domingo, 31 de agosto de 2008

FALECEU O PADRE JESSÉ

Faleceu, às 16 horas de hoje, no Dispensário dos Pobres, à Avenida da Universidade, 3106, o padre Jessé Oliveira. Ele foi professor do Seminário da Praínha e da Faculdade de Filosofia, anexa ao Colégio (Marista) Cearense, no Centro de Fortaleza. Tanto no Seminário como na Faculdade ensinava grego e latim.
O padre Jessé, como era conhecido, ordenou-se no Seminário da Praínha e, antes de adoecer, celebrava nas Missionárias, na Avenida Rui Barbosa. O corpo está sendo velado no Dispensário dos Pobres, a Missa de corpo presente será às 9h30min e, em seguida, sepultamento. Maiores informações pelo telefone (85) 3281.4139

É PRECISO COMUNGAR JESUS NA PALAVRA TAMBÉM


Temos que aprender a comungar Jesus na Palavra em nossas vidas, porque você pode tê-la a qualquer momento próxima a você, seja no meio da noite ou em qualquer outra hora, e em qualquer lugar. Quantas pessoas já vi serem reanimadas depois de o coração ter parado de bater, e voltaram à vida. É isso que Jesus-Palavra quer dizer, Jesus pode e quer reanimar você. Todos nós que estamos sedentos, devemos ir às nascentes das águas. Só quem é o caminho, a verdade e a vida pode animar aqueles que se tornaram como que cadáveres ambulantes.O Senhor vem dizer aos que estão desanimados: “Prestai atenção, vinde a mim e vossa alma viverá”. A Palavra de Deus diz que um morto pode ressuscitar, e eu pergunto a você: Há quanto tempo você está com a sua alma morta? Os homens vêem a aparência, mas Deus vê o coração. “Jovem, levanta-te!” É uma palavra de ordem que está sendo proclamada. Seja qual for o estado do seu desânimo, Deus vem para refazer a sua história com a Sua Palavra criadora. Nós brasileiros somos emocionais, por isso muito do que passamos acaba sendo fatal, você pode até sentir, mas você não é seus sentimentos. Se você se sente a morte, você não é a morte. Separe a sua vida do problema que você está enfrentando, a sua emoção é sua emoção, mas ela não é você. A sua emoção está aí para defendê-lo, mas, infelizmente, nós fazemos o contrário: nos deixamos ser levados pelos sentimentos. Você não é os seus sentimentos, suas emoções. Você não é o seu problema. Lembre-se: Tudo passa, a paciência, como diz santa Teresa, tudo alcança, a quem tem Deus nada falta, só Deus basta.

Seu irmão,Monsenhor Jonas Abib

BLOG ULTRAPASSA A 60 MIL ACESSOS

O Blog da Sagrada Família acaba de ultrapassar a 60 mil acessos, ou seja, uma média de 5 mil por mês. Hoje, são 10 mil acessos mensais e está entre 400 e 500 acessos diários. Para alcançar esses números, resolvemos, durante a semana, de segunda à sexta-feira postar as notícias da nossa Igreja Católica, às 4 horas da madrugada, quando muitos já estão acordando.
Quando estão faltando apenas cinco dias para o Blog completar um ano, foram postas em 2007, ou melhor, de setembro a dezembro, 825 notícias e em 2008, duas mil, 268, assim distribuídas: em janeiro, 274; fevereiro, 307; março, 301; abril, 379; maio, 337; junho, 318 e julho, 352.
Aproveitamos para agradecer a todos que acessam o nosso Blog e esperamos continuar com a colaboração de todos, para que os fiéis católicos tomem conhecimento do que se passa na nossa Igreja Católica. Muito obrigado a todos e divulguem o nosso trabalho.

MOVIMENTO CONTRA A CORRUPÇÃO ELEITORAL JÁ TEM 114 MIL ASSINATURAS

O primeiro balanço oficial do Movimento Contra a Corrupção Eleitoral (MCCE) indica que 114.302 pessoas já assinaram o Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a Vida Pregressa dos Candidatos, que introduz novos critérios para permitir candidaturas de políticos e propõe alterações no texto da Lei Complementar nº 64/90, a chamada Lei de Inelegibilidades. O Movimento precisa de 1,3 milhão de assinaturas, o equivalente a 1% do eleitorado brasileiro, para poder enviar o projeto de lei ao Congresso, na tentativa de impedir a candidatura dos chamados "fichas-sujas". Com o objetivo de angariar adesões, o movimento vai realizar a 1ª Mobilização Nacional para coleta de assinaturas durante a Semana da Pátria, de 1º a 7 de setembro, na qual serão instalados pontos de coleta em Estados e municípios brasileiros. No dia 1º de setembro, o cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, a Comissão de Justiça e Paz de São Paulo e o Comitê Estadual promovem reunião para enfatizar a adesão da Arquidiocese à campanha. A 1ª Mobilização Nacional, no Estado de São Paulo, conta também com o apoio da OAB-SP, Movimento dos Promotores Democráticos, PUC-SP, Associação para o Desenvolvimento da Intercomunicação - A.D.I., Movimento Voto Consciente e Policidadania, entre outras organizações.
Agência Estado

FREI ELIAS VELLA EM FORTALEZA

O frei Elias Vella, autor de inúmero livros sobre exorcismo, como “O diabo e o exorcismo”, “O Anticristo – Quem é e como age” e mais “Amar é vive”, “A Cura através do Amor” e “O Espírito Santo, vida da Igreja”, estará em Fortaleza de 26 a 28 de setembro, para pregar para os católicos cearenses no Ginásio do Colégio Marista, no Centro da cidade. Trata-se de uma promoção da Comunidade Católica Canção Nova. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (85) 3268.4080.
A propósito de Canção Nova, os seus coordenadores de Fortaleza, Lara e César acabam de ser transferidos para São Paulo, para onde viajam esta semana.

ICRE PROMOVE ESTUDO SOBRE PADRE CÍCERO E BEATA MARIA DE ARAÚJO

O Instituto de Ciências Religiosas, conhecido como Icre, realizará de 26 a 28 de janeiro, estudos sobre milagre, martírio, protagonismo da tradição religiosa popular de Juazeiro, padre Cícero, beata Maria de Araújo, Romeiros e as Romarias. O evento está programado para o Seminário da Praínha, à Rua Tenente Benévolo, 201, no Centro de Fortaleza. Mais informações pelo telefone (85) 3219.0144.

ECC DA PAZ PROMOVE ENCONTRO EM OUTUBRO

Os “cinco” da Paróquia da Paz organizaram, para o período de 17 a 19 de outubro, mais uma edição do Encontro de Casais com Cristo, que terá como tema “Vida e União”. As inscrições já estão abertas para os interessados.
Para angariar recursos para a realização desse encontro, os cinco estão promovendo todos os sábados, depois da missa das 18 horas, uma confraternização, com os presentes podendo degustar comidas típicas e refrigerantes. Mais informações pelos telefones (85) 3224.2398 e 9911.0075, com o casal Fátima e Marcelo Brasil.

CARTA DO DIA DO CATEQUISTA

Caríssimos e Caríssimas Catequistas:
PAZ E BEM!

'Nosso coração arde quando ele fala, explica as Escrituras e parte o pão"
(cf. Lc 24,32.35)

Ao celebrar o Dia do Catequista, de modo especial, neste ano, em que estamos envolvidos com os preparativos para o ANO CATEQUÉTICO, o nosso ser e nosso agir ficam impregnados de muitas expectativas, expressa numa prece de Louvor e Gratidão ao Senhor que conduz a história do nosso povo de uma forma silenciosa, discreta e eficaz, enfim, ELE PERMANECE NO MEIO DE NÓS.
Que o Senhor permaneça conosco e nos faça discípulos missionários, capazes de escutá-lo e enxergá-lo no dia-a-dia da missão, tornando a catequese num verdadeiro caminho para o discipulado.
Que o Senhor permaneça na vida de cada CATEQUISTA cuja missão é nutrir e manter acesa a chama da esperança e da fé, para que o:

"ENCANTO do encontro com o Mestre não se transforme em DESENCANTO e o abrasar do coração se transforme em ação, no cuidado e na defesa da vida".
Que o Senhor permaneça em cada atitude, em cada gesto, em cada olhar, em cada toque, para que o 'ECO" da Boa-Nova chegue aos corações e desperte a canção da paz, da misericórdia, da reconciliação e no ritmo do amor que rompe fronteiras, todos possam dançar a ciranda da solidariedade, da inclusão e da justiça.
Que o Senhor permaneça nas famílias, nas comunidades, na Igreja-Comunhão, espaço privilegiado da partilha, onde todos se sentem família, membros de um só CORPO, por que reconhecem o Cristo PARTIDO E REPARTIDO não somente na Eucaristia mas NA VIDA DOS IRMÃOS E IRMÃS.

Que o Senhor permaneça conosco iluminando todos os projetos, sonhos e iniciativas do ANO CATEQUÉTICO, como os demais eventos da caminhada eclesial: o ANO PAULINO (junho 2008 a junho 2009), o SÍNODO DOS BISPOS (outubro 2008) e a 3ª SEMANA BRASILEIRA DE CATEQUESE (07 a 11 de outubro de 2009).
CATEQUISTA, que o Senhor permaneça na sua vida, na sua missão, PARABÉNS, OBRIGADO, QUE DEUS LHE PAGUE, por tanta generosidade, doação e fidelidade. Continue firme no caminho do discipulado, com a certeza de que 'ELE CAMINHA AO NOSSO LADO", a nossa profunda comunhão e gratidão.
Dom Eugênio Rixen
Presidente da Comissão Episcopal para Animação Bíblico-Catequética

REFLETINDO SOBRE O EVANGELHO


Vigésimo Segundo domingo do Tempo Comum

No Evangelho de hoje ( Mateus 16, 21-27 ), percebemos três partes, nas quais Jesus: a) anuncia a seus discípulos sua paixão, morte e ressurreição com a conseqüente reação negativa de Pedro; b) expõe as condições do seguimento; c) prediz a vinda gloriosa do Filho do homem.
Neste Evangelho, vemos claramente que Jesus rechaça energicamente a insinuação de Pedro: "afaste-se de mim, Satanás! Você está sendo uma pedra de tropeço no meu caminho, porque seu medo de pensar não é o de Deus, mas o dos homens". E acrescenta: se alguém me quiser seguir, renuncie a si mesmo, carregue a sua cruz e me siga. Aquele que quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas quem perder a vida por causa de mim, há de encontrá-la. Estas são as condições de Jesus para quem quer ser seu discípulo. Tais exigências requerem uma opção totalizante pelo Reino de Deus, como fez o próprio Cristo, e, antes dele, os profetas, e como haverá de repeti-la o seguidor de Jesus.
Jesus aponta as condições para o seguir. Tomar a cruz é seguir o caminho que Jesus procura dar à vida pelos nossos ideais, enfrentar, se necessário for, até a perseguição e a morte para permanecer fiel ao Evangelho. Deus atrai-nos, seduz-nos para seu seguimento, mas não como promessas falsas. Ele exige o sofrimento de fidelidade, a cruz do amor oferecida pelos irmãos. O homem moderno, qual criança mimada no capricho e na abundância, não aprecia valores do espírito como renúncia e ascese. Mas assume a cruz e pratica a abnegação, como condições de seguimento de Jesus, que não é atentado à personalidade, mas libertação do nosso eu egoísta e mesquinho para abrir-se ao autodomínio e à entrega aos outros. Isto nos possibilita uma maior maturidade e plenitude humana.
No Evangelho refletido hoje, Jesus usa a dialética da vida temporal e da vida eterna. O ideal cristão não defende a separação de uma e de outra. Somos chamados a viver os compromissos humanos sem esquecer a sua relação com Deus. Somos conscientes de que, ao partir deste mundo, só levaremos a riqueza espiritual que tivemos conquistado pela perseverança no amor e pela prática generosa do bem. Não é correto fazer o bem para acumular merecimentos e ganhar em troca a vida eterna. O certo é fazer o bem e amar, motivados unicamente pelo amor a Deus. Vivamos em harmonia com a vontade divina, motivados sempre pelo amor que deve ser a força que ajuda a percorrer o caminho do Senhor. Lutemos, trabalhemos para ter os bens necessários para nossa vida, mas coloquemos em primeiro lugar a conquista dos bens espirituais que Deus põe ao nosso alcance. Os bens materiais devem ser um meio para conquistar os bens espirituais.
Neste domingo do seguimento a Jesus, peçamos ao Senhor para que sejamos sempre fiéis ao seu amor, ao seu ensinamento e ao anúncio de sua boa nova. Um feliz domingo a todos!

Pe. Neto
Pároco de São Vicente de Paulo

COMEÇA HOJE A FESTA DO SENHOR DO BONFIM, NO MONTE CASTELO

A Paróquia Senhor do Bonfim, no bairro Monte Castelo, em Fortaleza, realiza de hoje, a partir das 19 horas, até o dia 14 de setembro, a grande festa de seu padroeiro, com uma Semana Paulina e uma Semana Missionária, destacando a Visita da Imagem peregrina de São Paulo, o Grito dos Excluídos Paroquial e a Caminhada pela Vida.
De 1º a 5 de setembro, das 19 horas às 20h30min, a Semana Paulina em todos os núcleos, capelas, grupos, praças, casas, condomínios, quarteirões com o Estudo Bíblico sobre a Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios, com o tema: “A Caridade sustenta a Comunidade”. Na sexta-feira, 5 de setembro, às 19 horas, na Igreja Matriz, haverá um encontro de todos os grupos que estudaram São Paulo para uma Grande Celebração, com a presença das Irmãs Paulinas e representantes da Paulus. Nessa ocasião acontecerá à chegada da Imagem Peregrina de São Paulo.
No dia 6 de setembro, às 19 horas, haverá a abertura da Semana Missionária, na Igreja Matriz; no dia 7, às 17 horas, o Grito dos Excluídos Paroquial, na Praça João Pontes, com testemunhos, celebração eucarística e show musical. Do dia 8 ao dia 13, todas as noites às 19 horas, haverá missa, com um tema para reflexão, concelebrada por padres convidados e animada pelos diversos grupos da Paróquia. Depois da celebração haverá a parte social com barracão, música e atrações bem diversificadas. A Paróquia Senhor do Bonfim fica na Rua Pe. Anchieta, nº 400, Monte Castelo. Tel. 3243 4740.

A PARÓQUIA DE SÃO PIO X REALIZANDO FESTA EM HONRA AO SEU PADROEIRO


Padre Jackson, chanceler da Cúria, é o pregador de hoje


A Paróquia de São Pio X está realizando a festa em honra ao seu padroeiro desde o dia 28 de agosto e encerrará no dia 7 de setembro. O tema do novenário é “Seguimos, com São Pio X, os passos de São Paulo apóstolo”. Os festejos estão animados, tanto social como liturgicamente.
Em todas as noites, a missa está começando ás 19 horas, com a presidência de um padre convidado que prega sobre um tema próprio para cada noite. O tema de hoje é “Comunidade”, tendo como pregador o padre Jackson, chanceler da Cúria

ICRE DARÁ INICIO EM SETEMBRO A ESPECIALIZAÇÃO EM PESQUISA E ASSESSORIA BÍBLICA

O Instituto de Ciências Religiosas - ICRE em parceria com o CEBI-CE, dará início no dia 15 de setembro, a Especialização em Pesquisa e Assessoria Bíblica. As aulas acontecerão às quartas e sexta-feiras das 18h30min às 21h45min, no ICRE. Mais informações: (85) 3219 0144, com Patrícia.

O 4º. TOCA FORT, NO GINÁSIO PAULO SARASATE, COM O PADRE ROBERTO LETIERE

Acontecerá no ginásio Paulo Sarasate, dia 14 de setembro, a partir das 8 horas, com a presença do padre Roberto Letiere, o 4º. Toca Fort. O evento, que é promovido pela Fraternidade Toca de Assis, terá como tema “Viemos Adorá-lo no Altar e no Altar do Coração Amigo”. A Toca está pedindo doações de leite ou óleo. Maiores informações pelo telefone (85) 3232.5924.

EM SETEMBRO, O IV CONGRESSO DE CURA PARA JOVENS DE ZERO A 150 ANOS

A capela de Nossa Senhora de Loreto, no bairro Aerolândia, realizará, de 12 a 13, no Ginásio Coberto do Colégio Jenny Gomes, defronte a Base Aérea de Fortaleza, na Avenida Borges de Melo, o IV Congresso de Cura para Jovens, de zero a 150 anos. Horário: nos dias 13 e 14, das 8 às 18 horas e a abertura, no dia 12, sexta-feira, às 18h30min, com uma celebração eucarística e em seguida, a palestra inaugural. O tema será “Em busca do sentido da vida: Eu vim para que todos tenham vida, e vida plena (João 10,10). Pregadores: Padre Gleuson, do Rio de Janeiro (Cura e Libertação), que lançará também o seu CD “Viverás em Mim”, a psicóloga/logoterapêuta Roseana Barone, de São Paulo e a psicóloga/terapeuta Daniele Cajazeira, consagrada da Comunidade Católica Shalom. Maiores informações podem ser obtidas pelos telefones (85) 3216-3119/8756-3534/8628-6334/8756-3527

SANTO DO DIA - SÃO RAIMUNDO NONATO

Hoje, celebramos a vida do santo que se tornou modelo para todo vocacionado à santidade e ao resgate das Almas. Por ter encontrado dificuldades para vir à luz, é invocado como patrono e protetor das parturientes e das parteiras. São Raimundo Nonato nasceu na Espanha, em Portell, perto de Barcelona no ano de 1200, numa nobre família.Desde jovem, Raimundo Nonato percebeu sua inclinação à vida religiosa. Seu pai buscou, sem êxito, impedi-lo de co-responder ao chamado vocacional. Ao entrar para a Ordem de Nossa Senhora das Mercês, pôde receber do fundador: São Pedro Nolasco, o hábito. Assim, tornou-se exemplo e ardor de resgatar das mãos dos mouros, os cristãos feito escravos. Certa vez, São Raimundo conseguiu liderar uma missão que libertou 150 cristãos, porém, quando na Argélia acabaram-se os recursos para o salvamento daqueles que corriam o risco de perderem a vida e a fé, o Missionário e Sacerdote Raimundo, entregou-se no lugar de um dos cristãos. Na prisão, Raimundo pregava para os muçulmanos e cristãos, com tanta Unção que começou a convertê-los e desse modo sofreu muito, pois chegaram ao extremo de perfurarem os seus lábios com um ferro quente, fechando-os com um cadeado. Foi mais tarde libertado da prisão. São Raimundo Nonato, morreu em 1240. Não agüentou atingir Roma onde o Papa Gregório lhe queria como Cardeal e conselheiro.

São Raimundo Nonato, rogai por nós!

sábado, 30 de agosto de 2008

MAIS DE 300 MIL FIÉIS CATÓLICOS NA MISSA E NO SHOW DO PADRE REGINALDO MANZOTTI
















De acordo com a informação dos organizadores do evento, mais de 300 mil fiéis católicos estiveram nesta tarde-noite no Aterro da Praia de Iracema, para participar da celebração eucarística e assistir ao show do padre Reginaldo Manzotti.
Os fiéis católicos começaram a chegar ao aterro da Praia de Iracema muito antes do meio dia e tomaram conta da área compreendida entre o restaurante Tia Nair e a Avenida Rui Barbosa, com um palanque montado em frente ao Ideal Clube, Ninguém reclamou do calor e tampouco do desconforto. Muitos levaram cadeiras e bancos, para uma melhor acomodação, e muitos com caixa e garrafas térmicas e isopor, com refrigerante e água e outros sanduíches.
A partir das 15 horas, cantores católicos, com banda cantavam músicas não só do padre Reginaldo Manzotti, como de outros cantores, animando aos presentes, que vibraram quando um helicóptero sobrevoou o local, com todos pensando tratar-se da estrela maior do show.
Exatamente, às 17 horas, como estava programado, o padre Reginaldo Manzotti entrou no palco dizendo, com a voz bem forte “boa tarde, povo de Fortaleza”, com todos chegando ao delírio. E mais tarde, ele disse que estava ali evangelizando e “se não fosse por isso, eu estaria com o meu pai”. O pai dele está adoentado há vários dias. E com o canto “Espírito Santo repousa sobre nós”, foi iniciada a missa. Na sua homília, o padre Reginaldo Manzotti convocou aos que se encontravam ali para votar de acordo com a “sua consciência de Filho de Deus”.
E mais uma vez, como está acontecendo nos grandes eventos da Igreja Católica, muitos dos candidatos distribuindo santinhos, com a cara deles e de Nossa Senhora, quando não era a “Mãe de Deus”, uma oração.
Depois da Missa, o padre Reginaldo Manzotti voltou para o palco para um show, cantando as músicas dos seus CDs, como “A Tempestade vai passar”, com jovens, idosos e crianças, todos, sem exceção, cantando suas músicas.
O padre Orsini Nuvens Linard, diretor-presidente da Rádio Bom Bosco e pároco da Igreja da Piedade funcionou como animador da celebração eucarística e do show. Ele aproveitou para perguntar se gostariam que o padre Reginaldo Manzotti voltasse a Fortaleza no próximo ano e todos responderam afirmativamente.
Amanhã, o padre Reginaldo Manzotti embarca para Sergipe, onde se apresenta à noite.

PADRE REGIONAL MANZOTTI CELEBRA MISSA NO ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA

O padre Reginaldo Manzotti, o mais novo fenômeno da comunicação e evangelização da Igreja Católica celebra hoje, a partir das 16 horas, no aterro da Praia de Iracema, missa para um público de mais de 150 mil pessoas, é o que prevê os organizadores da celebração eucarística.
Reginaldo Manzotti, para quem ainda não sabe, é um sacerdote de grande carisma e profundo ardor missionário. Exerce seus serviços pastorais em Curitiba, de onde realiza o seu programa diário para 210 emissoras de rádio, com o seu programa “Evangelizar é Preciso”, transmitido aqui em Fortaleza pela Rádio Dom Bosco FM 96,1, no horário das 10 às 11 horas, da manhã.
Dentro da celebração eucarística, o padre Reginaldo Manzotti cantará algumas músicas dos seus CD’s, especialmente “Deus é presença real”, música bastante executada pelas rádios católicas de todo o País. Ele acaba de lançar outro CD, “A Tempestade”, que veio em resposta a tantas angustias e sofrimentos que o povo passa no seu dia-a-dia” .

PROCISSÃO INICIA FESTA DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE


Jesus e Maria: na Avenida Beira-Mar, milhares de fiéis se reuniram para reverenciar o encontro das imagens de Nossa Senhora da Saúde e Jesus Cristo (Foto: Tuno Vieira)


Crianças vestidas de branco ou caracterizadas de anjo fizeram o percurso para pagar promessas e pedir graçasO encontro da Virgem Maria com Jesus Cristo foi representado, ontem, na Avenida Beira-Mar, durante a procissão de Nossa Senhora da Saúde. O evento abriu as festas do novenário dedicado à santa, que prossegue até o dia 8 de setembro. No início da noite de ontem, milhares de pessoas se reuniram, em frente ao Náutico Atlético Cearense, para reverenciar o encontro das imagens da Virgem e de Jesus.Como acontece todos os anos, desde a década de 30 do século passado, uma parte dos fiéis sai da Igreja de Nossa Senhora da Saúde, no bairro Mucuripe, acompanhando a imagem do Filho de Maria. Ao mesmo tempo, outra parte dos fiéis saem da Paróquia de Santa Luzia, no Meireles, conduzindo a imagem da Virgem.De acordo com o padre Alderi Leite Araújo, pároco da Igreja da Saúde, a força que move os devotos da santa na caminhada é a fé em Deus, e a esperança de dias melhores. “Todos nós, reunidos aqui nesse momento de glória, acreditamos numa sociedade mais justa, solidária e fraterna. Seguimos as imagens para reverenciar a Virgem Maria e Jesus Cristo, que nos deu o maior exemplo de justiça e perdão”, explicou o padre.Em seu terceiro ano à frente das comemorações em homenagem à padroeira do Mucuripe, o pároco destaca, nessa edição do novenário, a maneira como os fiéis podem perceber a presença de Jesus e entender o sentido de comunidade. Sobre o encontro das imagens, o padre afirmou: “É uma mensagem de Maria para seguirmos tudo o que Jesus pregou”.A procissão seguiu pela Avenida Beira-Mar, já com as imagens juntas, até a paróquia de Nossa Senhora da Saúde. No caminho, muita oração, rezas e cantos de adoração à santa.No percurso havia um grande número de crianças, quase todas vestidas de branco ou caracterizadas de anjo. “Fazemos isso para pagar promessas após as graças alcançadas. Normalmente, pedimos saúde para nossos filhos ou netos”, destacou a cozinheira Maria do Socorro de Souza, 62 anos.Após a procissão, os fiéis foram recepcionados na paróquia, onde o padre Alderi Araújo celebrou a primeira missa do novenário. Até o próximo dia 8, sempre às 19h, serão celebradas missas em homenagem a Nossa Senhora da Saúde. Todas as noites, também haverá confraternizações no pátio interno da paróquia, com barracas de comidas típicas, além de parque de diversões.
Fonte Diário do Nordeste -Guto Castro Neto, Repórter

500 MIL FIÉIS DEVEM PARTICIPAR DA ROMARIA DA "MÃE DAS DORES", EM JUÀZEIRO

Todos os dias serão realizados devocionário e louvores, missas, confissões e caminhadas com os fiéis pelas principais ruas de Juazeiro do Norte (Foto: Elizângela Santos)
A elevação de Santuário Diocesano à Basílica Menor será um dos grandes momentos marcados para o eventoJuazeiro do Norte. Começa amanhã, com uma grande carreta saindo da Matriz e percorrendo as principais ruas do Centro de Juazeiro do Norte, às 8 horas, uma das maiores romarias do ano, a de Nossa Senhora das Dores, padroeira do município, carinhosamente chamada pelos fiéis de “Mãe das Dores”. Este ano, em virtude do período eleitoral, estima-se a participação até o dia 15, dia da grande festa, de cerca de meio milhão de pessoas. O evento abre o calendário das grandes romarias. A elevação de Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Dores à Basílica Menor, a segunda no Estado do Ceará, será um dos grandes momentos deste ano.A Procissão das Bandeiras acontece no final da tarde, saindo da Rua do Horto. É um ato tradicional, em que os fiéis percorrem a pé o trajeto do Horto até o Santuário Diocesano. Às 18h30 está previsto o hasteamento das bandeiras.A missa de abertura, às 19 horas, será presidida pelo padre Paulo Lemos. Todo um trabalho de organização para início do calendário das grandes romarias começou no final de julho. A meta é poder dar um suporte maior no atendimento aos visitantes.Os serviços de saúde e segurança, conforme o secretário de Turismo e Romaria, Felipe Figueiredo, serão ampliados. Um posto de saúde, próximo ao Santuário, estará aberto até às 22 horas. Os serviços de plantão nos hospitais também estarão preparados durante o período. Para o padre Paulo Lemos, administrador do Santuário, este será um momento histórico para a Igreja. Ele afirma que todos os preparativos estão sendo ultimados nesse sentido e a população católica preparada para este momento. O tema escolhido para este ano será “De capelinha a Santuário, a Matriz dos romeiros agora é Basílica Menor”. A Igreja comemora a bênção do Papa Bento XVI, com a elevação do Santuário à Basílica Menor.ProgramaçãoTodos os dias serão realizados devocionário e louvores, missas, confissões e caminhadas. De 12 a 14, datas de maior fluxo de visitantes de outros Estados, serão realizadas missas dedicadas aos romeiros, com o tríduo. Confissões antes das santas missas e de forma intensiva acontecerão diariamente. O dia de oficialização da Basílica Menor de Juazeiro acontece na data da grande procissão, às 16 horas, nas principais ruas da cidade.SAIBA MAISProgramaçãoTodas as noites serão realizados Devocionário Mariano, Missas, pregações, noitários, diversas homenagens, quermesses, leilão, e shows religiosos. Após as missas do tríduo da romaria, terá animação com Show do Chapéu com os grupos Sal da Terra, Javé-Yré (Sagrada-Face), Jota Farias, João Cláudio Moreno e outros.CarreataA partir das 8h, acontece carreata com a imagem de Nossa Senhora das Dores pelas ruas da cidade, saindo da Igreja Matriz. Por volta das 17h30, terá saída da Procissão das Bandeiras, com início na Rua do Horto, 146.NoitáriosOs noitários acontecem no Setor VII (Padre Cícero), Pastoral da Saúde, Consciência Negra, Grupo Santa Clara, São João Batista, Infância Missionária, Poço de Jacó, catequese em geral. A partir das 18h30 terá o hasteamento das Bandeiras. Às 19h, será celebrada a Missa de Abertura da Festa da Padroeira, presidida pelo padre Paulo Lemos.EncerramentoÀs 9h, do dia 15 de setembro, será realizada a oficialização do Título de Basílica Menor para o Santuário Diocesano Mãe das Dores. Ao meio-dia, acontecerá a despedida dos romeiros de Juazeiro do Norte. No fim da tarde, acontecerá a grande procissão, Festa com Orações, benção e também show pirotécnico.Mais informações:Romaria N. Senhora das DoresSecretaria de Turismo e RomariaMemorial Padre CíceroJuazeiro do Norte (CE)(88) 3511. 4040

Fonte: Diário do Nordeste

PADRE GILSON SOARES LIDERANDO GRUPO DE PEREGRINOS AOS SANTUÁRIOS EUROPEUS

Padre Gilson Soares, pároco do Senhor do Bonfim. no bairro Monte Castelo, em Fortaleza, está liderando um grupo de peregrinos aos Santuários da Europa, de modo especial ao túmulo de São Paulo, em Roma, por ocasião da celebração do Ano Paulino. Haverá oportunidade para conhecer também Lisboa, Fátima, Madri, Paris, Lourdes, Lisieux, Pádua, Assis e o Vaticano. A viagem acontecerá em 2009.Mais informações na CNBB Regional Nordeste (85) 3252 4046 ou com o próprio padre Gilson (85) 9944 8378.

ARQUIDIOCESE PROMOVE AMANHÃ, NO GINÁSIO POLIESPORTIVO DE PARANGABA, O “DIA DO CATEQUISTA”

Ser Catequista é dizer Sim ao Chamado do Pai, reconhecendo sua presença nas pessoas e sua ação no mundo. Com este espírito, a Equipe de Articulação de Catequese da Arquidiocese de Fortaleza convida todos os Catequistas, Padres, Religiosos, Religiosas e demais agentes de Pastoral da Arquidiocese para celebrar juntos o Dia do Catequista, com o tema “Catequista: Ouvinte Atento do Mestre Jesus”.
Será uma tarde festiva com Show de Bandas, Músicos Católicos, Apresentações Culturais e Missa. O evento acontecerá amanhã, dia 31, das 13h30min às 17h30min, no Ginásio Poliesportivo de Parangaba. Às 16h10min, acontecerá Missa de Ação de Graça, presidida por Dom José Luiz, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Fortaleza.
Cada Região Episcopal, como já foi amplamente divulgado, será representada por uma cor: REM1 - vinho; REM2 - laranja; REM3 - vermelho; Praia - azul; Sertão - Amarelo; Serra - verde. As regiões devem mostrar suas cores através de balões, mamãe-sacode (pom-pom), fitas e bandeiras. No local, serão vendidos refrigerante, suco e água. Cada comunidade deverá levar sua alimentação. As camisas estão sendo vendidas no Centro de Pastoral “Maria, Mãe da Igreja. Informações: Hilda ou Tiago: 3388 8701 ou 3388 8715.

Fonte: Pascom da Arquidiocese de Fortaleza

O "GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS SERÁ NO DIA 7 DE SETEMBRO

O Grito dos Excluídos e Excluídas , movimento popular que acontece no dia 7 de setembro, desde 1994, por todo o Brasil, terá este ano como tema “Vida em Primeiro Lugar Direitos e Participação Popular” nos leva a uma inversão de prioridades: A vida deve ser colocada acima do mercado, do lucro, do capital. Coloca em pauta os grandes debates nacionais sobre a defesa, a ampliação e a universalização dos direitos humanos, sociais, ecológicos, culturais... Enfim, do direito à vida em todas as suas formas. Para o Grito dos Excluídos na Cidade de Fortaleza, o Lema é “Revitalização do Rio Maranguapinho, mas com Participação Popular”.
O Grito tem por finalidade dar visibilidade às lutas dos Excluídos e Excluídas do nosso País, justamente no Dia da Independência 7 de setembro. Este ano as comunidades se concentrarão num gesto de defesa e solidariedade ao bairro Do Genibaú que, hoje, sofre sérios problemas estruturais e ambientais.
As comunidades dessa Região enfrentam diariamente problemas ambientais relativos à poluição do Rio Maranguapinho, promovendo, há vários anos, uma luta pela revitalização daquele Curso D’água com participação do povo, na busca de condições dignas de vida.
A Caminhada saíra de três pontos diferentes da comunidade. O Primeiro Ponto será a Ponte do Genibaú, na Avenida Fernandes Távora; o Segundo Ponto, a Igreja de Dom Bosco, na Rua Genibaú, Bairro Henrique Jorge; e o Terceiro, o Campo Beira Rio (Igreja São Francisco), na Avenida I, Conjunto Ceará.
Com bandeiras e palavras de ordem, as caminhadas seguirão a partir das 10 horas da manhã até a Vila Olímpica, localizada na Avenida 30 de Maio, S/N, onde ocorrerão momentos de animação e ato de encerramento com um momento celebrativo. Mais informações com Assis Memória pelo fone 9944 3315 ou Rejane Nascimento 8816 3867.

Fonte: Pascom da Arquidiocese de Fortaleza

CANDIDATOS A VEREADOR DEBATEM IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS NA CASA DA JUVENTUDE DE GOIÂNIA

“A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte. A gente não quer só comida, a gente quer saída para qualquer parte...”. Foi com esta letra, da música Comida, de Titãs, que jovens e candidatos a vereador debateram políticas públicas para os jovens goianos, na Casa da Juventude.
Com uma apresentação artística ao som da música Comida, de Titãs, aconteceu na Casa da Juventude, de Goiânia (GO),no dia 21 de agosto, um debate com os candidatos a vereador, com o objetivo de discutir propostas de atenção à juventude e possibilitar o envolvimento dos jovens no processo eleitoral de forma participativa e consciente.
Foram discutidas questões ligadas às políticas publicadas direcionadas à juventude. Quatro candidatos participaram do evento. Durante o debate os jovens fizeram vários questionamentos sobre a falta de oportunidades para a juventude, melhoria de transporte público, cotas para o ingresso de jovens pobres na universidade, acesso ao esporte, entre outros.
“Os políticos devem lutar pelos direitos da juventude, como o emprego. As empresas têm muito preconceito e a maioria dos jovens está desempregada. Educação é outro direito importante que é negligenciado”, disse a jovem Débora Neves de Oliveira.
Já o jovem Fernando Márcio afirmou que é imprescindível conhecer as propostas dos candidatos para a juventude, como: “educação, lazer, saúde, cultura”. Os participantes avaliaram positivamente a atividade e gostaram do tom do debate que foi equilibrado.

Fonte: CNBB

MOVIMENTO DE COMBATE À CORRUPÇÃO ELEITORAL INTENSIFICA COLETA DE ASSINATURAS PARA PROJETO DE LEI

Começa na próxima segunda-feira, 1º de setembro, a 1ª Mobilização Nacional da Campanha Ficha Limpa, promovida pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).
A Campanha pretende coletar um milhão e trezentas mil assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular contra a candidatura de políticos em débito com a Justiça.
Segundo o MCCE, desde abril, a Campanha atingiu o número de 200 mil assinaturas. Além concentrar esforços para aumentar ainda mais esse número, a Campanha tem como objetivo promover o debate na sociedade brasileira sobre a necessidade de impedir a candidatura dos políticos em débito com a Justiça.
De acordo com informações do Movimento, vem crescendo cada vez mais o interesse da população pela questão. “Grupos sociais organizados e pessoas de todas as idades procuram diariamente o Movimento para saber como participar da Campanha. Existem brasileiros coletando assinaturas até em Madri e no Japão”, afirmam os organizadores.
Durante a Semana da Pátria, de 1 a 7 de setembro, o MCCE fará a Mobilização em diversas cidades do Brasil para alcançar os objetivos da coleta de assinaturas e de conscientização a respeito do Projeto de Lei, que visa alterar a Lei de Inelegibilidade, tornando inelegíveis: as pessoas com condenação em primeira ou única instância por crimes como: racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas; e no caso dos detentores de foro privilegiado, com denúncia recebida por um tribunal; parlamentares que tenham renunciado para fugir de cassações; pessoas condenadas por compra de votos ou uso eleitoral da máquina administrativa; estender o período que impede a candidatura, que passaria a ser de oito anos; tornar mais rápidos os processos judiciais sobre abuso de poder nas eleições, fazendo com que as decisões sejam executadas imediatamente, mesmo que ainda caibam recursos.
Os postos de coleta de assinaturas serão divulgados pelo MCCE a partir de segunda-feira, dia 1º, no site: www.mcce.org.br

Fonte: Site da CNBB

SANTO DO DIA - SÃO CESÁRIO DE ARLES

Os santos, como ninguém, entenderam que a graça do Cristo que quer santificar a todos, é sempre a mesma, na eficiência, abundância e liberalidade. Cesário de Arles foi um destes homens que se abriu ao querer de Deus, e por isso como Bispo tornou-se uma personalidade marcante do seu tempo. Cesário nasceu na França em 470 d.C., e ao deixar sua casa entrou para o mosteiro de Lérins, onde se destacou pela inteligência, bom humor, docilidade e rígida penitência, que mais tarde acabou exigindo imperfeitamente dos monges sob sua administração. Diante dos excessos de penitências, Cesário precisou ir se tratar na cidade de Arles - Sul da França- local do aprofundamento dos seus estudos e mais tarde da eleição episcopal. São Cesário de Arles, até entrar no Céu com 73 anos de idade, ocupou-se até o fim com a salvação das almas e isto fazia, concretamente, pela força da Palavra anunciada e escrita, tornando-se assim o grande orador popular do Ocidente Latino e glória para o monaquismo. Já que escreveu duas Regras monásticas. Em tudo buscava comunicar a ortodoxia da fé e aquilo que lutava para viver com o Espírito Santo e irmãos, por isto no campo da moral cristã, Cesário de Arles salientava o cultivo da justiça, prática da misericórdia e o cuidado da castidade.

São Cesário de Arles...rogai por nós!

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

PASTORAL DA PESSOA IDOSA REALIZA CAPACITAÇÃO DO GUIA DO LIDER

A Pastoral da Pessoa Idosa - PPI realizará nos dias 07, 14 e 17 de setembro, a partir das 8 horas, na Paróquia Santíssima Trindade, no José Walter, em Fortaleza, a Capacitação do Guia do Líder. Maiores informações com Neta (85) 8736 7268 / 9167 8258.

PAPA RETORNA AO VATICANO DIA 30 DE SETEMBRO

O Papa Bento XVI, que se encontra atualmente de férias na residência oficial de Verão de Castelgandolfo, retorna ao Vaticano no próximo dia 30 de Setembro, segundo informou a Sala de Imprensa da Santa Sé.No mês de Setembro, o Papa tem viagens marcada para Cagliari, na Sardenha, dia 7 e no dia 12, parte para França, para presidir aos 150 anos das aparições de Nossa Senhora em Lourdes.O Santo Padre irá estar ainda no dia 21 de Setembro na cidade de Albano Laziale, província de Roma, para celebrar uma missa na catedral de San Pancrazio e consagrar um novo altar.Após a missa pela manhã, ainda no dia 21 de Setembro, o Papa irá retorna a Castelgandolfo para realizar o Ângelus.

Fonte: Ecclesia

REFLEXÃO DO EVANGELHO DE MARCOS 6,17-29

MEMÓRIA DO MARTÍRIO DE SÃO JOÃO BATISTA

Todos nós temos dificuldades para viver a radicalidade exigida pelo Evangelho e diversas vezes nos acovardamos diante das ameaças. Uma das maiores ameaças que sofremos hoje, quando procuramos viver o Evangelho, encontra-se no fato de que a sociedade ridiculariza todos aqueles que não fundamentam a sua vida nos valores do mundo. Mas isso também acontecia nos tempos de Jesus, como podemos perceber na narrativa da morte de João Batista e no julgamento do próprio Jesus. Mas nós não podemos ceder aos mecanismos que são usados pelo mundo moderno contra o Evangelho; devemos expor com coerência as verdades da nossa fé.

Pe. José Adalberto Vanzella

SANTO DO DIA - SÃO JOÃO BATISTA

Com satisfação lembramos a santidade de São João Batista que pela sua vida e missão foi consagrado por Jesus como o último e maior dos profetas:" Em verdade eu vos digo, dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João, o Batista...De fato , todos os profetas, bem como a lei, profetizaram até João. Se quiserdes compreender-me, ele é o Elias que deve voltar." (Mt 11, 11- 14)Filho de Zacarias e Elisabete, João era primo Jesus Cristo, a quem "precedeu" como um mensageiro de vida austera, segundo as regras dos nazarenos. São João Batista, de altas virtudes e rigorosas penitências, anunciou o advento do Cristo e ao denunciar os vícios e injustiças deixou Deus conduzí-lo ao cumprimento da profecia do Anjo a seu respeito:" Pois ele será grande perante o Senhor; não beberá nem vinho, nem bebida fermentada, e será repleto do Espírito Santo desde o seio de sua mãe. Ele reconduzirá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus: e ele mesmo caminhará à sua frente..." ( Lc 1, 15). São João Batista desejava que todos estivessem prontos para acolher o Mais Forte, por isso, sem moralismo mas, impelido pela missão profética denunciou o pecado do governador da Galiléia: Herodes, que escandalosamente tinha raptado Herodíades - sua cunhada - e com ela vivia como esposo. Preso por Herodes Antipas em Maqueronte, na margem oriental do Mar Morto, aconteceu que a filha de Herodíades encantou o rei e recebeu o direito de pedir o que desejasse, sendo assim, proporcionou o martírio do Santo, pois realizou a vontade de sua vingativa mãe:" Quero que me dês imediatamente num prato, a cabeça de João, o Batista" ( Mc 6,25). São João Batista...rogai por nós!

COMEÇAM AMANHÃ, OS FESTEJOS EM HONRA A NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Cariús, prepara-se para as festividades religiosas alusivas à santa, padroeira do município. O festejos religiosos começam amanhã e terminam no próximo dia 8 de setembro. O momento é ideal para reunir moradores da cidade e de comunidades vizinhas. Com a abertura dos festejos, fiéis poderão participar de missas e caminhadas programadas durante a semana. Para o encerramento, estão agendados missa solene e realização da procissão pelas principais ruas.

PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE FESTEJA, A PARTIR DE HOJE, SUA PADROEIRA

A Paróquia Nossa Senhora da Saúde, no Mucuripe realizará, de hoje até o dia 8 de setembro, a festa da padroeira, que este ano terá como tema: “Maria, Mãe da Vida, Discípula do Senhor, Irmã Missionária”.
Durante os festejos, os atos litúrgicos iniciarão às 19 horas, com celebração da missa e novena.
Hoje, procissão de abertura saindo uma às 17 horas, da Igreja de Santa Luzia e outra da Matriz às 17h.
No dia 7, a celebração será presidida por Dom José Luiz Salles, bispo auxiliar de Fortaleza.
Dia 8, celebrações, às 06h30min, 8 horas, 09h30min, 12 horas, 16 horas, em seguida haverá a procissão saindo da Igreja Matriz às 17 horas, encerrando às 19 horas, com a missa presidida pelo arcebispo Dom José Antonio.
Todos os dias, a partir das 19 horas haverá novenário convívio musical, barracas com comidas típicas e parque infantil. Informações pelo telefone 3263 1538, na secretaria da paroquial.

SEMINÁRIO DESTACA COMUNIDADE COMO LUGAR DE VIVER A FÉ

“Comunidade se define por amizade, parentesco, vizinhança, com relações múltiplas”
Três especialistas participaram da primeira mesa-redonda que abriu, ontem, quinta-feira, 28, as atividades do Seminário Igreja, Comunidade de comunidades. Experiências e avanços, no Centro de Pastoral Santa Fé, em São Paulo. “A palavra comunidade tem uma pluralidade de significados”, disse o sociólogo, padre Roberto Luiz Benedetti.
“Comunidade se define por amizade, parentesco, vizinhança, com relações múltiplas”, afirmou o sociólogo. Para ele a comunidade necessita de um código de valores para que os membros tenham senso de identidade. A teóloga Maria Clara Bingemer, por sua vez, apresentou os aspectos teológicos da comunidade. “A fé é uma experiência unicamente humana”, disse Maria Clara. “Não se pode fazer a experiência da fé fora da comunidade”, afirmou.
Já o psicólogo, padre Antônio Tatagiba, destacou as “exigências internas” de uma comunidade. A primeira diz que comunidade de fé deve pensar em comum a fé e a própria missão. Já a segunda está voltada para a experiência mística que deve marcar a comunidade. “Trata-se de ter experiências místicas em comum, junto aos grandes desafios de nosso tempo”, considerou padre Tatagiba.
“Não se pode construir uma comunidade à margem do que são as variadas problemáticas pessoais dos membros que a compõem”, garantiu o psicólogo ao abordar outra exigência da comunidade. “Na formação das lideranças requer-se levar em conta também as realidades complexas pelas quais passam alguns membros da comunidade”.
Padre Tatagiba destacou, ainda, que a vida de comunidade deve levar em consideração a vida real e as relações interpessoais. “Todo grupo tende a favorecer ilusões grupais em torno da comunidade” observou. “Estas fantasias têm relação com a aspiração radical do desejo, que é de eliminar toda distancia e diferença. Isso é uma ilusão muito perigosa porque o objeto do desejo é impossível. Muitas vezes esta fantasia é alimentada pelos nossos planos de evangelização”.
Segundo padre Tatagiba, a questão do poder, “no seu sentido puramente sociológico”, também tem está presente na vida de comunidade. “O poder como expressão do domínio está absolutamente excluído numa comunidade cristã”.
O Seminário Igreja, Comunidade de comunidades reúne 236 lideranças diretamente ligadas à coordenação pastoral das dioceses de todo o país. São 36 leigos, 4 diáconos, 14 religiosas, 180 padres e um bispo. Organizado pelo Instituto Nacional de Pastoral (INP), organismo da CNBB, o encontro termina amanhã, dia 30.

Fonte: CNBB

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

PADRE REGINALDO MANZOTTI JÁ ESTÁ EM FORTALEZA PARA CELEBRAR SÁBADO NO ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA




O padre Reginaldo Manzotti, o mais novo fenômeno da comunicação e evangelização da Igreja Católica, já se encontra em Fortaleza. Ele desembarcou na tarde desta quinta-feira no Aeroporto Pinto Martins, vindo de Curitiba, onde exerce seus serviços pastorais.
Para quem ainda não sabe, o padre Reginaldo Manzotti fala diariamente aos brasileiros através de 210 emissoras de rádio, com o seu programa “Evangelizar é Preciso”, retransmitido em Fortaleza pela Rádio Dom Bosco FM 86,1, no horário das 10 horas às 11 horas da manhã.
No seu desembarque esta tarde no Aeroporto Internacional Pinto Martins, isso por volta das 16 horas, o padre Reginaldo Manzotti foi surpreendido com o grande número de ouvintes do seu programa, que levaram cartazes, presentes para o sacerdote, que em momento algum deixou de atender aos que foram ali recebê-lo.
Reginaldo Manzotti se apresenta sábado, a partir das 16 horas, no aterro da Praia de Iracema, durante a celebração de uma missa. Aproveitará para apresentar o seu trabalho, como faz no seu programa numa grande rede de emissoras de rádio. Cantará músicas do seu CD, que está sendo bem vendido em Fortaleza e tem como carro-chefe a música “Deus é presença real”.

SEMINÁRIO SOBRE COMUNIDADE REÚNE LIDERANÇAS DE TODO O PAÍS

Lideranças de todo o país, em sua maioria padres, chegaram ontem ao Centro de Pastoral Santa Fé, em São Paulo, para o Seminário “Igreja, Comunidade de comunidades. Experiências e avanços”, organizado pelo Instituto Nacional de Pastoral da CNBB (INP). “Teremos aqui a oportunidade de receber toda a energia que vem de Deus. Vamos ouvir os estudiosos, mas cada um também poderá contar sua história”, disse o subsecretário de pastoral da CNBB, padre Ademar Agostinho Sauthier, ao acolher os mais de 260 participantes do evento, que termina no sábado.
O teólogo, padre Cleto Caliman, membro do INP, ressaltou o caráter participativo que deve marcar o Seminário. “Este Seminário deverá ser vivido como experiência eclesial.
Entremos em espírito de partilha, de conhecimento e de interação para o conjunto do trabalho”.
O encontro tem como inspiração o Documento de Aparecida e as novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil aprovadas pela CNBB. “As Diretrizes dão continuidade ao projeto pastoral da Igreja no Brasil que vigora desde os anos 1970 e apresentam como novidade a assimilação do Documento de Aparecida”, esclareceu padre Cleto.
O cientista social e membro do INP, padre Luiz Roberto Benedetti, explicou a metodologia do Seminário que traz como novidade a exibição de filmes e documentários como atividades da noite. “Vamos usar também a linguagem do cinema. Os filmes e documentários não são apenas entretenimentos. Foram pensados a partir do nosso tema”, explicou padre Benedetti. “O mundo de hoje não quer muito discurso, muita verdade pronta, mas sensibilidade. A arte vê a realidade antes dela acontecer”.
Durante o seminário, haverá, pela manhã, mesas redondas com especialistas em vários assuntos e, à tarde, oficinas que darão a oportunidade dos participantes trocarem experiências. De acordo com padre Benedetti, o Seminário funcionará como um caleidoscópio “que nos fará perceber o que temos de diferente e de convergente”. “Além das mesas redondas, vamos ter as oficinas que serão uma construção coletiva de pistas de ação de nossa presença de uma Igreja que seja comunidade”, disse.
A mesa redonda de hoje debate o tema “A comunidade humana circunstanciada”. Dela participarão o cientista sócia, padre Luiz Roberto Benedetti; o psicólogo, padre Antônio Tatagia e a teóloga, Maria Clara Bingemer. O ato de abertura foi encerrado com um show de Nando Penteado e Jorge Cirilo.

Missa
Na manhã desta quinta-feira, 28, o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, presidiu a missa e falou da importância do Seminário para a Igreja do Brasil. Chamou a atenção para o compromisso missionário da Igreja. Para o secretário, em relação à missão, não se trata de criar coisas novas, mas ressignificar o que já é feito “De que modo nossas comunidades podem se tornar mais missionárias”, indagou.
Confira, abaixo, a relação das oficinas e seus respectivos assessores.
Comunidade e comunidades virtuais: novas gerações - Drª Brenda Carranza
Comunidade e comunidades emocionais: cura, afetividade, interesses pessoais - Pe. Cleto Caliman
Comunidade e justiça/ solidariedade - Pe. Ernanne Pinheiro
Comunidade e novas comunidades/ movimentos eclesiais - Pe. Luiz Roberto Benedetti
Comunidade e ministérios e serviços - Pe. Pedro Bassini
Comunidade e CEBs – Prof. Sérgio Coutinho
Comunidade e comunidades ambientais: ribeirinhos, quilombos, indígenas - D. Dimas Lara Barbosa e Pe. Ademar Agostinho Sauthier
Comunidade e Paróquias: territorialidade / missão - Pe. Wilson Angotti
Comunidade e Favelas/ condomínios fechados - Pe. Joel Portella Amado
Comunidade e Igreja Local e inculturação - Pe. Agenor Brighenti

Fonte: CNBB

POR QUE ANENCEFALIA ENTRA NOVAMENTE EM PAUTA?

Dr. Frei Antônio Moser
Assessor da CNBB para assuntos de bioética

'Não podemos nos esquecer o sofrimento da mãe e dos parentes mais próximos'
Há dois anos os debates relacionados com o que se denominou de anencefalia eram tantos e tão acesos, que pareciam traduzir o problema mais grave e mais urgente do Brasil. Melhor dito, criou-se uma sensação de que quase todos os "conceptos" eram anencéfalos e que se impunha uma medida urgente, urgentíssima para resolver o problema: autorizar o abortamento.
Depois, os debates relacionados com o uso de embriões congelados para fins terapêuticos e as sucessivas tentativas de liberar, pura e simplesmente, o abortamento colocou a questão da anencefalia no esquecimento. Agora, diante de um iminente pronunciamento do Supremo Tribunal Federal, a questão volta à tona com toda a força. Por isto mesmo, urge recolocar as verdadeiras questões.
Quando falamos em "anencefalia" não apenas nos encontramos diante de uma palavra difícil, como também diante de uma palavra que se presta a equívocos.
O equívoco da palavra fica evidenciado quando sugere que os fetos portadores de uma má formação no cérebro não teriam cérebro. Na realidade o que lhes falta é o fechamento do tubo neural. A palavra certa seria meroanencefalia.
Mas os maiores equívocos não se relacionam com a palavra, e sim com a maneira como vem sendo apresentada esta realidade. Embora devamos reconhecer que nos encontramos diante de um drama, é preciso logo observar que, ao contrário do que certos debates sugerem, o número de casos é relativamente pequeno. Uma estatística realizada pela Universidade de Minas Gerais cobrindo a década de 1990-2000 assinala que em 18.807 partos, constataram-se apenas 11 casos que nasceram vivos e 5 natimortos.
Uma segunda observação se faz necessária: considerando as estatísticas mundiais, nosso índice é alto, o que sugere que os casos de meroanencefalia, remetem para fatores múltiplos, inclusive ambientais. Entre estes fatores o mais importante é aquele que é mais facilmente contornável: ausência de ácido fólico.
Em terceiro lugar não podemos nos esquecer o sofrimento da mãe e dos parentes mais próximos. Eles precisam de todo o apoio possível, a nível médico, psicológico, religioso...
Um eventual abortamento só iria aumentar esse sofrimento. Por isso mesmo a pergunta é: "Porque a questão volta a entrar em pauta?" Não seria pelo interesse de aproveitar células e órgãos? Não seria para abrir as portas a todo e qualquer tipo de abortamento? Tudo isso dá o que pensar.

CNBB E MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DISCUTEM SEGURANÇA PÚBLICA

O Ministério da Justiça e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promovem hoje, 28, e amanhã, 29, no Hotel San Marco, em Brasília, o seminário Segurança Pública, Justiça e Cidadania. O seminário é um encontro preparatório para a Campanha da Fraternidade de 2009, que trará o tema "Fraternidade e Segurança Pública". O assunto será debatido entre representantes de pastorais, do poder jurídico, de organizações profissionais, de conselhos de classe, como o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo (Condepe)."Estamos tentando deslanchar um processo de discussão e construção de um novo modelo de políticas de segurança pública com cidadania", explica o coordenador nacional da Pastoral Carcerária, Padre Günther Zgubic. Ele acrescenta que o Seminário será um espaço de estudo, avaliação e debate entre os organismos eclesiásticos e as autoridades de Estado. "O objetivo é verificar se existem condições reais para um compromisso construtivo em conjunto na necessidade da construção de um modelo de segurança pública com cidadania", diz.O evento contará com palestras de Vicente Trevas, assessor de Assuntos Federativos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), e de Alberto Kopittke, presidente da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, que ocorrerá em 2009.Nesta sexta-feira, o secretário-executivo do Pronasci, Ronaldo Teixeira, e o secretário Nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, falarão sobre suas áreas de atuação.

Da Redação da Canção Nova Notícias, com Ministério da Justiça

PROGRAMA OFICIAL DO PAPA PELOS 150 ANOS DAS APARIÇÕES EM LOURDES

A Santa Sé divulgou nesta quarta-feira, 27, o programa oficial que confirma a viagem do Papa Bento XVI à França no próximo dia 12 de setembro.O Santo Padre chegará ao aeroporto parisiense de Orly, às 11h15 do dia 12, e após breve cerimônia de boas-vindas, se dirigirá imediatamente ao Eliseu, onde será recebido pelo presidente francês Nicolas Sarkozy. Bento XVI pronunciará um discurso às autoridades locais.Na parte da tarde estão previstos dois encontros: um com a comunidade hebraica e outro com representantes do mundo da cultura. Às 19h celebrará as vésperas na Catedral de Notre Dame, onde na conclusão dirigirá uma saudação aos jovens reunidos diante da Igreja.De Paris à LourdesApós os compromissos de caráter religioso em Paris, na noite do dia 12, o Pontífice se transferirá para Lourdes, onde presidirá as celebrações pelos 150 anos das aparições de Nossa Senhora.Na manhã do dia 13, sábado, o Papa celebra a Santa Missa na esplanada dos inválidos, com início previsto para as 10 horas. No início da noite o Santo Padre participa da Procissão de velas.No domingo dia 14, Bento XVI celebra a Santa Missa às 10 da manhã pelos 150 anos da Aparição de Nossa Senhora. Na conclusão da cerimônia o Papa rezará a oração mariana do Ângelus.Ainda no domingo o Papa se reunirá com os bispos franceses e participará no final da tarde da Procissão Eucarística. Na segunda-feira, último dia da sua permanência em território francês, Bento XVI celebrará a Santa Missa para os enfermos, na Basílica de Lourdes, e no início da tarde retorna a Roma..: Conheça também a programação da visita do Papa à ilha de Sardenha no dia 7 de setembro

Fonte: Canção Nova Nótícias, com Santa Sé

CAPISTRANO FESTEJA NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

Começa amanhã, no município de Capistrano, no Maciço de Baturité, a Festa da Padroeira Nossa Senhora de Nazaré. A programação religiosa e social prossegue até o próximo dia 8 de setembro, data oficial dedicada à santa. O tema central deste ano é “Caminhando com N. Sra. de Nazaré defendemos a vida”. Desde 1943, por ocasião da criação da Paróquia em homenagem à santa, os católicos da região celebram a padroeira. A partir de 2005, por ocasião da posse do padre Francisco Eudásio Nobre da Silveira, foi incorporado a esta festa o “Círio de Nazaré”, nos moldes da grande festa de Belém (PA), nacionalmente conhecida.Em Capistrano, no período do novenário até o dia da festa, cerca de dez mil pessoas visitam a casa de Nossa Senhora. No dia 8 de setembro, o município espera contar com um público estimado em cinco mil pessoas participantes da procissão do Círio, que é uma grande corda ligada ao andor que conduz a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Os fiéis que seguram esta corda têm o símbolo como um elo que liga a Mãe dos fiéis a Deus.Também faz parte da caminhada um barco contendo as súplicas dos fiéis apresentadas à Mãe Rainha durante o seu novenário. Este barco deu origem à festa. Segundo padre Eudásio, os católicos cultivam a fé de que “Maria é o caminho maior que nos leva a Jesus, o Salvador”. Como parte da programação da Festa da Padroeira, em todas as manhãs, a partir das 4h30, acontece uma caminhada com a imagem de Nossa Senhora para um bairro da cidade. No encerramento, realizam-se celebração e café da manhã comunitário.A partir das 18h30, há o retorno da imagem à Igreja Matriz, levando para a Igreja a população do respectivo bairro visitado por Nossa Senhora. Assim, celebra-se uma missa, animada pelos zonais (conjunto de quatro a seis comunidades do Interior) e presidida por um sacerdote. No dia 7 de setembro, dez mil pessoas visitam o santuário. Na noite desse dia, a cidade torna-se pequena para comportar a multidão. No dia seguinte, é a data oficial da festa da Mãe de Deus. Às 8 horas, a imagem é revestida solenemente por um lindo e luxuoso manto. Em seguida faz-se o cortejo com a berlinda e o rolo de corda para a solenidade da tarde. Nesta celebração eucarística, Nossa Senhora fica pronta para a caminhada com os romeiros que, ansiosos, esperam a procissão. As 16h30, acontece o tão sonhado Círio de Nazaré.Mais informações:Festa da Padroeira de CapistranoNossa Senhora de NazaréPadre Eudásio Nobre(85) 3326.359

Fonte: Diário do Nordeste

PRESIDENTE DA CNBB RECEBE HOMENAGEM DA OAB-DF

O presidente da CNBB e arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha, foi homenageado, junto a mais 20 personalidades e instituições, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF).
Segundo o presidente da OAB-DF, Estefânia Viveiros, essas personalidades e instituições recebem a homenagem por terem "se destacado por zelar e garantir o Estado Democrático de Direito em nosso país".
O subsecretário-geral da CNBB, padre José Luiz Majella Delgado, representou dom Geraldo no evento.
A homenagem aconteceu ontem, 27, às 19 horas, no Auditório Petrônio Portella, no Senado Federal, durante a abertura da VI Conferência dos Advogados do Distrito Federal, promovida pela OAB-DF, com o tema Constituição, Estado e Direito. A conferência comemora os 20 anos da Constituição Federal.

CNBB

SANTO DO DIA - SANTO AGOSTINHO

Celebramos neste dia a Memória do grande Bispo e Doutor da Igreja que nos enche de alegria, pois com a graça de Deus tornou-se modelo de cristão para todos. Agostinho nasceu em Tagaste, Tunísia em 354 d.C., filho de Patrício (convertido) e da cristã Santa Mônica, a qual rezou durante 33 anos para que o filho fosse de Deus. Aconteceu que Agostinho era de grande capacidade intelectual, profundo, porém, preferiu saciar seu coração e procurar suas respostas existênciais tanto nas paixões, como nas diversas correntes filosóficas, por isso tornou-se membro da seita dos maniqueus. Com a morte do pai, saiu Agostinho para aprofundar nos estudos, principalmente na arte da retórica. Sendo assim, depois de passar em Roma, tornou-se professor em Milão, onde envolvido pela intercessão de Santa Mônica, acabou freqüentando, por causa da oratória, os profundos e famosos Sermões de Santo Ambrósio. Até que por meio da Palavra anunciada, a Verdade começou a mudar a sua vida. O seu processo de conversão, recebeu um "empurrão" quando na luta contra os desejos da carne, acolheu o convite: " Toma e lê ", e assim encontrou na Palavra de Deus (Romanos 13, 13s) a Força para a decisão por Jesus:"...revesti-vos do Senhor Jesus Cristo...não vos abandoneis às preocupações da carne para lhe satisfazerdes as concupiscências". Santo Agostinho, que entrou no Céu com 76 anos de idade, converteu-se com 33 anos, quando foi Catequisado e Batizado por Santo Ambrósio. Depois de "perder" sua mãe, voltou para a África, onde fundou uma comunidade cristã ocupada na oração, estudo da Palavra e caridade. Isto, até ser ordenado Sacerdote e Bispo de Hipona, santo, sábio, apologista e fecundo filósofo e teólogo da Graça e da Verdade.

Santo Agostinho...rogai por nós!

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

STF SUSPENDE JULGAMENTO SOBRE RAPOSA/SERRA DO SOL; GRUPO LIGADO A ARROZEIROS COMEMORA

Um pedido de vista do ministro Carlos Alberto Menezes Direito, do STF (Supremo Tribunal Federal), suspendeu nesta quarta-feira o julgamento da ação que contesta a demarcação contínua da reserva indígena Raposa/Serra do Sol. No entanto, o presidente do Supremo, Gilmar Mendes, disse que o julgamento será retomado ainda neste ano. O grupo ligado aos arrozeiros comemorou com fogos de artifício o adiamento da sessão.
Relator da ação, o ministro Carlos Ayres Britto deu voto favorável à demarcação contínua da reserva, e pediu que seja derrubada a liminar que impedia a operação da Polícia Federal de retirada de não-índios da região.
Em seu voto, Britto reconheceu a competência constitucional da União para não apenas demarcar, mas "proteger" as terras ocupadas por indígenas. "O formato é contínuo", disse o ministro, ressaltando, contudo, que é possível a conciliação entre índios e não-índios.
"Não se pense que a exclusividade de usufruto seja inconciliável com a eventual presença dos não-índios, a instalação de equipamentos tecnológicos, a montagem de bases fixas. A conciliação é possível desde que tudo se processe debaixo da liderança da União e do controle do Ministério Público."
O STF julga a legalidade do decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2005, que estabeleceu a demarcação contínua da reserva Raposa/Serra do Sol. A constitucionalidade do decreto é contestada por parlamentares e governo do Estado, e produtores de arroz instalados na região.
"Perfeita compatibilidade"
O ministro-relator do STF considerou que há compatibilidade entre as faixas de fronteira e as terras indígenas localizadas em Roraima, argumento usado pelo governo do Estado e produtores de arroz para sustentar a tese de que a demarcação da reserva Raposa/Serra do Sol ameaça a segurança nacional.
"Não é por aí que se pode falar da abertura de flancos. Os nossos aborígenes, amantes e profundos conhecedores da nossa geografia, sempre souberam se opor à tentativa de invasores estrangeiros ao nosso país", disse Britto, em defesa de uma "patriótica" parceria dos índios com a Polícia Federal e as Forças Armadas nas fronteiras brasileiras.
"Quem proíbe o Estado de ocupar o espaço que lhe cabe? Não podem os índios pagar a fatura de uma dívida que não contraíram", acrescentou.
Na leitura de seu relatório, o ministro do STF afirmou ainda que a competência para demarcar terras indígenas pode ser exercida pela União contra Estados e municípios e não apenas contra não-índios.
E censurou os Estados que vêem a demarcação de áreas indígenas como uma "desvantajosa mutilação de seu território". "Índio não atrapalha o desenvolvimento", defendeu Britto.
Repercussão
O grupo ligado aos arrozeiros comemorou com fogos de artifício a suspensão do julgamento, e vibrou aos gritos de "viva a pátria", "viva o Brasil" e "é campeão".
"Estamos comemorando o pedido de vista porque com isso a gente ganha tempo para argumentar e garantir que os outros ministros votem conosco. Agora sabemos os pontos em que ele [ministro Carlos Ayres Britto, relator da ação] se baseou e podemos argumentar em cima deles para convencer os outros ministros", afirmou o produtor de arroz e secretário de saúde de Pacaraima, Júlio Jordão.
A Polícia Federal montou uma pequena barreira para separar os dois grupos que ocupam a única rua da Vila Surumu. De um lado, índios favoráveis à permanência dos arrozeiros. Do outro, o grupo favorável à demarcação contínua da área.
O tuxaua Martinho Souza disse que não ficou decepcionado com a suspensão do julgamento porque isso não representa nenhuma decisão sobre o futuro da região. "Vamos continuar acompanhando e vamos esperar a decisão final. Estamos aqui há 37 anos. E 30 anos não são três dias. Não vamos diminuir a mobilização."
O coordenador regional do CIR (Conselho Indígena de Roraima), Walter de Oliveira, afirmou que não aceitará provocações do grupo ligado aos arrozeiros e orientará os cerca de 700 índios que vieram acompanhar o julgamento a agir pacificamente.
Questão ideológica
O governador de Roraima, José de Anchieta Júnior (PSDB), disse que o ministro Carlos Ayres Britto, relator da ação, ultrapassou em seu voto o lado jurídico, pendendo para uma questão ideológica.
"Ele foi muito rígido nas suas colocações ultrapassando o lado jurídico, parecia uma questão quem sabe ideológica. Mas respeito. O julgamento apenas começou, são 11 magistrados e nós tivemos apenas um voto", afirmou o governador.
O governador disse, no entanto, que se a posição de Britto for seguida pela maioria dos demais ministros, os arrozeiros deixarão a região de forma pacífica.
O prefeito de Pacaraima (RR) e arrozeiro César Quartiero (DEM) afirmou que os produtores aguardam o resultado do julgamento, mas deixarão a reserva caso seja essa a determinação do tribunal. "Já disse 500 vezes isso, caso o Supremo mande, nós temos que sair, somos obrigados à cumprir a lei", afirmou.
O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse que o voto do relator surpreendeu os contrários à demarcação contínua da reserva. Ele disse que o Estado perderá muito caso o voto de Britto seja seguido.
"O que nós vimos e que só uma etnia estava representada e a realidade não é essa. Ainda tenho certeza de que nós podemos fazer uma demarcação que possa representar a maioria das etnias", declarou.

da Folha Online

NOITE DA MISERICÓRDIA LOTA IGREJA DO CRISTO REI







Como acontece todas as últimas terças-feiras de cada mês, foi realizada na Igreja do Cristo Rei, na Praça do Colégio Militar, no Centro de Fortaleza, mais uma “Noite da Misericórdia”, uma noite de celebração eucarística, de oração e de louvor.
A noite começou com o canto de abertura, para iniciar a celebração eucarística presidida pelo padre Eugênio Pacelli, pároco do Cristo Rei. Em seguida, um casal entrou na Igreja com uma imagem da Sagrada Família, que foi levado para o Presbitério e entregou ao celebrante. Uma jovem cantando da porta de entrada ao altar. Houve um momento de silêncio, “para que a Palavra penetre no seu coração. Que essa Palavra se faça carne na nossa carne”, disse o padre Eugênio. Depois pediu para que todos dissessem o nome de sua família e entregou todos esses nomes ao Senhor dizendo “Senhor, recebe no seu coração essas famílias”.
Após a missa, o padre Eugênio expôs o Santíssimo e a jovem Marília disse que “o Cristo exposto é para ser contemplado e somos chamados a ser santos em família”.
Intercalando a oração, o Ministério de Música entoava um canto, como “Qual é a chave, qual é o segredo, que abre as portas do seu coração...Deixa Jesus te dar a salvação”.
Foi uma noite belíssima. Uma noite que emocionou a muitos, principalmente, com a oração proclamada pela Marília,
No final, o padre Eugênio convocou a todos os fiéis a participarem da campanha das 350 latas de tinta para a pintura da Igreja, que deve ficar pronta em outubro, para as comemorações dos 80 anos do lançamento da pedra fundamental e para a festa do Cristo Rei.

CAPELA DE SÃO PEDRO, NA PRAIA DE IRACEMA, FOI ARROMBADA

A Capela de São Pedro, na Praia de Iracema, em Fortaleza, foi arrombada informou o pároco da Catedral, padre Clairton Alexandrino. De lá, foram retirados três microfones e o serviço de som e os ladrões levaram ainda R$ 1.500,00,
O padre Clairton Alexandrino pergunta ao povo, especialmente, os fiéis católicos, “pra quem apelar”. Vale ressaltar que o padre, tomando uma medida extrema, fechou as portas da Igreja do Rosário, no Centro da Cidade, porque os ladrões não deixavam mais as pessoas fazerem as suas orações ali, mas como as autoridades se comprometeram com a segurança do templo, as portas foram reabertas.
O pároco aproveitou também para dizer que, não é a primeira vez que os ladrões arrombam a Capela de São Pedro.

BISPOS CATÓLICOS EM CUBA CONVOCAM MISSÃO EVANGELIZADORA

Os bispos católicos cubanos convocaram uma missão evangelizadora por ocasião do triênio de preparação dos 400 anos do encontro da imagem da Virgem da Caridade. O Ano Jubilar está marcado para 2012. A abertura oficial se dará na Basílica da Caridade, em El Cobre, com a tradicional novena da Virgem da Caridade.A convocatória foi apresentada através de uma mensagem na qual os bispos convidam todos para a celebração do quarto centenário da Patrona de Cuba.A primeira iniciativa acontece no próximo sábado, 30, ao meio-dia, quando os sinos de todas as Igreja do país soarão. O convite à missão também é dirigido "aos irmãos de outras Igrejas ou grupos cristãos", que seguem outras tradições religiosas e "a quem não tem fé. "Todos podem reconhecer a presença benéfica da Virgem da Caridade ao longo da nossa história e a sua importância constitutiva no processo histórico, cultural e religioso de formação da identidade do povo cubano e de nossa nação", diz a mensagem.

Fonte: Da Redação da Canção Nova Notícias, com Ecclesia

SANTUÁRIO NACIONAL REALIZA 1a. ROMARIA DA JUVENTUDE

Após sediar o Encontro do Papa Bento XVI com os jovens brasileiros através de videoconferência em março deste ano, o Santuário Nacional realiza a 1ª Romaria da Juventude. O evento acontece no próximo dia 31 de agosto e pretende reunir jovens de todo o Brasil na Casa da Mãe Aparecida para um encontro de reflexão, músicas e coreografias. As atividades acontecerão a partir das 7 horas, no auditório Padre Noé Sotillo.Segundo o Irmão João Batista de Viveiros, Prefeito de Igreja e coordenador da atividade, o encontro visa estimular os jovens a se questionarem: 'Com que Mundo sonhamos?', a partir da afirmação: Outro mundo é possível. "A videoconferência com o Papa não foi o pronto de partida, mas pensamos em, a partir dessa idéia, articular uma atividade com a juventude, dentro do espírito dos romeiros de Nossa Senhora", explicou.

Fonte: Santuário Nacional de Aparecida

COMISSÃO SE REÚNE NA CNBB PARA AVALIAR TRABALHOS E REVISAR TEXTOS LITÚRGICOS


Preces eucarísticas para crianças e textos litúrgicos são pauta de encontro na sede da CNBB
Termina hoje, 27, na sede da CNBB, em Brasília, mais uma reunião da Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (Cetel).
No encontro, que teve início na segunda-feira, 25, a Comissão avalia o trabalho realizado a partir da última Assembléia Geral dos Bispos do Brasil e revisa as Preces eucarísticas para crianças I, II e III, bem como os textos litúrgicos do Advento.
Fazem parte da Comissão: dom Joviano de Lima Júnior, dom Manoel João Francisco, dom José Belisário da Silva, dom Armando Bucciol, dom Irineu Silvio Wilges e dom Alberto Taveira. Os assessores são: padre Gregório Lutz, padre José Weber, padre Gustavo Haas e padre José Carlos Sala.

Fonte: CNBB

IGREJA FUNDADA POR DOM HELDER CÂMARA É TOMBADA NO RIO DE JANEIRO


Paróquia dos Santos Anjos, no Rio de Janeiro (RJ) e projetada por dom Hélder Câmara, é tombada pela prefeitura municipal


Para homenagear o centenário de nascimento de dom Hélder Câmara, a prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) tombou a Paróquia dos Santos Anjos, no bairro Leblon, na sexta-feira, 22. O pároco, pe. Marcos Belisário, só soube da notícia nesta segunda-feira, 25, por meio da imprensa. “Fiquei surpreso e orgulhoso com o reconhecimento do trabalho prestado por dom Hélder”.
O pároco disse ainda que a pessoa de dom Hélder foi exclusiva para o tombamento da Igreja. “Não foi a arquitetura da Igreja que definiu a iniciativa da prefeitura, mas o trabalho desenvolvido por dom Hélder com a Cruzada de São Sebastião, em 1955, por meio do amparo à família, à educação e à religião, na antiga favela que aqui existia. Para a realização do projeto, dom Hélder construiu a Igreja dos Santos Anjos, uma escola e dez prédios habitacionais.
Padre Marcos destacou o tombamento como forma de agradecimento à ação do bispo. “Dom Hélder foi o responsável pela criação do projeto Favela-Bairro nos anos 50, porém, o projeto dele foi mais ousado: ele destruiu a favela e construiu dez edifícios”. Para comemorar o tombamento da Paróquia, padre Marcos pretende organizar uma grande festa no dia 29 de outubro.

Fonte: Site da CNBB

SECRETÁRIO DA CNBB ABRE O SEMINÁRIO NACIONAL DAS PASTORAIS SOCIAIS


Ao lado do presidente da Comissão Episcopal para o serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB, dom Pedro Luiz Stringhini, o secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, dom Dimas Lara Barbosa, abriu, nesta terça-feira, 26, o Seminário Nacional de Pastoral Social, no Centro Cultural de Brasília, na capital federal


Dom Dimas recordou aos 70 participantes os projetos sociais que têm merecido o acompanhamento da CNBB e destacou as notas divulgadas na semana passada pelo Conselho Episcopal de Pastoral da CNBB (Consep) sobre a terra indígena Raposa Serra do Sol, a situação dos migrantes e o julgamento pelo STF do aborto de fetos anencefálicos.
Segundo dom Pedro Stringhini, as questões ligadas à terra, à cidade e ao meio ambiente se constituem em áreas que reclamam maior presença das Pastorais Sociais. "O tema da Reforma Agrária nunca deixou de estar presente na pauta da CNBB. Também a questão urbana. Se se viabilizasse de forma ampla a Reforma Agrária, as cidades estariam aliviadas", diz o bispo citando a realidade dos moradores de rua e da população carcerária, áreas de atuação das Pastorais Sociais. Em relação à destruição da natureza, dom Pedro vê a necessidade de pensar o meio-ambiente também como uma questão teológica. "A destruição da natureza e do bioma se deve à submissão econômica. A questão ambiental é também teológica porque trata da vida como ação de Deus em favor da vida humana".
O Seminário reúne as coordenações nacionais das várias pastorais e organismos sociais da CNBB. Serão três dias de intenso debate sobre políticas públicas e a fundamentação teológica das Pastorais Sociais a partir do documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e Caribe, realizada no ano passado em Aparecida. "O Documento de Aparecida dedica todo o capítulo 8 à ação social da Igreja onde se inserem as Pastorais Sociais, no princípio maior da opção pelos pobres", recorda dom Pedro. Para ele o seminário favorece a troca de experiências, "ajuda a entender melhor a conjuntura na qual atuamos e nossa atualização em torno das questões que envolvem cada pastoral".

CNBB

SELOS E IMAGENS DE SÃO PAULO SÃO EXPOSTO NO VATICANO

O Ano Paulino, que o mundo filatélico está celebrando desde o dia da sua abertura com carimbos e valores postais, será marcado, entre 28 de agosto e 14 de setembro, por uma exposição de selos sobre o Apóstolo dos Gentios e por uma coletânea de pequenas imagens do apóstolo na história da arte e na tradição religiosa popular.Promovida pela Associação Filatélica Terra Santa e pela Sociedade São Paulo, a exposição será montada na Sala Barbo da Basílica Papal de São Paulo Fora dos Muros, patrocinadora do evento. A exposição filatélica articula-se em diversas seções temáticas: a mais extensa é dedicada, naturalmente, a São Paulo. As outras vão da Palestina à Roma Antiga, da Bíblia à vida de Jesus, dos Apóstolos, dos papas que assumiram o nome de Paulo, aos Institutos religiosos que se inspiram em São Paulo.Os selos foram emitidos desde o fim do século XIX até os nossos dias, por nações de todos os continentes. Os mais representativos são do Estado da Cidade do Vaticano.As pequenas imagens que representam o Apóstolo são impressas com várias técnicas a partir do século XVIII, muitas por ocasiões especiais ou por instituições paulinas. Pelas visões surpreendentes que oferece, a exposição "não só ilumina o passado, o presente, a cultura, a religiosidade" sobre a figura de São Paulo, mas "fala também muitas línguas e é um espelho das nossas nações", como escreve o paulino, Padre Giancarlo Rocca, num volume bilingue, ítalo-inglês, de cerca de 100 páginas, no qual ilustra as obras apresentadas. Leia mais.: Igreja quer que museu dedicado a São Paulo seja local de culto.: Papa indica Apóstolo Paulo modelo de missionário

Fonte: Rádio Vaticano

IGREJA RESPONDE VIOLÊNCIA NA INDIA COM CARIDADE, DIZ CARDEAL TAURAN

A sala de imprensa do Vaticano divulgou um comunicado onde manifesta que "na seqüência das notícias trágicas que indiciam atos de violência contra a Igreja católica na Índia, a Santa Sé deseja exprimir a sua solidariedade com as Igrejas locais e as congregações religiosas envolvidas", manifestando-se contra "atos que atentam a dignidade, a liberdade, o compromisso com a paz civil e a coabitação".A Santa Sé apela que "com sentido de responsabilidade, a opressão termine e se construa um clima de diálogo e mútuo respeito".Na edição desta terça-feira, do "L'Osservatore Romano", o presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Cardeal Jean-Louis Tauran, afirmou que a Santa Sé tem a intenção de responder às violências anticristãs na Índia, com "a arma da caridade"."Não se pode negar, explica o cardeal, que os católicos estejam na mira dos fanáticos. E isso ocorre porque construímos escolas e orfanatos. Acusam-nos de proselitismo porque, de vez em quando, alguém se converte. Mas nós defendemos apenas a possibilidade de cumprir nosso dever de cristãos: ajudar os pobres e aqueles que passam graves necessidades"."Os fanáticos que nos atacam, argumenta o Cardeal Tauran, são aqueles que querem a Índia com uma só religião: o Hinduísmo. Obviamente, não podemos aceitar essa pretensão. Por isso responderemos à violência. E o faremos com a arma da caridade, combatendo as discriminações e instruindo as crianças, para dar a elas um futuro"."A Nunciatura Apostólica assim como o Episcopado do país, reafirma o cardeal, estão empenhados em fazer compreender que queremos apenas ajudar os mais humildes que, num sistema de castas, são os deserdados da sorte"."Tenho muito orgulho dos católicos da Índia _ declara o Cardeal Tauran _ porque convictos de sua opção, de viver em meio aos demais cidadãos e testemunhar o amor de Cristo pelos mais pobres, ainda que à custa da própria vida". Cinco pessoas morreram nesta terça-feira por causa da onda de violência perpetrada por fundamentalistas hinduístas contra os cristãos no Estado indiano de Orissa. Além disso, os extremistas atacaram igrejas, edifícios católicos e incendiaram um orfanato onde morreu uma jovem missionária de 22 anos.

Fonte: Da Redação da Canção Nova Notícias, com Agências

PAPA RETOMA AUDIÊNCIAS GERAIS NO VATICANO NESTA QUARTA

O Papa Bento XVI retoma as audiências gerais, no Vaticano, hoje, , 27.A última audiência geral do Papa no Vaticano foi no dia 2 de julho passado. Em seguida o Papa transferiu-se para a Residência Pontifícia de Verão, em Castelgandolfo, e durante as primeiras semanas foram canceladas as Catequeses e Ângelus. Depois de seu período de descanso na diocese de Bolzano-Bressanone, nordeste da Itália, o Santo Padre realizou duas audiências gerais, nos dias 13 e 20 deste mês, na Residência Apostólica de Castelgandolfo.

Fonte: Canção Nova Nótícias, com Rádio Vaticano

MISSA LEMBRA 9 ANOS DA MORTE DE DOM HELDER CÂMARA

Bispos, padres e leigos da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE) participarão amanhã, 27, às 19 horas, da missa em memória ao 9º aniversário de morte de Dom Helder Câmara.A celebração eucarística acontece na Igreja da Sé e será presidida pelo Bispo Emérito de Barra do Piraí, Volta Redonda (RJ), Dom Waldir Calheiros, contemporâneo de dom Helder. "Após vinte e três anos de seu afastamento do governo diocesano da arquidiocese de Olinda e Recife e nove anos de seu falecimento, é grande o carinho do povo recifense pelo ex-arcebispo. Os leigos prometem lotar as dependências da Igreja da Sé, para prestar mais uma homenagem ao Dom da Paz", afirma Ademir França, da assessoria de imprensa do Regional Nordeste 2 da CNBB, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.Leia mais.: Missa celebra 77º aniversário de ordenação de Dom Hélder

MISSA LEMBRA 9 ANOS DA MORTE DE DOM HELDER CÂMARA

Bispos, padres e leigos da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE) participarão amanhã, 27, às 19 horas, da missa em memória ao 9º aniversário de morte de Dom Helder Câmara.A celebração eucarística acontece na Igreja da Sé e será presidida pelo Bispo Emérito de Barra do Piraí, Volta Redonda (RJ), Dom Waldir Calheiros, contemporâneo de dom Helder. "Após vinte e três anos de seu afastamento do governo diocesano da arquidiocese de Olinda e Recife e nove anos de seu falecimento, é grande o carinho do povo recifense pelo ex-arcebispo. Os leigos prometem lotar as dependências da Igreja da Sé, para prestar mais uma homenagem ao Dom da Paz", afirma Ademir França, da assessoria de imprensa do Regional Nordeste 2 da CNBB, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.Leia mais.: Missa celebra 77º aniversário de ordenação de Dom Hélder

REPRESENTANTE DA CNBB FALA SOBRE INVIOLABILIDADE DA VIDA

Foi realizado ontrem, 26, o primeiro dia da audiência pública em que especialistas e diversos segmentos da sociedade opinaram sobre a possibilidade de gestantes fazerem ou não o aborto de fetos com anencefalia. Em entrevista ao noticias.cancaonova.com, o representante e assessor da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, Padre Luiz Antônio Bento, que discursou durante a audiência, falou sobre a inviolabilidade da vida humana.Padre Luiz afirma que a vida é inviolável e que por nenhum motivo se justifica agredir ou matar, ainda que um feto mal formado: "É importante não fugir desta realidade. Um feto anencefálico é um indivíduo da espécie humana"..: Ouça Falando das imprecisões técnicas, o representante da CNBB afirma que muitas vezes se ouve dizer que um paciente terminal tem três meses de vida e acaba vivendo mais do que isso. "Além disso, uma vida vale não pelo tempo que vai viver, mas por ser uma vida humana", argumentou o padre.
.: Ouça Questionado sobre a questão da doação de órgãos, explicou: "Morte encefálica significa a irreversibilidade da vida, diferentemente de anencefalia. Os anencéfalos não são doadores porque são seres vivos, seus corações pulsam e eles respiram. O feto anencefálico não é um cadáver"..: Ouça Leia mais.: Termina 1º dia de audiência que discute aborto de anencéfalos

Fonte: Canção Nova Notícias

SANTO DO DIA - SANTA MÔNICA

Neste dia, celebramos a memória desta grande santa, que nos provou com sua vida que realmente " tudo pode ser mudado pela força da oração." Santa Mônica nasceu no norte da África, em Tagaste, no ano 332 D.C., numa família cristã que lhe entregou – segundo o costume da época e local – como esposa de um jovem chamado Patrício.Como cristã exemplar que era, Mônica preocupava-se com a conversão de sua família, por isso se consumiu na oração pelo esposo violento, rude, pagão e, principalmente, pelo filho mais velho, Agostinho, que vivia nos vícios e pecado. A história nos testemunha as inúmeras preces, ultrajes e sofrimentos por que Santa Mônica passou para ver a conversão e o batismo, tanto de seu esposo, quanto daquele que lhe mereceu o conselho: "Continue a rezar, pois é impossível que se perca um filho de tantas lágrimas". Santa Mônica tinha três filhos. E passou a interceder, de forma especial, por Agostinho, dotado de muita inteligência e uma inquieta busca da verdade, o que fez com que resolvesse procurar as respostas e a felicidade fora da Igreja de Cristo. Por isso se envolveu em meias verdades e muitas mentiras. Contudo, a mãe, fervorosa e fiel, nunca deixou de interceder com amor e ardor, durante 33 anos, e antes de morrer, aos 55 anos de idade, ela mesma disse ao filho, já convertido e cristão: "Uma única coisa me fazia desejar viver ainda um pouco, ver-te cristão antes de morrer". Por esta razão, o filho Santo Agostinho, que se tornara bispo e doutor da Igreja, pôde escrever: "Ela me gerou seja na sua carne para que eu viesse à luz do tempo, seja com o seu coração para que eu nascesse à luz da eternidade ".

Santa Mônica, rogai por nós!

terça-feira, 26 de agosto de 2008

SEMANA DE FÉ-POLÍTICA NO BAIRRO NOVA METROPOLE

Começou ontem, às 19 horas e vai terminar na próxima sexta-feita, a “Semana de Fé-Politica”, no horário das 19 às 21 horas, no Salão São Francisco, da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, na Avenida A, 670, no bairro Nova Metrópole, em Fortaleza.
Hoje, a palestra tem como tema “Fé e Política, Fé na Política ou Fé Política”. Amanhã, o tema programado é Jesus e a Política do seu tempo, Quinta-feira, dia 28, Espiritualidade e Caridade Política e no dia 29, final do evento, o tema é “Por que, o que fazer e como organizar grupos de fé política”.

PADRE REGINALDO MANZOTTI CELEBRA MISSA NO ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA

Será no próximo dia 30, a partir das 15 horas, no aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, o I Evangelizar, que terá como pregador principal o padre Reginaldo Manzotti, da Diocese de Curitiba, Paraná.
Para o pároco da Igreja de Nossa Senhora da Piedade, padre Orcenir, “o padre Reginaldo Manzotti é um dos grandes missionários evangelizadores pelos meios de comunicação” e acrescentou que “para que todos tenham idéia, ele é assim como o padre Marcelo Rossi, no sentido de falar, de louvar a Deus. Ele está mostrando para todo o Brasil um novo projeto de catequese e evangelização que tem como título “Evangelizar é preciso”.

A ASSEMBLÉIA REGIONAL DE PRESBÍTEROS ESTÁ ACONTECENDO EM QUIXADÁ

A Assembléia Regional de Presbíteros começou hoje, dia 26, e vai até 28, na Casa de Repouso São José - Serra do Estevão, Quixadá - CE, com o tema: “A Missionariedade do Presbítero da Igreja no Ceará”. A assessoria do encontro está a cargo do missiólogo padre Almir Magalhães. Do Seminário da Prainha (Fortaleza) saiu um ônibus especial para o evento.

PEREGRINOS VISITAM TÚMULO DE DOM HELDER

Numa celebração eucarística, que acontecerá na pró-xima sexta-feira, dia 29, serão abençoados cerca de 150 peregrinos, que seguirão para Olinda, para as co-memorações do centenário de nascimento de Dom Helder Câmara, cearense que foi bispo daquela cida-de pernambucana. Os peregrinos visitarão os locais onde Dom Helder viveu e foi enterrado.

COMEÇAM SEXTA-FEIRA, OS FESTEJOS EM HON-RA A NOSSA SENHORA DA SAÚDE

Serão iniciadas na próxima sexta-feira, dia 29, os fes-tejos em honra a Nossa Senhora da Saúde, padroeira do bairro do Mucuripe, em Fortaleza, que terá este ano como tema "Maria, Mão da Vida, Discípula do Senhora, Irmã Missionária”. A festa começará com uma ciminhada e irá até o dia 8 de setembro.

COMEÇAM SEXTA-FEIRA, OS FESTEJOS EM HON-RA A NOSSA SENHORA DA SAÚDE

Serão iniciadas na próxima sexta-feira, dia 29, os fes-tejos em honra a Nossa Senhora da Saúde, padroeira do bairro do Mucuripe, em Fortaleza, que terá este ano como tema "Maria, Mão da Vida, Discípula do Senhora, Irmã Missionária”. A festa começará com uma ciminhada e irá até o dia 8 de setembro.

VALOR SOCIAL E MERCADOLÓGICO DA TERRA É DISCUTIDO NA 4a. CONFERÊNCIA DA PAZ

Em mesa redonda na 4ª Conferência da Paz, o bispo emérito de Goiás (GO), dom Tomás Balduíno, questiona o uso da terra no Brasil, enquanto o deputado federal Pedro Wilson (PT/GO) afirma que só entregar a terra ao pobre não é consolidar a Reforma Agrária.
“Terra: mercadoria ou bem social”. Esta frase do doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra e titular da faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (SP), professor Fábio Konder Comparato, foi tema de debate na 4ª Conferência da Paz no Brasil, na tarde desta segunda-feira, 25, no auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados. “A degradação do cerrado é entristecedor. É lamentável que um bioma que surgiu mais ou menos há 15 mil anos esteja sendo destruído tão depressa como vemos”, disse o bispo emérito de Goiás (GO), dom Tomás Balduíno.
Dom Tomás questionou o uso da terra no Brasil, ao mesmo tempo em que fez comparação entre o Brasil e Serra Leoa, comparando os números de latifúndios existentes nos dois países. “O latifundiário fez com que a terra ficasse sob seu domínio. Quem usufrui da terra no Brasil é uma minoria rica. Em números de latifúndios só perdemos para a Serra Leoa, um país do continente africano”, sublinhou.
Outra questão lembrada por dom Tomás foi o artigo 186 da Constituição Federal, que define a função social da propriedade da terra. “O artigo 186, da Constituição de 1988, é uma jóia rara, ela defende muito bem o direito absoluto da terra, no entanto, só tem a posse da terra quem a compra, o que questiona o seu direito social”.
O deputado federal, Pedro Wilson (PT/GO) expôs a releitura da Política Agrária no Brasil, texto do professor Fábio Konder Comparato. Afirmou que o limite melhor para a terra é a Reforma Agrária, mas defendeu a capacitação e assistência direta ao pequeno agricultor. “O pequeno e médio camponês têm que passar por capacitação. Tem que haver assistência técnica, financeira, para que haja um salto na qualidade de vida”, ponderou.
Pedro Wilson destacou, também, a importância da participação popular na vida política do país. “Quem não gosta de política é mandado por quem gosta”, disse. “Não são apenas homens que fazem política. A igreja faz, os organismos fazem, as entidades também”. Para o deputado, “o limite da terra se constrói com consciência nacional, luta nacional, para a cidadania, democracia e o direito do campo”. Questionado pelo vice-presidente Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT), dom Xavier Gilles, sobre a ausência dos deputados na Conferência, ele respondeu: “É um descompromisso para com o bem comum”, concluiu.
A 4ª Conferência da Paz foi organizada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC) e da Câmara dos Deputados com apoio de várias entidades. Na abertura, o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, leu a nota da CNBB em solidariedade aos povos indígenas da Terra Raposa Serra do Sol cuja homologação será julgada, na próxima quarta-feira, pelo Supremo Tribunal Federal.
O bispo de Xingu (PA), dom Erwin Kräutler, fez a palestra de abertura do evento que contou com uma grande presença de militantes de movimentos sociais, especialmente, indígenas e sem-terra. Destacou-se também a presença de vários bispos que prestigiaram a Conferência.

Fonte: CNBB

SANTO DO DIA - SÃO ZEFERINO

Neste dia celebramos a vida de santidade do Papa São Zeferino que no amor de pastor chefiou com o Espírito Santo a Igreja de Cristo. Zeferino era romano, filho de Abôndio e assumiu no século II a Cátedra de Pedro, num período de grande perseguição para os Cristãos, tanto assim que os treze predecessores seu morreram todos mártires. O que mais abalava a Igreja não eram as perseguições e massacres, mas sim as heresias que foram surgindo conjuntamente a tentativa de elaborar a Revelações com dados puramente filosóficos. Os gnósticos chegavam a negar a divindade d e Cristo; Teódoro subordinou de tal forma Cristo ao Pai que fez dele uma simples criatura e Montano profetizava e pregava sobre o fim do Mundo a partir da consciência de ser a revelação do Espírito Santo. Diante de todas as agitações São Zeferino, mesmo não sendo um teólogo, nem escritor, soube com o bom senso, ajuda do Espírito Santo unir-se a grande sábios da ortodoxia da época, como Santo Irineu, Hipólito e Tertuliano, a fim de livrar os cristãos da mentira e rigorismos. São Zeferino foi martirizado e entrou na Igreja Triunfante no ano de 217.

São Zeferino...rogai por nós!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

REFLEXÃO DO EVANGELHO DE MATEUS 23,13-22

Muitas vezes, temos dificuldades de ver a religião na sua totalidade e, com isso, a reduzimos a alguns aspectos que julgamos mais importantes, mas que são frutos na nossa subjetividade. O problema é que, na maioria das vezes, nos prendemos ao que é acidental no plano da fé, como, por exemplo, sinais externos ou formas de espiritualidade e nos esquecemos dos valores que de fato são essenciais à nossa fé, seja no plano das verdades, seja no campo da espiritualidade, seja no campo da moral ou da virtude, de modo que a nossa religiosidade fica sendo superficial e unilateral, a religião que nós queremos viver e não a religião que Deus quer que nós vivamos.

Pe. José Adalberto Vanzella

EVENTO MARCA JUBILEU DA PROMULGAÇÃO DO CÓDIGO DE DIREITO CANÔNICO

O Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico, com sede do Rio de Janeiro, realiza, entre 2 e 5 de setembro, o Congresso Internacional Comemorativo do 25º aniversário de sua fundação e do jubileu de promulgação do Código de Direito Canônico. O congresso acontece no auditório do Colégio São Bento, no Centro do Rio. A missa de abertura será presidida pelo arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheider.Entre os palestrantes estarão o núncio apostólico no Brasil, Dom Lorenzo Baldisseri, que falará sobre "O ordenamento jurídico canônico a serviço da justiça na Igreja", o auditor do Tribunal Apostólico da Rota Romana e consultor da Congregação para as Causas dos Santos, Monsenhor Jair Ferreira Pena, que abordará "O Sacramento do Matrimônio numa sociedade secularizada" e o decano da Faculdade de Direito Canônico da Pontifícia Universidade Santa Cruz e consultor do Conselho Pontifício para os Leigos, padre Luís Navarro, que falará sobre os "Direitos de Associações de fiéis" e sobre "Os movimentos eclesiais na Igreja". Também estarão presentes o reitor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Padre Jesus Hortal, que exporá sobre "A recepção do Código de Direito Canônico no Brasil", o bispo de Nova Iguaçu (RJ), Dom Rafael Llano Cifuentes, sobre "Direito Natural e Família”, o decano da Faculdade de Direito Canônico da Pontifícia Universidade de Buenos Aires, Monsenhor Victor Pinto, sobre "Família, matrimônio e 'uniões de fato'".O consultor da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e a Sociedade de Vida Apostólica, Padre Andrés Gutiérrez Javier, falará sobre "A participação dos fiéis leigos e dos fiéis consagrados na missão da Igreja" e o decano da Faculdade de Direito Canônico da Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Padre Michael Hilbert, que abordará "A relação entre a Pontifícia Universidade Gregoriana e o Instituto Superior de Direito de Canônico nos seus 25 anos de existência". Leia mais:.: Especialista fala de atualidadesno Código de Direito Canônico

Fonte: CNBB

CONSELHO MUNDIAL DAS IGREJAS FAZ 60 ANOS

O Conselho Mundial das Igrejas completou, em 23 de agosto, 60 anos de história. A igreja de Nieuwe Kerk em Amsterdã, na Holanda, é o local oficial da fundação do Conselho. Em 1910, por ocasião da Conferência missionária de Edimburgo, diversas Igrejas, sobretudo protestantes, ressaltaram a necessidade de empreender um caminho comum para a unidade, a fim de eliminar "o escândalo das divisões" dos cristãos, como ficou recordado.Dois movimentos ecumênicos "Vida e ação" e "Fé e constituição", nascidos ambos na década de 20, formaram um único organismo e, em 1938, em Utrecht, uma comissão provisória colocou os fundamentos do futuro Conselho Mundial das Igrejas, cuja fundação sofreu um atraso de 10 anos pela eclosão da II Guerra Mundial. Hoje o Conselho Mundial das Igrejas compreende, além de uma representação católica, as Igrejas protestantes histórias, anglicanas, batistas, luteranas, metodistas, reformadas, a maioria das Igrejas ortodoxas e diversas Igrejas independentes. Por estatuto, a finalidade primária do organismo é "chamar uns aos outros, à unidade visível, numa única fé e numa única comunhão eucarística".A história do organismo ecumênico é marcada também, pela visita à sua sede de Genebra de dois papas, Paulo VI, a 10 de Junho de 1969, e João Paulo II, a 12 de Junho de 1984.

Rádio Vaticano

O CANTOR ZÉ VICENTE ANIMANDO SEMINÁRIO DAS PASTORAIS SOCIAIS EM BRASÍLIA


O cantor e compositor católico Zé Vicente viajou, na madrugada desta segunda-feira a Brasília, onde participa e anima um seminário das pastorais sociais, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, mais conhecida por CNBB.
Nesse encontro serão discutidos assuntos como a participação dos candidatos com o nome sujo nas próximas eleições. Essa campanha para angariar assinaturas para a aprovação de um projeto contra os políticos com “ficha suja”, para que eles não possam marcar presença em eleições, enquanto não limparem os seus nomes. Além deste assunto, o seminário discutirá os grandes temas que são discutidos permanentemente pelas pastorais sociais no País, como a questão da paz, da violência, das terras indígenas, raposa terra do sol.
De Brasília, Zé Vicente viaja a Belo Horizonte, para ministrar uma oficina pelo Serviço de Animação Bíblica das Paulinas, programada para o próximo sábado e terminaremos com um show. Em seguida, irá a Barbacena, ainda em Minas Gerais para outro show.