarmos a voz do Senhor, que nos lembrava, domingo passado, na Solenidade de Cristo Rei, como será nosso julgamento: “Eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber... eu estava nu e me vestistes... Todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes” (Mateus 25,35-36.40).
Queremos manifestar nossa solidariedade com as famílias enlutadas. Que sua dor atraia os olhares do Bom Pastor e seja Ele próprio a fortalecê-las. Incentivamos as Paróquias que em suas dependências acolhem milhares de desabrigados a renovarem sua atenção e dedicação em favor dos que sofrem. Pedimos que as Ações Sociais Paroquiais, especialmente as das regiões não afetadas, se unam à ASA – Ação Social Arquidiocesana, na campanha em favor dos desabrigados.
A participação nessa Campanha poderá ser feita levando-se em conta o seguinte: 1ª) Doação de roupas (agasalhos, roupa de cama, roupa de banho etc.). Maneira de doá-las: lave-as, se for o caso, pois os desabrigados não terão condições de fazê-lo; coloque-as numa sacola ou pacote e escreva, por fora: (1) o que há dentro, (2) se é para homem ou mulher, e (3) para que idade servirá. 2ª) Doação de alimentos: não perecíveis. 3ª) Doação em dinheiro: depositar no BANCO DO BRASIL, Agência 3174-7, Conta 17611-7, em nome de Ação Social Arquidiocesana/Flagelados SC 2008. Favor comunicar sua doação por e-mail asa@arquifln.org.br ou por fax: (48) 3224.8776.
O que nos for entregue será repassado pela ASA e pelas Ações Sociais das Paróquias aos necessitados. Locais para a entrega de roupas e alimentos: Secretarias das Paróquias da Arquidiocese de Florianópolis (horário de expediente).
Duração desta Campanha: até o dia 15/12/08.Florianópolis, 25 de novembro de 2008 – Dia de Santa Catarina de Alexandria, Padroeira Arquidiocesana e do Estado de Santa Catarina.

+Dom Murilo S.R. Krieger, scjArcebispo de Florianópolis ePresidente da ASA

FESTEJOS EM HONRA A NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

Terão início, a partir do próximo dia 29, as comemorações em homenagem à Nossa Senhora da Conceição. No Ceará, 36 municípios prestam homenagem à Imaculada. Os festejos religiosos só se encerrarão no dia 8 de dezembro. A população reverencia a santa nos municípios: Amontada, Acaraú, Aracoiaba, Bela Cruz, Cascavel, Caucaia, Deputado Irapuan Pinheiro, Farias Brito, Granjeiro, Guaramiranga, Hidrolândia, Iracema, Ipaumirim, Ipueiras, Itapiúna, Jaguaretama, Limoeiro do Norte, Madalena, Martinópole, Mauriti, Meruoca, Milhã, Moraújo, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palhano, Pentecoste, Pindoretama, Porteiras, Potiretama, Quixeré, Redenção, Sobral, Tururu e Quiterianópolis.
Além dos municípios, alguns distritos também têm Nossa Senhora da Conceição como padroeira. É o caso dos distritos de Guassussê e Palestina, localizados no município de Orós. As duas capelas pertencem à Diocese de Iguatu. Em Palestina, a programação será aberta com hasteamento da bandeira e, até dia 8, prossegue com novenários. No encerramento, nos dois distritos, haverá missa solene e a tradicional procissão pelas principais ruas. Em outro distrito, Várzea da Conceição, em Cedro, durante nove dias serão realizados bingos, rifas, leilões e venda de comidas típicas.

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,12-19

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12“Antes que estas coisas aconteçam, sereis presos e perseguidos; sereis entregues às sinagogas e postos na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. 13Esta será a ocasião em que testemunhareis a vossa fé. 14Fazei o firme propósito de não planejar com antecedência a própria defesa; 15porque eu vos darei palavras tão acertadas, que nenhum dos inimigos vos poderá resistir ou rebater. 16Sereis entregues até mesmo pelos próprios pais, irmãos, parentes e amigos. E eles matarão alguns de vós. 17Todos vos odiarão por causa do meu nome. 18Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça. 19É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!” - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO DO DIA

Lc 21, 12-19

Ganhar a vida eterna significa ser capaz de lutar no dia a dia pelos valores que a caracterizam. Mas os valores que caracterizam a vida eterna são completamente diferentes dos valores que caracterizam a nossa sociedade de hoje, sendo que a conseqüência dessa diferença é o conflito, que é seguido da perseguição, do ódio e, muitas vezes, da morte. Mas quem de fato acredita na vida eterna e a deseja ardentemente para si assume o projeto de Deus e os valores do Reino dos céus e luta constantemente por eles, não temendo a perseguição e desafiando até mesmo a morte, porque sabe que nada o separará da vida e vida em abundância.

SANTO DO DIA - SÃO LEONARDO DE PORTO MAURÍCIO

Lembramos hoje a santidade do sacerdote que pela sua vida e missão, mereceu ser constituído pelo Papa Pio XI, como Patrono dos sacerdotes que, em qualquer parte da terra, se consagram às missões populares Católicas. São Leonardo nasceu em Porto Maurício, perto de Gênova, Itália, em 1676. Aconteceu que Leonardo perdeu muito cedo sua mãe, assim como encontrou cedo sua vocação ao Sacerdócio, por isso ao renunciar-se a si mesmo foi para Roma formar-se. Entrou para a Família Franciscana e com 26 anos já era Padre, sendo assim começou a vivenciar toda a rica do Evangelho e radicalidade típica dos imitadores de Francisco, por isso ocupou posições cada vez maiores no serviço à Ordem, Igreja e de todos. Devoto da Virgem Maria, que lhe salvou a vida num tempo de incurável doença, São Leonardo de Porto Maurício era devotíssimo do Sagrado Coração Jesus na forma da adoração ao Jesus Eucarístico; no exercício da Via-Sacra e amante da pobreza radical e franciscana. Toda a vida, penitências e orações de São Leonardo convergia para salvar almas, pela força pregação e vivência do Evangelho, por isso um mandado pelo Papa testemunhou "que nunca ouvira pregador mais arrebatador". Depois de derramar-se por Deus e pelos outros, São Leonardo de Porto Maurício, não se tornou mártir, como tão desejava, mas deu toda sua vida no dia-a-dia até adoecer e entrar no Céu em 1751 onde hoje está a interceder por nós, chamados a igual santidade.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

ROMA SEDIA ENCONTRO INTERNACIONAL DE JOVENS

Acontece neste final de semana, entre 28 a 30 de novembro, o "Youth Meeting in Rome", um encontro juvenil internacional promovido pela Pontifícia Universidade Regina Apostolorum e pela Universidade Européia de Roma.O objetivo do encontro é fazer com que os jovens se confrontem com temáticas atuais, como o uso dos meios de comunicação, a relação entre ética e economia, bioética e o valor da família, e está aberto aos jovens de 25 a 35 anos de idade do mundo inteiro."Tudo isso, explicam os organizadores, lembrando o apelo de João Paulo II, em prol da construção de uma civilização do amor".

Rádio Vaticano

PAPA MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM CRISTÃOS NO ORIENTE MÉDIO

O Papa Bento XVI manifestou esta segunda-feira, 24, a sua "profunda preocupação" e as suas "orações cotidianas" pelas comunidades do Cáucaso e do Oriente Médio.
"Como não estar seriamente preocupados com as tensões e conflitos que continuam a frustrar todos os esforços de reconciliação e de paz, a todos os níveis da vida civil e política nesta região?", exclamou Bento XVI, que referiu também a tristeza perante "a escalada de perseguição e violência contra os Cristãos em algumas regiões do Oriente Médio e em outras partes do mundo".
"Quando os países envolvidos puderem determinar o seu destino, e os vários grupos étnicos e comunidades religiosas se aceitarem e respeitarem completamente umas às outras, só então se construirá a paz sobre os sólidos alicerces da solidariedade, da justiça e do respeito pelos legítimos direitos dos indivíduos e dos povos", referiu.
O Papa falava no início oficial da visita a Roma do Catholicos de Cilícia dos Armênios, Aram I, acompanhado pelos seus arcebispos, dois bispos e três assistentes. O Patriarca será acolhido também pelo Cardeal Walter Kasper, presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos, Dom Brian Farrell, secretário do mesmo Conselho, e pelo Padre Joseph Antoine Kélékian, Reitor do Colégio Pontifício Armênio de Roma.Encontro com Bento XVI
A visita começou na Basílica de São Pedro, onde Aram I fez uma breve oração junto ao túmulo de João Paulo II e uma parada no Largo São Gregório, o Iluminador, fora da basílica, para uma homenagem a este grande Santo, considerado o apóstolo da Igreja Armênia Apostólica.
Em seguida, Bento XVI recebeu o Catholicos no Palácio Apostólico para uma audiência particular. No discurso que lhe dirigiu, o Papa recordou a anterior visita deste Catholicos de Cilícia dos Armênios, em Janeiro de 1997, a João Paulo II, e os múltiplos contatos desde então mantidos entre a Igreja Católica e a Igreja Apostólica Armênia.
Bento XVI lembrou os muitos santos, teólogos e mártires desta Igreja ao longo dos séculos, "elos de um longo testemunho que culminou no século XX, o qual conheceu um tempo de indescritível sofrimento para o vosso povo".
"A fé e devoção do povo armênio tem sido constantemente apoiada pela memória de muitos mártires que foram dando testemunho do Evangelho ao longo dos séculos. Possa a graça desse testemunho continuar a modelar a cultura da vossa nação, inspirando nos discípulos de Cristo uma ainda maior confiança na fecundidade e potência salvadora da Cruz", desejou.
Bento XVI referiu com apreço a participação da Igreja Apostólica da Armênia no diálogo ecumênico entre as Igrejas Ortodoxas Orientais e a Igreja Católica e exprimiu a esperança de que o trabalho em curso no seio da Comissão Internacional, sobre "a natureza, a constituição e a missão da Igreja" possa dar importantes resultados no diálogo teológico.
Depois do encontro com o Papa e da troca de presentes, teve lugar um momento de oração comum na Capela Redemptoris Mater, do Palácio Apostólico.
Aram I disse que "as Igrejas, as religiões, os Estados devem reconhecer todos os genocídios, incluindo o armênio, e devem comprometer-se na prevenção de qualquer genocídio afirmando os direitos de todos os povos à dignidade, à liberdade e à autodeterminação".

Canção Nova Notícias, com Ecclesia

PARÓQUIA DE SANTA LUZIA, NO MEIRELES, PROMOVE FESTA DA PADROEIRA

A Paróquia de Santa Luzia, no bairro Meireles, promoverá de 3 a 13 de dezembro a festa da padroeira com o tema "Santa Luzia, com seu testemunho, promove e dignifica a vida". A abertura ocorrerá no dia 3, com missa às 18 horas, seguida pelo 13º Abraço à Igreja e o descerramento do Painel de Santa Luzia.
Durante a festa, as missas da semana ocorrerão às 18 horas, seguidas pelas tradicionais quermesses, acompanhadas de atrações artísticas. No dia de Santa Luzia, 13 de dezembro, haverá missas às 6h30min, 8 horas, 10 horas, 12 horas, 15 horas, 17 horas e 19 horas. Após a missa das 17 horas haverá a procissão com início e término na Igreja. Em seguida será celebradada a missa de encerramento que será presidida pelo Arcebispo Dom José Antonio. A programação completa da festa poderá ser acompanhada pelo site da Paróquia, www.santaluzia.org.br

CONGRESSO INTERNACIONAL DA PONTIFÍCIA ACADEMIA PARA A VIDA DISCUTE "PESSOA, CULTURA DA VIDA E CULTURA DA MORTE"

Começa hoje, 25, em Itaici, município de Indaiatuba (SP) o Congresso Internacional sobre “Pessoa, cultura da vida e cultura da morte”. O evento é organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em parceria com a Pontifícia Academia para a Vida (PAV) e tem por objetivo dar continuidade à Campanha da Fraternidade deste ano, que abordou o tema “Fraternidade e Defesa da Vida”.
O presidente emérito da PAV, dom Elio Sgreccia, abre o evento com Aula Magna na tarde desta terça-feira, sobre Fundamentos Antropológicos para a Bioética. Durante os quatro dias do congresso, que se encerrará no dia 28, serão debatidos temas ligados à Bioética como, por exemplo, o uso de células-tronco embrionárias e a eutanásia.
Segundo padre Aníbal Gil Lopes, membro da PAV, o Congresso é uma oportunidade dos bispos, padres e professores de teologia moral e ética se aproximar da discussão acadêmica sobre a fundamentação científica, na perspectiva católica, das grandes questões ligadas à vida.
“Um Congresso como este poderá ser um fator extremamente importante para a disseminação de idéias, argumentos, estudos, subsídios para que a Igreja possa, nos diferentes continentes, fazer face aos desafios que não são localizados como o aborto e a legalização de uma série de situações que atentam contra a dignidade da vida”, diz o padre.

CNBB

EM APARECIDA, NATAL ILUMINADO E INAUGURAÇÃO DA TRIBUNA DOM ALOÍSIO LORSCHEIDER

O Santuário Nacional de Aparecida inaugura, no próximo sábado, 29, a Tribuna dom Aloísio Lorscheider. A estrutura será localizada no Pátio das Palmeiras, num espaço reservado para eventos e acolhida de romarias que visitam o local. A solenidade terá início às 19h, no altar central do Santuário Nacional.
“Com mais esse espaço, o Santuário pretende continuar a acolher bem os romeiros de Nossa Senhora Aparecida”, mencionou o ecônomo do Santuário Nacional, padre Hélcio Testa.
Natal IluminadoAlém da inauguração da Tribuna Dom Aloísio Lorscheider o Santuário Nacional comemora o Natal Iluminado, campanha de iniciativa da Eletrobrás em parceria com a concessionária de energia da região.
A iniciativa acontece desde 2005, em todo o país, e tem como objetivo prestar homenagem aos símbolos de cada região do país, num projeto de solidariedade e confraternização natalina.
No Santuário Nacional, o projeto consiste em instalar milhares de micro-lâmpadas de cristal nas quatro faces da torre da Basílica e iluminar também os contornos da arquitetura do maior Santuário Mariano do Mundo.
De acordo com padre Hélcio o momento tem significado especial. “Para comemorarmos mais esta etapa das obras do Santuário, contaremos com uma linda festa, o Natal de Luz, ocasião em que serão acesas as luzes de Natal que iluminarão a Casa da Mãe Aparecida neste fim de ano”, concluiu

CNBB

REFLEXÃO DO DIA

Lc 21, 5-11

Não podemos por na realidade material o sentido final da nossa vida e a causa da nossa felicidade, pois o mundo material é transitório e só encontra o seu verdadeiro sentido enquanto é relacionado com o definitivo, ou seja, o mundo espiritual, e contribui para que a pessoa encontre nos valores que não são transitórios a causa da sua vida e da sua felicidade. Assim, devemos ser capazes de submeter os valores transitórios aos valores definitivos, pois somente eles podem nos garantir a nossa plena realização.

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,5-11

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.Naquele tempo, 5algumas pessoas comentavam a respeito do Templo que era enfeitado com belas pedras e com ofertas votivas. Jesus disse: 6“Vós admirais estas coisas? Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído”. 7Mas eles perguntaram: “Mestre, quando acontecerá isto? E qual vai ser o sinal de que estas coisas estão para acontecer?” 8Jesus respondeu: “Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: "Sou eu!" E ainda: "O tempo está próximo". Não sigais essa gente! 9Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que estas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim”. 10E Jesus continuou: “Um povo se levantará contra outro povo, um país atacará outro país. 11Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em muitos lugares; acontecerão coisas pavorosas e grandes sinais serão vistos no céu”. - Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

SANTO DO DIA - SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA

Neste dia lembramos a vida da bela e sábia Santa que é inspiradora e protetora de um Estado brasileiro, Santa Catarina. Nascida em Alexandria recebeu uma ótima formação cristã, num tempo em que ser cristão, era ser candidato(a) ao martírio.Conta-se que Santa Catarina de Alexandria apresentou-se em nome de Deus, diante do perseguidor, a fim de protestar os injustos massacres dos cristãos e demonstrar a irracionalidade e inutilidade da idolatria. Como Catarina, conduzida pelo Espírito Santo e com sabedoria, conseguiu demonstrar a beleza do seguimento de Jesus na sua Igreja.O Imperador convocou seus filósofos que além de se contradizerem, curvaram-se para a Verdade e converteram-se ao Cristianismo, isto tudo para a infelicidade do terrível imperador. Mortos os filósofos, por darem testemunho, mais tarde nossa irmã, Santa Catarina foi provada na dor e aprovada por Deus no martírio, onde foi decapitado por volta do ano 305.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

EVANGELHO DO DIA

Lc 21,1-4

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.Naquele tempo, 1Jesus ergueu os olhos e viu pessoas ricas depositando ofertas no tesouro do Templo. 2Viu também uma pobre viúva que depositou duas pequenas moedas. 3Diante disso, ele disse: “Em verdade vos digo que essa pobre viúva ofertou mais do que todos. 4Pois todos eles depositaram, como oferta feita a Deus, aquilo que lhes sobrava. Mas a viúva, na sua pobreza, ofertou tudo quanto tinha para viver”.- Palavra da Salvação. - Glória a vós, Senhor.

SANTO DO DIA - SANTO ANDRÉ E SEUS COMPANHEIROS

Neste dia comemoramos a santidade dos 117 Máritires Vietnamitas que testemunharam seu amor a Cristo, tanto na vida como na morte. O Papa João Paulo II canonizou na verdade alguns, dos muitos ousados na fé, que se encontram entre o período de 1830 até 1870.O Vietnã conheceu a Boa-nova de Jesus Cristo no século XVI, e o acolheu em sua integridade: "Então, entregar-vos-ão à aflição, matar-vos-ão, sereis odiados por todos os pagãos por causa do meu nome...mas quem perseverar até o fim, este será salvo". (Mt 24)Santo André Dung Lac, era de família pobre, reconheceu a riqueza do Dom Sacerdotal e foi ordenado Padre em 1823; em meio as perseguições desejava ardentemente testemunhar Jesus Cristo com o mártirio, pois dizia que "aqueles que morrem pela fé sobem ao céu ". A Igreja Vietnmita também glorifica a Deus pelos testemunhos dos Bispos, Sacerdotes, leigos e dentre estes,é pais e mães de família que mostraram a universalidade do chamado à Santidade com o próprio sangue.

domingo, 23 de novembro de 2008

ROMA SEDIA CELEBRAÇÃO DOS "CEM ANOS A SERVIÇO DA VIDA CONSAGRADA"

Celebrou-se neste sábado, 22, em Roma, o congresso "Cem anos a serviço da Vida Consagrada", promovido pela Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e pelas Sociedades de Vida Apostólica.No centenário de sua instituição, ocorrida em 29 de junho de 1908 sob o título Sacra Congregatio negotiis religiosorum sodalium praeposita, a Congregação define sua história como "um serviço teológico, jurídico e pastoral para a Vida Consagrada, oferecido ao complexo contexto eclesial e cultural do século XX". Na abertura do encontro, no Instituto Agostinanum de Roma, o cardeal prefeito da Congregação, Dom Franc Rodé, proferiu um discurso reafirmando a proximidade, a solicitude e o amor de toda a Igreja aos consagrados e consagradas, para ajudá-los a enfrentar os desafios de hoje, em comunhão com todo o povo de Deus.Na recorrência do centenário, o Dicastério faz votos de uma colaboração sempre mais eficaz com os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, a fim de que a sequela Christi - seguimento de Cristo - seja presente na história: sinal do primado de Deus, caminho de comunhão na Igreja e lugar de anúncio do Evangelho. Conteúdo acessível também pelo iPhone - iphone.cancaonova.com
Canção Nova Notícias

CARDEAL APRESENTA TERCEIRA EDIÇÃO DO MISSAL ROMANO AO PAPA

O Papa Bento XVI recebeu, neste sábado, 22, o prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, Cardeal Francis Arinze. O cardeal nigeriano apresentou ao pontífice a terceira edição do Missal Romano, que contém orações e indicações teológicas, pastorais e espirituais para a celebração da liturgia. Não se trata de uma nova edição, mas pequenos ajustes. Em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, o cardeal falou que a celebração do rito da paz está sendo analisada. O Papa está consultando o episcopado de todo o mundo para saber se convém inserir o rito da paz durante o ofertório. "Muitas vezes, não se compreende o pleno significado desse gesto. As pessoas pensam que é uma ocasião para apertar a mão dos amigos. Na verdade, é uma maneira de dizer para quem está do nosso lado que a paz de Cristo, presente realmente no altar, está também com todos os homens. A mudança de transferir o rito para o ofertório seria uma maneira de criar um clima mais íntimo enquanto nos preparamos para a comunhão", disse o cardeal. Comentando o próximo Sínodo para a África, em 2009, o cardeal nigeriano o definiu como um "evento providencial", porque a África necessita de mais justiça e de paz. "É bom entender que nem tudo vai mal: há sociedades pacíficas e nações democráticas. Mas ainda há demasiada violência entre grupos étnicos, massacres e corrupção. E não podemos fingir que não sabemos de nada."Além de apresentar a nova edição do missal, o cardeal Arinze recebeu as felicitações do Papa pelos seus 50 anos de sacerdócio, que foram celebrados neste sábado, na Basílica de S. Pedro.
Çanção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

PAPA FALA DE JESUS, PASTOR PRONTO PARA CUIDAR DAS OVELHAS PERDIDAS

O Papa Bento XVI recebeu neste sábado, 22, na Sala Paulo VI, no Vaticano, mais de três mil fiéis da arquidiocese italiana de Amalfi–Cava de' Tirreni, presentes em Roma para a peregrinação com as relíquias de seu padroeiro, Santo André, que desde o século IV se encontram na cripta da Catedral de Amalfi. Na vigília da festa de Cristo Rei, o Papa convidou a dirigir o olhar a Jesus, Senhor do universo. "Pastor bom, pronto a cuidar das suas ovelhas dispersas. Ele vai em busca, com paciência, da ovelha perdida e cuida da ovelha doente. Somente n'Ele podemos encontrar a paz que Ele nos conquistou com o seu sangue, carregando sobre Si os pecados do mundo e obtendo para a nós a reconciliação", afirmou.Cristo, Juiz justoCristo é Pastor bom e misericordioso, mas também Juiz justo, que no juízo final vai separar os bons dos malvados. Mas o critério do juízo é decisivo: "Este critério é o amor, a caridade concreta para com o próximo, em especial com os 'pequeninos', com as pessoas que se encontram em dificuldade: famintos, sedentos, estrangeiros, despidos, doentes, encarcerados. O rei declara solenemente a todos aquilo que fizeram ou não fizeram com eles, aquilo que fizeram ou não fizeram a Ele mesmo. Isto é, Cristo se identifica com os seus 'irmãos menores', e o juízo final consistirá em prestar contas do que aconteceu na vida terrena"."E é isso que interessa a Deus", disse o Papa. "Ele não se importa com a realeza histórica, mas quer reinar no coração das pessoas e, a partir daí, sobre o mundo. Ele é rei de todo o universo, mas o ponto crítico, o lugar onde o seu reinado corre perigo é o nosso coração, porque ali Deus se encontra com a nossa liberdade", acrescentou.Optar pela 'via do amor'"Nós, e somente nós, podemos impedí-Lo de reinar sobre nós mesmos e, portanto, podemos ser um obstáculo para a sua realeza no mundo: na família, na sociedade, na história. Nós, homens e mulheres, temos a faculdade de escolher com quem queremos nos aliar: se com Cristo e com os seus anjos, ou com o diabo e os seus adeptos, para usar a mesma linguagem do Evangelho. Cabe a nós decidir se praticar a justiça ou a injustiça, se abraçar o amor e o perdão ou a vingança e o ódio homicida. Disso depende a nossa salvação pessoal, mas também a salvação do mundo", considerou o Santo Padre.Bento XVI conclui seu pronunciamento, afirmando que "Jesus quer associar-nos à sua realeza e que Ele nos convida a colaborar para o advento do seu Reino de amor, de justiça e de paz": "Cabe a nós responder a Jesus não com as palavras, mas com os fatos. Escolhendo a via do amor pelo próximo, nós permitimos que Ele estenda o seu poder no tempo e no espaço".Conteúdo acessível também pelo iPhone - iphone.cancaonova.com

Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

PAPA FALA DE JESUS, PASTOR PRONTO PARA CUIDAR DAS OVELHAS PERDIDAS

O Papa Bento XVI recebeu neste sábado, 22, na Sala Paulo VI, no Vaticano, mais de três mil fiéis da arquidiocese italiana de Amalfi–Cava de' Tirreni, presentes em Roma para a peregrinação com as relíquias de seu padroeiro, Santo André, que desde o século IV se encontram na cripta da Catedral de Amalfi. Na vigília da festa de Cristo Rei, o Papa convidou a dirigir o olhar a Jesus, Senhor do universo. "Pastor bom, pronto a cuidar das suas ovelhas dispersas. Ele vai em busca, com paciência, da ovelha perdida e cuida da ovelha doente. Somente n'Ele podemos encontrar a paz que Ele nos conquistou com o seu sangue, carregando sobre Si os pecados do mundo e obtendo para a nós a reconciliação", afirmou.Cristo, Juiz justoCristo é Pastor bom e misericordioso, mas também Juiz justo, que no juízo final vai separar os bons dos malvados. Mas o critério do juízo é decisivo: "Este critério é o amor, a caridade concreta para com o próximo, em especial com os 'pequeninos', com as pessoas que se encontram em dificuldade: famintos, sedentos, estrangeiros, despidos, doentes, encarcerados. O rei declara solenemente a todos aquilo que fizeram ou não fizeram com eles, aquilo que fizeram ou não fizeram a Ele mesmo. Isto é, Cristo se identifica com os seus 'irmãos menores', e o juízo final consistirá em prestar contas do que aconteceu na vida terrena"."E é isso que interessa a Deus", disse o Papa. "Ele não se importa com a realeza histórica, mas quer reinar no coração das pessoas e, a partir daí, sobre o mundo. Ele é rei de todo o universo, mas o ponto crítico, o lugar onde o seu reinado corre perigo é o nosso coração, porque ali Deus se encontra com a nossa liberdade", acrescentou.Optar pela 'via do amor'"Nós, e somente nós, podemos impedí-Lo de reinar sobre nós mesmos e, portanto, podemos ser um obstáculo para a sua realeza no mundo: na família, na sociedade, na história. Nós, homens e mulheres, temos a faculdade de escolher com quem queremos nos aliar: se com Cristo e com os seus anjos, ou com o diabo e os seus adeptos, para usar a mesma linguagem do Evangelho. Cabe a nós decidir se praticar a justiça ou a injustiça, se abraçar o amor e o perdão ou a vingança e o ódio homicida. Disso depende a nossa salvação pessoal, mas também a salvação do mundo", considerou o Santo Padre.Bento XVI conclui seu pronunciamento, afirmando que "Jesus quer associar-nos à sua realeza e que Ele nos convida a colaborar para o advento do seu Reino de amor, de justiça e de paz": "Cabe a nós responder a Jesus não com as palavras, mas com os fatos. Escolhendo a via do amor pelo próximo, nós permitimos que Ele estenda o seu poder no tempo e no espaço".Conteúdo acessível também pelo iPhone - iphone.cancaonova.com

Canção Nova Notícias, com Rádio Vaticano

DIA 28, DOM JOSÉ ANTONIO ORDENA 12 NOVOS PADRES

No dia 28, às 18h30, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, serão ordenados presbíteros por dom José Antonio, Arcebispo de Fortaleza, 12 diáconos, todos incardinados à Arquidiocese. Vejam os nomes dos novos padres, onde fizeram o Ministério Diaconal, o local e a data da 1ª Missa.

1 - Ailton Costa e Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de N. S. da Conceição, no Conjunto Ceará. 1º Missa na Paróquia de Cascavel, em 01/12, às 19 horas.

2 - Antonio Carlos Tamboril Moreira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de São Luis Gonzaga em Pitombeiras. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo do Amarante, em 2/12, às 19 horas.

3 - Antonio Nazareno da Graça Albuquerque. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Nossa Senhora da Palma, em Baturité. 1ª missa na Paróquia de Guaiúba, em 29/11, às 17 horas.

4 - Carlos Antonio Costa Magalhães. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Cecília no Bom Jardim. 1ª missa na Paróquia do Bom Jardim, em 30/11, às 19 horas.

5 - Denis Acácio de Araújo. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Chorozinho. 1ª missa na Paróquia Nossa Senhora da Palma, em Baturité no dia 30/11, às 19 horas.

6 - Evando Alves de Andrade. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Santo Antonio, em Caridade. 1º missa na Paróquia de São Gonçalo, em 29/11, às 19 horas.

7 - Francisco Bruno Xavier da Silva. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Jesus, Maria e José, em Guaiúba. 1ª missa no conjunto José Walter, no dia 29/11, às 19h30.

8 - Guilherme Gome s da Silva Neto. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Sagrada Família, em Ocara. 1ª missa em Barreira no dia 5/12, às 19 horas.

9 - Júlio César Pereira de Pontes. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia Senhora Sant’ana em Paramoti. 1ª missa em Pacajus, no dia 3/12, às 19 horas.

10 - Marcelo Silva Holanda. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São Miguel Arcanjo em Itapebussu. 1ª missa em Baturité, no dia 30/11, às 10 horas.

11 - Marcílio Jerônimo Pereira. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia São João do Aruaru, em Aruaru. 1ª missa em Guanacés no dia 29/ 11, às 19 horas.

12 - Raimundo Ednaldo Castro dos Santos. Exercício do Ministério Diaconal na Paróquia de Cascavel. 1º missa na Paróquia de Itapebussu, em 06/12, às 19 horas.


Aos neo-ordenandos os parabéns e as preces de todos os que fazem a Igreja de Fortaleza. Deus lhes conceda saúde e graça, hoje e sempre.

Pascom da Arquidiocese de Fortaleza

COMUNIDADE CAMINHANDO COM MARIA REALIZA FESTA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

A Comunidade Caminhando com Maria da Paróquia São José, na Lagoa Redonda, em Fortaleza, está realizando a festa em homenagem a sua padroeira Nossa Senhora das Graças, desde o dia 19, com término programado para o dia 27. Tema: “A exemplo de Maria sejamos discípulos e missionários de Jesus Cristo”. Durante os festejos as atividades estão sendo iniciadas às 18 horas: terço mariano, novena, missa e convívio fraterno. A celebração de hoje, será presidida por Dom José Luís Ferreira Salles, bispo auxiliar de Fortaleza. No dia 27, após a missa haverá a coroação de Nossa Senhora. O endereço da igreja é Travessa Dr. Airton Junior,11. Mais informações com Renato ou Cléa (85) 3476.8904.